Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Blogtailors - o blogue da edição

Acordo 1

12.02.08
Autores africanos divididos.

- Acordo Ortográfico não é necessário, diz Mia Couto.
- Ortografia brasileira favorece Angola, diz Agualusa.

O escritor moçambicano Mia Couto afirmou hoje à Agência Lusa não haver necessidade de Acordo Ortográfico da Língua Portuguesa.
Na opinião do autor de «O outro pé da sereia», «o acordo ortográfico tem tanta excepção, omissão e casos especiais que não traz qualquer mudança efectiva».

O escritor moçambicano rebateu deste modo o angolano José Eduardo Agualusa que, na sua crónica habitual no semanário de Luanda A Capital (ver post anexo), defendeu a escolha, por Angola, da ortografia brasileira, caso não venha a ser aplicado o Acordo Ortográfico por «resistência» de Portugal.

«Sou grande amigo do Agualusa, mas nesse ponto tenho uma grande divergência», afirmou o escritor, em Lisboa, numa sessão de autógrafos.

O Acordo Ortográfico da Língua Portuguesa estabelecido em 1991 foi assinado por todos os países da CPLP.

Em Angola aguarda-se a ratificação do documento, que o governo de Luanda considerou ter «caído no esquecimento».