Booktailors - Consultores Editoriais
info@booktailors.com

Apartado 21350

EC Praça do Município

1132-001 Lisboa
(+351) 213 461 266

Facebook Booktailors
Twitter Booktailors




Facebook Bookoffice
Para receber a nossa newsletter, envie um e-mail para formacao@booktailors.com.
Editoras Nacionais
  • Zero a Oito
  • Livrarias Nacionais
    Livrarias on-line
    Editoras Brasileiras
    Imprensa Brasileira
    Blogosfera Brasileira
    Eventos no Brasil
    Imprensa Internacional

    Associações e Institutos de Investigação
    Feiras internacionais
    Sex, 14/Jun/13
    Sex, 14/Jun/13

    Hoje, pelas 15.30, um grupo de editores reúne, no Porto (Edifício Camões, junto à estação do metro da Trindade), para a refletir sobre a constituição de uma associação de pequenos e médios editores.

    Entre outros, alguns dos objetivos da associação passarão pela «promoção do livro em geral e em língua portuguesa em particular, em Portugal ou no estrangeiro», por «prestar serviços, informações e assistência aos associados no exercício da sua actividade e que lhe sejam solicitados» ou por «elaborar e difundir estudos relativos ao sector livreiro». 


    por Booktailors às 09:30 | comentar | partilhar

    Qui, 17/Nov/11
    Qui, 17/Nov/11

    Desde Mike Shatzkin a Jane Friedman, aqui ficam alguns nomes grandes da edição.


    por Booktailors às 16:00 | comentar | partilhar

    Ter, 25/Out/11
    Ter, 25/Out/11

     

    «É o livro-sensação do momento. Steve Jobs, escrito por Walter Isaacson e ontem publicado, é a biografia autorizada do ex-patrão da Apple que faleceu no passado dia 5 de Outubro aos 56 anos de idade. O livro chega a Portugal em Novembro. A obra traça o perfil de um homem obcecado pelo seu trabalho e marcado pelo facto de ter sido adoptado.» Ler no Público.


    por Booktailors às 12:20 | comentar | partilhar

    Qua, 12/Out/11
    Qua, 12/Out/11

    O ateliê de design de Coimbra FBA recebeu o prémio AIGA 50 Books/50 Covers que distingue os  melhores livros e capas de livros desenhados e produzidos entre Janeiro e Dezembro de 2010. Ana Boavida é a responsável pelo design da colecção «Temas de Psicanálise» , que conta também com a colaboração de João Bicker. Esta é a segunda vez em que o ateliê é premiado pelo American Institute of Graphic Arts (AIGA), instituição que tem distinguido, ao longo dos 90 anos de existência, trabalhos dos melhores designers de sempre.

    -

    Desconto de 50% até ao final do ano para desempregados e recém-licenciados. Consulte a oferta de formação da Booktailors na barra lateral do blogue.


    por Booktailors às 09:00 | comentar | partilhar

    Qui, 25/Ago/11
    Qui, 25/Ago/11

     

    «Tim Cook, o novo CEO da Apple, enviou uma carta aos trabalhadores a garantir que “a Apple não vai mudar” com o afastamento de Steve Jobs do cargo de chefia.» Ler no Público.


    por Booktailors às 17:42 | comentar | partilhar

    Qui, 25/Ago/11

    «O estatuto de estrela de Steve Jobs deu lugar ao rosto quase descon­hecido de um exec­u­tivo que é con­sid­er­ado um mestre precisa­mente nas áreas da empresa que mais pas­sam des­perce­bidas, como a gestão de stocks e o planea­mento de vendas.» Ler no Público.


    por Booktailors às 13:56 | comentar | partilhar

    Seg, 22/Ago/11
    Seg, 22/Ago/11

    A realizar-se na Praia da Vitória, ilha Terceira, o congresso do livro, subordinado ao tema «As mutações no Mercado do Livro», decorrerá entre os dias 28 e 29 de Outubro.

     

    A APEL, entidade organizadora do evento, apresenta como pontos altos da programação de 2011 a presença de José Afonso Furtado, actual director da Biblioteca de Arte da Fundação Calouste Gulbenkian, do Presidente da Federação Europeia de Editores, Fergal Tobin, e do crítico, professor e escritor Jarvi Nadal.

     

    Temáticas como «Novo enquadramento editorial» ou «O livro e as novas tecnologias» darão o mote às discussões deste congresso, que incluirá também uma homenagem a Vitorino Nemésio, vulto maior da literatura açoriana. 

     

    As inscrições podem ser feitas no sítio do congresso, sendo apresentados vários pacotes de inscrição. Outras informações práticas são também desde já disponibilizadas. 

     

    Inscrição on-line.

     

    Programa do Congresso.


    por Booktailors às 16:05 | comentar | partilhar

    Seg, 1/Ago/11
    Seg, 1/Ago/11

    O suplemento Expresso Emprego apresentou a nossa empresa, este sábado passado, na secção Empreendedores.

     


    por Booktailors às 16:00 | comentar | partilhar

    Seg, 18/Jul/11
    Seg, 18/Jul/11

    «José Manuel Cortês é o novo Director Geral do Livro e das Bibliotecas (DGLB). O nome é avançado por fonte da Secretaria de Estado da Cultura à agência Lusa.» Ler na Rádio Renascença e no Diário Digital.


    por Booktailors às 13:40 | comentar | partilhar

    Qui, 14/Jul/11
    Qui, 14/Jul/11

    Ex-Edições SM, Dolores Prades será a curadora da chancela infantil da Babel, a Babel Jr., seleccionando os autores do catálogo português da editora a serem publicados no Brasil. «Formada em Ciências Sociais e especializada em Literatura Infantil e Juvenil pela Universidad Autónoma de Barcelona, Dolores Prades é curadora e coordenadora do projeto Conversas ao Pé da Página, coordenadora da área de literatura para crianças e jovens da Revista electrónica Emília, a ser lançada em breve, e colunista do PublishNews, onde escreve às segundas, quinzenalmente, sobre a edição de livros para jovens leitores», refere o sítio PublishNews. Ver aqui.

    -

    Consulte a oferta de formação da Booktailors na barra lateral do blogue.


    por Booktailors às 09:00 | comentar | partilhar

    Sex, 8/Jul/11
    Sex, 8/Jul/11

    Qual é o papel actual dos agentes num domínio cada vez mais digital? Será ainda o mesmo ou terá sofrido alterações? Conheça as respostas aqui.


    por Booktailors às 14:30 | comentar | partilhar

    Qua, 6/Jul/11
    Qua, 6/Jul/11

    O actual director editorial das marcas Edições 70, Minotauro, Actual e Almedina (edições gerais) irá desvincular-se do Grupo Almedina já no final do mês de Julho.

     

    Termina assim uma colaboração de doze anos, sete dos quais já no Grupo, com bastante actividade, onde, em particular nas Edições 70, se pôde observar o trabalho de renovação e adaptação aos novos tempos por parte deste editor. Pedro Bernardo passará agora a colaborar como consultor do Grupo, assim como tradutor e revisor especializado na área das ciências humanas e sociais, passando Paula Valente a ocupar o cargo deixado por Pedro Bernardo.

    Etiquetas:

    por Booktailors às 10:00 | comentar | partilhar

    Qui, 30/Jun/11
    Qui, 30/Jun/11

    «João Pombeiro, editor da revista LER desde 2008, e Lúcia Pinho e Melo, editora da Quetzal Editores também desde 2008, serão os substitutos nos antigos cargos do escritor Francisco José Viegas, indigitado Secretário de Estado da Cultura e que toma posse esta terça-feira.» Ler na íntegra no Público


    por Booktailors às 14:00 | comentar | partilhar

    Seg, 27/Jun/11
    Seg, 27/Jun/11

     

    Na sequência da nomeação de Francisco José Viegas para secretário de Estado da Cultura, o Grupo Bertrand emitiu um comunicado de imprensa, no qual informa que Lúcia Pinho e Melo ficará com a gestão editorial da Quetzal Editores e João Pombeiro assumirá o cargo de director da revista LER. Replicamos abaixo o comunicado enviado há pouco.

     

    «Francisco José Viegas foi indigitado Secretário de Estado da Cultura. A Administração do Grupo BertrandCírculo congratula-se pela escolha de um quadro da empresa para tão importante missão e expressa publicamente votos de sucesso no exercício das suas novas funções ao serviço da Cultura em Portugal. Consequentemente, Francisco José Viegas suspende a colaboração com o Grupo BertrandCírculo, uma ligação que perfaz um total de 17 anos de trabalho.

     

    Tendo integrado o Círculo de Leitores em 1986, Francisco José Viegas regressou, em 2008, depois de um breve interregno. De há três anos para cá tem dirigido a revista Ler, uma referência nas publicações da especialidade. Em 2008, a revista foi reformulada, retomando a periodicidade mensal e reunindo um conjunto de colaboradores, críticos e cronistas, que asseguram uma cobertura exaustiva, rigorosa e inteligente do sector editorial em Portugal e do mundo literário em geral.

     

    Francisco José Viegas dirigiu também, durante os últimos três anos, a chancela Quetzal Editores. Protagonizando uma renovação deste selo, deu uma nova vida a esta marca editorial - que faz parte da história recente da edição em Portugal - seguindo as linhas essenciais da identidade da editora fundada em 1987 e fazendo que se trate de um projecto ímpar no panorama editorial português.

     

    A Revista Ler e a Quetzal Editores são dois projectos de sucesso também graças às respectivas equipas, construídas e geridas por Francisco José Viegas. Estas, merecendo da Administração do Grupo BertrandCírculo o reconhecimento da competência dos seus profissionais e, na certeza de que trabalharão de acordo com o espírito do projecto em que estão inseridas, garantirão uma gestão na continuidade, enquanto o director editorial se dedica por inteiro ao enorme desafio que agora abraça.

     

    João Pombeiro, editor da Revista Ler desde 2008, zelará pela revista e Lúcia Pinho e Melo, editora da Quetzal Editores desde 2008, assegurará a continuidade da actividade editorial desta chancela.»


    por Booktailors às 18:42 | comentar | partilhar

    Seg, 27/Jun/11

     

    «O director da Biblioteca Nacional de Portugal (BNP), Jorge Couto, cessa funções por decisão própria a partir de 30 de Junho, disse à Lusa fonte do seu gabinete.» Ler no Público, no Diário Digital, no Diário de Notícias, no Jornal de Notícias e no Correio da Manhã.


    por Booktailors às 11:13 | comentar | partilhar

    Seg, 30/Mai/11
    Seg, 30/Mai/11

    Ler no Publishing Perspectives o perfil deste editor que trabalha no meio editorial há cerca de seis décadas.

    Etiquetas:

    por Booktailors às 13:00 | comentar | partilhar

    Qui, 7/Abr/11
    Qui, 7/Abr/11

     

    João Gonçalves, o rosto da editora Clube do Autor, que lançou os seus primeiros títulos no último semestre de 2010, abandonou aquele projecto. Ainda não existem indicações quanto ao futuro deste profissional que anteriormente passou pela Coolbooks (fundador), Oficina do Livro e Bertrand.


    por Booktailors às 14:34 | comentar | partilhar

    Sex, 18/Mar/11
    Sex, 18/Mar/11

    É por este nomes que, no Reino Unido, os assistentes editoriais são conhecidos. Esta profissão, e suas disparidades, no The New York Observer. Via Bibliotecário de Babel.


    por Booktailors às 15:00 | comentar | partilhar

    Seg, 28/Fev/11
    Seg, 28/Fev/11

    Após as vagas de despedimentos que têm atingido as grandes editoras canadianas, a maior parte dos editores está a trabalhar em regime freelance. Saiba mais aqui.


    por Booktailors às 12:00 | comentar | partilhar

    Qua, 23/Fev/11
    Qua, 23/Fev/11

    Maria Teresa Loureiro cessará as suas funções de editora na Guerra & Paz no final do mês de Fevereiro. A ex-editora da Bertrand e da Pergaminho estava na Guerra & Paz desde Novembro de 2009.


    por Booktailors às 13:00 | comentar | partilhar

    Ter, 1/Fev/11
    Ter, 1/Fev/11

    Ler aqui. Recorde-se que após dez anos com Eric Schmidt ao leme da empresa, Larry Page voltou a assumir o cargo de C.E.O. da Google. Via twitter JAF.


    por Booktailors às 10:00 | comentar | partilhar

    Qua, 5/Jan/11
    Qua, 5/Jan/11

    Ler no Ciberescritas.


    por Booktailors às 10:00 | comentar | partilhar

    Ter, 21/Dez/10
    Ter, 21/Dez/10

    Ler aqui.


    por Booktailors às 09:30 | comentar | partilhar

    Sex, 17/Dez/10
    Sex, 17/Dez/10

    Segundo notícia da revista LER, David Ferreira assumirá o cargo de Director-Geral do grupo Babel no início do próximo ano, abandonando a direcção comercial da área do livro na Fnac.


    por Booktailors às 13:23 | comentar | partilhar

    Seg, 13/Dez/10
    Seg, 13/Dez/10

     

    Carlos da Veiga Ferreira abandonou a Editorial Teorema, depois de mais de duas décadas à frente dos destinos daquela editora. Ler mais aqui.

     

    Segundo fonte oficial do departamento de Comunicação do Grupo LeYa, a Teorema não será diluída na Texto Editores, ou extinta. A Teorema manter-se-á como uma editora do Grupo LeYa.

     

    Foi também indicado que, a partir de hoje, José Oliveira (até à data editor da área Infanto-juvenil da Caminho) passará a acumular funções e assumirá também a direcção editorial da Teorema. Ler no Público.


    por Booktailors às 16:01 | comentar | partilhar

    Qui, 2/Dez/10
    Qui, 2/Dez/10

    Rita Canas Mendes abandonou o seu cargo na Antígona, preparando-se para entrar num novo projecto editorial.


    por Booktailors às 10:00 | comentar | partilhar

    Qui, 28/Out/10
    Qui, 28/Out/10

    Marta Paixão anunciou a sua saída do departamento de comunicação da Difel, após 9 anos de colaboração com aquela casa editorial.

    Etiquetas:

    por Booktailors às 14:30 | comentar | partilhar

    Sex, 22/Out/10
    Sex, 22/Out/10

    Madalena Rodrigues abandonou as funções de Responsável de Marketing e Comunicação da Editora Objectiva – cargo que ocupava desde a implementação da editora no nosso país (Setembro de 2009).


    por Booktailors às 09:30 | comentar | partilhar

    Qui, 7/Out/10
    Qui, 7/Out/10

    Henrique Mota, presidente do Conselho técnico para a internacionalização da APEL, foi eleito hoje de manhã membro do comité executivo da IPA (International Publishers Association), na assembleia geral daquela organização.

     

    Henrique Mota é editor da Princípia.

     

    «O editor Henrique Mota pela Associação Portuguesa de Editores e Livreiros (APEL), foi eleito quinta feira, em Frankfurt, para o comité executivo da International Publishers Association (IPA), foi hoje anunciado.» Ler no Público.


    por Booktailors às 15:31 | comentar | partilhar

    Seg, 20/Set/10
    Seg, 20/Set/10

    Rosa Clemente abandonou a sua posição no Círculo de Leitores/Temas e Debates, sendo substituída por Ana Teresa Ferreira. Editora de conteúdos do sítio Web da Círculo de Leitores e colaboradora da revista Círculo, Ana Teresa Ferreira assume agora o cargo de assessora de imprensa da Círculo de Leitores/Temas e Debates. Via Bibliotecário de Babel.


    por Booktailors às 15:00 | comentar | partilhar

    Qui, 16/Set/10
    Qui, 16/Set/10

    Inês Queiroz enviou-nos um pedido de direito de resposta que passamos a publicar.

    «Eu, Inês Sofia Pinto Mendes Pereira de Queiroz, portadora do B.I 10750029 venho, por este meio, pedir que seja publicado o seguinte texto ao abrigo do direito de resposta.

    Os Booktailors dizem-se consultores editoriais. Pressuponho que, com tal designação, tenham como princípio verificar a veracidade da informação que veiculam no vosso blogue.

    No passado dia 24 de Agosto, o blogue dos Booktailors publicou uma "notícia" onde falava da minha saída do grupo LeYa. Usando um e-mail que enviei a algumas das pessoas que comigo trabalharam (directa ou indirectamente), decidiram criar uma "notícia" onde insinuam saber qual será o meu próximo destino de trabalho, linkando para um texto sobre o Clube do Autor. Na altura decidi não responder porque as insinuações não merecem resposta.

    No entanto, em outra "notícia", publicada ontem, dão como um facto que fui contratada pelo Clube do Autor. Não atribuem essa informação a nenhuma fonte e, à semelhança do que já havia acontecido, não fui contactada. Assim, vejo-me na obrigação de fazer o que deveria ser o vosso trabalho e enviar-vos esta informação: não fui contratada para trabalhar no Clube do Autor. A vossa notícia, no que me diz respeito, é falsa.

    Espero não voltar a ser referida em "notícias" vossas sem antes ser contactada.

    Atenciosamente,
    Inês Pinto Queiroz»

    Etiquetas:

    por Booktailors às 17:04 | comentar | partilhar

    Qua, 15/Set/10
    Qua, 15/Set/10

    Berta Lopes anunciou ontem que abandona o cargo de assessora de imprensa do Grupo Planeta. O Blogtailors sabe que Berta Lopes irá integrar o Clube do Livro, projecto liderado por João Gonçalves, tendo já recrutado Cristina Ovídio e Inês Queiroz (ex-Oficina do Livro). Berta Lopes trabalhou com João Gonçalves na Bertrand.

    Etiquetas:

    por Booktailors às 17:00 | comentar | partilhar

    Seg, 6/Set/10
    Seg, 6/Set/10

    Leia aqui sobre Allen Lane, o editor da Penguin que «nunca virou uma página de um livro». Via Bibliotecário de Babel.


    por Booktailors às 09:30 | comentar | partilhar

    Seg, 30/Ago/10
    Seg, 30/Ago/10

    Ler no FutureBook.
    -
    Consulte a oferta de formação da Booktailors na barra lateral do blogue.


    por Booktailors às 09:00 | comentar | partilhar

    Ter, 24/Ago/10
    Ter, 24/Ago/10

    Responsável de comunicação na Oficina do Livro durante cerca de 3 anos e meio, anunciou ontem que irá abandonar o projecto fundado por Gonçalo Bulhosa e Lobato Faria. Não adiantando nada sobre o seu futuro profissional, fica a pergunta no ar: estará esta saída relacionada com esta notícia?

    Etiquetas:

    por Booktailors às 10:00 | comentar | partilhar

    Ter, 17/Ago/10
    Ter, 17/Ago/10

    «Cazadores de tesoros, espías y busca talentos: los scouts en literatura constituyen una amalgama misteriosa para quienes no pertenecen al universo editorial. Pese a su bajo perfil, estos personajes son valorados en la industria del libro porque poseen algo que cuesta conseguir: información a pedir de boca. Con Argentina como invitada en la Feria de Frankfurt de 2010, el scouting literario ahora apunta hacia aquí en busca de títulos exportables.» Ler na íntegra aqui. Via Moleskine Literario.
    -
    Consulte a oferta de formação da Booktailors na barra lateral do blogue.


    por Booktailors às 09:00 | comentar | partilhar

    Sex, 16/Jul/10
    Sex, 16/Jul/10
    «Neste momento, Maria do Rosário Pedreira tem 50 manuscritos de autores desconhecidos à espera dela. Pode ser que entre eles esteja o próximo grande talento da literatura portuguesa. A fiarmo-nos na matemática, o mais provável é que não. Por cada 100 livros que lhe chegam às mãos, há em média um publicável. "Maravilhosos são ainda menos", conta. Ao contrário da maior parte dos editores portugueses, passa os olhos por tudo, mas mesmo tudo, o que lhe é enviado. Amostra que lê antes de rejeitar um livro: entre 25 e 30 páginas. Tempo que leva a perceber se "a coisa vale a pena": meia manhã.» Ler no jornal i.


    por Booktailors às 17:08 | comentar | partilhar

    Qua, 23/Jun/10
    Qua, 23/Jun/10
    Ana Pereirinha abandonou o seu cargo de editora na QuidNovi, ingressando na Planeta Manuscrito, a partir de Julho. Recorde-se que Ana Pereirinha ficou como única editora da editora de Matosinhos, após a saída de Maria do Rosário Pedreira para o Grupo LeYa.

    Etiquetas:

    por Booktailors às 10:00 | comentar | partilhar

    Sex, 14/Mai/10
    Sex, 14/Mai/10
    Como relembra José Mário Silva, o «Actual» (Expresso) traçara o perfil do editor português. Esse texto pode ser lido aqui.


    por Booktailors às 10:00 | comentar | partilhar

    Qui, 13/Mai/10
    Qui, 13/Mai/10
    Cristina Ovídio, editora da Planeta, está de saída daquela empresa (por iniciativa própria). Ainda não é conhecido o futuro projecto que irá abraçar. Mas ela vai andar por aí...
    Post From My iPhone. PF.

    Etiquetas:

    por Booktailors às 18:48 | comentar | partilhar

    Ter, 27/Abr/10
    Ter, 27/Abr/10
    Entre outros, Andrew «Chacal» Wylie é agente literário de alguns dos maiores nomes internacionais, como Salman Rushdie, Philip Roth ou Martin Amis. Ler aqui.

    Etiquetas:

    por Booktailors às 10:00 | comentar | partilhar

    Seg, 26/Abr/10
    Seg, 26/Abr/10
    «O mais antigo editor português, Mário de Moura, de 85 anos, diz que, para si, o pior é não trabalhar. Por isso , fundou, há um ano, uma editora. Quanto ao Dia Mundial do Livro, que hoje [passada sexta-feira] se assinala, lamenta que não passe de um conjunto de discursos de circunstância.» Ler no Jornal de Notícias.


    por Booktailors às 13:00 | comentar | partilhar

    Seg, 19/Abr/10
    Seg, 19/Abr/10
    «O jornalista Martim Avillez Figueiredo vai abandonar a direcção do diário i, disse à Lusa fonte do jornal.» Ler no Diário Digital.

    «A administração da Sojormedia pediu ao diretor do i que adoptasse medidas "urgentes" que reduzissem os custos do jornal, sublinhando a importância da sua "imediata adopção" para a "sobrevivência" do título.» Ler no Diário Digital.

    «O grupo Lena confirmou hoje [sexta-feira] a saída do diretor do jornal i, Martim Avillez Figueiredo, e garante estar "à procura de um novo rumo" para a publicação, "garantindo a sua viabilidade".» Ler no Diário Digital.


    por Booktailors às 12:00 | comentar | partilhar

    Seg, 12/Abr/10
    Seg, 12/Abr/10
    João Gonçalves cessou, na passada sexta-feira, as funções de director de Marketing das marcas editoriais do universo Bertrand.

    Recorde-se que João Gonçalves ingressara no Direct Group em Dezembro de 2008, ainda na gestão de Miguel Martí. Anteriormente, João Gonçalves, que começou a sua carreira na área editorial com a criação da marca Coolbooks, desempenhou as funções de director de Marketing e Comercial da Oficina do Livro.

    Etiquetas:

    por Booktailors às 11:11 | comentar | partilhar

    Seg, 12/Abr/10
    O antigo co-editor e co-fundador da Cavalo de Ferro, Hugo Xavier, é o novo responsável pela chancela de ficção Ulisseia, pertencente ao grupo Babel. O objectivo deste editor é «criar uma chancela de ficção de referência por excelência».

    Etiquetas:

    por Booktailors às 10:32 | comentar | partilhar

    Sex, 9/Abr/10
    Sex, 9/Abr/10
    Segundo comunicado recebido hoje, Sofia Ramos abandonou o seu cargo na Actual Editora. Fundadora da marca, exerceu o cargo de editora durante dois anos. Recordamos que a Actual Editora pertence ao Grupo Almedina desde Agosto de 2008.

    Etiquetas:

    por Booktailors às 18:30 | comentar | partilhar

    Sex, 18/Dez/09
    Sex, 18/Dez/09
    «Maria do Rosário Pedreira, a editora responsável por lançar escritores como José Luís Peixoto, valter hugo mãe e João Tordo (todos Prémio José Saramago) foi contratada pela LeYa para ser a editora de novos autores portugueses no grupo. Rosário Pedreira cessará as suas funções como editora da QuidNovi a 31 de Dezembro e Ana Maria Pereirinha assumirá a responsabilidade de todos os projectos em curso na editora.

    Maria do Rosário Pedreira terá como tarefa descobrir novos autores.

    O convite da LeYa surgiu em Julho e é a segunda vez que o grupo contrata um editor de fora. Duarte Bárbara, que esteve na Dom Quixote, de onde saiu para a Sextante, regressou ao grupo e Rosário Pedreira é a primeira a entrar nos quadros da LeYa sem nunca por lá ter passado. » Ler no Ípsilon.


    por Booktailors às 15:02 | comentar | partilhar

    Qui, 17/Dez/09
    Qui, 17/Dez/09
    O Grupo LeYa enviou agora mesmo um comunicado, no qual dá conta da notícia já avançada esta manhã: Maria do Rosário Pedreira mudar-se-á da Quidnovi para o Grupo LeYa: «Maria do Rosário Pedreira terá como principal tarefa a selecção e edição de obras de novos autores portugueses, uma área que é de importância decisiva para a Leya e onde aquela editora tem desenvolvido um trabalho cuja qualidade é unanimemente reconhecida.

    A nova editora assumirá ainda responsabilidades na concepção e execução de um conjunto de projectos especiais na área das edições gerais do grupo, que visam reforçar, no país e no estrangeiro, o prestígio e a notoriedade dos catálogos e autores da Leya.
    »

    Maria do Rosário Pedreira iniciará a sua actividade no próximo mês de Janeiro de 2010, «como editora de novos autores portugueses, assumindo ainda a responsabilidade, na dependência do Director-Coordenador de Edições Gerais e como sua adjunta, por um conjunto de projectos especiais transversais às várias chancelas do Grupo.»

    «Maria do Rosário Pedreira, a editora responsável por lançar escritores como José Luís Peixoto, valter hugo mãe e João Tordo (todos Prémio José Saramago) foi contratada pela Leya para ser a editora de novos autores portugueses no grupo. Rosário Pedreira cessará as suas funções como editora da QuidNovi a 31 de Dezembro e Ana Maria Pereirinha assumirá a responsabilidade de todos os projectos em curso na editora.» Ler no Público.

    Etiquetas:

    por Booktailors às 12:57 | comentar | partilhar

    Qui, 17/Dez/09
    Maria Rosário Pedreira cessará as suas funções de editora na Quidnovi, para ingressar no Grupo LeYa, onde continuará a «sempre fascinante descoberta de autores portugueses (mas não só)».

    Ana Maria Pereirinha assumirá a responsabilidade por todos os projectos em curso na Quidnovi.

    Etiquetas:

    por Booktailors às 11:26 | comentar | partilhar

    Sex, 27/Nov/09
    Sex, 27/Nov/09
    José Ribeiro apresentou a sua demissão do projecto editorial e livreiro da Fundação Agostinho Fernandes, onde desempenhava funções de direcção editorial na Portugália Editora e na Sá da Costa Editora, trabalhando ainda na direcção das livrarias.

    Etiquetas:

    por Booktailors às 16:00 | comentar | partilhar

    Seg, 12/Out/09
    Seg, 12/Out/09
    José Carlos Alfaro deixa de ser sócio da Quimera, depois de ter fundado este projecto há 22 anos.

    Segundo nota enviada pelo editor, «Os novos sócios-gerentes pertencem todos ao grupo da Escolar Editora, empresa com tradição no sector livreiro e editorial e que detinha já uma pequena parte do capital social da Quimera.

    Os tempos que vivemos obrigam, por vezes, a grandes decisões, e acredito que esta solução é a que melhor serve a prossecução do projecto e a que mais me convém também a mim.»

    Etiquetas:

    por Booktailors às 22:51 | comentar | partilhar

    Seg, 5/Out/09
    Seg, 5/Out/09
    «O magnata alemão Reinhard Mohn, que edificou um dos maiores impérios mediáticos do mundo, a Bertelsmann, proprietária em Portugal das livrarias Bertrand e do Círculo de Leitores, morreu ontem aos 88 anos». Ler no Público.

    Etiquetas: ,

    por Booktailors às 01:58 | comentar | partilhar

    Sex, 25/Set/09
    Sex, 25/Set/09
    «Mário Sena Lopes deixa no dia 30 de Setembro de exercer as funções de director editorial da Guerra e Paz. Responsável pela nossa política editorial, ao longo de mais de dois anos, Mário Sena Lopes seleccionou as obras a publicar, acompanhou com os autores o nascimento de cada livro e deu rosto público à actividade da editora. Desempenhou essas funções com brio profissional e um entusiasmo que ultrapassou o que normalmente lhe seria exigido. Em muitos aspectos, a Guerra e Paz é hoje uma editora com mais qualidade e mais eficácia na produção, comunicação e comercialização dos seus livros.

    Por razões que se prendem com substanciais alterações do mercado, Mário Sena Lopes e a Guerra e Paz editores entenderam que o modelo de relação profissional que os ligava chegou ao fim. O que não significa necessariamente uma ruptura, estando previstas novas formas de colaboração que se tornarão visíveis num futuro próximo.

    Neste momento de mudança, a Administração da Guerra e Paz quer publicamente louvar a competência, o empenho profissional, o profundo conhecimento da actividade e da sua história, que indiscutivelmente são os trunfos maiores de Mário Sena Lopes e que fazem dele uma referência para todos os que têm a paixão do livro. Acima de tudo, as qualidades humanas de
    Mário Sena Lopes, o seu rigor, seriedade e voluntarismo, deixaram marcas na Guerra e Paz. Estamos certos de que, nas actividades que vier a desenvolver, essas qualidades de Mário Sena Lopes ganharão nova e reforçada expressão.

    Lisboa, 25 de Setembro de 2009

    A Administração da Guerra e Paz Editores»

    Etiquetas:

    por Booktailors às 17:49 | comentar | partilhar

    Sex, 25/Set/09
    Mário Sena Lopes deixará a Guerra e Paz no final do mês, tendo emitido um comunicado (do qual reproduzimos parte), que mostra bem a forma de ser e estar deste profissional em tudo o que se envolve (com o amigo falarei pessoalmente).

    Fica por isso aqui o abraço e os votos de sucesso em próximas investidas no sector editorial. Porque é mais do que certo que ele vai andar por aí. (pf)

    «No próximo dia 30 de Setembro de 2009 deixo a Guerra & Paz Editores, para a qual entrei em 1 de Julho de 2007, como Director Editorial. Foram dois anos de trabalho entusiasmante, com uma equipa dedicada e uma Administração empenhada, em que se transformaram processos de trabalho, se desenvolveram colecções e linhas gráficas, e se juntaram novos autores aos autores da casa. Como em toda a actividade editorial, partilhámos êxitos e fracassos, mas vimos muitos livros receberem os favores da crítica e do público – o último e grande avaliador – e aumentarem significativamente os títulos da editora reeditados.

    Apesar de a Guerra & Paz Editores, fundada em 2006 pelo Manuel S. Fonseca e pelo José G. Rodrigues dos Santos, ser um projecto editorial recente, obteve neste período sucessos que outras editoras demoram uma vida a conseguir – ou nunca alcançam. Em 2008 colocámos no primeiro lugar das listas nacionais de vendas um título que vendeu 175.000 exemplares e foi um dos livros de não ficção mais populares da última década. Com o mesmo livro iniciámos a venda de direitos para o estrangeiro, onde foram publicadas 6 diferentes edições. Com outros livros de autores portugueses está iminente a adaptação a vários suportes – seja ao cinema, à televisão ou ao teatro – dando a Guerra & Paz Editores, com tal actividade, um sinal sobre a sua vontade de defender os interesses dos seus autores em mercados internacionais e alternativos, sempre que as circunstâncias o permitam.

    No entanto, 2009 continuou a ser um ano de crise económica, com reflexos na capacidade de consumo dos portugueses, atingindo severamente a classe média – sustentáculo da compra de livros – e impactando negativamente o consumo livreiro. Naturalmente, esse impacto foi recebido de forma diferente conforme a maior ou menor estrutura dos grupos editoriais e editoras, mas para uma jovem e pequena editora independente, como a que é a Guerra & Paz Editores, não só esse impacto foi mais forte como lidar com a presente crise implica medidas de reequilíbrio e ajuste drásticos para assegurar a continuidade de um projecto editorial apresentando já uma marca distintiva no mercado português do livro, consubstanciada na publicação de livros com ideias e para debater ideias, dos quais não estão ausentes o sal da polémica ou o humor irreverente.

    Ao apresentar a minha demissão como Director Editorial da Guerra & Paz Editores, faço-o com o objectivo de facilitar as ulteriores medidas de adaptação e ajuste à situação decorrente da crise do mercado, medidas com as quais estou em completa sintonia com a Administração, e que permitirão dar continuidade a uma das mais originais editoras portuguesas independentes.

    Não há palavras suficientes para agradecer à equipa e à Administração da Guerra & Paz Editores, aos nossos Autores, aos colaboradores e fornecedores da editora, a colaboração leal, a simpatia e mesmo a amizade que exprimiram. A todos, no momento da minha saída, recomendo que continuem a confiar na Guerra & Paz Editores e na sua Administração, na pessoa do Manuel Fonseca e do José Santos, cuja continuidade como fundadores e administradores é o garante seguro da manutenção do perfil editorial, da competência editorial e administrativa, da seriedade de processos que sempre caracterizou e continuará a caracterizar a editora.

    Antecipo um pouco o envio desta mensagem, em vez de enviá-la no último dia do mês, como é de regra, para que possam colocar as dúvidas relativamente a assuntos e processos pendentes, desde já garantindo que, mesmo após a minha saída, darei voluntariamente à Guerra & Paz Editores toda a colaboração necessária para assegurar a transmissão de processos em curso. Nem outra forma de actuação seria de esperar, tendo em conta o relacionamento leal, estreito e amigável que é o histórico da minha relação com o Manuel Fonseca e o José Santos, bem como a vontade comum, que partilhamos, de dar continuidade e estabilidade ao projecto editorial que a Guerra & Paz Editores consubstancia. A ambos desejo o maior êxito e estou certo que os seus conhecimentos, capacidade e energia, são uma segura garantia do mesmo.»

    Etiquetas:

    por Booktailors às 16:47 | comentar | partilhar

    Ter, 8/Set/09
    Ter, 8/Set/09
    António Lobato Faria, fundador da Oficina do Livro com Gonçalo Bulhosa, demitiu-se esta manhã dos cargos que ocupava no Grupo LeYa. Esta saída dá-se cerca de um ano após a aquisição da editora por parte daquele grupo.

    Ler no Público.

    Etiquetas: ,

    por Booktailors às 14:39 | comentar | partilhar

    Sáb, 20/Jun/09
    Sáb, 20/Jun/09
    Hoje, o La Vanguardia publica uma entrevista a Lara Bosch. A não deixar de ler a definição de editor do editor, bem como faz para ler livros volumosos. Planos para o futuro? ficar à frente de uma das editoras mais pequenas, e subversivas, do grupo Planeta. Excertos, com destaques nossos [Via Senhor Palomar]:

    «En 1949 [su padre] fundó Planeta... que hoy factura...
    ...las industrias culturales del grupo unos 3.000 millones, aproximadamente, de los cuales 1.800 proceden de los libros y 1.200 de los medios de comunicación. Somos los primeros de habla hispana, y entre los cuartos y sextos del mundo.

    (...)

    ¿Qué me dice? ¿Y no le ha hincado el diente al último Larsson?
    Sí, sí, voy por la página 350. Ya he roto el libro y todo.

    ¿Cómo?
    Sí, estos libros tan gordos los rompo para poder leerlos mejor, en tres o cuatro partes. Luego, si me ha gustado, me compro otro para la biblioteca de casa. Antes, de joven, los rompía muy fácilmente, con la fuerza de la mano me bastaba pero ahora me cuesta. De hecho, con este Larsson tuve que pedirle un estilete a mi secretaria para cortar el lomo. Se quedó muy extrañada al verme proceder, exclamó: ‘¡¿Pero qué hace?!’.

    (...)

    ¿Y qué hará?
    Me quedaré –o crearé– una de las editoriales más pequeñas y rupturistas del grupo, para volver a hacer de pequeño editor, de publisher, volver a decidir las cubiertas de un libro, volver a pisar la imprenta, sentir los olores... Cuando me dediqué plenamente a ello fue la época de mi vida en que más me divertí. Dejaré de ser empresario para volver a ser editor-editor, editor de calle. Tengo fecha, pero no se lo diré

    (...)

    ¿La piratería es preocupante?
    Absolutamente, es un grave problema cultural. Por ejemplo, ya no se hacen grabaciones en estudio de grandes orquestas filarmónicas como las que hacía Von Karajan, porque ya no hay quien recupere la inversión. Yo entiendo la obsesión por pagar menos, sé que las aerolíneas low cost, los hoteles sin personal... son una tendencia al alza porque el consumidor prima el precio por encima de otros factores. Eso es razonable y lógico: ofrecer el producto al menor precio posible. Pero lo que no podemos consentir es el precio cero, un mundo donde no exista la propiedad intelectual y no sea delito robar. No soy partidario de culpar al usuario, sino al que piratea, a los señores que, por ejemplo, tienen las 40 webs que hay en España desde donde se bajan el 80% de las copias piratas de cine, porque estos señores se sabe quiénes son, tienen nombre y apellidos, y ellos sí hacen negocio, poniendo anuncios en sus webs, curiosamente de empresas vinculadas a los grandes operadores de telefonía, muy interesados en que haya mucho tráfico en la red. Esto tenemos que cortarlo, pero al usuario no hay que castigarle, hombre, porque va a ser mi cliente y yo no quiero putearle, solamente concienciarle de que, si no paga un poquito, solamente un poquito, los músicos no van a poder grabar discos y los escritores tendrán que buscarse otro trabajo.»

    Etiquetas:

    por Booktailors às 14:30 | comentar | partilhar

    Ter, 14/Abr/09
    Ter, 14/Abr/09
    Jaime Bulhosa conta uma pequena história passada no início da sua actividade como livreiro, no qual um colega livreiro tinha uma resposta muito pouco canónica quando lhe perguntavam se tinha a Bíblia. Aqui.


    por Booktailors às 14:30 | comentar | partilhar

    Ter, 7/Abr/09
    Ter, 7/Abr/09
    Aquilo que já se ouvia em surdina como um dado praticamente adquirido, é agora confirmado por Carlos Vaz Marques no seu twitter: Miguel Martí foi, citamos, «"removido" da presidência do grupo Bertelsmann em Portugal, que controla a Bertrand (editora, livrarias e distribuição).»

    Etiquetas:

    por Booktailors às 16:34 | comentar | partilhar

    Qui, 19/Mar/09
    Qui, 19/Mar/09
    O Jornal de Negócios analisa os investimentos de Pais do Amaral (Grupo LeYa). Aqui.

    Etiquetas:

    por Booktailors às 18:43 | comentar | partilhar

    Qui, 19/Mar/09
    «El trabajo del Scout podría evitar que pasaran talentos inadvertidos para ciertos editores? Estoy pensando en casos como el de grandes editoriales españolas que dijeron “no” a libros como Harry Potter y El código Da Vinci.
    Este es un defecto que tiene que ver con otros aspectos del mundo editorial. El grave problema con las grandes editoriales es que los editores no tienen tiempo de leer. Esto es un diagnóstico más o menos claro en España.

    (…)
    El editor puede estar muy agobiado en su día a día, no solamente por la mera gestión diaria y las puñaladas que pueda recibir desde dentro de la empresa, sino también por las puñaladas que le pueden dar desde afuera, los reclamos permanentes, la intervención en el libro propiamente dicho y luego todas las personas que lo llaman para proponerle libros. Entonces, hay que hacer caso a tantas personas que llega un momento en que la gente se bloquea y el editor pasa por alto las cosas. Puede llegarle un buen manuscrito, pero estás tan saturado, hay tanto que hacer, que se da cuenta.»

    Ler na íntegra aqui. Vale a pena.


    por Booktailors às 10:00 | comentar | partilhar

    Qui, 12/Mar/09
    Qui, 12/Mar/09
    A propósito da confusão da data de publicação da obra de Margarida Rebela Pinto, "Sei lá", (1998 e não 1999), Jaime Bulhosa traça um perfil do seu irmão Gonçalo Bulhosa, co-fundador da Oficina do Livro e responsável pelo projecto Palavra:

    «Gonçalo Bulhosa, co-fundador da editora Oficina do Livro, trouxe para o mercado editorial português uma nova forma de trabalhar o livro, vindo mesmo a tornar-se num case study. Muito por causa da sua longa experiência como livreiro, Gonçalo Bulhosa percebeu, primeiro do que ninguém em Portugal, que havia uma grande fatia de leitores que não estava a ser levada em conta pelos editores. Juntando a isto um espírito inventivo, que lhe é característico, o excelente desempenho nas relações públicas e uma perspicácia inata para o marketing, Gonçalo Bulhosa inovou. Inovou quando percebeu que seria um sucesso pôr uma figura pública a escrever; ou melhor, inovou quando percebeu que podia transformar um escritor numa figura pública. Inovou quando percebeu que a capa de um livro é um dos factores principais da compra por impulso, o que o levou a fazê-las de cores garridas, executadas por jovens designers desconhecidos na altura. Inovou quando entendeu que ganhar visibilidade no espaço comercial era vital para as vendas de um livro e começou a comprar esse espaço. Inovou a forma de comunicar o livro, quando, por exemplo, colocou outdoors de livros pela cidade ou aviões com faixas a passar nas praias do Algarve. Inovou, inovou, inovou.

    Até poderá ficar apenas conhecido como o editor da literatura light, mas, só a título de curiosidade, ao mesmo tempo que editava Margarida Rebelo Pinto na Difel, editava também Junot Diaz, Prémio Pulitzer para a Ficção 2008. Foi editor de muitos outros nomes portugueses conhecidos, que nem sempre lhe fazem a devida referência.»


    por Booktailors às 16:12 | comentar | partilhar

    Ter, 27/Jan/09
    Ter, 27/Jan/09
    «François Wahl, antigo editor do escritor e filósofo francês Roland Barthes, opõe-se à publicação póstuma de duas obras do autor,“Carnets du Voyage en Chine” (Edições Christien Bourgois) e “Journal du deuil” (Edições Seuil), que estão para ser lançadas a 5 de Fevereiro, em França. De acordo com François Wahl, Barthes “ficaria escandalizado com a divulgação das obras porque o registo da vida íntima não estava, em nenhum caso, destinado à publicação”.»

    Público.
    -
    Consulte a oferta de formação da Booktailors na barra lateral do blog.


    por Booktailors às 18:20 | comentar | partilhar

    Ter, 13/Jan/09
    Ter, 13/Jan/09
    Janice Goldklang, durante 25 anos a editora da histórica Pantheon, da Knopf/Random, House, foi a última vítima da reestruturação interna do grupo.

    The Observer.

    -
    Consulte a oferta de formação da Booktailors na barra lateral do blog.

    Etiquetas:

    por Booktailors às 17:00 | comentar | partilhar

    Ter, 13/Jan/09
    Esta editora de viagem, adquirida recentemente pela BBC, tem novo CEO. Trata-se de Matthew Goldberg, criado na casa e anterior vice-presidente e responsável pela área de estratégia e operações digitais.

    Bookseller.
    -
    Consulte a oferta de formação da Booktailors na barra lateral do blog.


    por Booktailors às 09:00 | comentar | partilhar

    Qui, 8/Jan/09
    Qui, 8/Jan/09
    João Bénard da Costa vai sair da Cinemateca por razões de saúde. O cargo de director será ocupado, de forma interina, por Pedro Mexia, subdirector desde Março de 2008.

    Ler no Público.

    -
    Consulte a oferta de formação da Booktailors na barra lateral do blog.

    Etiquetas:

    por Booktailors às 17:29 | comentar | partilhar

    Qui, 8/Jan/09
    Margarida Ferra é, desde o dia 5 de Janeiro, a responsável por toda a área de comunicação e relações com a Imprensa da Quetzal Editores.

    Margarida Ferra é licenciada em Ciências da Comunicação (especialização na variante de Comunicação e Cultura) pela FCSH da Universidade Nova de Lisboa, e frequentou, nomeadamente, cursos de pós-graduação em Edição de Texto e em Gestão de Projectos Culturais. Além de ter realizado inúmeros trabalhos de edição como free-lance, foi colaboradora permanente do Jornal de Letras, colaborou também com a Artistas Unidos, com a revista Alice ou o Conselho Nacional de Juventude e o Ano Europeu da Igualdade. Nas Produções Fictícias editou o blogue É a Cultura Estúpido. Até 31 de Dezembro de 2008, Margarida Ferra era secretária pessoal do Ministro da Cultura.

    a

    -
    Consulte a oferta de formação da Booktailors na barra lateral do blog.

    Etiquetas:

    por Booktailors às 11:30 | comentar | partilhar

    Qua, 7/Jan/09
    Qua, 7/Jan/09
    Susana Almeida, responsável da comunicação da Texto Editores, irá passar a assegurar igualmente a comunicação das novidades editoriais da Lua de Papel. A Caderno, anteriormente gerida por esta profissional, passará para as mãos de Maria Rodrigues.

    Recorde-se que Lua de Papel e Caderno são duas editoras geridas editorialmente pelo ex-jornalista José Prata, responsável pelo fenómeno de vendas "O Segredo", de Rhonda Byrne.
    -
    Consulte a oferta de formação da Booktailors na barra lateral do blog.

    Etiquetas:

    por Booktailors às 09:21 | comentar | ver comentários (1) | partilhar

    Seg, 29/Dez/08
    Seg, 29/Dez/08
    A Bertelsmann confirmou a notícia no dia 24 de Dezembro. Ler aqui.

    Etiquetas:

    por Booktailors às 11:29 | comentar | partilhar

    Ter, 23/Dez/08
    Ter, 23/Dez/08
    Judith Reagan não é uma editora muito respeitada no mundo da edição. Responsável por alguns dos mais polémicos livros, foi despedida pelo Rupert Murdoch (da Reagan Books, um editora do Grupo HarperCollins) após o caso «If I Did It», de OJ Simpson.

    O resultado não podia ter sido melhor para ela, com o tribunal de Nova Iorque o antigo patrão a indemnizá-la em 10.75 milhões de dólares.

    Fonte Quill & Quire.


    por Booktailors às 15:54 | comentar | partilhar

    Seg, 22/Dez/08
    Seg, 22/Dez/08
    O DN publica hoje uma peça que aborda a forma como foi aceite e trabalhado o original de MST por parte dos seus editores, Lobato Faria e Gonçalo Bulhosa (este último viria a abandonar o projecto Oficina do Livro, fundando posteriormente a extinta Palavra). Excertos (sublinhado nosso):

    «António Lobato Faria é um dos dois editores por detrás do sucesso editorial do primeiro romance de Miguel Sousa Tavares. Imprimiu 30 mil exemplares para o lançamento, mas já reimprimiu essa quantidade doze vezes e confia que chegará a meio milhão.
    (...)
    Enquanto ouviam Miguel Sousa Tavares contar o argumento do livro que pensava escrever, os editores António Lobato Faria e Gonçalo Bulhosa tiveram imediatamente a certeza de que estavam com o maior best-seller que a Oficina do Livro iria publicar.
    (...)
    A partir desse momento, conta o editor António Lobato Faria, com o que "já sabíamos do mercado editorial e do protagonismo na sociedade portuguesa do autor era fácil prever o efeito que iria criar uma história destas no leitor". Acrescenta: "Não tínhamos a noção de quantas páginas iria fazer, mas como éramos fãs incondicionais da sua escrita estávamos certos de que seria capaz de fazer um grande livro."
    (...)
    O modo como os dois editores acompanharam o processo de criação de Miguel Sousa Tavares é um pouco incomum na actividade editorial portuguesa, pois fizeram-no desde o princípio. Contada a história, diz António Lobato Faria, o próprio autor foi interagindo com os editores e, após um período de poucos meses em que não pegou no manuscrito, isolou-se e deu início à escrita: "O sucesso da colectânea de textos do David Crockett deu-lhe muita confiança." Considera, no entanto, que "mais tarde ou mais cedo iria fazer um romance porque é um contador de histórias e esta já germinava há dez anos. Vê-se que o livro tem muita memória, existem cheiros e ambientes próprios de quem conhecia bem o cenário de S. Tomé."

    O editor confessa que a boa colaboração com Miguel Sousa Tavares decorreu por mérito do próprio porque "os editores deram o contributo que queria. Teve a segurança e a abertura para rapidamente interagir connosco, mas nunca nos imiscuímos no seu trabalho. Se solicitava uma opinião - e isso é raro nos autores nacionais, que preferem a solidão criativa - nós dávamos-lha".

    Miguel Sousa Tavares escreveu um primeiro bloco de texto e deu-o a ler aos editores, interrompendo a reclusão que exigiu a si próprio com a suspensão de todas as colaborações que mantinha na imprensa e, explica, "de tempos em tempos íamos almoçar e conversar. A nossa reacção era de muito cuidado e principalmente pretendíamos motivá-lo. Fazíamos um ou outro reparo sobre um excesso de descrição ou de uma personagem menos bem desenhada e pouco mais porque o Equador era um livro muito forte e com vários episódios interessantes no decorrer do livro".
    (...)
    "O Miguel não começou a escrever aqui, é o culminar de uma carreira que seria impossível sem a sua bagagem. Tem boa capacidade de comunicação e explodiu numa altura em que a sociedade queria que se contassem histórias nos livros em vez de exercícios de escrita inócuos."Quanto à missão do editor, Lobato Faria define que hoje "se confunde com a do marketeer. É alguém que tem a obrigação de fazer o livro chegar ao maior número de pessoas e deixar-se de preconceitos em relação à obra literária. Não pode pensar que se evitaria o Equador só porque era muito grosso".»

    Aqui, outra peça do DN que analisa


    por Booktailors às 14:47 | comentar | partilhar

    Ter, 16/Dez/08
    Ter, 16/Dez/08
    A Meios e Publicidade, na sua newsletter, anuncia hoje o que a LER já anunciara na passada sexta-feira: João Gonçalves muda-se da Oficina do Livro para o grupo Direct Group/Bertelsmann, assumindo as funções na direcção de Marketing das editoras.


    por Booktailors às 08:34 | comentar | ver comentários (1) | partilhar

    Seg, 15/Dez/08
    Seg, 15/Dez/08
    A Assírio elegeu um conjunto de títulos de fundo de catálogo e colocou-os a preços muito reduzidos, com vista às prendas de Natal dos (seus) leitores.

    Esta selecção pode ser encontrada na livraria da Assírio & Alvim (Rua Passos Manuel, nº 67B - Lisboa) e, a partir das 18h30m do próximo dia 15 de Dezembro, no Largo de São Carlos, nº 1 – Lisboa, na galeria do edifício onde nasceu Fernando Pessoa.

    Esta selecção pode ser encontrada aqui.


    por Booktailors às 09:08 | comentar | partilhar

    Sex, 12/Dez/08
    Sex, 12/Dez/08
    «João Gonçalves é o novo Director de Marketing das editoras do Direct Group/Bertelsmann em Portugal (Bertrand, Pergaminho, Quetzal, Círculo de Leitores, Temas e Debates, etc.) a partir da segunda semana de Janeiro de 2009. João Gonçalves tem desempenhado funções idênticas nas editoras da Oficina do Livro, adquiridas pelo grupo LeYa – que agora abandona.

    No topo da estrutura da divisão mantêm-se o CEO Miguel Martí e o editor Joan Tarrida (vindo do Circulo de Lectores Espanha/GalaxiaGutenberg.»

    Uma notícia LER.

    Etiquetas:

    por Booktailors às 16:38 | comentar | partilhar

    Qui, 11/Dez/08
    Qui, 11/Dez/08
    "Os Estados Unidos vivem hoje duas manias. A Obama-mania e a Bolaño-mania."

    Quem é o diz é o "Chacal", Andrew Wylie, que, em declarações à Folha de São Paulo referiu que, em 30 anos de actividade, nunca tinha presenciado um fenómeno de vendas como o que está sendo alcançado pelo chileno Roberto Bolaño. ~

    Fonte: Publish News.


    por Booktailors às 15:54 | comentar | partilhar

    Qui, 27/Nov/08
    Qui, 27/Nov/08
    Ler notícia no Diário Digital.

    Etiquetas:

    por Booktailors às 09:19 | comentar | partilhar

    Qua, 15/Out/08
    Qua, 15/Out/08
    Roger Chartier quase que dispensa apresentações. Professor no Collège de France, é um dos mais eminentes estudiosos das questões culturais na era da globalização, tendo-se vindo a debruçar particularmente sobre os novos paradigmas do livro. Autor de obras de referência para qualquer editor ou bibliófilo ‒ das publicadas entre nós, veja-se A Ordem dos Livros (Vega, 1997) ou A Utilização do Objecto Impresso (Difel, 1998) ‒, em entrevista ao sítio La Vie des Idées, vem agora falar-nos do futuro da indústria editorial e do papel dos novos suportes editoriais. Estarão as editoras à altura dos novos desafios?

    La Vie des Idées: Gostaria que abordasse as actuais transformações do objecto livro, fruto da influência das tecnologias ligadas à Internet (e-book, print on demand, etc.). Poderia salientar algumas das transformações sofridas pelo livro desde a invenção do codex?
    Roger Chartier: […] Antes, existia uma diferenciação imediatamente perceptível entre a enciclopédia, o livro, o jornal, a revista, o panfleto, a carta, etc., que poderíamos materialmente ler, ver, manejar, e que correspondiam a registos discursivos que se inseriam num contexto de pluralidade de suportes. Ora, hoje, o único suporte é o computador, que condensa todas as modalidades discursivas, quaisquer que sejam, e que torna absolutamente imediata a continuidade entre as leituras e a escrita. Poderíamos então referir algumas reflexões contemporâneas, mas regressaríamos sempre à tal dualidade de que frequentemente nos esquecemos. O problema do livro electrónico é um dado adquirido, implicando uma rematerialização de toda uma ordem de objectos, desde o e-book ao computador portátil, que são objectos únicos para todos os tipos de textos. Posto isto, tais relações irão estabelecer-se em termos totalmente novos. […]

    Veja aqui a entrevista integral.


    por Booktailors às 14:33 | comentar | partilhar

    Qua, 8/Out/08
    Qua, 8/Out/08
    O lançamento da obra "LXXXI, Poema Teorema", assinada pelo responsável editorial da Guimarães Editores, Paula Teixeira, será no próximo dia 9 de Outubro, pelas 18h30, no Museu da Ciência, da Universidade de Lisboa.

    A apresentação estará a cargo de António Emiliano e Vasco Graça Moura, havendo lugar à leitura de poemas Mário Crespo, Nicolau Santos e Pedro Abrunhosa.


    por Booktailors às 14:36 | comentar | partilhar

    Qua, 8/Out/08
    «A Feco Portugal, primeira associação de cartonistas portugueses, foi oficializada na última sexta-feira para defender os profissionais do ramo, numa altura em que “os dias não vão ser famosos para a classe e a imprensa começa a prescindir dos cartoons”, disse ao PÚBLICO Zé Oliveira, presidente da organização».

    Mais desenvolvimentos no Público.


    por Booktailors às 13:01 | comentar | partilhar

    Qua, 24/Set/08
    Qua, 24/Set/08
    O N.Y.Times apresenta um perfil de Barney Rosset, prestes a receber um prémio de reconhecimento da sua carreira pela National Book Foundation. Rosset travou diversas batalhas em tribunal para garantir que obras como Trópico de Cancer, de Henry Miller, não fossem censuradas. Para ler aqui.


    por Booktailors às 12:34 | comentar | partilhar

    Seg, 1/Set/08
    Seg, 1/Set/08
    O LerBlog dá mais informações relativamente a este profissional que, como anunciámos na sexta-feira, saiu do Grupo LeYa. O destino... a Santillana. Para ler aqui.


    por Booktailors às 17:37 | comentar | ver comentários (1) | partilhar




    Esteja atento ao Blogtailors. Em breve anunciaremos o plano de formação para o segundo semestre de 2014.



    Saiba mais aqui.
    Publicações Booktailors
    Carlos da Veiga Ferreira: Os editores não se abatem, Sara Figueiredo Costa



    PVP: 12 €. Oferta de portes (válido para território nacional).

    Fernando Guedes: O decano dos editores portugueses, Sara Figueiredo Costa



    PVP: 10,80 €. Preço com 10% de desconto e oferta de portes (válido para território nacional).

    A Edição de Livros e a Gestão Estratégica, José Afonso Furtado



    PVP: 16,99 €. 10% de desconto e oferta de portes.

    Livreiros, ler aqui.

    PROMOÇÃO BLOGTAILORS



    Aproveite a oferta especial de dois livros Booktailors por 20 €.

    Compre os livros Fernando Guedes: O decano dos editores portugueses, de Sara Figueiredo Costa e A Edição de Livros e a Gestão Estratégica, de José Afonso Furtado por 20 €. Portes incluídos (válido para território nacional).

    Encomendas através do e-mail: encomendas@booktailors.com.

    Clique nas imagens para saber mais.
    O Papel e o Pixel, de José Afonso Furtado (Ariadne)


    Encomendas por encomendas@booktailors.com. PVP: 10,00 €, mais portes de envio.
    Leitores
    Acumulado (desde Setembro 2007):

    2 350 000 visitas


    arquivo

    Setembro 2014

    Agosto 2014

    Julho 2014

    Junho 2014

    Maio 2014

    Abril 2014

    Março 2014

    Fevereiro 2014

    Janeiro 2014

    Dezembro 2013

    Novembro 2013

    Outubro 2013

    Setembro 2013

    Agosto 2013

    Julho 2013

    Junho 2013

    Maio 2013

    Abril 2013

    Março 2013

    Fevereiro 2013

    Janeiro 2013

    Dezembro 2012

    Novembro 2012

    Outubro 2012

    Setembro 2012

    Agosto 2012

    Julho 2012

    Junho 2012

    Maio 2012

    Abril 2012

    Março 2012

    Fevereiro 2012

    Janeiro 2012

    Dezembro 2011

    Novembro 2011

    Outubro 2011

    Setembro 2011

    Agosto 2011

    Julho 2011

    Junho 2011

    Maio 2011

    Abril 2011

    Março 2011

    Fevereiro 2011

    Janeiro 2011

    Dezembro 2010

    Novembro 2010

    Outubro 2010

    Setembro 2010

    Agosto 2010

    Julho 2010

    Junho 2010

    Maio 2010

    Abril 2010

    Março 2010

    Fevereiro 2010

    Janeiro 2010

    Dezembro 2009

    Novembro 2009

    Outubro 2009

    Setembro 2009

    Agosto 2009

    Julho 2009

    Junho 2009

    Maio 2009

    Abril 2009

    Março 2009

    Fevereiro 2009

    Janeiro 2009

    Dezembro 2008

    Novembro 2008

    Outubro 2008

    Setembro 2008

    Agosto 2008

    Julho 2008

    Junho 2008

    Maio 2008

    Abril 2008

    Março 2008

    Fevereiro 2008

    Janeiro 2008

    Dezembro 2007

    Novembro 2007

    Outubro 2007

    Setembro 2007

    Etiquetas

    acordo ortográfico(367)

    adaptação(251)

    agenda do livro(96)

    amazon(485)

    apel(95)

    associativismo(88)

    autores(3238)

    bd | ilustração(159)

    bertrand(76)

    bibliotecas(446)

    blogosfera(1163)

    blogtailors(63)

    blogtailorsbr(385)

    bookoffice(63)

    booktailors(341)

    booktrailers(167)

    byblos(70)

    coleção protagonistas da edição(35)

    correntes d'escritas 2009(73)

    correntes d'escritas 2010(97)

    correntes d'escritas 2011(34)

    correntes d'escritas 2012(36)

    design editorial(167)

    dia do livro(36)

    direitos de autor(129)

    distribuição(78)

    divulgação(1158)

    e-book(69)

    e-books(324)

    edição(360)

    editoras(1194)

    editores(280)

    emprego(62)

    entrevista(292)

    entrevistas booktailors(64)

    estado | política cultural(241)

    estatísticas e números(357)

    eventos(127)

    feira do livro de bolonha 2010(96)

    feira do livro de frankfurt 2008(110)

    feira do livro de frankfurt 2009(51)

    feira do livro de frankfurt 2010(54)

    feira do livro de frankfurt 2011(56)

    feira do livro de frankfurt 2013(33)

    feira do livro de lisboa(143)

    feira do livro de lisboa 2009(200)

    feira do livro de lisboa 2010(74)

    feira do livro do porto(39)

    feira do livro do porto 2009(50)

    feiras do livro(154)

    feiras internacionais(259)

    festivais(152)

    filbo 2013(40)

    fnac(79)

    formação(303)

    formação booktailors(160)

    fotografia | imagem(191)

    fusões e aquisições(180)

    google(154)

    homenagem(184)

    humor(170)

    ilustração | bd(465)

    imagens(143)

    imprensa(515)

    internacional(1579)

    kindle(291)

    lev(69)

    leya(244)

    língua portuguesa(171)

    literatura(261)

    livrarias(679)

    livro escolar(80)

    livro infantil(206)

    livros(1858)

    livros (audiolivro)(39)

    livros booktailors(66)

    london book fair(87)

    marketing do livro(385)

    mercado do livro(577)

    notícias(4801)

    o livro e a era digital(1711)

    óbito(231)

    opinião(1783)

    opinião no blogtailors(162)

    os meus livros(44)

    plano nacional de leitura(32)

    poesia(193)

    polémicas(496)

    porto editora(155)

    prémios(1382)

    prémios de edição ler booktailors(110)

    profissionais(140)

    promoção à leitura(145)

    revista ler(145)

    sítio web(267)

    sociologia e hábitos da leitura(235)

    tecnologia(861)

    top livros(90)

    twitter(94)

    vídeo(640)

    todas as tags