Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Blogtailors - o blogue da edição

Entrevista a Malcolm Gladwell

11.08.14

 

«A ficção não lhe interessa enquanto modo de contar uma história. Nada. Cabelo desalinhado, difícil de domar (costuma brincar com isso: é um traço de personalidade e um destino), este filho de uma jamaicana e de um canadiano, natural de Inglaterra, onde nasceu em 1963, e a viver em Nova Iorque, parte quase sempre de uma personagem para chegar a uma excepção que contraria uma regra. Malcolm Gladwell movimenta-se no território dos mal-entendidos, das ideias falsas ou das meias verdades. Dentro dessa fronteira, tanto podemos encontrá-lo a tentar explicar um fenómeno como o HIV – fê-lo em A Chave do Sucesso (2000), o seu primeiro livro, escrito no rescaldo da epidemia – como a possibilidade materializada de transformar um trauma numa vantagem, tema de David e Golias (2013), agora traduzido para português pela D. Quixote.» Ler no Público.