Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Blogtailors - o blogue da edição

Parlamento aprova trasladação de Sophia de Mello Breyner para o Panteão Nacional

21.02.14

 

«A Assembleia da República aprovou na tarde desta quinta-feira, por unanimidade, a concessão de honras de Panteão Nacional aos restos mortais de Sophia de Mello Breyner Andresen, assinalando os dez anos da morte da escritora e os quarenta anos do 25 de Abril.

 

No projecto de resolução lê-se que a concessão de honras de Panteão Nacional a Sophia de Mello Breyner Andresen é uma forma de homenagear "a escritora universal, a mulher digna, a cidadã corajosa, a portuguesa insigne" e uma evocação do seu exemplo de "fidelidade aos valores da liberdade e da justiça".» Ler no Público, no Jornal de Notícias, na RTP e no Sol.

 

«Segundo o diploma será agora constituído um grupo de trabalho, composto por representantes de cada grupo parlamentar com "a incumbência de determinar a data, definir e orientar o programa da trasladação, em articulação com as demais entidades públicas envolvidas".» Ler no Diário Digital.

 

«"Tenho um grande orgulho por esta iniciativa", disse a presidente da Assembleia da República, Assunção Esteves.» Ler no Diário de Notícias.

 

«A escritora Sophia de Mello Breyner Andresen, cuja trasladação do corpo para o Panteão Nacional foi votada esta quinta-feira por unanimidade, pelo Parlamento, é "uma das grandes referências cívicas" de Portugal, afirmou o presidente do Clube Pen Português, Casimiro de Brito.

 

"Sophia foi a maior poetisa do século XX e vai ficar para sempre na literatura portuguesa. Além disso, é o exemplo cívico e de qualidade humana", disse à Lusa Casimiro de Brito, acrescentando que a sua opinião é "consensual" no meio literário e na sociedade portuguesa.» Ler no Jornal de Notícias e na RTP.