Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Blogtailors - o blogue da edição

Morreu o poeta espanhol Leopoldo María Panero

06.03.14

 

«Leopoldo María Panero considerado o enfant terrible da poesia espanhola surgida a partir da década de 1970, morreu esta quinta-feira aos 65 anos. O poeta terá morrido esta madrugada no Hospital Rey Juan Carlos I, em Gran Canária, onde estava internado na unidade psiquiátrica.» Ler no Público.

 

«Nascido em Madrid a 16 de Junho de 1948, Leopoldo María Panero é autor de uma obra "extremista", tantas vezes baseada nas suas experiências de vida. Além de ter passado parte dos anos que viveu em manicómios, o espanhol lutou ainda contra a dependência de drogas e álcool. Em Portugal, Leopoldo María Panero tem editado Poemas do Manicómio de Mondragón, pela editora Alma-Azul.» Ler no iOnline.

 

«Estudou Filosofia e Letras, mas acabaria por abandonar a universidade em protesto contra o "conhecimento formal", tendo passado várias fases da vida, a partir dos 19 anos, em hospitais psiquiátricos.» Ler no Correio da Manhã.