Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Blogtailors - o blogue da edição

António Lobo Antunes é homenageado em França

06.07.10
«Este programa é majestoso», disse António Lobo Antunes (ALA) esta manhã, na conferência de imprensa da apresentação da temporada de 2011 da francesa MC93.

A MC93, uma das mais prestigiadas e importantes instituições de teatro em França, com três salas de grande dimensão, entre elas uma com quase 1000 lugares, dedicará toda a temporada de 2011 a ALA. Nunca antes tal ocorrera em França, onde se irão reunir alguns dos mais importantes actores, encenadores e artistas para homenagear um escritor, neste caso o português António Lobo Antunes.

A ideia surgiu em Salzburgo, quando ALA foi o convidado de honra, tendo os presentes assistido a algumas adaptações de textos do autor a teatro. A partir de então, Patrick Sommier, director da MC93, fez crescer a ideia, que rapidamente se alastrou e obteve largo consenso na comunidade cultural francesa ligada ao evento.

«Aparentemente alguns actores e encenadores já andavam a trocar SMS com algumas frases dos meus livros», diz ALA, ao que Patrick Sommier acrescenta que «os leitores de ALA em França sentem que fazem parte de uma espécie de sociedade secreta que detém algo de uma extrema importância».

Serão mais de 50 noites de espectáculos, entre Janeiro e Junho de 2011, com a adaptação das diversas obras do autor a peças de teatro, entre elas uma que contará com a presença de cerca de 200 actores amadores. Haverá também leituras de várias individualidades da área cultural francesa e internacional, incluindo os portugueses Luís Miguel Cintra e Maria de Medeiros.

Recordamos que ALA tem quase toda a sua obra publicada em França pelas Éditions Christian Bourgois, representada na sala pela esposa do falecido editor, Dominique Bourgois.

Parafraseando as palavras de Patrick Sommier, o MC93 já antes tinha trabalhado com textos de autores como R. Bolaño e V. Grossman, mas nunca toda uma temporada fora dedicada a um só autor. É uma homenagem que fazem a este grande escritor, e também a Portugal.