Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Blogtailors - o blogue da edição

O fim do DRM nos audiobooks?

05.03.08
«Penguin is planning to offer audiobooks that are free of digital copyright protection technology, which will allow buyers to play them on any digital device, dismissing fears that they could become the latest target for online pirates.

(...)

Announcing a strong set of annual results from Pearson, which also owns the Financial Times, chief executive Marjorie Scardino said yesterday that Penguin would follow Random House and experiment with selling "DRM-free" digital versions of its audiobooks on the internet

(...)

Scardino admitted that another potential electronic version of literature - digital books or ebooks - has yet to take off because there is still no attractive digital book-reading device

(...)

It's like downloadable music - iTunes came first but without the iPod I think that would not have really mattered»

Mais desenvolvimentos no The Guardian.

O Grupo Hachette a recusar o papel

05.03.08
O Grupo Hachette distribuiu Sony Readers pelos seus editores, de forma a que estes analisem desta forma os originais que lhes chegam diariamente às mãos (aos dedos). Esta opção justifica-se com as poupanças em papel e tinta.

“If you’re traveling, this is so much easier than lugging around manuscripts. It’s good for reading in bed, too.”, diz Jonathan Karp, editor da casa, com cerca de 30 originais para análise no seu aparelho.

Quanto à impossibilidade de se poderem tirar quaisquer notas durante a leitura, Neil De Young, director de media digital do grupo não parece muito preocupado. Talvez por não ser ele quem analisa os originais...

Mais desenvolvimentos no New York Magazine.

Bookstart e os livros para crianças com necessidades especiais

05.03.08
A Bookstart (Reino Unido) desenvolveu um conjunto de livros (projecto Bookshine) que disponibiliza diversas obras e informação especificamente destinadas a crianças (0-5 anos) com deficiências auditivas.

A Booktrust disponibiliza ainda livros para crianças invisuais e com problemas de visão (projecto Booktouch).

Mais desenvolvimentos no Booktrade.

Biografia de Norman Mailer por Church Mailer (esposa)

05.03.08
Church Mailer, 6ª mulher de Norman Mailer e que foi casada com o escritor 32 anos, assinou um contrato para escrever um livro de memórias que relate a sua vivência com o escritor, falecido o ano passado.

Church Mailer é uma ex-manequim, autora de dois romances, publicados pela Random House.

Mais desenvolvimentos na Publisher's Weekly.

Tento na língua!

05.03.08
Gralhas que por aí grasnam. Erros que por aí grassam.

«Este é o ‘sítio’ do TENTO NA LÍNGUA!, para quem entenda que o não tem de todo, ou que o não tem bem apurado… Daqui se faz um apelo a todos quantos nos visitem, ‘deparantes’ de acaso ou adrede ‘buscantes’: comentários ou sugestões, que tenham algo a ver com “gralhas que por aí grasnem” ou “erros que por aí grassem”, são bem-vindos."»

O "Tento na Língua" é o braço armado (digital) de um conjunto de obras, da autoria de António Marques, lançados pelo Grupo Editorial Plátano desde 2001: «foram publicados 3 volumes e um volume compacto», nas palavras do autor.

Óbito: José Neves Henriques

05.03.08
«O professor José Neves Henriques, membro do Conselho Científico da Sociedade da Língua Portuguesa e consultor do Ciberdúvidas da Língua Portuguesa, morreu hoje [ontem] com 91 anos, disse à agência Lusa o responsável do Ciberdúvidas, José Mário Costa.»

Mais desenvolvimentos no Diário Digital.

Tecendo leituras

04.03.08
Dia 7 de Março, pelas 21h00, na Livraria Trama (R. Filipe Nery, 16, LISBOA - junto ao Rato).

A livraria já foi falada (e apresentada pelo Zé Mário Silva), mas agora fala por si.
Ou melhor, coloca todos a falar e a ler, em português como convém.
Serão 6 autores com o Plano Nacional de Leitura.

«Queremos saber tudo sobre leitura. O que é um leitor? Como é que um leitor escreve? O que é que nos apaixona nos livros?

A capa. As letras alinhadas. O branco sujo do papel. O poder da letra. O cheiro quente de um livro acabado de comprar. O que é que nos dizem as letras? O que é que nos dizem as palavras? Vamos insistir com o poder da leitura, vamos insistir com a força das palavras na pele, na boca.

Vamos pensar juntos. Vamos ouvir-nos. Vamos ler.

Que livros nos transformaram? O que é que somos com eles? O que seríamos sem eles? Por que é que lemos? Por que é que não lemos? O que é que os livros fazem na nossa sala? Nos nossos quarto? Por que motivo temos livros perto da nossa cama?

O que é que tantos livros fizeram de nós?»

Autores: Ana Viana, Angélica Varandas, Hugo Santinhos, João Henrique, Inês Leitão, Fernando Dinis, João Moita, Waldir Araújo (são 8, não são?... o flyer não explica a diferença).

Mais informações aqui.

Fnac (Livros de Areia)

04.03.08
Aqui, um post dos responsáveis da Livros de Areia sobre a Fnac, a propósito do 10º aniversário.

«...a FNAC não brinca em serviço, e não brinca com os editores. E não trata pequenos editores como "pequenos editores": o verdadeiro "serviço público" de livraria já existe nas suas lojas, e era bom que novos-livreiros ambiciosos deixassem de anunciar o derrube de uma porta que esta multinacional arrombou já há 10 anos, quando cá chegou»...