Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Blogtailors - o blogue da edição

Blogtailors.br: Resumo da semana

20.02.15

 

 

Bertelsmann quer expandir para mercados emergentes

A Bertelsmann anunciou a intenção de expandir os seus investimentos no Brasil, na China e na Índia. Além dos setores de média e de educação, a empresa procura também crescer nas áreas de produção televisiva, revistas, livros e serviços.

 

Nas palavras do administrador-delegado, Thomas Rabe, a expansão regional é uma prioridade estratégica. O aumento demográfico e o crescimento do poder de compra nestes países aumenta a procura pelo tipo de serviços que a Bertelsmann oferece, o que justifica o investimento nestes mercados e de onde se esperam lucros a rondar os mil milhões de euros.

 

Moniz Bandeira é o brasileiro indicado ao Nobel da Literatura

A União Brasileira de Escritores (UBE) indicou o nome do historiador Moniz Bandeira para o prémio Nobel de 2015.

 

Na sua obra destacam-se, no ensaio político, O Caminho da Revolução Brasileira (1963) e na poesia Verticais (1956), Retrato e Tempo(1960) e Poética (2009).

 

O presidente da UBE, Joaquim Maria Botelho, justifica esta escolha pela forma como Moniz Bandeira «vem repensando o Brasil há mais de 50 anos».

 

 Editora brasileira Jaguatirica instala-se em Lisboa

A editora brasileira Jaguatirica abriu um escritório em Lisboa. A chegada da editora a Portugal pretende fazer a ligação de escritores portugueses que queiram ser publicados no Brasil, e de escritores brasileiros que queiram lançar-se na Europa. 

 

Para inaugurar esta chegada serão lançados, ainda este ano, O Tempo Exato, antologia poética de António Carlos Cortezuma, e uma obra do poeta Luís Filipe Cristóvão ainda sem título anunciado.

 

Lia Calabre é a nova presidente da Casa de Rui Barbosa

A historiadora Lia Calabre foi anunciada nesta sexta-feira como a nova presidente da Fundação Casa de Rui Barbosa (FCRB).

 

Professora, é também autora de, entre outros, Políticas Culturais no Brasil: História e Contemporaneidade (2010) e de A Era do Rádio (2002), dois livros diretamente ligados às suas áreas de especialização:  políticas públicas para a cultura e história da rádio no Brasil.

 

A FCRB abriga não só o acervo de Rui Barbosa como também o arquivo de escritores e intelectuais brasileiros tais como Carlos Drummond de Andrade, João Cabral de Melo Neto e Clarice Lispector.