Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Blogtailors - o blogue da edição

Sair para a rua

09.12.14

 

«Quando se passam alguns dias só a ler ficção e vai-se ver um filme é difícil entrar nele, mesmo quando o filme não é mau.

 

O filme parece completamente exterior a nós. Não podemos controlar a velocidade dele. Não podemos parar para pensar no que lemos.

 

Mesmo em casa ter de parar o filme e parar ou voltar atrás para rever uma cena é físico de mais, exigindo gestos. Parar de ler ou reler uma ou duas linhas é pacífico, sem descontinuidade». Leia a crónica de Miguel Esteves Cardoso no Público.