Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Blogtailors - o blogue da edição

Língua e Literatura, por Francisco José Viegas

16.04.09
Murilo de Carvalho, aquando da entrega do Prémio LeYa, referiu que ««a Língua pode unir-nos muito mais do que a Literatura». Francisco José Viegas contesta esta tese:

«José Murilo de Carvalho, o autor vencedor da primeira edição do Prémio Leya, acha que «a Língua pode unir-nos muito mais do que a Literatura». Uma afirmação como esta faz o delírio dos distraídos e dos legisladores da cultura. Mas é grave, por muito que a figura de Murilo seja simpática (e é). Primeiro: se não for a Literatura a fixar a Língua, esta morre, como nos ensinam a história política e a filologia; depois, porque um escritor devia saber que a Língua, sem realização literária, é apenas um bom resíduo para acrescentar o lixo dos burocratas – é apenas um alfabeto sem vida. O que faz a grandeza do Português é ter sido a língua de Euclydes da Cunha, de Eça, de Machado de Assis, de Camilo, de Drummond ou de Vergílio Ferreira – não por ser usada por um director das Alfândegas.»