Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Blogtailors - o blogue da edição

Opinião: Na era Blogtailors, por Jaime Bulhosa

06.03.09
NA ERA BLOGTAILORS,
por Jaime Bulhosa (*)

Quando os Booktailors me convidaram para participar neste blogue e pensei no texto que iria escrever, cheguei à conclusão muito óbvia de que tinha duas hipóteses: ou escrevia sobre um assunto qualquer ou escrevia sobre eles. Escolhi escrever sobre eles. Outras duas hipóteses se abriram de imediato: ou escrevia a dizer mal ou escrevia a dizer bem. Dizer bem é difícil, dá mais trabalho e depois parece que se está sempre a dar graxa. Dizer mal é mais fácil, dá muito mais gozo, pega-se num defeito qualquer, amplia-se, descreve-se exageradamente e já está. Por isso, eu resolvi dizer mal dos Blogtailors.

Estava o mundo dos livros tão harmónico, cada um preocupado com a sua vida, bem sossegados nos seus cantos e quase ninguém se metia com quase ninguém. Cada um fazia o que tinha de fazer e não havia problemas (tão felizes que nós éramos). De repente, surgem os Blogtailors, que resolveram criar um fórum, isto é, um blogue na Internet comum a todos os intervenientes no mundo dos livros: editores, autores, escritores, críticos, tradutores, revisores, paginadores, livreiros, distribuidores e até leitores. Fórum este onde se pode opinar, noticiar, sugerir, debater, criticar e até insultar, isto é, trocar ideias em voz alta ou, neste caso, em maiúsculas. Ao mesmo tempo, estão constantemente a informar-nos, sobre tudo e sobre todos. O que acontece lá fora e o que acontece cá dentro. Não há novidade sobre os livros que eles, irritantemente, não divulguem. O que faz com que tenhamos de estar sempre atentos ao que se anda a fazer e, por comparação com os outros, reflectir sobre o que nós próprios fazemos. O que, sinceramente, cansa e dá imenso trabalho. Não há dia em que eu não tenha de vir a este blogue, saber o que se passa, aqui, ali e acolá, de tal modo que dou por mim completamente viciado em Blogtailors. E se por um acaso, raro, não faço uma visita, sinto que já estou desactualizado e que se passaram dezenas de coisas à minha volta das quais eu não soube nada. O que me deixa ressacado e com insónia. Antes da Era Blogtailors, era tudo mais simples. Não se perdia tempo a ler textos como este, éramos todos muito mais felizes, também mais ignorantes, é verdade, mas tínhamos pelo menos a compensação de achar que já sabíamos tudo sobre os livros.

(*) Jaime Bulhosa nasceu em Lisboa em 1964. Desde jovem, ainda estudante, trabalha com livros. Primeiro a part-time, depois a sério, fundando com os irmãos a Bulhosa Livreiros. Em 2004, abandona a Bulhosa Livreiros e aceita o cargo de director comercial na JRP (livrarias Notícias, Oficina do Livro e lojas Valentim de Carvalho). Em 2007, funda com Isabel Nogueira a livraria Pó dos Livros.
-
Consulte a oferta de formação da Booktailors na barra lateral do blog.

1 comentário

Comentar post