Booktailors
info@booktailors.com

Travessa das Pedras Negras

N.º 1, 3.º Dto.

1100-404 Lisboa
(+351) 213 461 266

Facebook Booktailors
Twitter Booktailors

FourSquare Booktailors



Facebook Bookoffice


Editoras Nacionais
Livrarias Nacionais
Livrarias on-line
Editoras Brasileiras
Imprensa Brasileira
Blogosfera Brasileira
Eventos no Brasil
Imprensa Internacional

Associações e Institutos de Investigação
Feiras internacionais
Seg, 31/Mai/10
Seg, 31/Mai/10
«O prémio Camões 2010 foi hoje atribuído ao poeta brasileiro Ferreira Gullar. O júri não tinha ainda conseguido comunicar ao premiado que foi distinguido com o galardão. Gullar foi distinguido pela "nota pessoal de lirismo" e "valores universais" no seu trabalho.» Ler no Público. O diário disponibilizou ainda uma entrevista do poeta ao extinto (e saudoso) Mil Folhas. A entrevista foi conduzida por Carlos Câmara Leme.

Etiquetas:

por Booktailors às 20:49 | comentar | partilhar

Seg, 31/Mai/10
Para Ferreira Gullar. O anuncio foi feito ao final da tarde. Recorde-se que este Autor era publicado em Portugal pelas Quasi Edições.

Etiquetas:

por Booktailors às 20:11 | comentar | partilhar

Seg, 31/Mai/10
A Pato Lógico Edições é uma nova editora que, para já, tem apenas o site «em construção». Via Planeta Tangerina.

Etiquetas: ,

por Booktailors às 17:00 | comentar | partilhar

Seg, 31/Mai/10
No seguimento desta notícia publicada pelo Diário de Notícias, na qual se referia que alguns manuais escolares do Grupo LeYa teriam recebido críticas por parte de alguns docentes, Carmo Correia (directora coordenadora Edições escolares) responde ao diário. Reproduzimos aqui essa mesma carta.

«Senhor Director,

O Diário de Notícias, que superiormente dirige, publicou hoje, dia 28 de Maio, um artigo intitulado "Professores criticam manuais", onde se "denuncia" a Editora LeYa, que é "acusada de lançar livros sem qualidade com base em sugestões dispersas dos docentes". Sobre esse artigo, permita-me dizer-lhe o seguinte:

1. O artigo refere-se a quatro manuais escolares da editora Sebenta, uma das editoras que integra a LeYa.

2. As edições da Sebenta caracterizam-se, desde sempre, por grande qualidade e rigor científico, de que são responsáveis autores com larga experiência no ensino, na formação de professores e na publicação de edições escolares e paraescolares.

3. Os manuais criticados pela jornalista integram um projecto pioneiro e inovador, que tem recolhido enorme adesão por parte dos professores, como é público e notório. Basta dizer que, na elaboração desses manuais, colaboraram com entusiasmo e competência cerca de 2 000 (dois mil!) professores, pertencentes a centenas de escolas do país.

4. Contra esses dois mil professores, contra os autores dos manuais, contra os seus revisores científicos e contra os seus certificadores oficiais, recolheu a jornalista a opinião de três pessoas: Paulo Guinote, cuja qualidade de autor da Porto Editora – a mais directa concorrente da Leya no mercado das edições escolares – a jornalista não achou necessário referir; Raquel Pereira Henriques, da Associação de Professores de História (matéria a que parcialmente respeita um dos quatro manuais em apreço); e Albino Almeida, da Confederação Nacional de Associações de Pais, sempre disponível para criticar a LeYa.

5. Paulo Guinote critica os manuais porque os professores que neles colaboraram não foram remunerados; Raquel Pereira Henriques porque entendeu que as questões colocadas no site sobre o manual e a disciplina «não eram muito complexas» e, sobretudo, porque foi pedido aos professores que respondessem de "forma sucinta e com número limitado de caracteres"; e Albino Almeida por não acreditar que "isto (sic) sirva para alguma coisa".

6. Salvo o devido respeito, não parece que a ausência de remuneração, o número limitado de caracteres (aliás, uma não verdade) e as dúvidas de fé de um dirigente associativo consintam as bombásticas conclusões tiradas pela jornalista do DN.

7. Parece evidente que estas três opiniões não permitem pôr em causa a qualidade e o rigor do trabalho de tanta gente, tão competente e tão dedicada, como a que participou, com entusiasmo e generosidade, na elaboração destes manuais.

8. No entanto, o artigo publicado põe em causa, em nosso entender, de forma leviana, manuais que foram sujeitos a certificação por parte do Ministério da Educação, e a avaliação científica e pedagógica por parte das Escolas Superiores de Educação de Viseu e de Setúbal, entidades que devem merecer tanto respeito e consideração quando aprovam os manuais escolares da LeYa como quando o fazem com os manuais de outras editoras concorrentes.

9. O director de marketing escolar da LeYa, quando contactado pela jornalista, nunca foi confrontado com as críticas – da jornalista ou das suas fontes – sobre a falta de qualidade dos manuais.

Permita, Senhor Director, uma última nota: este artigo foi publicado nas vésperas da escolha dos manuais que as escolas vão adoptar para o ano lectivo 2010/2011. O teor deste artigo, o seu título, a sua paginação – tudo contribui para prejudicar, num momento decisivo, o trabalho sério, competente, rigoroso que as editoras da LeYa realizaram. E, prejudicando a LeYa, beneficiam evidentemente as editoras que com ela concorrem, a cujos colaboradores foi dada a oportunidade de criticar o trabalho da LeYa, sem que a LeYa deles se pudesse defender.

Com os melhores cumprimentos,
Carmo Correia
Directora-Coordenadora de Edições Escolares»

Etiquetas: ,

por Booktailors às 15:01 | comentar | ver comentários (1) | partilhar

Seg, 31/Mai/10
Segundo dados da Paulinas, a obra Bento XVI em Portugal - Discursos e Homilias, que reproduz os discursos do Papa durante a sua visita a Portugal, esgotou a sua tiragem inicial de 3000 exemplares.


por Booktailors às 15:00 | comentar | partilhar

Seg, 31/Mai/10
O próximo número da revista Bang! terá Saafa Dib como editora, como a própria explica aqui. O número 7 foi disponibilizado para download gratuito aqui. Recorde-se que a Bang! é uma revista da Saída de Emergência, dedicada ao fantástico e à aventura.

Etiquetas: ,

por Booktailors às 13:00 | comentar | partilhar

Seg, 31/Mai/10
As Edições Artefacto e Fundação Guilherme estão a promover um concurso literário, cujo prémio será a publicação da obra, por parte do primeiro promotor. Consulte o regulamento aqui.

Etiquetas:

por Booktailors às 12:00 | comentar | partilhar

Seg, 31/Mai/10
Ficção

Livrarias Almedina
1 Peregrinação de Enmanuel Jhesus, de Pedro Rosa (Dom Quixote)
2 Vinte e Zinco, de Mia Couto (Caminho)
3 O Chão das Raízes, de Leonel Cosme (Unicepe)
4 O Miúdo Que Pregava Pregos numa Tábua, de Manuel Alegre (Dom Quixote)
5 No País das Ultimas Coisas, de Paul Auster (ASA)
6 Solar, de Ian McEwan (Gradiva)
7 Livros & Cigarros, de George Orwell (Antígona)
8 Pedro Páramo, de Juan Rulfo (Cavalo De Ferro)
9 Melodia Interrompida, de Carlos Almeida Santos (Calçada das Letras)
10 O Museu da Inocência, de Orhan Pamuk (Presença)

Livrarias Bertrand
1 Indomável, de P. C. Cast (Saída de Emergência)
2 Mataram o Sidónio!, de Francisco Moita Flores (Casa das Letras)
3 Os Íntimos, de Inês Pedrosa (Dom Quixote)
4 Dança com o Diabo, de Sherrilyn Kenyon (Chá das Cinco)
5 A Arte de Morrer Longe, de Mário de Carvalho (Caminho)
6 A Melodia do Adeus, de Nicholas Sparks (Presença)
7 Peregrinação de Enmanuel Jhesus, de Pedro Rosa (Dom Quixote)
8 Jogo de Mãos, de Nora Roberts (Chá das Cinco)
9 Compaixão, de Jodi Picoult (Civilização)
10 A Mecânica do Coração, de Mathias Malzieu (Contraponto)

Não-ficção

Livrarias Almedina
1 Histórias Rocambolescas da História de Portugal, de João Ferreira (Esfera dos Livros)
2 Citações e Pensamentos de Agostinho da Silva, de Paulo Neves da Silva (Casa das Letras)
3 Educação: O Caminho da Nova Humanidade - Das Coisas às Pessoas aos Valores, de José Ribeiro Dias (Papiro)
4 Alegrias e Tristezas do Trabalho, de Alain de Botton (Dom Quixote)
5 Entre Droga e Crime, de Cândido De Agra (Casa das Letras)
6 Um Mundo Sem Deus - Ensaio Sobre o Ateísmo, de Michael Martin (Edições 70)
7 Islão - Passado, Presente e Futuro, de Hans Kung (Edições 70)
8 Os Segredos do Vaticano, de Bernard Lecomte (ASA)
9 Ansiedade, de Ricky Emanuel (Almedina)
10 Perversão, de Claire Pajaczkowska (Almedina)

Livrarias Bertrand
1 As Razões de Bento XVI, de Aura Miguel (Texto)
2 Vidas - Biografias, Perfis e Encontros, de Maria Filomena Mónica (Alêtheia)
3 D. Amélia, de Isabel Stilwell (A Esfera dos Livros)
4 Portugal: o Sabor da Terra, de José Mattoso, Suzanne Daveau e Durate Belo (Temas e Debates)
5 Histórias Rocambolescas da História de Portugal, de João Ferreira (Esfera dos Livros)
6 Mourinho - A Descoberta Guiada, de Luís Lourenço (Prime Books)
7 O Meu Pequeno Médico, de Graziela Gilioli (Verso de Kapa)
8 Os Alimentos e os Mitos que nos Engordam, de Isabel do Carmo (Livros D'Hoje)
9 Morrer É só não Ser Visto, de Inês de Barros Baptista (Planeta)
10 Aprender a Ser, de Christiane Águas (Ariana)

Infanto-Juvenil

Livrarias Almedina
1 Ismael e Chopin, de Miguel Sousa Tavares (Oficina do Livro)
2 A Múmia Sem Nome, de Geronimo Stilton (Presença)
3 Ulisses, de Maria Alberta Menéres (ASA)
4 À Beira do Lago dos Encantos, de Maria Alberta Menéres (ASA)
5 A História das Invenções, de AA.VV. (Texto)
6 Os Ovos Misteriosos, de Luísa Ducla Soares e Manuela Bacelar (Afrontamento)
7 Animalário Universal, de Miguel Murugarren (Orfeu Negro)
8 O Livrinho das Lengalengas, de Fedra Santos e José Viale Moutinho (Afrontamento)
9 Meu Pé de Laranja Lima, de José Mauro de Vasconcelos (Dinapress)
10 Canta o Galo Gordo, de Inês Pupo (Caminho)

Livrarias Bertrand
1 Ismael e Chopin, de Miguel Sousa Tavares (Oficina do Livro)
2 A Múmia Sem Nome, de Geronimo Stilton (Presença)
3 Olho por Olho, de Robert Muchamore (Porto Editora)
4 Salvemos a Baleia Branca, de Geronimo Stilton (Presença)
5 O Principezinho, de Antoine de Saint-Exupéry (Presença)
6 O Rapaz do Pijama às Riscas, de John Boyne (ASA)
7 Guia Oficial Júnior - Mundial FIFA 2010, de Gavin Newsham (Booksmile)
8 Uma Aventura no Pulo do Lobo, de Ana Maria Magalhães (Caminho)
9 O Código do Dragão - 1ª Parte, de Tea Stilton (Presença)
10 O Meu Primeiro Jesus, de Peter Stilwell (Dom Quixote)

Etiquetas:

por Booktailors às 10:00 | comentar | partilhar

Seg, 31/Mai/10
O autor Junot Diaz foi eleito para o Pulitzer Prize Board. Ver aqui. Via LER.

Etiquetas: ,

por Booktailors às 09:30 | comentar | partilhar

Seg, 31/Mai/10
ESCREVER À VISTA, DESENHAR SOBRE LETRAS (PARTE I),
por Carla Maia de Almeida (*)

Estava sem saber do que falar na crónica para o Blogtailors quando me ocorreu telefonar à Danuta. Danuta Wojciechowska, ilustradora e designer de origem canadiana e nome complicado (sei um truque mnemónico, se quiserem explico), a viver e a trabalhar em Lisboa desde 1984. Ganhou o Prémio Nacional de Ilustração em 2003 e já fez livros com uma série de escritores, incluindo Mia Couto, Ondjaki, António Mota e Alice Vieira. Adivinhem qual foi o tema da conversa.

Carla Maia de Almeida (CMA): É difícil trabalhar com escritores?
Danuta Wojciechowska (DW): Não posso generalizar. É uma experiência que muda de livro para livro, até com o mesmo escritor. Uma pessoa cria expectativas e depois acontece uma coisa diferente. Mas isso é o mais fascinante, quando se faz um livro a meias.

CMA: E exigente. Não sei é possível fazer um bom picture book se a relação entre escritor e ilustrador não for minimamente… fluente. Não digo que precisem de ser amigos, mas será possível fazer um bom livro se houver um mau relacionamento?
DW: Talvez só com um escritor morto…
CMA: Sim, pelo menos esses não levantam cabelo.
DW: Mas olha, eu já ilustrei contos do Hans Christian Andersen e foi como se ele voltasse a viver. Quando estava a trabalhar sobre o texto, era como se ele ganhasse vida própria. Isto pode parecer uma coisa um bocado maluca.

CMA: Nem por isso. E alguma vez recusaste ilustrar um livro?
DW: Já.

CMA: Não vamos personalizar. Mas qual foi o motivo, o texto ou a pessoa?
DW: Foi o texto. Há textos que eu começo a ler e vejo logo o que vou fazer, estou dentro; e há outros em que faço um trabalho grande de pesquisa, porque tenho de me transportar para uma realidade que desconheço. Quando se vai estar dez ou 12 horas por dia a trabalhar num livro que alguém escreveu, há que ponderar.

CMA: Visto do lado de cá, digo-te que esse trabalho pode ser um bocado invasivo…
DW: Gostava de te perguntar isso. Quando entregas o livro, sabes que o ilustrador vai ter uma influência enorme. De certo modo, é como se mexesse no texto. O que é que sentes?
CMA: Sinto uma ansiedade enorme. Como é que ele ou ela vai interpretar as minhas palavras? Não é fácil… Ao mesmo tempo, considero que o ilustrador pode ser tão autor como o escritor. Não têm de ser amigos, mas o ideal é que haja uma admiração recíproca. Uma sensibilidade e um respeito pelo trabalho artístico do outro.
DW: Para mim, as melhores soluções ocorrem quando escritor e ilustrador são a mesma pessoa, ou então quando são muito próximos. Por exemplo, o caso do Jean de Brunhoff, que inventou o elefante Babar. Dizem que era a mulher dele quem escrevia. Ou então como o Anthony Browne ou o Peter Sís ou a Marie-Louise Gay, que escrevem e ilustram ao mesmo tempo.

CMA: Acho que esse é o sonho de qualquer autor, ser uma espécie de artista total. Não gostavas?
DW: Gostava. Tenho cadernos cheios de ideias para livros. Ideias, esboços, estruturas, pequenas frases… Quem vem das artes talvez tenha mais capacidade para depois escrever. É mais difícil para quem escreve conquistar o domínio das linguagens pictóricas. De qualquer modo, é raro alguém dominar essas duas valências. Se houver a hipótese de as pessoas caminharem juntas na concepção de um livro em que exista esse tal respeito que tu referes… Confesso que perco um bocado o interesse se o escritor me quer dirigir muito. Perco a motivação. Quero sentir essa liberdade, no que é o meu campo.

CMA: Mas demasiada liberdade também não pode ser desmotivante?
DW: Pode. Eu não gosto de me sentir abandonada com a responsabilidade toda. Não quero que o escritor desapareça e me deixe com a criança nas mãos…
CMA: Percebo-te.
DW: Tem de haver equilíbrio. Da mesma maneira, penso que o escritor também não gostaria que o ilustrador mexesse no texto.
CMA: Não, mas a verdade é que, mesmo sem tocar numa palavra, o ilustrador já está a mexer no texto quando o interpreta por imagens.
DW: Exactamente, ele acrescenta a sua perspectiva.

CMA: Nesse sentido, o escritor fica mais «na mão» do ilustrador. No meu caso, houve alturas em que olhei para as ilustrações e pensei: «Não é isto. E agora, como é que vou dizer-lhe?» É aí que o editor pode desempatar, funcionando como uma espécie de «o juiz decide». Claro que é preciso distinguir o que são preciosismos e vaidades do ego de outras coisas que afectam a linha narrativa e a correspondência entre texto e imagem.
DW: Agora temos mais um elemento em jogo, embora cá em Portugal não apareça muito, que é o director de arte da editora. Normalmente, dá indicações muito importantes para o livro, porque tem mais conhecimentos da área das artes que o editor. Ele vê o livro exactamente como quer vê-lo, mesmo antes de estar pronto.

CMA: E tens de obedecer?
DW: Temos de aprender a lidar com eles, especialmente quando são muito intervencionistas. No caso dos asiáticos, então…

CMA: Como é a maneira de trabalhar dos asiáticos?
DW: Eles mandam o briefing e já têm tudo preparado. Dizem qual é a parte do texto que deve ser ilustrada na página x, podem ir ao ponto de descrever a expressão facial que querem, às vezes até mandam alguns esboços… Os americanos também funcionam muito assim. Até têm uma expressão de que eu não gosto nada: «we will use» ou «we might use your illustrations». É como o aluguer de um serviço. Existe o perigo da redução do papel do ilustrador e o resultado pode ser um produto mais «comestível».

CMA: É uma atitude bastante comercial.
DW: Sim, mas como depois aquilo é muito bem pago, há uma elevação do trabalho, há um diálogo que é recompensado. Essa parte é muito importante. Infelizmente, não é o que se passa em Portugal.

CMA: O mercado está a nivelar por baixo?
DW: A tendência é essa. E seria bom conseguir fugir dessas pressões e criar condições para que pudessem surgir livros originais, especiais.
CMA: «Os livros que ressoam», como diz a Cristina Taquelim, da Biblioteca de Beja. Gosto muito dessa expressão.

[Continua]

(*) Jornalista freelancer, colabora com a LER, Notícias Magazine e Notícias Sábado. Licenciada e pós-graduada em Comunicação Social pela Universidade Nova de Lisboa, tem uma pós-graduação em Livro Infantil pela Universidade Católica Portuguesa. Na Caminho, publicou O gato e a Rainha Só, Não Quero Usar Óculos e Ainda Falta Muito?. Escreve sobre livros e não só no blogue O Jardim Assombrado. Nasceu em Matosinhos, a 12 de Janeiro de 1969.
-
Consulte a oferta de formação da Booktailors na barra lateral do blogue.


por Booktailors às 09:00 | comentar | partilhar

Dom, 30/Mai/10
Dom, 30/Mai/10
09h00/14h00
Feira do Alfarrábio «Canto do Livro Velho»
Praça da Restauração

10h00
Abertura Stands de Exposição
Stands

10h00/13h00
Espaço Leitura «Vamos N'Eça» - Criamar
Pavilhão dos Autores

14h00/17h00
«Speakers Corner» por Teatro Experimental do Funchal
Placa Central Av. Arriaga

15h00
Workshop - Construção e Manipulação de Fantoches
Espaço Infantil

16h00
Peça de Fantoches À Descoberta da Madeira
Espaço Infantil

17h00
Conversas com… Valter Hugo Mãe
Pavilhão dos Autores

17h00/20h00
Os Autores e o Público – Autógrafos
Stands

18h00
Apresentação de Livros
Pavilhão dos Autores

18h00
Teatro – Vou-te Bater! F@cebook por Com.Tema
Teatro Municipal

19h30
Orquestra Académica do Conservatório - Esc. Artes Madeira
Praça da Restauração

20h15
Peça Teatro A Birra do Morto - Assoc. Sorriso do Atlântico
Praça da Restauração

21h00
Encerramento Stands de Exposição
Stands

21h30
Teatro – Vou-te Bater! F@cebook por Com.Tema
Teatro Municipal

Ver mais aqui.


por Booktailors às 09:30 | comentar | partilhar

Dom, 30/Mai/10


Via Book Patrol.
-
Consulte a oferta de formação da Booktailors na barra lateral do blogue.

Etiquetas: ,

por Booktailors às 09:00 | comentar | partilhar

Sáb, 29/Mai/10
Sáb, 29/Mai/10
09h00/14h00
Feira do Alfarrábio «Canto do Livro Velho»
Praça da Restauração

09h00/21h00
12 Horas de Banda Desenhada
Stand Livraria 7ª Dimensão

10h00
Abertura Stands de Exposição
Stands

10h00/13h00
Espaço Leitura «Vamos N'Eça» - Criamar
Pavilhão dos Autores

10h00/19h00
Feira da Amizade (Sec. Regional de Educação e Cultura)
Jardim Municipal

15h00
Workshop - Construção e Manipulação de Fantoches
Espaço Infantil

16h00
Peça de Fantoches À Descoberta da Madeira
Espaço Infantil

17h00
Conversas com… Luandino Vieira
Pavilhão dos Autores

17h00/20h00
Os Autores e o Público – Autógrafos
Stands

18h00
Apresentação de Livros
Pavilhão dos Autores

19h00
Atribuição Prémio Bettencourt – 2009 ao vencedor
Pavilhão dos Autores

19h15
Divulgação Vencedor Prémio Bettencourt - 2010
Pavilhão dos Autores

19h30
Ensemble de Saxofones do Conservatório - Esc. Artes Madeira
Praça da Restauração

20h15
Peça Teatro A Birra do Morto - Assoc. Sorriso do Atlântico
Praça da Restauração

21h00
Encerramento Stands de Exposição
Stands

21h30
Teatro – Vou-te Bater! F@cebook por Com.Tema
Teatro Municipal

Ver mais aqui.


por Booktailors às 09:30 | comentar | partilhar

Sáb, 29/Mai/10


Via Brave New World.
-
Consulte a oferta de formação da Booktailors na barra lateral do blogue.

Etiquetas: ,

por Booktailors às 09:00 | comentar | partilhar

Sex, 28/Mai/10
Sex, 28/Mai/10
Veja o novo site da LeYa/MediaBooks aqui.

Etiquetas: ,

por Booktailors às 17:00 | comentar | partilhar

Sex, 28/Mai/10
Da Booktailors ficam aqui os sinceros votos de parabéns. Ilustração de Pedro Vieira retirada daqui.

Etiquetas:

por Booktailors às 15:00 | comentar | partilhar

Sex, 28/Mai/10
Podemos ler no blogue da Assírio & Alvim a opinião da editora sobre o prolongamento da Feira do Livro de Lisboa, assim como sobre a campanha hora H que resultaram na crítica de alguns dos mais importantes livreiros independentes.

Para além disso, fica o pedido no blogue, que passamos a transmitir:
«Achamos que este é um debate necessário e urgente. Seguimo-lo com muito interesse e apelamos a que outros entrem num DEBATE que deve dar corpo e sequência ao PROTESTO e que, para além do prolongamento, pense outras questões, como a duração da Feira do Livro (não seriam suficientes 9, 10 dias?), as datas das feiras de Lisboa e Porto (não é já claro que estas datas não servem?), a proliferação de feiras que praticam descontos escandalosos em livros acabados de chegar às livrarias, a aplicação da Lei do Preço Fixo, etc., etc., um sem fim de questões que pedem, há muito, solução.»


por Booktailors às 13:45 | comentar | partilhar

Sex, 28/Mai/10
Acompanhe a edição deste ano da Feira do Livro de Madrid aqui. Ver mais no El País.Via LER.


por Booktailors às 13:00 | comentar | partilhar

Sex, 28/Mai/10
Ian McEwan venceu o prémio Bollinger Everyman Wodehouse pela obra Solar. Como parte do prémio, será dado o nome de Solar a um porco, durante o festival literário Hay. Ler aqui e aqui.


por Booktailors às 12:00 | comentar | partilhar

Sex, 28/Mai/10

Ainda existem vagas para o curso de Marketing do Livro, com o início previsto para o próximo dia 21 de Junho.

Trata-se de uma nova edição do curso de Marketing do Livro, leccionado pelos Booktailors Paulo Ferreira e Nuno Seabra Lopes, tendo por objectivo apresentar as noções essenciais da disciplina do Marketing, fazendo-se a devida ponte com o sector do livro.

O curso tem a duração de 18 horas, divididas em seis sessões de três horas, durante os meses de Junho e Julho, e as vagas são limitadas. Poderá inscrever-se através do e-mail formacao@booktailors.com. Mais informações aqui.

Etiquetas:

por Booktailors às 11:00 | comentar | partilhar

Sex, 28/Mai/10
«Editora LeYa acusada de lançar livros sem qualidade com base em sugestões dispersas dos docentes.

Os quatro manuais escolares que vão ser comercializados pela LeYa já no próximo ano lectivo, com base em sugestões de dois mil professores, vão ser "uma manta de retalhos" e não terão a "qualidade necessária". As opiniões são partilhadas por professores e pais. Paulo Guinote, professor e autor do blogue A Educação do Meu Umbigo, que se recusou a participar neste projecto.»

Estes quatro livros são o resultado de uma experiência interactiva de desenvolvimento «comunitário» de livros escolares que o grupo LeYa efectuou com um grupo de professores e que levanta, agora, suspeitas de falta de qualidade e críticas pela não remuneração dos professores participantes no projecto. Via Diário de Notícias.

Etiquetas:

por Booktailors às 10:36 | comentar | partilhar

Sex, 28/Mai/10
Começa hoje a Feira do Livro de Madrid, que decorre até dia 13 de Junho.


por Booktailors às 10:00 | comentar | partilhar

Sex, 28/Mai/10
13h00
Abertura Stands de Exposição
Stands

14h00/17h00
«Speakers Corner» por Teatro Experimental do Funchal
Placa Central Av. Arriaga

14h00/19h00
Feira da Amizade (Sec. Regional de Educação e Cultura)
Jardim Municipal

16h00
Contadores de Histórias, Biblioteca Infantil e Jogos Didáticos
Espaço Infantil

17h00
Conversas com… Carlos Vale Ferraz
Pavilhão dos Autores

17h00/20h00
Os Autores e o Público – Autógrafos
Stands

18h00
Apresentação de Livros
Pavilhão dos Autores

19h00
Apontamento Grupo Musical Xarabanda
Praça da Restauração

20h20
1.ª Edição «PechaKucha Night Funchal»
Pavilhão dos Autores

21h00
Encerramento Stands de Exposição
Stands

21h30
Teatro – Vou-te Bater! F@cebook" por Com.Tema
Teatro Municipal

22h00
Concerto com Velhos Hóteis
Café do Teatro

Ver mais aqui.


por Booktailors às 09:30 | comentar | partilhar

Sex, 28/Mai/10
«COMPANHEIRO, AMIGO, PALHAÇO, DESTE CIRCO QUE É A VIDA»,
por Pedro Bernardo (*)

Mais um ano, mais uma polémica. A Feira do Livro parece ter o condão de dar sucessivos tiros no pé, não importa para onde aponte. A organização parece também não ser capaz de traçar um rumo, cumpri-lo (e fazer cumpri-lo). O episódico fecho semanal mais cedo e a rábula «feira à chuva», com ordem (e comunicação ao público) de encerramento-que-afinal-já-não-é-porque-há-quem-não-cumpra, não prestigia a direcção da Feira e transmite uma ideia de bandalheira. O prolongamento, com pretextos anedóticos, começa a ser norma: a chuva, o Benfica campeão, meu Deus!, e, para não invocar o nome do Senhor em vão, a visita de Sua Santidade. Tudo serve para prolongar a facturação, que corria de feição, haja rolos.

Entretanto, dos atropelos à lei do preço fixo nos livros do dia, a organização não quer saber; da relação com os livreiros, companheiros e amigos no resto do ano, mas palhaços durante a Feira, também não, embora haja vozes que se insurgem contra isto (Booksmile, Antígona e Assírio & Alvim, honra lhes seja feita). É certo que, se os pequenos livreiros invocam este período em que não facturam como crucial para a sua existência, então provavelmente deveriam reequacionar o seu negócio. Mas também é verdade que o espírito com que a Feira foi concebida — apresentação ao público de fundos, que entretanto desapareceram do mercado — tem vindo a ser sistematicamente pervertido, com a conivência de quase todos e para conveniência de muitos. A rede livreira é parte essencial do sector, e as práticas de sã concorrência deveriam imperar.

Ciclicamente erguem-se vozes a perguntar por que razão coexistem na mesma associação entidades com interesses diferentes, embora complementares; outros perguntam o que faz a APEL em prol dos seus associados para além de lhes cobrar quotas e mais uns milhares pela inscrição no evento que organiza actualmente; outros ainda perguntam porque não tem cursos de formação profissional para as várias actividades que caem na sua alçada. Os mais cépticos perguntam para que serve. Os mais cínicos chamam a atenção para o facto de o ponto alto da actividade do sector ser a apresentação do seu produto a preço de saldo em barraquinhas. Os mais estóicos aguentam.

(*) Pedro Bernardo, licenciado pela Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa, é director editorial de Edições 70, tendo ainda a seu cargo a produção da mesma editora, onde desempenha funções desde 2000. No seu percurso profissional, foi também tradutor e revisor.
-
Consulte a oferta de formação da Booktailors na barra lateral do blogue.


por Booktailors às 09:00 | comentar | ver comentários (2) | partilhar

Qui, 27/Mai/10
Qui, 27/Mai/10
Em nota de imprensa, a Porto Editora anunciou um aumento de 40% no volume de vendas na edição deste ano da Feira do Livro de Lisboa, em relação a 2009. Recorde-se que a Porto Editora contou este ano com 18 stands das várias editoras e chancelas do Grupo, para além de três tendas de eventos.


por Booktailors às 17:00 | comentar | partilhar

Qui, 27/Mai/10
«Livros novos, manuseados, antigos e raros, a preços convidativos, podem ser adquiridos sexta-feira e sábado, no Porto, numa feira que conta com alguns dos principais alfarrabistas da zona dos clérigos e ruas adjacentes.» Ler no Diário Digital.


por Booktailors às 16:00 | comentar | partilhar

Qui, 27/Mai/10
Está a decorrer a Feira do Livo de Celorico de Basto até ao próximo dia 29 de Maio. Ver mais aqui.

Etiquetas:

por Booktailors às 15:00 | comentar | partilhar

Qui, 27/Mai/10
«A edição de 2010 do Festival Internacional de Banda Desenhada de Beja bate o recorde de autores estrangeiros, países representados e exposições individuais e colectivas. Mesmo sem exposição, o belga Hermann (autor das séries Bernard Prince, Comanche, As Torres de Bois-Maury e Jeremiah, além de numerosos álbuns a solo) é umas estrelas da banda desenhada europeia que irá estar no próximo fim-de-semana em Beja, onde começa o VI Festival Internacional de BD.» Ler no Público.


por Booktailors às 14:38 | comentar | partilhar

Qui, 27/Mai/10
Decorre hoje a segunda de duas sessões da conferência «Whose Words: alternative theories of authorship in Portuguese and American Poetry in the 20th Century», que conta com as participações de Srikanth Reddy, Richard Zenith, Margarida Vale do Gato, João Cabral de Melo Neto e Sharon Allen. Na Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa. Ver mais aqui e aqui.

Etiquetas:

por Booktailors às 14:00 | comentar | partilhar

Qui, 27/Mai/10
«Poesia, performance, canto lírico e sapateado são os ingredientes principais da edição deste mês do ciclo "Quintas de Leitura", marcada para hoje, às 22 horas, no Auditório do Teatro do Campo Alegre, no Porto.» Ler no Jornal de Noticias.

Etiquetas: ,

por Booktailors às 13:00 | comentar | partilhar

Qui, 27/Mai/10
«O escritor mexicano Carlos Fuentes recebeu, no passado dia 26, das mãos do presidente da câmara de Paris, Bertrand Delanoë, a Grande Médaille de Verneil, a maior distinção outorgada pela edilidade da capital francesa, pelo seu percurso no mundo das letras.» Ler no Diário de Notícias.

Etiquetas: ,

por Booktailors às 12:00 | comentar | partilhar

Qui, 27/Mai/10
«Os institutos, organismos e direcções-gerais afectos ao Ministério da Cultura (MC) estão a mobilizar-se para avaliar o impacto da cativação de 20 por cento nas verbas atribuídas pelo Programa de Investimentos e Despesas de Desenvolvimento da Administração Central (PIDDAC) à tutela. A medida de contenção será aplicada em todos os ministérios e representa para a Cultura - que conta com 65 milhões de euros de dotação do PIDDAC - uma redução de 13 milhões de euros.» Ler no Público.


por Booktailors às 11:12 | comentar | partilhar

Qui, 27/Mai/10
Em Julho de 2009, Manuel Freitas, director-geral da Booksmile, escreveu um post onde respondia à questão «Como publicar um livro?». Na sequência deste, Manuel Freitas indica agora como «publicar uma auto-biografia de um determinado atleta».

Etiquetas: ,

por Booktailors às 10:00 | comentar | partilhar

Qui, 27/Mai/10
13h00
Abertura Stands de Exposição
Stands

14h00/17h00
«Speakers Corner» por Teatro Experimental do Funchal
Placa Central Av. Arriaga

14h00/19h00
Feira da Amizade (Sec. Regional de Educação e Cultura)
Jardim Municipal

16h00
Contadores de Histórias, Biblioteca Infantil e Jogos Didáticos
Espaço Infantil

17h00
Conversas com… Isabela Figueiredo
Pavilhão dos Autores

17h00/20h00
Os Autores e o Público – Autógrafos
Stands

18h00
Apresentação de Livros
Pavilhão dos Autores

19h00
Entrega de Prémios Concurso Literário
Pavilhão dos Autores

19h30
Ensemble de Clarinetes do Conservatório - Esc. Artes Madeira
Praça da Restauração

20h15
Peça Teatro A Birra do Morto - Assoc. Sorriso do Atlântico
Praça da Restauração

21h00
Encerramento Stands de Exposição
Stands

21h30
Teatro – Vou-te Bater! F@cebook por Com.Tema
Teatro Municipal

22h00
Noite dos Poetas
Café do Teatro

Ver mais aqui.


por Booktailors às 09:30 | comentar | partilhar

Qui, 27/Mai/10
Vale a pena ler o texto de Guilherme Valente dedicado ao eduquês – um conceito que tem glosado por diversas vezes. Publicado no jornal Público de sábado, o artigo está, na sua íntegra, no excelente De Rerum Natura: «Atente-se na irresponsabilidade mais gritante: a aprendizagem da leitura e da escrita, os níveis de "iliteracia", palavra importada para evitar o termo português que toda a gente perceberia: analfabetismo funcional. Segundo o estudo comparativo mais recente, um estudo oficial, muito eduquês, aliás, na trapalhada nada inocente do seu conteúdo e da sua escrita iletrada, a percentagem de iliteracia (na verdade puro e simples analfabetismo, perguntem aos docentes) é em Portugal de 60%!!! Num País em que o analfabetismo é desde sempre a grande chaga, não seria a alfabetização real do País o grande desafio a empreender e a estar há muito vencido?» Ler aqui.
-
Consulte a oferta de formação da Booktailors na barra lateral do blogue.

Etiquetas: ,

por Booktailors às 09:00 | comentar | ver comentários (1) | partilhar

Qua, 26/Mai/10
Qua, 26/Mai/10
O e-reader EB710 é o mais recente leitor a ser anunciado, com um ecrã de 7 polegadas, resolução 800 x 480 a cores, leitor MP3, calendário electrónico, USB 2.0, bateria recarregável e rádio FM. Como Sérgio Bastos indica no seu eBook Portugal, parece ser um leitor mais virado para o áudio que para a leitura. Mais aqui.


por Booktailors às 17:00 | comentar | partilhar

Qua, 26/Mai/10
Edição da ARdoTempo. Em Portugal, o livro foi publicado pela Oficina do Livro.

Etiquetas: ,

por Booktailors às 15:00 | comentar | partilhar

Qua, 26/Mai/10
O eForo Publidisa deste ano é subordinado ao tema «eDistribución: Negocios en la edición digital», decorrendo em Madrid amanhã. O encontro contará com a participação de especialistas internacionais no comércio electrónico de livros e agentes estratégicos para este sector como a Telefónica, MacGraw Hill, entre outros. Ver aqui e aqui.


por Booktailors às 13:00 | comentar | partilhar

Qua, 26/Mai/10
«Na sexta-feira, pelas 18.00, no Castelo de Portalegre, realiza-se a conferência "José Régio Diarista - o Diário de José Régio", ministrada pela professora Paula Morão, docente na Faculdade de Letras de Lisboa. Ainda no castelo da cidade alentejana está patente a exposição "José Régio em Portalegre". Esta mostra é composta por um conjunto de documentos e obras de arte, com os quais se pretende retratar o quotidiano do poeta.» Ler no Diário de Notícias.

Etiquetas: ,

por Booktailors às 12:30 | comentar | partilhar

Qua, 26/Mai/10
Integrado na programa cultural da Fnac, os visitantes da feira tiveram direito a um concerto de violinos, interpretado por alunos do Conservatório Escola das Artes (Funchal).


por Booktailors às 12:00 | comentar | partilhar

Qua, 26/Mai/10
«O actor britânico Ben Kingsley, vencedor do Óscar de Melhor Actor de 1982 pela sua impressionante actuação em Gandhi, quer adaptar para o cinema o clássico de Eça de Queiroz, O Primo Basílio. A revelação foi feita ao programa da RTP Janela Indiscreta com Mário Augusto.» Ler no Correio da Manhã.

«Depois de Príncipe da Pérsia, que estreia hoje, o actor inglês vai dedicar-se ao romance de Eça de Queirós. Faça-se uma vénia, porque estamos a falar com um cavaleiro.» Ler no jornal i.


por Booktailors às 11:30 | comentar | partilhar

Qua, 26/Mai/10
«Afirma que todos os escritores deveriam escrever um livro infantil. Acredita mesmo nessa sentença?
Disse-o porque acredito que escrever para crianças devolve uma certa humildade inicial da escrita e prova que se está ao serviço dos outros. Quando vou a uma escola e vejo o que a história fez às crianças, confirmo que cumpriu a sua finalidade, em vez de ser uma coisa só nossa. Para além disso, se os autores querem ter leitores, é preciso formá-los desde pequenos.

A concorrência é muito grande...
Nunca foi tão importante haver boa literatura infantil, porque as crianças são atraídas por milhares de coisas mais fáceis, instantâneas e baratas que o livro. Com boa literatura infantil, defende-se o livro.» Ler no Diário de Notícias.


por Booktailors às 11:00 | comentar | partilhar

Qua, 26/Mai/10

Ainda existem vagas para o curso de Revisão de Texto - nível intermédio, por Helder Guégués. O curso tem o seu início previsto para o próximo dia 14 de Junho.

Este curso procura aprofundar os conhecimentos dados no curso de Revisão e Preparação do Original - nível inicial, leccionado por Sérgio Coelho.

Tem a duração de 18 horas, divididas em seis sessões de três horas, durante o mês de Junho, e as vagas são limitadas. Poderá inscrever-se através do e-mail formacao@booktailors.com. Mais informações aqui.

Etiquetas:

por Booktailors às 10:00 | comentar | partilhar

Qua, 26/Mai/10
13h00
Abertura Stands de Exposição
Stands

14h30/16h00
Final Regional «Triatlo Literário» 1.º Ciclo – Proj. Baú de Leitura
Pavilhão dos Autores

16h00
Contadores de Histórias, Biblioteca Infantil e Jogos Didáticos
Espaço Infantil

17h00
Conversas com… Luis Quintais
Pavilhão dos Autores

17h00/20h00
Os Autores e o Público – Autógrafos
Stands

18h00
Apresentação de Livros
Pavilhão dos Autores

19h00
Concerto Orquestrazinha do Conservatório de Música
Praça da Restauração

20h00
Concerto 1.º Centenário da Banda Recreio Camponês
Praça da Restauração

21h00
Encerramento Stands de Exposição
Stands

21h30
Teatro – Vou-te Bater! F@cebook por Com.Tema
Teatro Municipal

Ver mais aqui.


por Booktailors às 09:30 | comentar | partilhar

Qua, 26/Mai/10
O PONTO E O CONTRAPONTO — CONCENTRAÇÃO VERTICAL
NO MUNDO EDITORIAL: AS CONSEQUÊNCIAS (parte II),
por Nuno Pinho (*)

[Parte I]

Porto Editora: grupo de editoras/rede de retalho Wook e Bertrand/revista LER/Wook
LeYa: grupo de editoras/rede de retalho CE/revista Os Meus Livros/Mediabooks

Quais são as consequências desde agigantar de empresas já de si muito destacadas no panorama editorial? Em primeiro lugar, os restantes grupos editoriais diminuem sem nada fazerem. O recente grupo Babel, que entrou com tanta ambição no panorama editorial, parece subitamente mais pequeno, mesmo após ter adquirido/criado uma série de chancelas. Poderá ter dificuldades acrescidas na sua estratégia. O mesmo é válido para a rede de retalho Almedina (grupo onde trabalho) ou para editoras de dimensão já elevada, como a Presença ou a Civilização.

As redes de livrarias/hipermercados sofrerão uma pressão maior destes grupos, que agem de forma cada vez mais profissional (ambos trabalham com agências publicitárias, tendo a Porto Editora feito mesmo um recente rebranding) e poderão negociar melhor os descontos «de factura». Inversamente, poderão não só piorar as condições de entrada para as restantes editoras, como ocuparão uma percentagem ainda maior do espaço disponível nas lojas (estima-se que os dois grupos poderão ocupar mais de dois terços do espaço disponível), potenciando uma espiral de concentração que se auto-alimenta. Como mudará o negócio, por exemplo, no mundo das gráficas? Relembre-se que a PE tem bloco gráfico próprio, enquanto a Bertrand recorria ao outsourcing.

Em suma, o recente movimento de concentração editorial vertical terá certamente consequências profundas para o mercado editorial, ainda que nem sempre visíveis à superfície. Gostaria de deixar claro que estas movimentações são legítimas e até expectáveis, mas não podem deixar de ser assinaladas e analisadas. Como pode o resto do mercado responder e reagir? Isso daria outra conversa, que estará decerto na boca de muitos editores durante o próximo ano. Não se distraiam com o iPad: o futuro da edição passa por aqui.

(*) Nuno Pinho é secretário editorial no grupo Almedina e leitor insaciável, estando a terminar um mestrado em Estudos Editoriais na Universidade de Aveiro, após uma curta passagem pela Fnac.
-
Consulte a oferta de formação da Booktailors na barra lateral do blogue.


por Booktailors às 09:00 | comentar | partilhar

Ter, 25/Mai/10
Ter, 25/Mai/10
Agradecemos a Nuno Pinho a divulgação do lançamento da B:Mag #2, no seu twitter Estudos de Edição. Aqui.

Etiquetas: ,

por Booktailors às 17:00 | comentar | partilhar

Ter, 25/Mai/10
A RTP-Madeira entrevistou ontem, em directo, o nosso autor José Afonso Furtado. Aqui ficam os nossos agradecimentos. JAF aproveitou para ilustrar as suas palavra com o leitor de e-books que está ser lançado nesta feira pela Nova Delphi, e sobre o qual daremos notícias em breve.


por Booktailors às 15:00 | comentar | partilhar

Ter, 25/Mai/10
«No Pavilhão dos Autores, dirigindo-se ao público ou trocando impressões com Francisco Faria Paulino ou com Diana Pimentel, docente da UMa, José Afonso Furtado manifestou-se discordante com aqueles que profetizam um futuro negro ao livro, e que dizem que por volta de 2025 já ninguém usará o livro-objecto como hoje o conhecemos.» Ler no Diário de Notícias da Madeira.


por Booktailors às 13:30 | comentar | partilhar

Ter, 25/Mai/10
«Foi alargado até 31 de Maio o prazo de recepção dos romances concorrentes ao Prémio Literário Revelação Agustina Bessa-Luís, instituído pela Estoril Sol, no valor de 25 000 euros.» Ler no Diário Digital.

Etiquetas: ,

por Booktailors às 13:00 | comentar | partilhar

Ter, 25/Mai/10
«O grande desafio cultural da era electrónica em Espanha é assumido por três editoras espanholas que, em Junho, arrancam com a Libranda, assim se designa a plataforma digital que une as editoras Planeta, Santillana e Random House ficando desde logo aberta à adesão de outras editoras e livrarias.» Ler no Dinheiro Digital.


por Booktailors às 12:00 | comentar | partilhar

Ter, 25/Mai/10
Ontem ao final da tarde, no auditório dos autores da Feira do Livro do Funchal, José Afonso Furtado participou na rubrica «Conversas com...», iniciativa diária, sempre às 17h00. O tema da comunicação de José Afonso Furtado? O futuro do livro.

Também na mesa, Diana Pimentel e Francisco Faria Paulino.


por Booktailors às 11:30 | comentar | partilhar

Ter, 25/Mai/10
«O Parlamento Europeu revelou que irá gastar cerca de cinco milhões de euros num projecto de mobilidade do sector administrativo, chamado de “IT mobility project”. Os 736 eurodeputados deverão receber iPads gratuitamente, avança o jornal Times, através deste projecto.» Ler no jornal i.

Etiquetas: ,

por Booktailors às 11:21 | comentar | partilhar

Ter, 25/Mai/10
«O grupo do Diário de Coimbra (DC), jornal fundado há 80 anos, pondera a eventual compra de títulos do grupo Lena no âmbito da sua estratégia de expansão no mercado da imprensa regional.» Ler no Público.

Etiquetas: ,

por Booktailors às 11:19 | comentar | partilhar

Ter, 25/Mai/10
«Não existem números oficiais, mas a 80.ª edição da Feira do Livro de Lisboa, que terminou domingo, correu bem. A Associação Portuguesa de Editores e Livreiros (APEL) fala em “aumento de afluência e de volume de vendas na edição deste ano” em relação ao ano anterior.» Ler no Público.

«O aumento de vendas e de afluência de público à Feira do Livro de Lisboa deste ano foi superior ao anunciado em 2009, que variou entre 10 e 20 por cento, disse hoje fonte da organização.» Ler no Sol.


por Booktailors às 11:17 | comentar | partilhar

Ter, 25/Mai/10
Começa hoje a Feira do Livro de Nova Iorque, que decorre até dia 27 de Maio.


por Booktailors às 10:00 | comentar | partilhar

Ter, 25/Mai/10
13h00
Abertura Stands de Exposição
Stands

16h00
Contadores de Histórias, Biblioteca Infantil e Jogos Didáticos
Espaço Infantil

17h00
Conversas com… Rui Zink
Pavilhão dos Autores

17h00/20h00
Os Autores e o Público – Autógrafos
Stands

18h00
Apresentação de Livros
Pavilhão dos Autores

19h30
Orquestra de Acordeões - Gab. Coordenador Educação Artística
Praça da Restauração

20h30
Momento de Fado – Grupo Madeirense «Fados de Coimbra»
Praça da Restauração

21h00
Encerramento Stands de Exposição
Stands

21h30
Teatro – Vou-te Bater! F@cebook por Com.Tema
Teatro Municipal

Ver mais aqui.


por Booktailors às 09:30 | comentar | partilhar

Ter, 25/Mai/10
«Robert Laffont é imortal – ele era, para a edição francesa, um nome histórico e fatal, o de quem acompanhou um século de livros. Tinha 93 anos e a vida dos livros ressente-se destas notícias, como se uma época tivesse terminado.» Continuar a ler aqui.
-
Consulte a oferta de formação da Booktailors na barra lateral do blogue.

Etiquetas: ,

por Booktailors às 09:00 | comentar | partilhar

Seg, 24/Mai/10
Seg, 24/Mai/10
«O poeta Nuno Guimarães, docente do Instituto Camões na Universidade de Vilnius, Lituânia, participa na 46.ª edição do festival de poesia daquele país, que decorre durante esta semana. Ler no Diário Digital.

Etiquetas: ,

por Booktailors às 17:30 | comentar | partilhar

Seg, 24/Mai/10
Veja aqui a selecção do Guardian. Via O Bicho dos Livros.


por Booktailors às 17:00 | comentar | partilhar

Seg, 24/Mai/10
«A 80.ª Feira do Livro do Porto abre ao público a 1 de Junho na Avenida dos Aliados, anunciaram hoje aos presidentes da Câmara do Porto e da Associação Portuguesa de Editores e Livreiros (APEL), pondo, assim, termo a uma polémica relativa à localização do certame.» Ler no Público.


por Booktailors às 15:36 | comentar | partilhar

Seg, 24/Mai/10
A Feira do Livro do Funchal decorre em plena Avenida Arriaga, mas dá que pensar saber que anteriormente, a Feira decorria no magnífico jardim, ali mesmo ao lado. Como se poderá constatar, apesar dos acontecimentos do dia 20 de Fevereiro, ninguém diria que a reconstrução foi há tão pouco tempo.


por Booktailors às 15:00 | comentar | partilhar

Seg, 24/Mai/10
Consulte aqui uma lista dos melhores twitters com notícias sobre e-books, da qual faz parte o twitter de José Afonso Furtado (e vejam bem de que forma o nome deste estudioso português aparece).


por Booktailors às 13:00 | comentar | partilhar

Seg, 24/Mai/10
«Explicada pelo mau tempo e pela visita do Papa, a semana suplementar da Feira do Livro de Lisboa, que chega hoje ao fim no Parque Eduardo VII, não foi decisiva, segundo as editoras contactadas pelo CM, para os resultados, melhores do que os obtidos no ano anterior. Os últimos dias terão até tido menos movimento.» Ler no Correio da Manhã.

«A 80.ª Feira do Livro de Lisboa terminou ontem. Que balanço faz da edição deste ano?
Foi o ano com maior participação de sempre, em termos de editores, cerca de 170. O fluxo do público e o volume de vendas também aumentaram significativamente. Ainda não temos números definitivos mas o balanço é bastante positivo.» Quem responde é Eduardo Boavida, director da Feira do Livro de Lisboa. Ler no Diário de Notícias.


por Booktailors às 12:00 | comentar | partilhar

Seg, 24/Mai/10
«Nesta nova edição do Hay Festival, certame de literatura patrocinado pelo Guardian, os organizadores decidiram lançar um desafio original: encontrar o tweet mais bonito alguma vez "twittado". Será essa a tarefa do actor e escritor Stephen Fry.» Ler no jornal i.

Etiquetas: ,

por Booktailors às 11:12 | comentar | partilhar

Seg, 24/Mai/10
«Um exemplar da primeira edição da Peregrinação de Fernão Mendes Pinto foi vendido por 15 000 euros no leilão da biblioteca de Laureano Barros (1921-2008), que a Livraria Manuel Ferreira está a promover no Porto.» Ler no Público.

Etiquetas: ,

por Booktailors às 11:03 | comentar | partilhar

Seg, 24/Mai/10
Ficção

Livrarias Almedina
1 Vinte e Zinco, de Mia Couto (Caminho)
2 Conversas Com Escritores, de José Rodrigues dos Santos (Gradiva)
3 Solar, de Ian McEwan (Gradiva)
4 Os Dias e os Anos, de Mathias Marcello (Dom Quixote)
5 Os Trabalhos de Hercules, de Agatha Christie (ASA)
6 Adoecer, de Hélia Correia (Relógio D'Água)
7 Memorial do Convento, de José Saramago (Caminho)
8 Contra Salazar, de Fernando Pessoa (Angelus Novus)
9 Guerra sem fim, de Dexter Filkins (Casa das Letras)
10 O Museu da Inocência, de Orhan Pamuk (Presença)

Livrarias Bertrand
1 Indomável, de P. C. Cast (Saída de Emergência)
2 Dança com o Diabo, de Sherrilyn Kenyon (Chá das Cinco)
3 Os Íntimos, de Inês Pedrosa (Dom Quixote)
4 Refúgio, de Nora Roberts (Chá das Cinco)
5 A Melodia do Adeus, de Nicholas Sparks (Presença)
6 O Diário Azul, de James A. Levine (Porto Editora)
7 A Arte de Morrer Longe, de Mário de Carvalho (Caminho)
8 Jogo de Mãos, de Nora Roberts (Chá das Cinco)
9 Compaixão, de Jodi Picoult (Civilização)
10 O Símbolo Perdido, de Dan Brown (Bertrand)

Não-ficção

Livrarias Almedina
1 A Esquerda Radical, de Miguel Cardina (Angelus Novus)
2 Introdução ao Cristianismo, de Joseph Ratzinger (Principia)
3 Existe Deus? - Um Confronto sobre a Verdade, de Joseph Ratzinger (Pedra Angular)
4 Alegrias e Tristezas, de Alain de Botton (Dom Quixote)
5 A Minha Vida, de Joseph Ratzinger (Livros Do Brasil)
6 Lisboa Revolucionária, de Fernando Rosas (Tinta-da-China)
7 História de Portugal, de Rui Ramos (Esfera dos Livros)
8 Heidegger e Um Hipopótamo chegam às Portas do Paraíso, de Thomas Cathcart (Dom Quixote)
9 D. Amélia, de Isabel Stilwell (A Esfera dos Livros)
10 Histórias Rocambolescas da História de Portugal, de João Ferreira (Esfera dos Livros)

Livrarias Bertrand
1 As Razões de Bento XVI, de Aura Miguel (Texto Editores)
2 Vidas - Biografias, Perfis e Encontros, de Maria Filomena Mónica (Alêtheia Editores)
3 Portugal: o Sabor da Terra, de José Mattoso, Suzanne Daveau e Durate Belo (Temas e Debates)
4 O Meu Pequeno Médico, de Graziela Gilioli (Verso de Kapa)
5 D. Amélia, de Isabel Stilwell (A Esfera dos Livros)
6 Morrer É só não Ser Visto, de Inês de Barros Baptista (Planeta)
7 Mourinho - A Descoberta Guiada, de Luís Lourenço (Prime Books)
8 Conversas Com Escritores, de José Rodrigues dos Santos (Gradiva)
9 Histórias Rocambolescas da História de Portugal, de João Ferreira (Esfera dos Livros)
10 Delícias da Nigella, de Nigella Lawson (Civilização)

Infanto-Juvenil

Livrarias Almedina
1 Ismael e Chopin, de Miguel Sousa Tavares (Oficina do Livro)
2 A Múmia Sem Nome, de Geronimo Stilton (Presença)
3 Ulisses, de Maria Alberta Menéres (ASA)
4 Animalário Universal, de Miguel Murugarren (Orfeu Negro)
5 O Livro do Livro, de Shopie Pietromarchi (Edi-Care)
6 O Principezinho, de Antoine de Saint-Exupéry (Presença)
7 550 Coisas Criativas, de Fiona Watt (Edi-Care)
8 À Beira do Lago dos Encantos, de Maria Alberta Menéres (ASA)
9 O Segredo da Esfinge, de Geronimo Stilton (Planeta)
10 Poppy na Quinta, de Janey Louise Jones (Booksmile)

Livrarias Bertrand
1 Olho por Olho, de Robert Muchamore (Porto Editora)
2 A Múmia Sem Nome, de Geronimo Stilton (Presença)
3 Salvemos a Baleia Branca, de Geronimo Stilton (Presença)
4 O Principezinho, de Antoine de Saint-Exupéry (Presença)
5 Ismael e Chopin, de Miguel Sousa Tavares (Oficina do Livro)
6 Uma Aventura no Pulo do Lobo, de Ana Maria Magalhães (Caminho)
7 Os Barulhos do Zoo, de Lee Wildish (Alêtheia)
8 O Rapaz do Pijama às Riscas, de John Boyne (ASA)
9 Vampiros ou Nem Por Isso, de Álvaro Magalhães (ASA)
10 A Minha Primeira Mini Biblioteca, de Walt Disney Company (Texto Editores)

Etiquetas:

por Booktailors às 10:00 | comentar | partilhar

Seg, 24/Mai/10
13h00
Abertura Stands de ExposiçãoCor do texto
Stands

14h30/16h00
Final Regional «Triatlo Literário» 3.º Ciclo - Proj. Baú de Leitura
Pavilhão dos Autores

16h00
Contadores de Histórias, Biblioteca Infantil e Jogos Didáticos
Espaço Infantil

17h00
Conversas com… José Afonso Furtado
Pavilhão dos Autores

17h00/20h00
Os Autores e o Público – Autógrafos
Stands

18h00
Apresentação de Livros
Pavilhão dos Autores

19h30
Orquestra de Metais do Conservatório - Esc. Artes Madeira
Praça da Restauração

21h00
Encerramento Stands de Exposição
Stands

21h30
Concerto 20 Anos Núcleo de Música - Esc. Sec. Francisco Franco
Auditório do Jardim Municipal

Ver mais aqui.


por Booktailors às 09:30 | comentar | partilhar

Seg, 24/Mai/10
O PONTO E O CONTRAPONTO — CONCENTRAÇÃO VERTICAL
NO MUNDO EDITORIAL (parte I),
por Nuno Pinho (*)

De uma forma talvez menos espectacular, mas igualmente importante, estamos a assistir à entrada numa nova fase evolutiva do nosso mercado editorial. Nos anos 1990, deu-se o aparecimento das redes livreiras e a emergência dos hipermercados como pontos de venda. Em anos recentes, uma espécie de resposta chegou através do movimento de concentração editorial protagonizado com grande alarido pela LeYa, mas não com menos eficácia por parte da Porto Editora (quantos deram pela aquisição da Sextante?).

Com o retalho livreiro num relativo impasse, cabe aos grupos editoriais tentar novamente desequilibrar este jogo de forças. Abriu-se uma nova fase de concentração, mas agora a nível vertical. Enquanto inicialmente o sentido do crescimento deu-se dentro de uma área do negócio (uma livraria que abre/compra mais livrarias, uma editora que cria ou adquire novas chancelas), os dois grandes grupos editoriais portugueses expandem-se agora ao longo de toda a cadeia de valor da indústria, da concepção dos livros à venda e comunicação.

Passo a exemplificar. Do lado da LeYa, assistimos a uma expansão para o retalho, via parceria com a rede de 17 livrarias da Coimbra Editora (e subsequente aquisição da Buchholz). Para além de adquirir espaço privilegiado nestas livrarias, a LeYa conta ainda ajudar a CE a abrir novas livrarias em pontos-chave, particularmente na área da Grande Lisboa. Por outro lado, assistimos ao regresso relâmpago da revista Os Meus Livros, nem mais nem menos adquirida pelas livrarias da CE (note-se, no entanto, que, segundo José da Ponte, director da rede livreira da CE, não existem «quaisquer ligações entre a revista e a parceria estabelecida entre a editora e o grupo LeYa»). O resultado? Uma importante revista de divulgação dos livros na posse de uma empresa editorial, como aliás é visível pelo simples folhear da revista. Não há aqui um problema de transparência: é o próprio director da revista que afirma em editorial «uma revista com estas características é um aliado importante para uma rede de livrarias», mas trata-se de um passo que poderá desequilibrar a relação de força das editoras no acesso à divulgação das suas obras. Note-se, por exemplo, que o departamento de publicidade passa a estar a cargo da CE, como se pode verificar na ficha técnica. Finalmente, a LeYa/CE estarão a desenvolver uma loja on-line, provavelmente relançando a Mediabooks (o sítio Web é gerido pela TexEdiPrint, uma empresa do grupo LeYa).

A Porto Editora, continuando a primar pela eficácia, cresceu ainda mais. A aquisição do DirectGroup Portugal é tão massiva que terá de ser aprovada pela Autoridade da Concorrência. Depois de se ter queixado do «estrangulamento» que as redes livreiras impunham às editoras, o Eng.º Vasco Teixeira vai ficar com a maior cadeia de livrarias e com duas marcas, Wook e Bertrand (questão: sobrevivem as duas?). Sabendo-se das dificuldades da Bertrand, é de admitir ajustamentos dolorosos para esta referência histórica do nosso mundo livreiro. Mas com a Bertrand vêm editoras e o Círculo de Leitores, o que reforçará ainda mais a presença da PE fora do mercado escolar. Prevê-se um processo mais suave que durante as aquisições da LeYa, mas quem ousará agora dizer que os grandes grupos não percebem nada de livros?

As declarações abaixo reproduzidas, feitas pelo responsável da PE, não poderiam ser mais claras:

«Somos o contraponto da LeYa, na medida em que somos o único grupo editorial de raiz portuguesa com origem no sector», afirma Vasco Teixeira. «A LeYa está transitoriamente na edição e, mais cedo ou mais tarde, vai ser vendida a alguém que, provavelmente, será estrangeiro» (JL, 06-05-2009).

Mas a LeYa não foi vendida e desafia a PE como maior grupo editorial nacional, como se pôde ver pela discussão recente sobre o volume de negócios de ambos os grupos. Não se prevê que a «guerra» acabe, pelo contrário. Via Bertrand, a PE entra também no ramo da divulgação, tornando-se à partida (caso o negócio seja aprovado) dona da revista LER. Se neste número da revista, que sempre teve uma presença forte do grupo Bertrand (o que é natural), ainda não há mudanças na ficha técnica (apenas alterações gráficas bem agradáveis), estamos em crer que a PE não vai deixar de aproveitar a oportunidade para dinamizar a comunicação dos seus livros. Quanto ao on-line, a PE continua a dar cartas neste domínio, estando muito avançada no mercado escolar, com o projecto Escola Virtual e os quadros interactivos. Tem ainda a maior livraria on-line nacional, a Wook, que conta com 12 milhões de visitas por ano (segundo números avançados no recente colóquio de Gestão Editorial em Coimbra). Sabemos que é da natureza dos grandes grupos procurar sinergias e reduzir ineficácias, para usar o jargão da gestão. Com mais ou menos sensibilidade, as mudanças serão inevitáveis.

[Continua]

(*) Nuno Pinho é secretário editorial no grupo Almedina e leitor insaciável, estando a terminar um mestrado em Estudos Editoriais na Universidade de Aveiro, após uma curta passagem pela Fnac.
-
Consulte a oferta de formação da Booktailors na barra lateral do blogue.


por Booktailors às 09:00 | comentar | partilhar

Dom, 23/Mai/10
Dom, 23/Mai/10
José Afonso Furtado está neste momento a assinar livros no stand da editora madeirense Nova Delphi. Generosidade e cortesia da editora, que abriu os braços ao nosso autor, e lhe disponibilizou um manequim para companhia.

-- Post From My iPhone. PF.


por Booktailors às 18:39 | comentar | partilhar

Dom, 23/Mai/10
No âmbito da celebração dos 500 anos do Funchal, foram publicados cerca de 50 títulos ligados à cidade do Funchal - uma colecção que percorre os cinco séculos de história em diferentes vertentes.
-- Post From My iPhone. PF.


por Booktailors às 18:30 | comentar | partilhar

Dom, 23/Mai/10
Ofertas do tipo que vemos na imagem (um estúdio fotográfico que vende DVD com as imagens da calamidade) são mais comuns do que poderia pensar. Por 20 euros. Só falta o «só», junto ao preço.


-- Post From My iPhone. PF.


por Booktailors às 16:56 | comentar | ver comentários (1) | partilhar

Dom, 23/Mai/10
A Feira criou um espaço infantil onde decorrem diversas iniciativas dedicadas aos mais novos. Aqui, o espectáculo de marionetas que tem como tema a Fundacao da ilha da Madeira.

-- Post From My iPhone. PF.


por Booktailors às 16:51 | comentar | partilhar

Dom, 23/Mai/10

-- Post From My iPhone. PF.


por Booktailors às 16:39 | comentar | partilhar

Dom, 23/Mai/10
Promovido pela Fnac. 50% de desconto.

-- Post From My iPhone. PF.


por Booktailors às 16:33 | comentar | partilhar

Dom, 23/Mai/10
09h00/14h00
Feira do Alfarrábio «Canto do Livro Velho»
Praça da Restauração

10h00
Abertura Stands de Exposição
Stands

10h00/13h00
Espaço Leitura «Vamos N'Eça» - Criamar
Pavilhão dos Autores

15h00
Workshop - Construção e Manipulação de Fantoches
Espaço Infantil

16h00
Peça de Fantoches À Descoberta da Madeira
Espaço Infantil

16h00
Cosplay - Apreciadores Banda Desenhada como personagens
Placa Central Av. Arriaga

17h00
Conversas com… Carlito Azevedo
Pavilhão dos Autores

17h00/20h00
Os Autores e o Público – Autógrafos
Stands

18h00
Apresentação de Livros
Pavilhão dos Autores

19h00
Orquestra de Sopros - Gab. Coordenador Educação Artística
Praça da Restauração

20h15
Peça Teatro A Birra do Morto - Assoc. Sorriso do Atlântico
Praça da Restauração

21h00
Encerramento Stands de Exposição
Stands

Ver mais aqui.


por Booktailors às 09:30 | comentar | partilhar

Dom, 23/Mai/10

Kobo on iPad from Kobo on Vimeo.

Via Brave New World.
-
Consulte a oferta de formação da Booktailors na barra lateral do blogue.

Etiquetas: ,

por Booktailors às 09:00 | comentar | partilhar

Sáb, 22/Mai/10
Sáb, 22/Mai/10
09h00/14h00
Feira do Alfarrábio «Canto do Livro Velho»
Praça da Restauração

10h00
Abertura Stands de Exposição
Stands

15h00
Workshop - Construção e Manipulação de Fantoches
Espaço Infantil

15h00
Workshop - Banda Desenhada Japonesa - Estilo Mangá
Pavilhão dos Autores

16h00
Peça de Fantoches À Descoberta da Madeira
Espaço Infantil

17h00
Conversas com… Hugo Teixeira
Pavilhão dos Autores

17h00/20h00
Os Autores e o Público – Autógrafos
Stands

18h00
Apresentação de Livros
Pavilhão dos Autores

19h00
Peça Teatro A Birra do Morto - Assoc. Sorriso do Atlântico
Praça da Restauração

20h00
«Fados de Coimbra» - Grupo Madeirense Fados de Coimbra
Placa Central Av. Arriaga

21h00
Encerramento Stands de Exposição
Stands

21h30
Festa Noite Africana 2010
Auditório do Jardim Municipal

Ver mais aqui.


por Booktailors às 09:30 | comentar | partilhar

Sáb, 22/Mai/10


Vídeo retirado daqui.
-
Consulte a oferta de formação da Booktailors na barra lateral do blogue.

Etiquetas: ,

por Booktailors às 09:00 | comentar | partilhar

Sex, 21/Mai/10
Sex, 21/Mai/10
«Os efeitos das Feiras do Livro de Lisboa e Porto sobre as já debilitadas tesourarias dos pequenos livreiros, começam a fazer-se sentir muito antes do seu começo e prolongam-se muito para além do seu fim. A influência na captação de público não se limita a retirar clientes às livrarias de Lisboa e Porto, chegando a outras cidades, como por exemplo Caldas da Rainha, Setúbal, Torres Vedras, Braga e muitas outras. É por isso que levanto um protesto em relação ao adiamento da data de término da Feira do Livro de Lisboa, unilateralmente decidido pela direcção da APEL.»

O protesto foi lançado por Jaime Bulhosa, no blogue da livraria Pó dos Livros. Juntaram-se a livraria Trama e o blogue Isto não fica assim!, da livraria Culsete. Sara Figueiredo Costa, no Cadeirão Voltaire, faz o balanço: «Com a semana extra da Feira do Livro a chegar ao fim, começa a ser tempo de balanço. O das contas, há-de fazê-lo quem percebe de contas. Já o das opiniões que se manifestaram contra, e que pouco eco parecem ter tido na decisão da APEL, pode começar a ser feito.» Ler na íntegra aqui.


por Booktailors às 19:00 | comentar | partilhar

Sex, 21/Mai/10
«Dezasseis personalidades, entre elas Rosa Lobato de Faria a título póstumo, são hoje distinguidas com a Medalha de Mérito da Sociedade Portuguesa de Autores (SPA), que entrega à Associação 25 de Abril a Medalha de Honra.» Ler no Público.

Etiquetas: ,

por Booktailors às 18:07 | comentar | partilhar

Subscreva a nossa newsletter

* indicates required
Publicações Booktailors
Carlos da Veiga Ferreira: Os editores não se abatem, Sara Figueiredo Costa



PVP: 12 €. Oferta de portes (válido para território nacional).

Fernando Guedes: O decano dos editores portugueses, Sara Figueiredo Costa



PVP: 10,80 €. Preço com 10% de desconto e oferta de portes (válido para território nacional).

A Edição de Livros e a Gestão Estratégica, José Afonso Furtado



PVP: 16,99 €. 10% de desconto e oferta de portes.

Livreiros, ler aqui.

PROMOÇÃO BLOGTAILORS



Aproveite a oferta especial de dois livros Booktailors por 20 €.

Compre os livros Fernando Guedes: O decano dos editores portugueses, de Sara Figueiredo Costa e A Edição de Livros e a Gestão Estratégica, de José Afonso Furtado por 20 €. Portes incluídos (válido para território nacional).

Encomendas através do e-mail: encomendas@booktailors.com.

Clique nas imagens para saber mais.
Leitores
Acumulado (desde Setembro 2007):

3 000 000 visitas


Site Meter
arquivo

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Etiquetas

acordo ortográfico

adaptação

agenda do livro

amazon

apel

associativismo

autores

bd | ilustração

bertrand

bibliotecas

blogosfera

blogtailors

blogtailorsbr

bookoffice

booktailors

booktrailers

byblos

coleção protagonistas da edição

correntes d'escritas 2009

correntes d'escritas 2010

correntes d'escritas 2011

correntes d'escritas 2012

design editorial

dia do livro

direitos de autor

distribuição

divulgação

e-book

e-books

edição

editoras

editores

emprego

ensaio geral na ferin

entrevista

entrevistas booktailors

estado | política cultural

estatísticas e números

eventos

feira do livro de bolonha 2010

feira do livro de frankfurt 2008

feira do livro de frankfurt 2009

feira do livro de frankfurt 2010

feira do livro de frankfurt 2011

feira do livro de frankfurt 2013

feira do livro de lisboa

feira do livro de lisboa 2009

feira do livro de lisboa 2010

feira do livro do porto

feira do livro do porto 2009

feiras do livro

feiras internacionais

festivais

filbo 2013

fnac

formação

formação booktailors

fotografia | imagem

fusões e aquisições

google

homenagem

humor

ilustração | bd

imagens

imprensa

internacional

kindle

lev

leya

língua portuguesa

literatura

livrarias

livro escolar

livro infantil

livros

livros (audiolivro)

livros booktailors

london book fair

marketing do livro

mercado do livro

notícias

o livro e a era digital

óbito

opinião

opinião no blogtailors

os meus livros

poesia

polémicas

porto editora

prémios

prémios de edição ler booktailors

profissionais

promoção à leitura

revista ler

sítio web

sociologia e hábitos da leitura

tecnologia

top livros

twitter

vídeo

todas as tags