Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Blogtailors - o blogue da edição

Prémio Pessoa 2007 - Irene Pimentel

14.12.07
Prémio Pessoa 2007 atribuído à historiadora Irene Pimentel, publicada recentemente pela Esfera dos Livros. Deixamos aqui a notícia disponível na SIC Online. A foto é retirada do site da Esfera dos Livros.

Júri distingue historiadora. O Pémio Pessoa foi este ano atribuído a Irene Flunser Pimentel, historiadora que recentemente publicou um estudo sobre a polícia política PIDE.

A atribuição do prémio foi anunciada cerca das 12h00, no Grande Real Villa Itália Hotel & SPA, em Cascais, pelo presidente do júri, Francisco Pinto Balsemão.

Irene Pimentel é, de acordo com o comunicado do júri, "uma das figuras mais notáveis da actual historiagrafia portuguesa". Com recentes trabalhos publicados em 2007 sobre a história da PIDE, a Mocidade Portuguesa Feminina, os judeus em Portugal e a história das organizações femininas do Estado Novo, Irene Pimentel estuda "temas difíceis e polémicos".

Os seus livros, afirma o júri, "nunca negam adesão à causa das liberdades e dos direitos humanos, num esforço de rigor intelectual e objectividade académica".

O prémio tem um valor de 50 mil euros e será entregue no primeiro trimestre de 2008.

Biografia
Irene Flunser Pimentel licenciou-se em História pela Faculdade de Letras da Universidade Clássica de Lisboa, em 1984.

Concluiu o mestrado em História Contemporânea (variante Século XX) pela Faculdade de Ciências Sociais e Humanas da Universidade Nova de Lisboa, com a tese Contributos para a História das Mulheres no Estado Novo.

É investigadora na Faculdade de Ciências Sociais e Humanas da Universidade Nova de Lisboa. Colabora ainda em permanência, desde 1994, na revista História, da qual foi editora até final de 2001. Publicou diversos artigos de História em jornais e revistas portuguesas e estrangeiras, sobre diversas instituições do Estado Novo - organizações femininas e de juventude, polícia política -, a Segunda Guerra Mundial, o nacional-socialismo alemão e o Holocausto, entre outros temas.

Colaborou em enciclopédias, dicionários e obras conjuntas. Participou em exposições, colaborou em documentários e programas de rádio e televisão e intervém regularmente em colóquios, conferências e seminários. É autora dos seguintes livros: História das Organizações Femininas do Estado Novo, "Textos relativos a Portugal" in Contai aos Vossos Filhos. Um Livro sobre o Holocausto na Europa, 1933-1945, de Stéphane Bruchfeld e Paul A. Levine, Fotobiografia de Manuel Gonçalves Cerejeira, Fotobiografia de José Afonso e "A PIDE/DGS, 1945-1974".

Prémio Pessoa
O Prémio Pessoa é um dos importantes galardões do país, atribuído anualmente a uma figura de nacionalidade portuguesa com "intervenção relevante na vida científica, artística ou literária".

Este ano, o anúncio do prémio, no valor de 50 mil euros, foi feito em Instituído em 1987 pelo semanário Expresso e a empresa Unysis, o galardão já distinguiu 20 personalidades das áreas artística e científica.

Luís Portugal Devesa (Unysis) é o vice-presidente do júri, ainda composto por Alexandre Pomar, António Barreto, Clara Ferreira Alves, Diogo Lucena, Eduardo de Souto Moura, João Fraústo da Silva, João Lobo Antunes, José Luís Porfírio, Maria de Sousa, Mário Soares, Miguel Veiga, Rui Vieira Nery e Rui Magalhães Baião.