Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Blogtailors - o blogue da edição

Romance inédito de Saramago será editado antes do verão

30.01.14

 

«O romance inédito de José Saramago Alabardas, alabardas, espingardas, espingardas será editado "antes do verão" pela Porto Editora (PE), que passa a publicar as obras do Nobel da Literatura, disse hoje [ontem] à Lusa fonte editorial.

 

O editor Manuel Alberto Valente, da PE, que passa a ser o editor de Saramago, disse à Lusa que "se chegou hoje a acordo e parte-se hoje [ontem]" para o que será a publicação da obra de José Saramago, na Porto Editora, "conforme caduquem os contratos de cada um dos seus títulos".» Ler no Diário de Notícias.

 

«O romance inédito que José Saramago estava a escrever quando morreu e que nunca concluiu vai ser o primeiro a ser publicado pela Porto Editora.» Ler na Renascença.

 

«"Há que estudar um grafismo próprio e ver a fixação muito cuidada do texto", disse à Lusa Manuel Alberto Valente, que vaticinou a saída de três ou quatro títulos, com a nova chancela editorial do escritor, "por alturas da Feira do Livro de Lisboa", em finais de maio.» Ler no Diário Digital.

 

«Em comunicado, Pilar del Río e Violante Saramago Matos, sustentaram que a Fundação e a PE "vão definir estratégias conjuntas de divulgação da obra do escritor em todo o mundo, com especial atenção à comunidade lusófona".» Ler no iOnline.

 

«Na escolha, as herdeiras elogiam o facto de a Fundação Círculo de Leitores, que faz parte do Porto Editora, ter criado o Prémio Literário José Saramago, que "distingue jovens escritores de língua portuguesa", e sublinham o "impulso" que aquela fundação deu à carreira literária de José Saramago, com a edição de Viagem a Portugal em 1981.» Ler no Correio da Manhã.

 

«A Porto Editora festeja 70 anos de existência e, do seu catálogo, fazem parte autores como Sophia de Mello Breyner Andresen, Mário de Carvalho, Mário Cláudio, Eugénio de Andrade e Valter Hugo Mãe.» Ler no Sol e na RTP.