Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Blogtailors - o blogue da edição

A saída de Mário Sena Lopes da Guerra e Paz. Comunicado oficial da editora.

25.09.09
«Mário Sena Lopes deixa no dia 30 de Setembro de exercer as funções de director editorial da Guerra e Paz. Responsável pela nossa política editorial, ao longo de mais de dois anos, Mário Sena Lopes seleccionou as obras a publicar, acompanhou com os autores o nascimento de cada livro e deu rosto público à actividade da editora. Desempenhou essas funções com brio profissional e um entusiasmo que ultrapassou o que normalmente lhe seria exigido. Em muitos aspectos, a Guerra e Paz é hoje uma editora com mais qualidade e mais eficácia na produção, comunicação e comercialização dos seus livros.

Por razões que se prendem com substanciais alterações do mercado, Mário Sena Lopes e a Guerra e Paz editores entenderam que o modelo de relação profissional que os ligava chegou ao fim. O que não significa necessariamente uma ruptura, estando previstas novas formas de colaboração que se tornarão visíveis num futuro próximo.

Neste momento de mudança, a Administração da Guerra e Paz quer publicamente louvar a competência, o empenho profissional, o profundo conhecimento da actividade e da sua história, que indiscutivelmente são os trunfos maiores de Mário Sena Lopes e que fazem dele uma referência para todos os que têm a paixão do livro. Acima de tudo, as qualidades humanas de
Mário Sena Lopes, o seu rigor, seriedade e voluntarismo, deixaram marcas na Guerra e Paz. Estamos certos de que, nas actividades que vier a desenvolver, essas qualidades de Mário Sena Lopes ganharão nova e reforçada expressão.

Lisboa, 25 de Setembro de 2009

A Administração da Guerra e Paz Editores»