Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Blogtailors - o blogue da edição

O falecimento de Manuel António Pina: Reações

22.10.12

 

«O secretário de Estado da Cultura, Francisco José Viegas, reagiu nesta sexta-feira à tarde à morte Manuel António Pina considerando que o escritor “era um poeta maior, um dos maiores da nossa língua”.» Ler no Público e no Correio da Manhã.

 

«A CGTP-IN enviou uma mensagem de condolências à família do escritor Manuel António Pina, que na tarde desta sexta-feira morreu no Porto.» Ler no Público.

 

«O Presidente da República apresentou em seu nome pessoal e em nome dos Portugueses, os "sinceros pêsames" à família de Manuel António Pina.» Ler no Público, no Jornal de Notícias e no Correio da Manhã.

 

«Jornalistas recordam o "amigo" Manuel António Pina, com quem partilharam a redação do Jornal de Notícias. Veja os testemunhos dos companheiros de "uma mente brihante".» Ler no Jornal de Notícias.


«Manuel António Pina, "um desconstrutor de inevitabilidades e de crenças balofas", segundo Manuel Carvalho da Silva, era o cronista, o escritor, o jornalista e o homem "que tinha a palavra final", argumenta o empresário Manuel Serrão. "Solidário e exigente", acrecenta António Marques, "frontal e sem pejo de escrever ou falar", na opinião de Alberto Castro.» Ler no Jornal de Notícias.

 

«Os leitores do Jornal de Notícias fizeram questão de homenagear Manuel António Pina quer na edição online, comentando a notícia da morte do escritor, quer enviando e-mails para a redação.» Ler no Jornal de Notícias.


«A escritora [Alice Vieira] lembra as viagens de trabalho e a "boa companhia" do poeta. Mas não deixa de frisar que o escritor, "mais famoso pelos livros infantias, fazia uma grande poesia e devia ter sido mais divulgado, em vida."» Ler no Correio da Manhã.