Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Blogtailors - o blogue da edição

No LeV, Laborinho Lúcio definiu Portugal nas palavras «amor» e «futuro»

12.05.14

 

«O antigo ministro Álvaro Laborinho Lúcio definiu Portugal através das palavras "amor" e "futuro" durante uma sessão no festival Literatura em Viagem (LeV), realçando que a dedicação a um país implica que a esperança não esmoreça.

 

Numa das últimas mesas do evento que decorre desde sexta-feira em Matosinhos, subordinado ao tema "O mapa da linguagem", o juiz conselheiro jubilado do Supremo Tribunal de Justiça foi instado a definir Portugal em duas palavras, tarefa que disse ter dificuldades em cumprir. Ainda assim, Laborinho Lúcio avançou com "amor" e "futuro".» Ler na Renascença.

 

«O antigo ministro da Justiça Laborinho Lúcio admitiu hoje a possibilidade de estar a emergir um pensamento único na sociedade atual, em que há cada vez uma maior tendência para agir sem refletir.» Ler no Notícias ao Minuto.

 

«Numa sessão do oitavo festival Literatura em Viagem, sobre o tema "O mapa da linguagem", Laborinho Lúcio recordou que esta situação permite que haja autores hoje, em forma de "humor negro", que refiram que se está "progressivamente a abandonar o tempo" em que se dizia "Penso, logo existo" para passar a uma era de "Não penso, logo ajo".» Ler no Correio da Manhã, aqui e aqui.