Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Blogtailors - o blogue da edição

Penguin chega a acordo com CE no caso de cartelização de preços

02.08.13
A Comissão Europeia chegou a acordo com a Penguin no caso de cartelização de preços de livros digitais, que envolveu quatro grandes outras editoras e a Apple. Com a fusão com a Random House, a Penguin tentou chegar a acordo com a UE, mais de seis meses depois de as outras editoras terem alcançado um entendimento. Nos EUA, a Apple não avançou para acordo e foi considerada culpada em julgamento, o que não aconteceu na Europa. Saiba mais aqui, aqui e aqui.

-

Consulte a oferta de formação da Booktailors na barra lateral do blogue.

Miguel Relvas vai assumir cargo de Alto Comissário da Casa Olímpica da Língua Portuguesa

01.08.13
«Miguel Relvas vai assumir o cargo de Alto Comissário da Casa Olímpica da Língua Portuguesa, criada no Brasil. A ideia deste projecto é tornar a língua portuguesa uma das línguas de trabalho do Comité Olímpico Internacional que vigorar até ao final dos Jogos Olímpicos de 2016». Leia mais no iOnline.
«O cargo a desempenhar pelo ex-ministro não será remunerado, mas a entidade em que irá trabalhar ainda não tem orçamento nem plano de actividades». Leia mais no Público.

E. L. James é, neste momento, a autora mais lida em Guantánamo

01.08.13
«As Cinquenta Sombras de Grey e os restantes livros da trilogia de E.L. James são as leituras preferidas dos presos de Guantánamo. Os 166 presos da prisão de alta segurança já leram estes romances eróticos em inglês, disse ao jornal online The Huffington Post Jim Moran, congressista que defende o encerramento da prisão de alta segurança. Entre os leitores de E.L. James estão os cinco presos pelos atentados do 11 de Setembro». Leia no Público.

Tell a Story, a livraria que divulga aos turistas os autores portugueses

01.08.13
«A Tell a Story é uma livraria móvel que circula por Lisboa, para dar a conhecer aos estrangeiros que nos visitam os autores portugueses traduzidos para inglês, francês, alemão e espanhol». Leia mais no Diário Digital.
«"Eu tinha muitos amigos estrangeiros e falava sempre com eles sobre literatura - Eça de Queiroz, José Saramago, os mais clássicos. Mas sempre que procurava, não conseguia encontrar edições para lhes dar. Pensei então se seria possível conceber uma livraria. Será que havia negócio aqui?", conta à Renascença Domingues Cruz, um dos três autores do projecto». Leia mais na Renascença.

Pág. 17/17