Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Blogtailors - o blogue da edição

Bill Watterson em entrevista ao Público

24.03.14

 

«É o lado rebelde de cada um de nós enquanto crianças e a criança em cada um de nós quando nos tornamos adultos. A imaginação em estado puro – "Um dia, Calvin acorda e descobre que não é afectado pela força da gravidade." Muitos anos depois do fim de Calvin & Hobbes, que extravasou os limites da BD para se tornar parte da cultura popular do século XX, o seu criador Bill Watterson continua sem perceber bem a sua popularidade. E continua firme na decisão de não voltar atrás. Mas nós podemos, com as reedições portuguesas de nove livros até Setembro».

 

«"Não penso que a minha obra seja particularmente revolucionária, mas a banda desenhada americana andava estática e simplista, por isso, o que tentei foi recuperar parte da energia e da atracção visual que tinha nas primeiras décadas do século quando era impressa em tamanho maior", explica ao Ípsilon, na sua primeira entrevista a um órgão de comunicação social de fora dos EUA desde que pôs fim a Calvin & Hobbes.» Ler no Público.
«Recorde-se que Calvin & Hobbes foi publicada entre 1985 e 1995 e alcançou vendas de mais de 30 milhões de livros, sendo publicado em mais de 2400 jornais (Público e Correio da Manhã em Portugal) e traduzido em mais de 40 línguas.» Ler no Diário Digital.