Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Blogtailors - o blogue da edição

Entrevistas Booktailors: Ana Saldanha

23.04.14

 

Ana Saldanha é a entrevistada do Blogtailors no mês de abril. A escritora, que se destaca pela vasta obra no domínio infantojuvenil e que é também tradutora, nomeia o livro que traduziu, mas que gostava de ter escrito.

 

Os jovens portugueses estão a ler mais? Há motivos para ter esperança?

Estão a ler mais e melhor. A leitura de obras de ficção e de não-ficção e a leitura e a escrita dos mais variados textos em todo o tipo de suporte têm agora um papel mais importante e abrangem um número muito maior de jovens do que na minha juventude.

 

A adolescência é mais parecida com um western ou com um centro comercial?

A adolescência é uma aventura com os perigos e os conflitos de um western e com as tentações e as alienações de um centro comercial. Em Texas, Uma Aventura no Faroeste, a protagonista está à espera dos amigos no Texas, um centro comercial fictício que aparece noutros livros meus.

 

Nos seus romances juvenis e contos, tem abordado temas fortes como a pedofilia, a gravidez na adolescência, a diabetes. É importante pôr os mais novos a refletir sobre esses temas através da leitura?

Não abordo esses temas com intenções didáticas explícitas. Também não pretendo veicular uma mensagem específica. É claro que as minhas reflexões e opiniões estão no texto e que quero estabelecer um diálogo com os meus leitores e proporcionar-lhes uma oportunidade para refletirem sobre esses tópicos.

 

Há temas tabu? E devem os pais controlar as leituras dos mais novos?

Não há temas tabu, mas há formas de tratar os temas que são mais adequadas a determinadas faixas etárias. Embora não defenda a censura, acredito que, como os pais e os encarregados de educação têm uma enorme responsabilidade na formação das crianças e dos jovens a seu cargo, têm também deveres e direitos na seleção do que lhes é apresentado. O ideal seria que os adultos lessem os livros previamente.

 

O humor é determinante para agarrar os leitores mais novos?

É determinante para agarrar todos os leitores, mas não é obrigatório que provoque gargalhadas; basta que provoque um sorriso de reconhecimento do absurdo de certos comportamentos ou diálogos, por exemplo. Mesmo nas situações mais trágicas é possível encontrar momentos de comédia. Uma frase que ouvi na rua: «Aproveitaram o funeral do avô para batizar a Teresinha.»

 

Discute-se muito o isolamento das crianças, que já não convivem tanto entre elas, fechando-se nas redes sociais e videojogos. Será que a leitura se pode pôr nesse mesmo patamar de convite ao isolamento?

É uma falácia dos nossos tempos, a do isolamento dos mais novos causado pelas novas tecnologias. As redes sociais, os videojogos, a Internet em geral podem propiciar esse isolamento, mas não são uma causa direta. Convidam ao convívio e à partilha. A leitura, muito menos: não isola, integra.

 

Leitora, tradutora e escritora: onde se sente mais feliz?

São três atividades que se complementam e me completam. Custa-me imaginar a minha vida sem uma delas — e menos ainda sem as três.

 

Que pergunta deveríamos ter feito e não fizemos?

Dos livros que já traduziu, qual gostaria de ter escrito? A resposta: Colheita, de Jim Crace, publicado pela Presença.

 

 

© Ana Saldanha

 

Ana Saldanha nasceu no Porto, em 1959. Tem uma licenciatura em Línguas e Literaturas Modernas pela Faculdade de Letras da Universidade do Porto e fez um mestrado em Literatura Inglesa e um doutoramento sobre a obra de Rudyard Kipling e Teoria da Tradução no Reino Unido. Entre as obras que traduziu destacam-se Longo Caminho para a Liberdade, a autobiografia de Nelson Mandela (Campo das Letras) e Uma História da Leitura, de Alberto Manguel (Presença). Escreveu cerca de três dezenas de livros para crianças e jovens, dos quais se destacam Três Semanas com a AvóUma Questão de CorO Papão no DesvãoPara Maiores de Dezasseis e O Galo que Nunca Mais Cantou. O seu livro mais recente é o romance juvenil Texas, Uma Aventura no Faroeste.

-

Conheça a oferta formativa da Booktailors no 1.º semestre de 2014Curso de Produção e Orçamentação GráficaEscrevi uma história para crianças – como posso melhorá-la?Curso de Revisão de Texto — nível intermédioOficina de Preparação de Original em Ambiente Digital, Curso de Livro Infantil.