Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Blogtailors - o blogue da edição

Entrevista a António Lobo Antunes

10.11.14

 

«O sol bate nas cortinas e é entre elas que a conversa começa na casa onde vive na Rua do Conde de Redondo, em Lisboa, um antigo café. A olhar para uma fotografia nova na sala. A mãe. “Era muito bonita. Foi embora há menos de um mês.” Que idade na foto? “A gente tem a idade com que nasce. Dez, setenta. Ela era muito nova”.

 

A conversa alonga-se, uma tarde inteira. Pede algumas reservas. Vai sendo assim. Com interrupções e alguns entusiasmos sobre si enquanto protagonista de uma escrita que diz não controlar, rodeado pelos livros dos outros, por frases e palavras escritas a marcador nas paredes, como fazia em criança no quarto em casa dos pais, em Benfica. Essa casa que se fechou agora e pode voltar a abrir-se como museu, ou fundação. Não quer falar disso». Ler no Público.

 

«Em entrevista ao DN, António Lobo Antunes surpreende-se com os prémios literários que tem recebido. Não elogia Eça ou Camilo, nem os autores que ganharam o Prémio Leya». Ler no Diário de Notícias.