Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Blogtailors - o blogue da edição

Ciclo celebra os 150 anos de Amor de Perdição

22.10.12

 

«O romantismo ao extremo, que grita, trai, morre e mata, por aquilo que mais interessa, ora claro, o amor. Em 1862, publicava-se um hino ao enamoramento: Amor de Perdição. Passados 150 anos sobre a obra, que se tornou uma das mais emblemáticas do autor, fazem-se as comemorações. “Camilo Castelo Branco: As Paixões Juvenis e o Amor de Perdição” que arrancam hoje. É uma iniciativa do Centro Cultural de Belém, em Lisboa, em conjunto com outros museus. Há conferências, exposições, palestras e outras actividades. Para que não se perca, fizemos-lhe um roteiro à medida, com oito destaques.» Ler no iOnline.

 

«"Camilo Castelo Branco: As paixões juvenis e o Amor de Perdição" dão o mote a um ciclo de iniciativas, que hoje começa no Centro Cultural de Belém, para celebrar os 150 anos da edição do romance do escritor.» Ler no Diário de Notícias.

 

«Doze livros de Camilo Castelo Branco, digitalizados a partir de edições que pertencem ao espólio da Biblioteca Nacional, estão a partir de hoje disponíveis no site do Diário de Notícias.» Ler no Diário de Notícias.