Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Blogtailors - o blogue da edição

Brooklyn tem o seu próprio prémio literário

03.08.15

 

Brooklyn Eagles Literary Prize é o nome do mais recente prémio literário criado para celebrar os autores e as obras que melhor ilustram o espírito de Brooklyn, um dos distritos de Nova Iorque.

Os títulos são escolhidos pelas livrarias e pelos bibliotecários de Brooklyn e, entre os nomeados, que contemplam ficção e não-ficção, encontram-se títulos como Preparation for the Next Life, de Atticus Lish, 10:04, de Ben Lerner, Spinster, de Kate Bolick, ou A Little Life, de Hanya Yanagihara, também nomeado para o Man Booker Prize. Leia mais aqui.

Man Booker Prize anuncia os 13 escritores candidatos ao prémio

29.07.15

 

«No ano passado, um dos mais importantes prémios literários do mundo passou a aceitar candidatos norte-americanos. Na lista dos finalistas agora divulgada, são eles que vão à frente.» Ler no Observador.

 

Lista completa de candidatos ao Man Booker Prize 2015:

Bill Clegg (EUA) – Did You Ever Have a Family
Anne Enright (Irlanda) – The Green Road
Marlon James (Jamaica) – A Brief History of Seven Killings
Laila Lalami (EUA) – The Moor’s Account
Tom McCarthy (Reino Unido) – Satin Island
Chigozie Obioma (Nigéria) – The Fishermen
Andrew O’Hagan (Reino Unido) – The Illuminations
Marilynne Robinson (EUA) – Lila
Anuradha Roy (Índia) – Sleeping on Jupiter
Sunjeev Sahota (Reino Unido) – The Year of the Runaways
Anna Smaill (Nova Zelândia) – The Chimes
Anne Tyler (EUA) – A Spool of Blue Thread
Hanya Yanagihara (EUA) – A Little Life

 

 

Valter Hugo Mãe, Ondjaki, Pepetela e Chico Buarque entre autores inscritos no Prémio Oceanos

28.07.15

 

«Os escritores portugueses Valter Hugo Mãe e Afonso Cruz, os angolanos Pepetela e Ondjaki e o brasileiro Chico Buarque estão entre os 592 autores inscritos no Oceanos - Prémio de Literatura em Língua Portuguesa, informou hoje a organização.


O galardão, que substitui a partir deste ano o Prémio Portugal Telecom, é co-organizado pelo Itaú Cultural e tem como curadora a produtora cultural brasileira Selma Caetano. Valter Hugo Mãe e Chico Buarque estão entre os ganhadores do antigo prémio, em 2012 e 2010, respetivamente.» Ler no Diário Digital.

Man Booker Prize lança podcast

27.07.15

 

O Man Booker Prize lançou, na passada sexta-feira um podcast dedicado ao mundo dos livros. O programa, conduzido por Joe Haddow, produtor do clube de leitura da rádio BBC 2, é dedicado à literatura, com especial destaque para os  autores que já ganharam o prémio e também para os autores nomeados. O primeiro programa já está disponível via iTunes ou SoundCloud.

O vencedor do Man Booker Prize será conhecido a 13 de outubro.

Nicola Lagioia vence Prémio Strega

23.07.15

 

La Ferocia, de Nicola Lagioia, foi o vencedor da edição de 2015 do Prémio Strega, o prémio literário mais importante de Itália, que já premiou autores como Umberto Eco e Paolo Giordano.

Na categoria de melhor livro estrangeiro, a autora Katja Petrowskaja foi a vencedora com a obra Maybe Esther.

A edição deste ano do prémio gerou algum expectativa fora de Itália uma vez que a autora Elena Ferrante, que atingiu recentemente um pico de popularidade com a edição em inglês dos seus romances, concorria ao prémio com Storia della bambina perduta. Ler aqui.

Daniel Jonas vence Grande Prémio de Poesia Teixeira de Pascaoes APE/C.M. Amarante

20.07.15

 

Daniel Jonas venceu o Grande Prémio de Poesia Teixeira de Pascoaes APE/C.M. Amarante com .

 

O júri, constítuido por António Mega Ferreira, Fernando J. B. Martinho e José Manuel Mendes destacou o «mérito muito assinalável do seu trabalho poético, que convoca a tradição lírica ocidental para uma recomposição textual lúcida e fortemente irónica, cosmopolita, atenta aos lugares e tempos de um presente recolhido e transfigurado».

 

Daniel Jonas nasceu no Porto em 1973, é mestre em Teoria da Literatura pela Universidade de Lisboa, tradutor e foi um dos sete finalistas do prémio Poeta Europeu da Liberdade.

Mário Cláudio vence Grande Prémio de Romance e Novela APE/DGLAB 2014

15.07.15

Retrato de Rapaz (2014).jpg

 

Mário Cláudio foi o vencedor da edição de 2014 do Grande Prémio de Romance APE/DGLAB pela obra Retrato de Rapaz.

 

É a segunda vez que o autor recebe o prémio (Amadeo foi vencedor em 1984), juntando-se assim a Vergílio Ferreira, António Lobo Antunes, Agustina Bessa-Luís e Maria Gabriela Llansol, únicos autores que entretanto bisaram.

 

Dos 86 livros admitidos ao concurso, de 64 homens e 21 mulheres, com a chancela de 35 editoras, o júri, na 2.ª reunião, já destacara 5 finalistas.

Matilde Campilho e Nuno Júdice entre os finalistas ao prémio Teixeira de Pascoaes

15.07.15

 

«Matilde Campilho [...] está na corrida ao prémio - que distingue obras portuguesas editadas em 2014 - com Jóquei. 

A seu lado, entre os seis finalistas ao Grande Prémio de Poesia Teixeira de Pascoaes, galardão bienal de 12 500 euros instituído pela Associação Portuguesa de Escritores (APE) e pela Câmara Municipal de Amarante, estão os poetas Nuno Júdice com O fruto da gramática, Ana Luísa Amaral com Escuro, Daniel Jonas com , Joana Emídio Marques, Ritornelos,e Luís Filipe Castro Mendes, A misericórdia dos mercados.» Ler no Diário de Notícias.