Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Blogtailors - o blogue da edição

Feira do Livro - continuação

09.05.08
Transcrevemos o press enviado pela APEL:

«COMUNICADO DE IMPRENSA

APEL reafirma: Grupo Leya não se inscreveu na 78.ª Feira do Livro de Lisboa

A Associação Portuguesa de Editores e Livreiros – APEL vem, por este meio, reafirmar que o Grupo Leya não se inscreveu na 78.ª Feira do Livro de Lisboa, apesar de o término do período de inscrições, inicialmente definido para o passado dia 30 de Abril, ter sido especialmente prolongado até às 12:00 de ontem, quarta-feira, dia 7 de Maio.

A APEL informa também que só na manhã de hoje, 8 de Maio, um representante do Grupo Leya se deslocou à sede da APEL para, em mão,entregar uma carta daquele grupo, acompanhada de outros documentos que não estão de acordo com os regulamentos, com o objectivo de tentar a inscrição de uma designada “Praça Leya”, com 720 m2 – setecentos e vinte metrosquadrados –, cujas características não são enquadráveis com o formato da 78.ªFeira do Livro de Lisboa, na opinião quer dos técnicos da APEL responsáveis pela montagem do certame quer de outros especialistas.

A APEL sublinha, também, que, hoje mesmo, a CML confirmou que a APEL,enquanto organizadora da Feira do Livro de Lisboa, é a única entidade competente para submeter à CML quaisquer projectos de alteração de estrutura daquele certame.

Por conseguinte, a APEL faz saber que, nesta tarde, contactou o Grupo Leya informando que a documentação entregue hoje de manhã não cumpre o que está estipulado nos regulamentos aplicáveis a todos os participantes na Feira do Livro de Lisboa, o que significa que, mesmo que as inscrições fossem reabertas, as pretensões daquele grupo editorial não poderiam ser aceites por respeito ao que foi decidido nas duas Assembleias de Participantes da Feira do Livro de Lisboa que se realizaram nas últimas semanas.

Ainda assim, considerando o superior interesse dos leitores e o próprio prestígio deste importante evento cultural, a APEL afirma estar disponível para apreciar a viabilidade da inscrição do Grupo Leya na Feira do Livro de Lisboa desde que à luz dos respectivos regulamentos e sem quaisquer privilégio e discriminação em relação aos demais participantes, tendo as 12:00 de amanhã como limite para fazer chegar à APEL os documentos necessários.

Posto isto, a APEL assegura que não poupará esforços para que a 78.ª Feira do Livro de Lisboa resulte num evento de grande sucesso, digno do seu historial, em nome da promoção do livro e da leitura.

A DIRECÇÃO