Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Blogtailors - o blogue da edição

A «riqueza de sentidos» da Língua Portuguesa debatida na Gulbenkian

30.01.14

 

«Para quem trabalha a língua portuguesa, seja para escrever livros ou canções, ela é sobretudo um referente cultural, uma ferramenta de trabalho ou, como defende o escritor Mário de Carvalho, um reservatório de memória e tradição, como a própria literatura. "A memória também está nas palavras, porque elas transportam uma história, carregam o grego e o árabe", explicou no painel dedicado à criação literária, em que estiveram também o tradutor americano Richard Zenith, Nuno Artur Silva ou o cabo-verdiano Germano de Almeida.» Ler no Público.