Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Blogtailors - o blogue da edição

Porto Editora é a nova editora de Saramago

29.01.14

 

«As herdeiras do Prémio Nobel da Literatura escolheram a editora Porto Editora para substituir a Editorial Caminho que durante os últimos 35 anos publicou toda a obra de José Saramago.

 

O acordo entre as partes foi obtido ao final da manhã e acertado durante o almoço que se seguiu, após uma última ronda de negociações no início desta semana em torno de um contrato que pretende dar a dignidade à vasta obra que as herdeiras não encontraram num dos três principais grupos editoriais portugueses, o grupo Leya.» Ler no Diário de Notícias.

 

«As herdeiras de Nobel da Literatura português e a editora portuense firmaram esta quarta-feira um acordo de seis anos para a edição e promoção da obra literária do autor de Memorial do Convento e Ensaio sobre a Cegueira.

 

«Para além da edição em papel e e-book dos livros de Saramago em Portugal e nos países de língua oficial portuguesa, o texto do acordo – segundo o comunicado divulgado pela Porto Editora (PE) – contempla também "o compromisso de definir estratégias conjuntas de divulgação da obra do escritor em todo o mundo, com especial atenção à comunidade lusófona".

 

"É um privilégio acolhermos a vastíssima obra literária de um dos mais importantes escritores portugueses de sempre", diz Manuel Alberto Valente, o editor da PE que ficará responsável pela obra de Saramago, citado pelo referido comunicado. E acrescenta acreditar que "a Porto Editora é a melhor casa para um escritor da dimensão de José Saramago".» Ler no Público.

 

«Na escolha, as herdeiras elogiam o facto de a Fundação Círculo de Leitores (que integra o grupo Porto Editora) ter criado o Prémio Literário José Saramago, que "distingue jovens escritores de língua portuguesa", e sublinham o "impulso" que aquela fundação deu à carreira literária de José Saramago, com a edição de Viagem a Portugal em 1981.» Ler no iOnline.

 

«A decisão surge uma semana depois de a editora Editorial Caminho e as herdeiras de Saramago terem anunciado o fim de um acordo editorial sobre a publicação das obras do autor português.» Ler na RTP.

 

«Manuel Alberto Valente acaba de acrescentar ao catálogo da Porto Editora a obra do único Nobel da Literatura português. O editor, também vindo do Grupo Leya, em 2008, diz que é difícil calcular o impacto económico desta conquista.» Ler no Diário Económico.

 

Leia o comunicado da Fundação José Saramago aqui.