Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Blogtailors - o blogue da edição

Correntes d'Escritas 2013: Sexta e sétima mesas

25.02.13

 

Na sexta mesa do Correntes d’Escritas, em que participaram Andréa del Fuego, Cristina Carvalho, Jaime Rocha, João Tordo, Joel Neto e Possidónio Cachapa, com moderação a cargo de Onésimo Teotónio Almeida, o debate girou em torno do verso de Luís Filipe Castro Mendes, «Os meus textos não têm serventia». Andréa del Fuego foi a primeira a abordar o tema, tendo afirmado que «a literatura é [a] arte mais eficaz para aceitarmos o fim do corpo e sermos tijolo de uma construção que não veremos finalizada». Por sua vez, Joel Neto e João Tordo expuseram a importância dos textos e da leitura na sua vida, com o último a afirmar que «os textos não têm serventia» e «podem ser também uma reconciliação». Leia mais aqui.

 

«[D]o que podia ter sido restam ruínas», da autoria de Manuel António Pina, foi o tema que encerrou as mesas de debate da 14.ª edição do Correntes d’Escritas. Num auditório a abarrotar, Ana Luísa Amaral, António Victorino d' Almeida, Susana Fortes, Onésimo Teotónio de Almeida, Vasco Graça Moura e Domingo Villar, moderados por Maria Flor Pedroso, interpretaram o mote e apresentaram a sua visão das ruínas, que oscilaram entre a evocação de várias obras literárias e a realidade atual do país. Leia mais aqui