Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Blogtailors - o blogue da edição

Sessão oficial de abertura das Correntes D'Escritas

24.02.10
Conforme anunciámos aqui, Maria Velho da Costa venceu o Prémio Literário Casino da Póvoa, com a obra Myra. O júri, composto por Patrícia Reis, Carlos Vaz Marques, Dulce Maria Cardoso, Fernando J. B. Martinho e Vergílio Alberto Vieira, escolheu, entre 160 livros submetidos a concurso, o vencedor deste prémio de cariz internacional, no valor de 20 000 euros. A autora, actual colaboradora do Instituto Camões, sucede assim a Lídia Jorge, com O Vento Assobiando nas Gruas (2004); António Franco Alexandre, com Duende (2005); Carlos Ruíz Záfon, com A Sombra do Vento (2006); Ana Luísa Amaral, com A Génese do Amor (2007); Ruy Duarte de Carvalho, com Desmedida (2008); e Gastão Cruz, com A Moeda do Tempo (2009). Recorde-se que o prémio será entregue no próximo sábado, na sessão de encerramento da edição deste ano do Correntes D’Escritas. Ler mais aqui.


Para além do Prémio Literário Casino da Póvoa, foram ainda anunciados os vencedores dos outros dois prémios do certame. Miguel Rocha de Pinho, sob o pseudónimo Alarido dos Começos, venceu o Prémio Literário Correntes D’Escritas/Papelaria Locus com o conto A História do Velho Entristecido com a Vida. Em relação ao Prémio Conto Infantil Ilustrado Correntes D’Escritas/Porto Editora, o 1.º prémio foi ganho pelos alunos do 4.º ano do Jardim-Escola João de Deus, de Salreu, Estarreja, com A Casa Misteriosa; o 2.º prémio, pelos alunos do 4.º B da EB 1 de Ferreiros, Baguim do Monte, com Contou-me o meu avô; e o 3.º prémio, pelos alunos do 4.º ano, TO 2 da EB 1 Monte, de Touguinhó, com João Ratinho à procura de casa. Foram ainda atribuídas menções honrosas aos alunos do 4.º ano da Secção Portuguesa da Escola Europeia do Luxemburgo, exclusivamente pela ilustração de Miguelras em busca de amigos, e aos alunos do 4.º ano AL 4, da EB 1/JI de Arcozelo, Santo Tirso, exclusivamente pelo texto de Um anjo diferente.

Depois do anúncio dos vencedores, seguiu-se a apresentação da revista Correntes D'Escritas #9. Esta edição, onde é homenageada Agustina Bessa-Luís, foi apresentada por Inês Pedrosa, que desmentiu os rumores de que Agustina seria uma pessoa difícil, considerando-a «de fácil convívio». Mónica Baldaque, filha de Agustina Bessa-Luís, esteve presente, em representação da mãe, e contou-se ainda com a intervenção de valter hugo mãe, em representação dos escritores que colaboraram na revista.

No final, Macedo Vieira, presidente da Câmara Municipal da Póvoa de Varzim, mostrou a sua preocupação com as ameaças à imprensa, em particular o advento da era digital, louvando ainda a sobrevivência do livro. «Cada vez é mais procurado e se vende mais. E não espanta que assim seja, até por essa incontornável vantagem natural que é a sua adequação à comodidade e ao prazer do leitor», adiantou.

A Comissão de Protecção de Crianças e Jovens distribuiu pequenos marcadores com um texto sobre os Direitos das Crianças e leram-se textos sobre o tema. Ler mais aqui.