Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Blogtailors - o blogue da edição

Bertelsmann reforça presença no Brasil

16.07.12

 

O conglomerado alemão reforçou a sua presença no Brasil com a abertura de um centro de operações local em São Paulo. O escritório, que é o quinto do género da empresa no mundo, integra-se na sua estratégia de expansão para países emergentes. Presente no Brasil nas áreas de produção televisiva, imprensa, tecnologia e edição de livros em espanhol através da Mondadori, a Bertelsmann pretende agora expandir os seus negócios em segmentos como a educação e media digitais. O Brasil tornou-se recentemente um mercado muito apetecido para as editoras internacionais, com a Santillana a investir 20 milhões de euros para equipar escolas brasileiras com um programa de ensino específico através de iPad apelidado «Uno». Para ler aqui e aqui.

A compra da Bertrand pela Porto Editora, na imprensa

13.04.10
«A Porto Editora confirmou hoje a compra do Direct Group em Portugal, que inclui 54 livrarias Bertrand, o clube de leitura Círculo de Leitores e quatro editoras.» Ler no Público.

«O Grupo Porto Editora anunciou hoje um acordo de promessa de compra e venda da Bertrand e Círculo de Leitores, activos do DirectGroup Bertelsmann em Portugal.» Ler nos jornais i e Expresso.

«O Grupo Porto Editora revelou esta terça-feira que tem um acordo de promessa de compra e venda da Bertrand e Círculo de Leitores com o DirectGroup Bertelsmann.» Ler no Diário Digital.

«A Porto Editora anunciou que chegou a um “acordo de promessa de compra e venda sobre os activos do DirectGroup Portugal”. Esta empresa, do grupo alemão Bertelsmann detém em Portugal uma rede de editoras (Pergaminho, Quetzal, Temas & Debates e ArtePlural Edições) e as livrarias Bertrand. Além disso, controla ainda o Circulo de Leitores.» Ler no Correio da Manhã.

Bertelsmann descarta venda da gráfica Printer

11.12.09
«A decisão do grupo Bertelsmann de desinvestir em Portugal não vai afectar a Printer, a gráfica que a empresa alemã controla. De resto, o Diário Económico apurou que a Printer acaba de ganhar um contrato de 17,5 milhões de euros junto da casa mãe, para produzir, ao longo dos próximos cinco anos, livros para o Reader's Digest.» Ler no Diário Económico.

Morgan Stanley será assessor financeiro na venda da Bertrand

09.12.09
«O Morgan Stanley foi o banco escolhido para assessor financeiro no processo de venda dos activos portugueses do grupo alemão Bertelsman, apurou o Diário Económico. No pacote estão incluídos dois grupos, a DG Portugal, que inclui a livraria Bertrand, o Círculo de Leitores e as editoras Bertrand, Pergaminho, Temas & Debates e Quetzal; e o Librerias Bertrand, a rede de lojas da livraria portuguesa em Espanha.» Ler no Diário Económico.

Bertelsmann coloca Bertrand e Círculo de Leitores à venda

07.12.09
«O grupo alemão Bertelsmann colocou à venda os seus activos em Portugal, onde se destaca a rede de livrarias Bertrand, o clube Círculo de Leitores e as suas editoras [Bertrand, Pergaminho, Temas & Debates e Quetzal], apurou o Diário Económico junto de fontes ligadas ao processo. Este é mais um passo na estratégia de desinvestimento do Direct Group a nível internacional, anunciada há cerca de um ano.» Ler no Diário Económico.

«Por “opções estratégicas”, o grupo alemão Bertelsmann está a avaliar a venda de todos os negócios que detém em Portugal, que incluem a rede de livrarias e editora Bertrand, o Círculo de Leitores e as editoras Pergaminho, Temas & Debates e Quetzal.» Ler no Público.

«O grupo alemão Bertelsmann disse hoje à Lusa estar em «negociações intensivas com várias partes» para avaliar a reposição dos seus activos em Portugal, entre os quais a Bertrand e o Círculo de Leitores, admitindo poder vender estes negócios.» Ler no Diário Digital.

«O grupo alemão Bertelsmann pôs à venda os seus activos em Portugal, o que inclui a rede de Livrarias Bertrand, o Círculo de Leitores e as suas editoras (Bertrand, Pergaminho, Temas & Debates e Quetzal), noticia o Diário Económico.» Ler no jornal i.