Booktailors
info@booktailors.com

Travessa das Pedras Negras

N.º 1, 3.º Dto.

1100-404 Lisboa
(+351) 213 461 266

Facebook Booktailors
Twitter Booktailors

FourSquare Booktailors



Facebook Bookoffice


Editoras Nacionais
Livrarias Nacionais
Livrarias on-line
Editoras Brasileiras
Imprensa Brasileira
Blogosfera Brasileira
Eventos no Brasil
Imprensa Internacional

Associações e Institutos de Investigação
Feiras internacionais
Seg, 14/Set/15
Seg, 14/Set/15

 

Two Years Eight Months and Twenty-Eight Nights, o novo romance de Salman Rushdie, vai buscar a sua inspiração às histórias das mil e uma noites de Xerazade. O autor falou ao Telegraph sobre o seu novo romance, aqui.


por Booktailors às 17:00 | comentar | partilhar

Ter, 8/Set/15
Ter, 8/Set/15

 

«O pente é a caneta com que, ao espelho, se vai escrevendo o tratado das nossas inquietações. Se para uns é fácil, para Mila foi uma luta e o início de uma viagem.» Ler no jornal i.


por Booktailors às 17:00 | comentar | partilhar

Sex, 4/Set/15
Sex, 4/Set/15

 

«Dar entrevistas é um acto “brutal”,diz Jonathan Franzen. Ainda não encontrou a resposta para a pergunta “como se fala de um romance?”, mas começa agora a falar de Purity, o livro que se segue aos sucessos esmagadores de Correcções e Freedom. Chega a Portugal dia 8.» Ler no Público.


por Booktailors às 14:00 | comentar | partilhar

Qui, 3/Set/15
Qui, 3/Set/15

 

«Diz que a escrita salva e os géneros em que a sua se tem dividido funcionam entre si como terapia. Se os romances lhe mordem o coração e lhe saem da pele, nos livros infanto-juvenis deixa a alma balançar-se.» Ler no jornal i.


por Booktailors às 15:00 | comentar | partilhar

Ter, 21/Jul/15
Ter, 21/Jul/15

 

Na sequência do seu novo livro, Sem Coração, o autor Miguel Miranda deu uma entrevista ao Diário Digital

«Em Portugal só há uma coisa que tem dois princípios: o chouriço». Para ler, aqui


por Booktailors às 18:00 | comentar | partilhar

Sex, 17/Jul/15
Sex, 17/Jul/15

 

«O texto basta, mantém Elena Ferrante, a escritora italiana que permanece um enigma e fez de Nápoles a grande paisagem da sua literatura. “Não me escondo, não crio mistérios”, afirma em vésperas de nos chegar História do Novo Nome, o segundo volume da tetralogia A Amiga Genial.» Ler no Público.


por Booktailors às 16:00 | comentar | partilhar

Qui, 2/Jul/15
Qui, 2/Jul/15

 

James Wood é considerado o melhor crítico literário da sua geração. Começou, ainda jovem, no Guardian. Em 1995 mudou-se para a América, onde viria a ganhar fama pelas suas críticas literárias no New Republic. Atualmente faz parte da equipa da New Yorker e dá aulas de crítica literária em Harvard. A propósito do seu novo livro de crónicas, The Nearest Thing to Life, James Wood falou com o Electric Literature sobre realidade e ficção: onde se encontram e onde se misturam. Para ler, aqui.


por Booktailors às 17:00 | comentar | partilhar

Sex, 26/Jun/15
Sex, 26/Jun/15

 

«Roxane Gay pertence à geração de escritores que está a fazer uma literatura vibrante nas Caraíbas. Vive nos Estados Unidos, mas diz-se, antes de mais, haitiana. O seu romance de estreia, Um Estado Selvagem, é uma descida ao inferno.» Ler no Público.


por Booktailors às 12:00 | comentar | partilhar

Ter, 16/Jun/15
Ter, 16/Jun/15

 

 «Lídia Jorge fala sobre leitura, as histórias que lhe fizeram companhia ao longo da vida e o poder metafórico dos livros. “Neste momento”, diz, “há milhares de páginas a serem escritas que podem renovar o mundo”.» Ler no Público.


por Booktailors às 17:00 | comentar | partilhar

Sex, 12/Jun/15
Sex, 12/Jun/15

 

«É um dos mais geniais e controversos escritores franceses. Submissão, 
o seu último romance, lançado no dia do atentado ao Charlie Hebdo, colocou-o na mira dos extremistas. Desde então vive acossado porque sabe que tem a cabeça a prémio». Ler no Expresso.

Etiquetas: ,

por Booktailors às 09:00 | comentar | partilhar

Qui, 11/Jun/15
Qui, 11/Jun/15

 

«No dia em que se assinalam os cem anos do seu nascimento, falámos com o professor universitário que assina a mais ambiciosa biografia de Bellow, fruto de entrevistas, investigações e do acesso a documentos e manuscritos inéditos até agora». Ler no jornal i.


por Booktailors às 17:00 | comentar | partilhar

Seg, 8/Jun/15
Seg, 8/Jun/15

 

«É um dos mais celebrados autores brasileiros. É-o desde que começou, desde que tem títulos nas livrarias. Esse início aconteceu há 35 anos, quando publicou O Cego e a Dançarina. 1980, um primeiro romance e a estreia no Prémio Jabuti (dos grandes no Brasil), categoria Revelação. Haveria de receber essa mesma distinção por mais quatro ocasiões. A última vez foi em 2004, ano de Lorde, o mesmo livro que agora chega a Portugal com o carimbo da Elsinore (nova chancela da 20/20). A história, como em todos os livros de Noll, vai acontecendo.» Ler no jornal i.


por Booktailors às 12:00 | comentar | partilhar

Sex, 5/Jun/15
Sex, 5/Jun/15

 

«As convenções não assentam na escrita breve de Lydia Davis, uma das mais prestigiadas e inventivas autoras de língua inglesa, tradutora de Prost e Flaubert. Dois anos depois de ter vencido o Man International Booker Prize e após publicar mais um livro de histórias em português, fala da sua escrita agarrada ao real, tão breve que pode assumir a forma de um poema.» Ler no Público.


por Booktailors às 12:00 | comentar | partilhar

Ter, 2/Jun/15
Ter, 2/Jun/15

 

A série de banda desenhada Eightball, de Daniel Clowes, um dos mais aclamados autores do género, é editada na íntegra esta semana. Este contacto com os primórdios do seu trabalho deixaram o autor a pensar em velhas personagens e no estado da banda desenhada nos dias de hoje. Tudo isto numa entrevista ao Guardian, aqui.

 


por Booktailors às 17:00 | comentar | partilhar

Ter, 2/Jun/15

 

«Fomos falar com Bárbara Bulhosa, diretora e fundadora da Tinta-da-China, que publicou o polémico livro de Rafael Marques. São 10 anos de uma editora "independente" que não está "ao serviço de ninguém”». Ler no Observador.


por Booktailors às 12:00 | comentar | partilhar

Qua, 20/Mai/15
Qua, 20/Mai/15

 

«A menos de um mês de fazer 90 anos, James Salter é pela primeira vez editado em Portugal. Um acontecimento, com um romance que é em si outro acontecimento, Tudo O Que Conta. Fomos encontrá-lo em casa para uma conversa sobre a verdade que há na memória e a relação entre literatura e a vida. Ou seja, sobre quase tudo o que importa.» Ler no Público.


por Booktailors às 17:00 | comentar | partilhar

Sex, 15/Mai/15
Sex, 15/Mai/15

 

O Guardian entrevistou os 10 nomeados para o prémio Man Booker International, entre os quais se inclui o autor Mia Couto. Para ler, aqui.


por Booktailors às 12:00 | comentar | partilhar

Ter, 5/Mai/15
Ter, 5/Mai/15

 

«O autor de Autismo e do mais recente Da Família fala sobre as leituras que o formaram, de como o escritor que é influenciou o leitor que foi, e do que une leitores e escritores: as grandes perguntas.» Ler no Público.

Etiquetas: ,

por Booktailors às 15:00 | comentar | partilhar

Dom, 12/Abr/15
Dom, 12/Abr/15

 

Duas das mais influentes autoras da actualidade em conversa no festival Between the Lines. Retirado daqui.

-

A Booktailors já está a divulgar a sua oferta formativa para o 1.º semestre de 2015: Curso de Revisão de Texto - nível inicial, Curso de Revisão de Texto - nível intermédio.


por Booktailors às 09:00 | comentar | partilhar

Ter, 24/Mar/15
Ter, 24/Mar/15

 

«Jerónimo Pizarro, colombiano naturalizado português, de 37 anos, tem dedicado a sua vida ao estudo e à investigação da obra de Fernando Pessoa. Distinguido com o Prémio Eduardo Lourenço 2013, dirige a Colecção Pessoa na Tinta-da-China. Com um já vasto e consolidado currículo, foi convidado pelo Festival Literário da Madeira 2015 para partilhar os seus conhecimentos na Universidade da Madeira, numa conferência com Eduardo Lourenço e Hélder Macedo, e ainda em várias das conversas cruzadas do festival, este ano dedicado à Beleza: Corpo, Palavra e Imagem. O Diário Digital entrevistou este pessoano; uma figura sóbria, singularmente idónea e de uma afabilidade contagiante. A vida vira alada com pessoas assim na terra.» Ler no Diário Digital.


por Booktailors às 13:30 | comentar | partilhar

Qui, 19/Mar/15
Qui, 19/Mar/15

 

«Leonardo Padura esteve em Lisboa a promover o novo livro, Hereges. [...] No regresso a Portugal, diz não ter visto os efeitos da crise, mas também, como o próprio reconhece, a rir-se, não é fácil conhecer um país após ter estado num “oásis” (Correntes de Escritas, na Póvoa de Varzim) e depois em Lisboa, num “massacre jornalístico” de entrevistas.» Para ler no jornal Sol.

Etiquetas: ,

por Booktailors às 14:00 | comentar | partilhar

Ter, 10/Mar/15
Ter, 10/Mar/15

 

A escritora italiana Elena Ferrante deu a sua primeira entrevista ao vivo. O êxito crescente das suas obras tem gerado um interesse cada vez maior na pessoa por de trás deste pseudónimo. Para ler na Paris Review e aqui.

-

A Booktailors já está a divulgar a sua oferta formativa para o 1.º semestre de 2015: Curso de Revisão de Texto - nível inicial, Curso de Revisão de Texto - nível intermédioCurso de Gestão de Projetos Editoriais e Curso de Produção e Orçamentação Gráfica.


por Booktailors às 09:00 | comentar | partilhar

Seg, 9/Mar/15
Seg, 9/Mar/15

 

«Mário Cláudio assinou várias biografias mas surpreende ao revelar que já terminou a autobiografia: "Já está pronta. É o meu próximo livro e chama-se Astronomia"». A entrevista para ler no Diário de Notícias.


por Booktailors às 14:30 | comentar | partilhar

Seg, 2/Mar/15
Seg, 2/Mar/15

 

Em entrevista ao Management Today, o administrador-delegado da Waterstone, James Daunt, fala de como conseguiu parar os prejuízos da única cadeia de livrarias britânica e do próximo passo na gestão da empresa: enfrentar a Amazon e todos os concorrentes na internet. Para ler aqui.


por Booktailors às 15:00 | comentar | partilhar

Seg, 2/Mar/15

 

«O escritor Almeida Faria, cujo livro "A Paixão" assinala 50 anos, disse hoje à Lusa que a literatura não deve deixar de lado o poder de ser crítica das sociedades contemporâneas, e afirmou encarar o Portugal atual "com grande preocupação".

 

"Não é uma arma apenas política, mas crítica, social, de tentar olhar a sociedade com todos os seus ridículos, não só a nível ideológico. Tudo isso são grandes trunfos da literatura, além de serem trunfos literários. (...) A literatura não deve abdicar desse poder que tem"». Para ler na RTP

 


por Booktailors às 11:30 | comentar | partilhar

Ter, 17/Fev/15
Ter, 17/Fev/15

 

«Poucos autores estrangeiros teriam tanta fé na paciência do leitor português para ler um tijolo de 1022 páginas sobre a História do último terço do século XX como o escritor britânico Ken Follett.

 

Os leitores de Ken Follett estão por todo o mundo e no fim do ano passado o escritor comemorou mais de 150 milhões de livros vendidos. Em Portugal, o número é elevado: mais de 230 mil exemplares! Nada que o impeça de avançar em novos projetos, como o que tem em mãos, que passa por Sevilha, de onde chegara nas vésperas desta entrevista: "Eu gosto de fazer a investigação inicial e por isso fui até à cidade espanhola tirar fotografias, visitar museus, o Palácio Real e a Catedral. Só depois é que avanço na escrita da primeira versão do capítulo".» Ler no Diário de Notícias.


por Booktailors às 15:30 | comentar | partilhar

Qui, 12/Fev/15
Qui, 12/Fev/15

 

«A escritora de maior êxito na Turquia aproveita cada intervenção pública para disparar em todas as direções. Elif Shafak esteve em Lisboa para apresentar o polémico livro A Bastarda de Istambul.

 

Aperto de mão firme, tom de voz baixo, discurso pausado. Elif Shafak fala-nos sobre política, feminismo e direitos humanos, mas evita regressar ao episódio de 2006 – quando o livro “A Bastarda de Istambul”, agora traduzido para português, a levou a tribunal sob a acusação de insulto à identidade turca. Caso em que acabou absolvida.» Ler no Observador.


por Booktailors às 16:00 | comentar | partilhar

Ter, 10/Fev/15
Ter, 10/Fev/15

 

«Em 2005, Nélida Piñon torna-se o primeiro, e até agora único, escritor em língua portuguesa a ganhar o Prémio Príncipe das Astúrias. Escreve--se no masculino porque, apesar da condição feminina da autora, a distinção surge num contexto que não tem género, ou pelo menos não deve ter, mas onde, paradoxalmente, a tradição linguística impõe essa opção para se designar um universo que se pretende abrangente e desprovido de diferenças. Escreve-se no masculino no ano em que o prémio passa a chamar-se Princesa das Astúrias, adaptando-se aos novos tempos da monarquia espanhola. As metamorfoses são também uma constante da obra e da vida de Nélida Piñon, que viu reeditado, no final de 2014, o seu aclamado romance A República dos Sonhos, mote de uma conversa em que se fala de literatura, olhares, universos, e da grande motivação que é a vida.» Ler no iOnline.


por Booktailors às 16:00 | comentar | partilhar

Ter, 10/Fev/15

 

«Mas o meu primeiro grande amor foi a "Enciclopédia Geográfica - Um Guia Ilustrado dos Países e Cidades do Mundo e das Maravilhas da Natureza e do Homem". Uma edição da Selecções do Reader's Digest de 1988. Hoje em dia ganho a vida sobretudo a escrever sobre viagens. Isto anda tudo ligado.» Ler no iOnline.


por Booktailors às 15:15 | comentar | partilhar

Qua, 4/Fev/15
Qua, 4/Fev/15

 

«A escritora visita muitas vezes a Casa das Histórias e é impossível evitar questionar Rosa Montero sobre a mudança geográfica na sua vida, afinal comprou um apartamento em Cascais e parece que passa por lá bastante tempo: "Esta casa salvou-me a vida porque foi nela que vivi uma grande parte do tempo quando Pablo [o seu ex-companheiro] morreu". A paz que encontra ao viver em Portugal tem permitido a Rosa Montero escrever grande parte dos seus últimos livros neste apartamento de Cascais: "A parte mais importante deste e do próximo livro, a primeira versão que é a que exige mais concentração, foram escritas cá".» Ler no Diário de Notícias.

 

«"Costumo levar três anos a escrever um livro, o mais rápido até agora tinha sido `A louca da casa`, que também foi feito num ano, mas este foi como se estivesse escrito na minha cabeça, e escrevê-lo foi como bailar com as palavras, não tive pausas, indecisões, tudo fluiu", disse a escritora que rematou em seguida: "Escrevi-o num momento de graça".» Ler na RTP.

 

«Quando a editora de Rosa Montero lhe enviou o diário da grande Marie Curie, redigido ao longo do ano que se seguiu à morte do marido, o também cientista Pierre Curie, a escritora estava ainda a recuperar da perda do seu companheiro de mais de duas décadas.

 

O desaparecimento de Pablo, em 2009, seis rápidos meses depois de lhe ter sido diagnosticado um cancro, deixou Montero em choque, a debater-se nos estranhos e insondáveis caminhos da perda e do luto.» Ler no Público.


por Booktailors às 16:00 | comentar | partilhar

Sex, 23/Jan/15
Sex, 23/Jan/15

 

«Sábado, no Porto, o escritor Pedro Mexia apresenta o livro O Meu Irmão. A obra vencedora do último Prémio Leya foi escrita por um trineto de Eça de Queirós.

 

Aos 24 anos, Afonso Reis Cabral escreveu um livro que tem por base a vivência pessoal, mas onde deixou também a ficção respirar. “O Meu Irmão”, a obra distinguida por unanimidade com o último Prémio Leya, relata a relação entre dois irmãos, um deles com síndrome de Down.» Ler na Rádio Renascença.


por Booktailors às 16:30 | comentar | partilhar

Qua, 21/Jan/15
Qua, 21/Jan/15

 

«Em entrevista à RTP, o escritor António Lobo Antunes falou de cultura e da possibilidade de um dia vir a receber o Prémio Nobel da Literatura: "Se der alegria aos portugueses, já fico contente".» Ver na RTP.


por Booktailors às 16:30 | comentar | partilhar

Qua, 21/Jan/15

 

«Não é um escritor de modas nem de bestsellers, mas aos 44 anos a obra impõe-se: tem livros publicados em 30 línguas e neste momento há 280 traduções em curso. Desde o momento em que esta conversa teve lugar, Gonçalo M. Tavares foi rotulado de “genial” pelo Magazine Littéraire e um “clássico” pelo Le Monde e vários títulos foram escolhidos nas listas do melhor do ano em Espanha, França e Holanda.» Ler no Sol.


por Booktailors às 16:00 | comentar | partilhar

Ter, 13/Jan/15
Ter, 13/Jan/15

 

Nathan L. Brown, poeta distinguido, conta o seu percurso profissional e como decidiu autopublicar os seus trabalhos. Veja a entrevista aqui.


por Booktailors às 12:00 | comentar | partilhar

Seg, 5/Jan/15
Seg, 5/Jan/15

 

«Qual foi o primeiro livro que leu?

O primeiro não sei. Mas um dos primeiros foi “Branca de Neve”, e lembro-me de me espantar e de me sentir frustrada por não conseguir lê-lo de uma vez do princípio ao fim. As histórias que me contavam eram, pelo contrário, um todo sem interrupções, e isso parecia-me muito mais fascinante.» Ler no iOnline.


por Booktailors às 17:30 | comentar | partilhar

Ter, 23/Dez/14
Ter, 23/Dez/14

 

«Margarida Vale de Gato, poeta ou poetisa (tanto lhe faz) que se comove com rodelas de pepino sobre os olhos, lê um dos seus poemas - "Agosto". Vai ser assim ao longo dos próximos dias: o site do Expresso republica os 10 primeiros artigos multimédia da rubrica "O Poema Ensina a Cair", que sai às sextas no Expresso Diário.» Ler no Expresso.


por Booktailors às 15:30 | comentar | partilhar

Ter, 23/Dez/14

 

«“Sabemos muito sobre como tudo foi feito, sobre como Hitler fez o que fez; mas parece que continuamos sem saber quase nada acerca do porquê. Porque é que ele fez aquilo?” A interrogação acerca das verdadeiras intenções que estiveram na origem do Holocausto, do que motiva alguém a empreender uma tarefa com aquela “dimensão de horror”, surge como uma das razões apontadas pelo escritor Martin Amis para, quase meio século depois, revisitar um território que já tinha explorado em Time’s Arrow, or the Nature of Offense (1991).» Ler no Público.


por Booktailors às 14:35 | comentar | partilhar

Seg, 22/Dez/14
Seg, 22/Dez/14

 

«O poeta Manuel de Freitas diz o poema "Chão Antigo", responde à nossa versão do Inquérito Proust e sugere a leitura de um poema de Carlos de Oliveira. Vai ser assim ao longo dos próximos dias: o site do Expresso republica os 10 primeiros artigos multimédia da rubrica "O Poema Ensina a Cair", que sai às sextas no Expresso Diário.» Ler no Expresso.


por Booktailors às 16:30 | comentar | partilhar

Seg, 22/Dez/14

 

«As primeiras lembranças que tenho são dos inevitáveis livros da Anita, Anita e a Festa das Flores, que me encantava não só pela história mas pelas imagens também. O primeiro de texto corrido deve ter sido dos Cinco...» Ler no iOnline.


por Booktailors às 15:15 | comentar | partilhar

Qui, 18/Dez/14
Qui, 18/Dez/14

 

«O escritor passou por Lisboa para apresentar o novo romance. A propósito de “Nós” ("Us", no original) confessa-se um homem de cidades, que descobriu a Europa já depois dos 20 anos. A Ana Tomás, promete incluir a capital portuguesa num próximo livro. José Fernandes fotografou o escritor, autor do ano no Reino Unido.» Ler no iOnline.


por Booktailors às 16:00 | comentar | partilhar

Seg, 15/Dez/14
Seg, 15/Dez/14

 

Caetano Waldrigues Galindo foi o tradutor para português do Brasil da obra Infinite Jest, de David Foster Wallace. Leia a entrevista aqui.

-

Fique atento à próxima oferta de  formação da Booktailors relativa ao ano letivo 2015/2016.


por Booktailors às 09:00 | comentar | partilhar

Ter, 9/Dez/14
Ter, 9/Dez/14

 

«O filósofo Slavoj Zizek não tem soluções de bolso, mas sempre vai dizendo que enquanto o capitalismo soçobra e os mecanismos democráticos vão sendo colocados em causa, talvez só possamos adoptar uma atitude utópica realista. Temos medo da mudança e por vezes resta-nos saltar para o desconhecido.

 

Há 15 dias esteve no Porto, onde recebeu a medalha de honra da Faculdade de Belas-Artes da Universidade do Porto e proferiu a conferência A Liberdade de Uma Escolha Forçada, com o espaço a revelar-se pequeno para a multidão que fez fila para o ouvir. Nascido em Ljubljana em 1949, é um dos mais activos intelectuais públicos da actualidade, tendo publicado dezenas de livros — em Portugal, desde 2007, é possível ir encontrando as suas obras, que vão do pensamento político à análise da sociedade contemporânea». Ler no Público.


por Booktailors às 16:00 | comentar | partilhar

Ter, 9/Dez/14

 

«Em Janeiro, o PÚBLICO entrevistou o escritor Sérgio Rodrigues, para um trabalho que foi publicado em Março, no âmbito do Ano Grande do Brasil. Nessa altura, o romance O Drible já era uma das grandes sensações do ano. Agora, foi premiado com o Grande Prémio Portugal Telecom, vencendo ainda a categoria romance.

 

O PÚBLICO edita agora na íntegra a parte da conversa sobre o livro que lhe valeu um dos mais importantes prémios em língua portuguesa». Ler no Público.


por Booktailors às 14:00 | comentar | partilhar

Sex, 14/Nov/14
Sex, 14/Nov/14

 

«“Isto é tudo tão novo…” Afonso Reis Cabral está numa paisagem familiar. Rodeado de livros e de muitas vozes que lhe chegam com palavras soltas, fora de contexto. É livre para lhes dar o sentido que quiser e gosta disso. Muitas vezes se sentou ali, na Livraria Ler Devagar, na Lx Factory, em Lisboa, enquanto escrevia o livro que o tornou no autor mais jovem de sempre a vencer o Prémio Leya e então essas palavras ou frases faziam-no reagir, alterando o corpo do texto de forma orgânica, como a vida faz com as pessoas. Ia para ali por esse contágio, a proximidade com os outros como auxiliar para a apreensão da diferença. “Somos sempre nós e os outros, não é?”». Ler no Público.


por Booktailors às 15:15 | comentar | partilhar

Ter, 11/Nov/14
Ter, 11/Nov/14

 

«Nunca ninguém me proibiu de ler fosse o que fosse. Felizmente sempre pude ler aquilo que me interessava e o que desejava». Ler no iOnline.


por Booktailors às 13:25 | comentar | partilhar

Seg, 10/Nov/14
Seg, 10/Nov/14

 

«O sol bate nas cortinas e é entre elas que a conversa começa na casa onde vive na Rua do Conde de Redondo, em Lisboa, um antigo café. A olhar para uma fotografia nova na sala. A mãe. “Era muito bonita. Foi embora há menos de um mês.” Que idade na foto? “A gente tem a idade com que nasce. Dez, setenta. Ela era muito nova”.

 

A conversa alonga-se, uma tarde inteira. Pede algumas reservas. Vai sendo assim. Com interrupções e alguns entusiasmos sobre si enquanto protagonista de uma escrita que diz não controlar, rodeado pelos livros dos outros, por frases e palavras escritas a marcador nas paredes, como fazia em criança no quarto em casa dos pais, em Benfica. Essa casa que se fechou agora e pode voltar a abrir-se como museu, ou fundação. Não quer falar disso». Ler no Público.

 

«Em entrevista ao DN, António Lobo Antunes surpreende-se com os prémios literários que tem recebido. Não elogia Eça ou Camilo, nem os autores que ganharam o Prémio Leya». Ler no Diário de Notícias.


por Booktailors às 14:26 | comentar | partilhar

Seg, 3/Nov/14
Seg, 3/Nov/14

 

«O Dicionário do Torrinha, que o meu pai me obrigou a ler. O que mais lembro dele são as palavras difíceis que na altura não conhecia. Mais tarde percebi a importância que teve no meu vocabulário!» Ler no iOnline.


por Booktailors às 15:30 | comentar | partilhar

Sáb, 1/Nov/14
Sáb, 1/Nov/14

 

Retirado de Sentido dos Livros.

-

A Booktailors já está a divulgar a sua oferta formativa para o 2.º semestre de 2014Curso de Produção e Orçamentação Gráfica, Curso de Gestão de Projetos Editoriais, Curso de Revisão de Texto - nível inicial.


por Booktailors às 09:00 | comentar | partilhar

Ter, 28/Out/14
Ter, 28/Out/14

 

«Galveias, vila do Alentejo, concelho de Ponte de Sor. É também o nome do novo romance de José Luís Peixoto, o ponto de chegada da “coisa sem nome”.» Ler no Observador.


por Booktailors às 13:00 | comentar | partilhar

Ter, 28/Out/14

 

Ler no iOnline.


por Booktailors às 12:45 | comentar | partilhar

Ter, 28/Out/14

 

 «O romance de estreia do escritor americano que conquistou a crítica estrangeira e os tops do ano chega agora a Portugal. Pretexto para o especialista em relações internacionais residente em Oslo visitar pela primeira vez Lisboa, conversar com Ana Tomás e se deixar fotografar por António Pedro Santos». Ler no iOnline.


por Booktailors às 11:56 | comentar | partilhar

Seg, 20/Out/14
Seg, 20/Out/14

 

«O escritor confessa que é um contador de histórias e quando conta uma delas pensa numa mulher concreta. É neste diálogo que cria, mesmo quando fala nos “poetas” dos vários regimes. Nuno Ramos de Almeida falou com o autor  de Do Monte Cara Vê-se o Mundo e Rodrigo Cabrita tirou-lhe as medidas». Ler no iOnline.


por Booktailors às 16:00 | comentar | partilhar

Seg, 20/Out/14

 

«Faço os possíveis por manter essa comunhão diária com a leitura. De preferência no sofá da sala de estar, ao fim da tarde, para amenizar a turbulência da investigação ou da escrita.» Ler no iOnline.


por Booktailors às 15:30 | comentar | partilhar

Seg, 20/Out/14

 

«Conversa com balões (imaginários) com Tine Anthoni, a diretora adjunta do Centro Belga de BD, que veio a Portugal apresentar a exposição dos 25 anos daquele museu, que agora segue para o Festival da Amadora.» Ler no Diário de Notícias.

 


por Booktailors às 11:15 | comentar | partilhar

Sex, 17/Out/14
Sex, 17/Out/14

 

«No momento em que o Parlamento acolhe os Dias da Memória, a responsável máxima pela Europeana, Jill Cousins, explica o que é esta gigantesca biblioteca digital, que quer tornar acessível e utilizável toda a herança cultural europeia. Até ao momento, já colocou online digitalizações autenticadas de mais de 32 milhões de peças.» Ler no Público.


por Booktailors às 10:50 | comentar | partilhar

Seg, 13/Out/14
Seg, 13/Out/14

 

«A conversa com a filha, Mónica Baldaque, permite saber de uma mulher e de uma escritora. Que são uma, como se verá. Agustina está retirada desde 2006. Deixou de escrever. Como olharia para a maneira como olhamos para ela? Rindo-se. Seguramente.» Ler no Público.


por Booktailors às 17:24 | comentar | partilhar

Sex, 10/Out/14
Sex, 10/Out/14

 

«Se soubesse o preço que pagaria, Roberto Saviano diz que nunca teria escrito Gomorra. Mas como é tarde para arrependimentos, voltou a atacar com uma reportagem literária sobre a forma como a cocaína domina o mundo.» Leia a entrevista de Paulo Moura no Público.


por Booktailors às 10:40 | comentar | partilhar

Qui, 9/Out/14
Qui, 9/Out/14

 

«É uma das mais destacadas vozes do panorama literário português. Nascida em Boliqueime, cresceu no campo sonhando ser escritora, desejo que concretizou em 1980 quando lançou O Dia dos Prodígios. Desde então, deu à estampa títulos como A Costa dos Murmúrios, Combateremos a Sombra e Os Memoráveis, nunca deixando de participar em discussões políticas e cívicas. Foi a homenageada do Festival Escritaria que, até domingo passado, animou as ruas de Penafiel, onde lançou o livro O Organista.» Ler no Sol.


por Booktailors às 16:15 | comentar | partilhar

Ter, 7/Out/14
Ter, 7/Out/14

 

«Fã da rainha do suspense, a britânica teve “a sorte e a honra” de escrever um novo romance, conduzido por outro insubstituível: Hercule Poirot. Maria Ramos Silva não correu risco de vida com Os Crimes do Monograma

 

«Coube a Sophie Hannah reactivar as celulazinhas cinzentas do "belga brilhante" em Os Crimes do Monograma, o primeiro livro que dá seguimento à obra de Agatha Christie depois da sua morte, em 1976. Ler no iOnline.


por Booktailors às 16:00 | comentar | partilhar

Seg, 6/Out/14
Seg, 6/Out/14

 

«José Tolentino Mendonça tem um novo livro sobre mística e lembra que a solução para os problemas do mundo “é um gesto unilateral de amor”.» Leia a entrevista no Público.

 


por Booktailors às 11:43 | comentar | partilhar

Seg, 6/Out/14

 

«Com Gomorra tornou-se conhecido e perdeu a vida que conhecia e parte da que poderia vir a conhecer. Aos 35 anos arrepende-se, mas não consegue mudar o rumo. Não por heroísmo, porque a vida é demasiado preciosa, mas por obsessão com as histórias que nem todos conseguem ver e chegam até ele. Roberto Saviano vive sob custódia policial desde que enfrentou a máfia italiana e lança agora um livro em que revela o mundo cruel dos cartéis de droga mexicanos, com uma investigação feita do outro lado da barricada, do lado de quem o protege.» Ler no iOnline.

 


por Booktailors às 11:30 | comentar | partilhar

Sex, 3/Out/14
Sex, 3/Out/14

 

«Ana Teresa Pereira podia ser personagem dos seus livros. Com 54 anos publicou 36 livros e mantém-se um enigma. Parte da literatura, do cinema, da pintura para construir versões de uma mesma realidade. O seu tempo e o seu espaço são circulares como a ilha onde nasceu e vive numa casa com jardim onde se recolhe dos olhares. Uma conversa no Funchal sobre um imaginário sempre em construção». Ler no Público.

 


por Booktailors às 12:08 | comentar | partilhar

Qua, 1/Out/14
Qua, 1/Out/14

 

«O seu filme "Vivir es Fácil con los Ojos Cerrados" está na pré-selecção dos Óscares. Mas a conversa partiu de um livro, "Quatro Amigos".» Ler no iOnline.

Etiquetas: ,

por Booktailors às 16:30 | comentar | partilhar

Sex, 26/Set/14
Sex, 26/Set/14

 

«O escritor e jornalista espanhol abre a primeira edição do Festival Literário da Gardunha. Até domingo, a literatura de viagem invade o Fundão».

 

«Dos jornais para os livros de viagem, a passagem foi quase óbvia. Aos trabalhos no estrangeiro, o escritor Javier Reverte somou o gosto pela literatura e as técnicas do jornalismo para contar as histórias dos lugares e das pessoas que os habitam e tornam vivos. Viajar é, tal como um livro em aberto, aceitar o desvio da rota pré-definida. O que também se aplica aos seus romances, outro campo literário ao qual o escritor também se tem dedicado.» Ler no iOnline.


por Booktailors às 11:30 | comentar | partilhar

Seg, 22/Set/14
Seg, 22/Set/14

 

«A música de Armando Teixeira e a voz de Rui Reininho em CHÁ, CAFÉ e etc. O encontro de dois vultos da música portuguesa deu um livro, com ilustrações de Marta Madureira, e um disco.» Ler no Observador.


por Booktailors às 12:30 | comentar | partilhar

Sex, 12/Set/14
Sex, 12/Set/14

 

«Romain Puértolas nasceu em Montpellier, em 1975. Entre França, de onde partiu aos 24 anos, Espanha e Inglaterra, foi DJ, compositor-intérprete, professor de línguas, tradutor-intérprete, limpador de slot machines, comissário de bordo e até mágico. Uma biografia assim parece ficção. Quase absurda. Mas viemos a saber que de invenção não tem nada. Tudo factual. O Diário Digital entrevistou o escritor francês a propósito do seu livro de estreia, A incrível viagem do faquir que ficou fechado num armário Ikea, com a chancela da Porto Editora. E pasmou-se, não só com o livro (hilariante), mas também com a pessoa. Hoje, com 38 anos, é inspector da polícia em França, mas fez uma pausa na profissão em Dezembro depois de ver alcançado o seu maior sonho; ser escritor.» Ler no Diário Digital.

 

«Otimista nato, Romain Puértolas falou com o Observador sobre A incrível viagem do faquir que ficou fechado num armário IKEA e como teve de batalhar com a multinacional sueca para manter o título.» Ler no Observador.

 

«Até há pouco tempo o francês Romain Puértolas coleccionava cartas de recusa das editoras e fazia edições de autor. Até ao dia em que enviou A incrível viagem do faquir que ficou fechado num armário IKEA (Porto Editora) para a casa editorial francesa Le Dilettante e recebeu uma carta que não começava como as outras.» Ler no Público.

 

«O bestseller transformou o seu autor, um polícia de 39 anos, em escritor profissional.» Ler no Sol.
 
«Um dia recebo a carta de uma editora que, pela primeira vez, não era de rejeição mas de aceitação. E de repente os livreiros tomam-se de amores pelo livro, e, antes de ser publicado em França, já estava vendido para 30 países. Agora vai em 36. Nunca tinha acontecido em França, muito menos com um desconhecido.» Ler no Correio da Manhã.


por Booktailors às 11:45 | comentar | partilhar

Qua, 10/Set/14
Qua, 10/Set/14

 

«Um escritor e um texto (secreto) por ano até 2114, é esta a oferta da Future Library, a quem puder ler. (...) É daquelas coisas inevitáveis, triste sina a nossa. Daqui a cem anos – a não ser que a ciência descubra a poção de imortalidade – estar por cá para ler as páginas deste projecto vai ser difícil. A Future Library é a primeira biblioteca do futuro, conceito criado pela artista escocesa Katie Paterson e que propõe um texto por ano a um escritor escolhido a dedo. Em 2114, será que alguém vai recordar Margaret Atwood, a primeira autora associada à ideia? É um risco que Anne Beate Hovind, comissária do projecto e aqui entrevistada, diz ser bonito de correr.» Ler no iOnline.


por Booktailors às 11:30 | comentar | partilhar

Sex, 5/Set/14
Sex, 5/Set/14

«(...) Meg Wolitzer (Brooklyn, Nova Iorque, 1959) explica a génese de Os Interessantes, o romance que a colocou ao lado de nomes como Jonathan Franzen ou Jeffrey Eugenides (seus contemporâneos) enquanto agente de revelação de uma certa maneira americana de ser. "Não é um instantâneo da vida. São muitos instantâneos que permitem ver as variações numa sequência que nunca é uma linha recta, e será sempre marcada pelo sofrimento da perda", refere a escritora no seu regresso a Nova Iorque após uma pausa de Verão.» Ler no Público.


por Booktailors às 10:59 | comentar | partilhar

Sex, 5/Set/14

«Mesmo à distância de uma entrevista telefónica entre Portugal e a Namíbia, onde é leitor de português do Instituto Camões no Centro Diogo Cão de Windhoek, Miguel Gullander deixa transparecer a intensidade com que se dedica à arte de viver. Aos 20 anos, um acidente de automóvel deixou-o em coma durante uma semana e as marcas dessa experiência ainda hoje se sentem na forma como encara a vida e a escrita. Essa experiência, a meditação vipassana que faz há duas décadas, a filosofia zen que pratica – traduziu para a Assírio & Alvim Folhas Caem, Um Novo Rebento, do monge japonês Hôgen Yamahata ("Foi uma experiência muito importante para mim, durante dois anos, porque também fiz muita meditação zen") –, tudo isso está reflectido em Através da Chuva, o seu novo livro, seis anos depois de Perdido de Volta.» Ler no Público.


por Booktailors às 10:54 | comentar | partilhar

Sex, 29/Ago/14
Sex, 29/Ago/14

 

«Quase nada do que eu digo é de fiar porque vivo no mundo da fantasia – a frase não é dita exactamente assim, mas sintetiza uma entrevista exclusiva com Joyce Carol Oates em vésperas de aparecem em Portugal mais dois livros desta escritora norte-americana recorrentemente apontada para o Nobel da Literatura.» Leia a entrevista no Público.

 

«Como irá Andrew Dominik sair-se na tarefa de adaptar Blonde, um romance psicológico sobre a figura de Marilyn Monroe? Joyce Carol Oates já leu o argumento: "É excelente."» Ler no Público.


por Booktailors às 10:41 | comentar | partilhar

Sex, 22/Ago/14
Sex, 22/Ago/14

 

«Frederico Lourenço tem uma voz tonitruante, um olhar triste, é um homem raro. Pode um Desejo Imenso, o seu primeiro romance, editado em 2002, causou espanto e recebeu o Prémio Pen Clube (primeira obra). Para trás estava a música e o cinema e um doutoramento sobre os cantos líricos de Eurípides. Devemos-lhe a tarefa hercúlea de ter traduzido em verso, do grego, a Odisseia de Homero (pela qual recebeu o Prémio D. Dinis da Casa de Mateus e o Grande Prémio de Tradução APT/ Pen Clube), em 2003, e, dois anos depois, a Ilíada. Traduziu e estudou muito. Do grego e do alemão, sobretudo. Tem um talento do qual desconfia e que exercita no trabalho aturado. É professor, ensaísta, tradutor, escritor.»

 

«Nasceu em 1963, vive (agora) em Coimbra. A entrevista aconteceu em Lisboa, na sede da Cotovia, a sua editora de sempre. Sobre a mesa estava o seu último livro, Estética da Dança Clássica. E na montra, rente à estrada, estavam outros títulos. Grécia Revisitada ou Ensaios sobre Píndaro, que organizou e contém textos seus e de outros académicos.» Leia a entrevista de Anabela Mota Ribeiro no Público.


por Booktailors às 10:52 | comentar | partilhar

Qua, 20/Ago/14
Qua, 20/Ago/14

 

«Após cerca de três décadas, Penim Loureiro está de regresso ao Mundo da BD (...). (...) [N]o presente, os traços e as palavras do arquiteto ganham uma nova vida, para gáudio da BD nacional, que não pode desvalorizar um dos nomes mais significativos da Geração 80.» Ler no Diário Digital.


por Booktailors às 12:00 | comentar | partilhar

Seg, 18/Ago/14
Seg, 18/Ago/14

 

«Reconhecido poeta, actual director do Jornal de Cultura, assessor de imprensa da UNICEF em Angola durante 15 anos, aproveitou os dois que passou em Paris como adido de imprensa da Embaixada de Angola (2010-2012) para escrever este livro [O Reino das Casuarinas] em que em determinadas alturas a poesia irrompe por necessidade de um escritor que é e sempre será um poeta. Em outras, a prosa, por insistência de um rigor literariamente estéril, desinflama-se e perde fulgor.» Leia a entrevista no Público.


por Booktailors às 12:08 | comentar | partilhar

Seg, 11/Ago/14
Seg, 11/Ago/14

 

«A ficção não lhe interessa enquanto modo de contar uma história. Nada. Cabelo desalinhado, difícil de domar (costuma brincar com isso: é um traço de personalidade e um destino), este filho de uma jamaicana e de um canadiano, natural de Inglaterra, onde nasceu em 1963, e a viver em Nova Iorque, parte quase sempre de uma personagem para chegar a uma excepção que contraria uma regra. Malcolm Gladwell movimenta-se no território dos mal-entendidos, das ideias falsas ou das meias verdades. Dentro dessa fronteira, tanto podemos encontrá-lo a tentar explicar um fenómeno como o HIV – fê-lo em A Chave do Sucesso (2000), o seu primeiro livro, escrito no rescaldo da epidemia – como a possibilidade materializada de transformar um trauma numa vantagem, tema de David e Golias (2013), agora traduzido para português pela D. Quixote.» Ler no Público.


por Booktailors às 18:12 | comentar | partilhar

Seg, 28/Jul/14
Seg, 28/Jul/14

Ler no iOnline.


por Booktailors às 17:30 | comentar | partilhar

Seg, 28/Jul/14

 

«Com 78 anos, Mario Vargas Llosa continua eloquentíssimo acerca da crise na Europa e dos progressos vividos na América Latina. O prémio Nobel da Literatura, em 2010, que passou esta semana por Lisboa, fala da "frivolização" da cultura e da transformação dos cidadãos em autómatos obedientes.» Ler no Público.


por Booktailors às 10:19 | comentar | partilhar

Seg, 21/Jul/14
Seg, 21/Jul/14

 

«O autor norte-americano James Patterson, de 67 anos, já escreveu 19 bestsellers. Ao todo, os seus livros venderam mais de 295 milhões de exemplares. As cópias das obras dos escritores norte-americanos Stephen King, John Grisham e Dan Brown, juntas, não superam os números alcançados por este autor, que é um verdadeiro fenómeno de vendas em todo o mundo.» Ler no Correio da Manhã.


por Booktailors às 12:00 | comentar | partilhar

Sex, 18/Jul/14
Sex, 18/Jul/14

 

«Até ao ano passado, só dois de todos os escritores que já receberam o Prémio Goncourt vinham da literatura policial. Pierre Lemaitre é o terceiro. Com o romance Até Nos Vermos Lá em Cima (Clube do Autor) recebeu, em 2013, o mais prestigiante galardão da literatura francesa.

 

Se nos seus romances as personagens se perguntam "Como cheguei aqui?", com um Goncourt ao seu sétimo livro publicado, Pierre Lemaitre, 63 anos e uma carreira que começou tarde e depois de rejeições de muitos editores, faz a mesma pergunta. O escritor esteve em Lisboa a lançar este seu livro, a história de dois homens, Albert e Édouard, um bancário e um artista, que se conhecem nas trincheiras da guerra de 1914-1918 e no pós-guerra, em França, ficam abandonados à sua sorte criando uma burla amoral.  Este Verão, Pierre vai começar a trabalhar na adaptação ao cinema.» Ler no Público.


por Booktailors às 11:30 | comentar | partilhar

Seg, 14/Jul/14
Seg, 14/Jul/14

 

«Poesia e sonho caminham lado a lado no novo romance de Andréa del Fuego, As Miniaturas, publicado há dias em Portugal pela Porto Editora. Depois de se ter debruçado sobre a história da própria família em Os Malaquias – romance que lhe valeu o Prémio Saramago –, a escritora brasileira propõe agora uma engenhosa narrativa em que os sonhos  nos são sugeridos através de peculiares criaturas que dão pelo nome de oneiros.» Ler no blogue Babel.

 

«Em entrevista ao Diário Digital, a autora revelou-se curiosa sobre os mistérios, as superstições, as manias, os recursos que não passam pela razão para entender o mundo. E ainda pela busca da metáfora absoluta, que diga o que a realidade não consegue.» Ler no Diário Digital.


por Booktailors às 16:00 | comentar | partilhar

Seg, 14/Jul/14

 

«Onésimo Teotónio Almeida ensina no departamento de Estudos Portugueses e Brasileiros da Brown University. Tem uma obra extensa. Lançou recentemente Pessoa, Portugal e o Futuro. Podia ser, senão o pretexto, o ponto de partida para a entrevista. Não foi. Fomos lá.» Ler no Público.


por Booktailors às 10:49 | comentar | partilhar


Subscreva a nossa newsletter

* indicates required
Publicações Booktailors
Carlos da Veiga Ferreira: Os editores não se abatem, Sara Figueiredo Costa



PVP: 12 €. Oferta de portes (válido para território nacional).

Fernando Guedes: O decano dos editores portugueses, Sara Figueiredo Costa



PVP: 10,80 €. Preço com 10% de desconto e oferta de portes (válido para território nacional).

A Edição de Livros e a Gestão Estratégica, José Afonso Furtado



PVP: 16,99 €. 10% de desconto e oferta de portes.

Livreiros, ler aqui.

PROMOÇÃO BLOGTAILORS



Aproveite a oferta especial de dois livros Booktailors por 20 €.

Compre os livros Fernando Guedes: O decano dos editores portugueses, de Sara Figueiredo Costa e A Edição de Livros e a Gestão Estratégica, de José Afonso Furtado por 20 €. Portes incluídos (válido para território nacional).

Encomendas através do e-mail: encomendas@booktailors.com.

Clique nas imagens para saber mais.
Leitores
Acumulado (desde Setembro 2007):

3 000 000 visitas


Site Meter
arquivo

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Etiquetas

acordo ortográfico

adaptação

agenda do livro

amazon

apel

associativismo

autores

bd | ilustração

bertrand

bibliotecas

blogosfera

blogtailors

blogtailorsbr

bookoffice

booktailors

booktrailers

byblos

coleção protagonistas da edição

correntes d'escritas 2009

correntes d'escritas 2010

correntes d'escritas 2011

correntes d'escritas 2012

design editorial

dia do livro

direitos de autor

distribuição

divulgação

e-book

e-books

edição

editoras

editores

emprego

ensaio geral na ferin

entrevista

entrevistas booktailors

estado | política cultural

estatísticas e números

eventos

feira do livro de bolonha 2010

feira do livro de frankfurt 2008

feira do livro de frankfurt 2009

feira do livro de frankfurt 2010

feira do livro de frankfurt 2011

feira do livro de frankfurt 2013

feira do livro de lisboa

feira do livro de lisboa 2009

feira do livro de lisboa 2010

feira do livro do porto

feira do livro do porto 2009

feiras do livro

feiras internacionais

festivais

filbo 2013

fnac

formação

formação booktailors

fotografia | imagem

fusões e aquisições

google

homenagem

humor

ilustração | bd

imagens

imprensa

internacional

kindle

lev

leya

língua portuguesa

literatura

livrarias

livro escolar

livro infantil

livros

livros (audiolivro)

livros booktailors

london book fair

marketing do livro

mercado do livro

notícias

o livro e a era digital

óbito

opinião

opinião no blogtailors

os meus livros

poesia

polémicas

porto editora

prémios

prémios de edição ler booktailors

profissionais

promoção à leitura

revista ler

sítio web

sociologia e hábitos da leitura

tecnologia

top livros

twitter

vídeo

todas as tags