Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Blogtailors - o blogue da edição

Richard Flanagan foi a «escolha conservadora» mas «sólida» do primeiro Booker aberto a todo o mundo anglófono

16.10.14

 

«Em The Narrow Road to the Deep North, Flanagan, de 53 anos, conta a história do pai enquanto prisioneiro de guerra no Japão durante a II Guerra Mundial. A publicação em Portugal está prevista para o princípio de 2015 pela Relógio d'Água.»

 

«Foram precisos 12 anos e cinco diferentes versões da mesma narrativa até Richard Flanagan se dar por satisfeito com The Narrow Road to the Deep North, a história de um soldado australiano feito prisioneiro pelo exército japonês durante a II Guerra Mundial e obrigado a trabalhar na construção da Ferrovia da Birmânia, também conhecida como Ferrovia da Morte. “É o livro que Richard Flanagan nasceu para escrever”, disse o académico Anthony Grayling, presidente do júri do Man Booker Prize. E isto, neste caso, pode ser verdade em mais sentidos do que é hábito: The Narrow Road to the Deep North conta a história do pai do escritor.» Ler no Público.