Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Blogtailors - o blogue da edição

José Sócrates na abertura do festival Literatura em Viagem

12.05.14

 

«A oitava edição do festival Literatura em Viagem (LeV), que este ano homenageou o escritor José Rentes de Carvalho, abriu na sexta-feira à noite, em Matosinhos, com uma conferência do ex-primeiro-ministro socialista José Sócrates, que propôs uma curiosa hierarquia de viagens, ordenando-as em três categorias, de acordo com a natureza e o grau de liberdade que proporcionam. Pelo meio, citou Miguel Torga e Jack Kerouac, e fechou com uma emocionada evocação de Arthur Rimbaud, um "escritor francês" que, com desarmante sinceridade, confessou ter "conhecido recentemente".» Ler no Público.

 

«O ex-primeiro-ministro começou por comparar a viagem com a actividade política. "Aproximam-se num aspecto: lidam ambas com o desconhecido, com o que não se pode prever, com a contingência." Une-as ainda o inevitável "exercício da decepção" e o "sentido da aventura". A propósito, Sócrates citou um verso do "grande poeta de Trás-os-Montes", Miguel Torga: "A aventura não é chegar, é partir". Um poeta pelo qual se começou a interessar apenas em adulto. "Lembro-me de viajar entre Lamego e a Régua quando era criança e aqueles 12 quilómetros eram insuportáveis. Achava aquilo rude, áspero. O meu pai chamava-me a atenção para a beleza da paisagem duriense, mas só quando li a palavra 'fraga' num poema de Torga é que comecei a amar a terra transmontana."» Ler no Expresso.

 

«José Sócrates que esteve dois anos em Paris a estudar Filosofia fez esta sexta-feira uma conferência dedicada à literatura e às viagens e não quis falar de política.» Ler na Renascença.