Booktailors
info@booktailors.com

Travessa das Pedras Negras

N.º 1, 3.º Dto.

1100-404 Lisboa
(+351) 213 461 266

Facebook Booktailors
Twitter Booktailors

FourSquare Booktailors



Facebook Bookoffice


Editoras Nacionais
Livrarias Nacionais
Livrarias on-line
Editoras Brasileiras
Imprensa Brasileira
Blogosfera Brasileira
Eventos no Brasil
Imprensa Internacional

Associações e Institutos de Investigação
Feiras internacionais
Ter, 16/Dez/08
Ter, 16/Dez/08
Assim o diz Inês Pedrosa, cuja entrevista, publicada nas páginas centrais do Público de hoje, pode ser lida aqui. Excertos:

«Com que verbas pode contar este ano?
Quando entrei para a Casa, havia um orçamento de 15 mil euros, que depois o director municipal de cultura, Rui Pereira, aumentou para 35 mil. Converteu cem mil euros das verbas para as obras que não foram feitas em dinheiro para programação, o que nos permitiu fazer o congresso internacional dedicado a Pessoa. A isto há que juntar 70 mil que conseguimos de patrocínios das juntas de freguesia, da Leya e da Fundação Luso-Americana para o Desenvolvimento. Com esses apoios fiz o encontro de escritores dos dois lados do Atlântico Letras em Lisboa e filmes de dois minutos para a RTP. A ideia era passarem os filmes uma vez por dia, passaram várias. Deram-nos espaço mas não nos deram um tostão. No ano do 120.º aniversário do nascimento de Pessoa, a RTP tinha obrigação de fazer qualquer coisa. Assim como o Ministério da Cultura: não vi o que é que fez para comemorar ou ampliar o Pessoa este ano.
(...)
Se tiver menos de 300 mil euros vai-se embora?
Vou tentar arranjar o que falta, primeiro junto de empresas. Sei que o orçamento está muito curto, mas há a possibilidade de nos candidatarmos às verbas do casino e do Turismo de Lisboa. Gostaria que a TAP se tornasse nossa patrocinadora oficial. Mas há quem veja isto de forma política: não apoiam porque não gostam de António Costa, ou porque temem que ele seja substituído por Santana Lopes.

Chegou a fazer um ultimato a António Costa por causa do orçamento?
Não fiz ainda nenhum ultimato. Ele disse-me que arranjava os 300 mil euros.
(...)
A revista Tabacaria acabou?
Vamos fazê-la renascer, não necessariamente com esse nome. Tem de ser bilingue, além de fortemente literária. Pessoa já não é só de Portugal - aliás, nunca foi. Temos também um projecto de edição contínua de textos em torno de Fernando Pessoa com o grupo editorial Leya. Estamos a estudar o modelo.

Onde irão buscar o material?
Temos por função estimular os artistas, por um lado, e por outro criar pensamento, chamar os estudiosos a criar textos sobre Pessoa. Esta casa tem de ser aberta a esse cruzamento de trabalho e de inspiração sobre Pessoa. Quero absolutamente conseguir que a câmara seja co-produtora do filme Livro do Desassossego que João Botelho vai fazer. É essa a função da Casa. Não é um sítio onde se pode fazer umas exposiçõezinhas que as galerias não aceitaram. Tem que ter produção própria.
(...)
Quando ficarão os livros digitalizados acessíveis on-line?
Os primeiros dentro de dias. Mas é uma complicação: o serviço informático da câmara tem demorado. Estamos também a restaurar os livros todos da biblioteca. Metade estava em estado miserável. É um elemento da equipa da digitalização, que sabe de restauro, que o está a fazer. »

Etiquetas:

por Booktailors às 17:25 | comentar | partilhar

4 comentários:
De Luís Filipe Cristóvão a 16 de Dezembro de 2008 às 18:58
Isto é discurso de candidata a Câmara Municipal, não é propriamente discurso de Directora de uma Instituição Pública...


De Luís Graça a 17 de Dezembro de 2008 às 03:56
Com dinheiro pode-se fazer muita coisa.
Sem dinheiro também.

Com dinheiro pode-se fazer muita coisa...mais bem feita do que sem dinheiro. Tendencialmente.

A Casa Fernando Pessoa começa por ser um espaço físico. De elevado valor espacial e afectivo.

Preencher esse espaço físico com iniciativas não implica só dinheiro. Há muitas iniciativas viáveis, com a colaboração altruísta dos intervenientes.

Para editar a "Tabacaria" (revista de grande qualidade) é preciso dinheiro. Sem dúvida. Para realizar um encontro com poetas radicados em Lisboa...é preciso apenas organização, datas, boa vontade.

Senti-me sempre muito grato e muito honrado por todas as ocasiões em que estive atrás da mesa na Casa Fernando Pessoa.
Nunca me passou pela cabeça receber dinheiro. Muito menos com o produto das vendas de um postal com um poema meu ("Somália"), resultante de um encontro realizado pela Locomotiva Azul e acolhido pela Casa Fernando Pessoa, nos seus primeiros tempos.

Para realizar iniciativas, a custo zero, na Casa Fernando Pessoa, há que contar com a boa vontade das pessoas. Sem dúvida. Mas ela existe, de forma pronunciada.

Sempre houve belíssimas iniciativas na Casa Fernando Pessoa, e a crise já vai com uns anitos.

Recuperar a "Tabacaria" parece-me primordial. E também os encontros "Primavera em Lisboa", organizados em parceria com o PEN CLUBE. Isto sim, já "manda ventarolas" em termos financeiros.

Mas a mais-valia de ter um espaço prestigiado disponível pode ser muito bem aproveitada sem grandes fortunas.


De Rui Pedro Lérias a 17 de Dezembro de 2008 às 10:29
Nem que seja para o Luís Graça se atirar das escadas abaixo de vez em quando! :-)


De Luís Graça a 17 de Dezembro de 2008 às 23:34
Caro Rui Pedro Lérias:

Em termos técnicos, eu atirei-me das escadas acima.

Repare-se: pulso esquerdo apoiado no varão das escadas em caracol e impulso com os pés --- para cima.

Quando os varões metálicos onde apoiei o pé esquerdo se soltaram, o semi-círculo (até aí perfeito) que eu estava a descrever na atmosfera ficou destruído numa fracção de segundo.

Depois, realmente, "caí para baixo", sem sequer ter tocado nos degraus, enquanto os gatos pretos subiam para cima, o mais para cima possível, ficando a espreitar-me de distância segura.

Cabe-me, pois, esclarecer que a ascensão foi programada, a queda descontrolada foi involuntária.

Um agradecimento muito especial aos heterónimos pessoanos que permitiram uma aterragem tão violenta sem danos materiais e psicológicos do "escritor voador".

Portanto, esta performance aconteceu apenas uma vez. Não é coisa que eu faça "de vez em quando".

Nestas belíssimas escadas em caracol outdoor não penso repetir a proeza. Mas continuo a afirmar que o patamar das escadas indoor por cima do piano tem o melhor ângulo visual-auditivo da Casa Fernando Pessoa. Continuarei a frequentar tão simpático cantinho (com boa vontade dá para três pessoas), uma espécie de lugar cativo "aberto ao público".


Comentar post

Subscreva a nossa newsletter

* indicates required
Publicações Booktailors
Carlos da Veiga Ferreira: Os editores não se abatem, Sara Figueiredo Costa



PVP: 12 €. Oferta de portes (válido para território nacional).

Fernando Guedes: O decano dos editores portugueses, Sara Figueiredo Costa



PVP: 10,80 €. Preço com 10% de desconto e oferta de portes (válido para território nacional).

A Edição de Livros e a Gestão Estratégica, José Afonso Furtado



PVP: 16,99 €. 10% de desconto e oferta de portes.

Livreiros, ler aqui.

PROMOÇÃO BLOGTAILORS



Aproveite a oferta especial de dois livros Booktailors por 20 €.

Compre os livros Fernando Guedes: O decano dos editores portugueses, de Sara Figueiredo Costa e A Edição de Livros e a Gestão Estratégica, de José Afonso Furtado por 20 €. Portes incluídos (válido para território nacional).

Encomendas através do e-mail: encomendas@booktailors.com.

Clique nas imagens para saber mais.
Leitores
Acumulado (desde Setembro 2007):

3 000 000 visitas


Site Meter
arquivo

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Etiquetas

acordo ortográfico

adaptação

agenda do livro

amazon

apel

associativismo

autores

bd | ilustração

bertrand

bibliotecas

blogosfera

blogtailors

blogtailorsbr

bookoffice

booktailors

booktrailers

byblos

coleção protagonistas da edição

correntes d'escritas 2009

correntes d'escritas 2010

correntes d'escritas 2011

correntes d'escritas 2012

design editorial

dia do livro

direitos de autor

distribuição

divulgação

e-book

e-books

edição

editoras

editores

emprego

ensaio geral na ferin

entrevista

entrevistas booktailors

estado | política cultural

estatísticas e números

eventos

feira do livro de bolonha 2010

feira do livro de frankfurt 2008

feira do livro de frankfurt 2009

feira do livro de frankfurt 2010

feira do livro de frankfurt 2011

feira do livro de frankfurt 2013

feira do livro de lisboa

feira do livro de lisboa 2009

feira do livro de lisboa 2010

feira do livro do porto

feira do livro do porto 2009

feiras do livro

feiras internacionais

festivais

filbo 2013

fnac

formação

formação booktailors

fotografia | imagem

fusões e aquisições

google

homenagem

humor

ilustração | bd

imagens

imprensa

internacional

kindle

lev

leya

língua portuguesa

literatura

livrarias

livro escolar

livro infantil

livros

livros (audiolivro)

livros booktailors

london book fair

marketing do livro

mercado do livro

notícias

o livro e a era digital

óbito

opinião

opinião no blogtailors

os meus livros

poesia

polémicas

porto editora

prémios

prémios de edição ler booktailors

profissionais

promoção à leitura

revista ler

sítio web

sociologia e hábitos da leitura

tecnologia

top livros

twitter

vídeo

todas as tags