Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Blogtailors - o blogue da edição

O auto-pirata Coelho

31.01.08

Goste-se ou não da escrita de Paulo Coelho, a verdade é que o Paulo Coelho estratega é mais um profissional de primeira linha.

Com uma plataforma extraordinária junto do seu público final, Paulo Coelho tem capacidade de activar legiões de fãs de forma quase instantânea, através da rede Internet e da Web 2.0.
Para se entender melhor o fenómeno Paulo Coelho observemos o The Pirate Coelho, onde o próprio autor pirateia capítulos dos seus próprios livros e coloca-os a circular pela Internet fazendo-se passar por um fã.
A confissão veio do próprio, onde afirmou que ao invés de destruir as obras, fazia com que as mesmas vendessem tremendamente mais. E a explicação é simples, os sociólogos e os economistas da cultura já o sabem: o livro é um bem de experiência.
Ou seja, só sabemos se gostamos depois de o experimentar e só experimentando é que sabemos se queremos comprar.

Entendamos isto então como uma sala de leitura Fnac, ou um test-drive onde somente os livros de Paulo Coelho estão disponíveis.

Via Guardian.

3 comentários

Comentar post