Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Blogtailors - o blogue da edição

Joaquim Figueiredo Magalhães, por Sara Figueiredo Costa

01.12.08
«A herança editorial que deixa é grande. Desde a sua fundação, em 1948, a Ulisseia traduziu e publicou muitos autores essenciais da literatura mundial, alguns deles nunca antes traduzidos para português. Pela minha parte, devo-lhe uma descoberta em particular: em plena adolescência, foi graças à Ulisseia (e a um amigo que descortinou um livro há muito esgotado) que li Pela Estrada Fora, de Jack Kerouac. Nunca conheci o seu editor português, mas agradeci-lhe a dádiva desde então. Saberão alguns editores que nos marcam a vida de uma forma tão indelével?»

Aqui.

Joaquim Figueiredo Magalhães, por Eduardo de Freitas

01.12.08
«Regista-se o falecimento (26/Nov.) de Joaquim Figueiredo Magalhães, de 92 anos, nome grande do panorama editorial português do século XX, fundador em 1948 da Editora Ulisseia, casa que até 1972, data da sua integração no grupo Verbo, manteve autonomia e relevância muito assinalável.

Em jeito de homenagem ao editor, relembra-se aqui uma colecção de livros de boa memória, publicados por aquela editora, a Colecção Poesia e Ensaio, de que aqui se mostra uma das capas dos livros que a constituiram.»

Ler aqui.

Pedro Vieira - livreiro

01.12.08
Pedro Vieira conta-nos mais um episódio da sua vida de livreiro.

«o indivíduo abre as hostilidades com uma busca por pombos, livros sobre columbofilia, guina em busca de um canhenho supostamente chamado funcionárias de deus, que não temos, há um funcionários de deus dado à estampa pela europa-américa, mas isso pouco lhe importa, a atenção já está sugada – é a palavra certa – para o álbum edfox, cortesia dos debochados da taschen, casa editorial da terra da salsicha entre outros enchidos. e não podemos censurá-lo,já vai murmurando um obrigado enfastiado, quem nunca pôs os neurónios a marinar à vista de uma febra na banheira que atire a primeira pedra»

Para ver a foto da capa da obra é favor ir ao blog do ilustrador, blogger e livreiro.

Pág. 26/26