Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Blogtailors - o blogue da edição

Diáspora — Festival Literário de Belmonte em destaque na imprensa

10.11.14

 

A primeira edição do Diáspora — Festival Literário de Belmonte decorreu nos dias 7, 8 e 9 de novembro, em Belmonte.

 

O escritor Bruno Vieira Amaral esteve em destaque na imprensa a propósito do lançamento do seu novo livro em janeiro de 2015, sobre as igrejas evangélicas em Portugal. «A publicação da obra, intitulada Aleluia, foi anunciada hoje ao fim da tarde num debate da 1.ª edição do Diáspora — Festival Literário de Belmonte, em que o autor participava, juntamente com os escritores Afonso Cruz e Valério Romão, sobre a dicotomia campo-cidade e sobre se faz sentido falar-se em interioridade no caso de um país tão pequeno como Portugal». Leia no Diário Digital.

 

«O desafio era lançado pela frase de Fernando Pessoa: “Gostava de estar no campo para poder gostar de estar na cidade”. Para a conversa estavam convocados os escritores Afonso Cruz, Valério Romão e Bruno Vieira do Amaral. Do painel, apenas o autor de “A Boneca de Kokoschka”, Afonso Cruz vive no campo, em pleno Alentejo». Ler na Rádio Renascença.

 

O autor Francisco José Viegas também mereceu destaque na imprensa a propósito da sua participação no primeiro debate do Festival Literário de Belmonte, acerca do papel do livro nas religiões. «O livro sagrado — Bíblia, Tora ou Alcorão — é “o único lugar em que a religião é um fator de paz”, defendeu o escritor Francisco José Viegas, num debate sobre o papel do livro nas principais religiões.» Leia no Público, no Diário Digital e no Jornal de Oleiros.

 

«As ruelas de Belmonte, debruadas pelo musgo e pontilhadas pelo azevinho, foram as vias de fuga dos judeus, quando perseguidos pelos cristãos. As sombras húmidas dos becos albergam segredos de horrores passados. A vila, berço de Pedro Álvares Cabral, teve gente sua queimada nas fogueiras da inquisição. A terra do descobridor do Brasil recebeu e promoveu o seu primeiro Festival Literário (produção Booktailors) no passado fim de semana». Ler no Diário Digital.

 

«Em Belmonte, a vila portuguesa que viu nascer o navegador Pedro Alvares Cabral, que descobriu o Brasil, está patente desde este sábado uma exposição dedicada ao “Mar” e ao “Futuro”. No Ecomuseu do Zêzere, a mostra revela o trabalho do ilustrador André Letria e do autor Ricardo Henriques. Imagens que têm tradução em dois livros que são mais do que dicionários». Ler na Renascença.

 

«No Festival Literário que decorre em Belmonte até domingo escutaram-se este sábado críticas dos escritores à actual governação. Numa mesa de debate sobre viagens falou-se de política com os autores Miguel Real, Deana Barroqueiro e João Morgado». Ler na Rádio Renascença.

 

«No festival literário “Diáspora”, em Belmonte, foi Eça de Queirós quem deu o mote para a conversa que rodou em tornou do romance histórico e das biografias.

 

“É o coração que faz o carácter” a afirmação é do escritor Eça de Queirós e serviu de mote à conversa entre Isabel Stiwell, autora das biografias de Filipa de Lencastre, Rainha D. Amélia ou Catarina de Bragança, e Joaquim Vieira, que assinou por exemplo as fotobiografias de Salazar, Marcelo Caetano ou Almada Negreiros». Ler na Rádio Renascença.

«Diáspora» - Festival Literário de Belmonte – programação do dia

09.11.14

 

 

Domingo, dia 9 de novembro

 

15.00 | MESA 5 — «GOSTAVA DE ESTAR NO CAMPO PARA PODER GOSTAR DE ESTAR NA CIDADE», FERNANDO PESSOA

Debate moderado por Tito Couto, com a participação de Afonso Cruz, Bruno Vieira Amaral e Valério Romão. A sessão é subordinada ao tema «É um dos lugares comuns mais repetidos da literatura mundial: d’ A Cidade e as Serras a Bouvard e Pecouchet, o campo e a cidade continuam a ser rasgados por trincheiras literárias. Num país tão pequeno, há espaço para o interior?». Auditório Municipal

 

16.30 | CONFERÊNCIA DE ENCERRAMENTO

Conferência «As Margens», por Álvaro Laborinho Lúcio. Auditório Municipal

-

A Booktailors já está a divulgar a sua oferta formativa para o 2.º semestre de 2014Curso de Revisão de Texto - nível inicial.

«Diáspora» - Festival Literário de Belmonte – programação do dia

08.11.14

 

Sábado, 8 de novembro

 

11.30 |MAR, DE ANDRÉ LETRIA E RICARDO HENRIQUES

Apresentação do livro Mar, de André Letria e Ricardo Henriques. Ecomuseu do Zêzere

 

14.30 | MESA 2 — «QUANDO DECIDIMOS VER AS NAÇÕES COMO QUEREMOS, NÃO PRECISAMOS DE SAIR DE CASA», ASTOLPHE DE CUSTINE

Sessão com a moderação de Tito Couto e com a participação de Deana Barroqueiro, Miguel Real e João Morgado. Pretende-se responder às seguintes questões: «Já ninguém viaja sem levar preconceitos na mala. Pedro Álvares Cabral foi um dos últimos viajantes verdadeiramente livres? Em que medida estas viagens mudaram verdadeiramente o nosso país?». Auditório Municipal

 

16.00| MESA 3 — UM PAÍS EM SEGUNDA MÃO

Debate sobre a emigração. Karla Suárez e Ricardo Dias Felner procurarão responder à perfunta «do bidonville francês à mátria castelhana, como é viver num país desenhado para outros?», com a moderação de Júlio Magalhães. Auditório Municipal

 

17.30 | MESA 4 — «É O CORAÇÃO QUE FAZ O CARÁTER», EÇA DE QUEIRÓS

Sessão sob o tema «que papel desempenha a emoção na história dos grandes personagens? Uma biografia faz-se mais de factos ou de sentimentos e emoções? Biografar é também emocionar o leitor?». Os convidados são Isabel Stilwell e Joaquim Vieira, com a moderação de Tito Couto. Auditório Municipal

-

A Booktailors já está a divulgar a sua oferta formativa para o 2.º semestre de 2014Curso de Revisão de Texto - nível inicial.

«Diáspora» - Festival Literário de Belmonte tem início hoje

07.11.14

 

Belmonte vai receber hoje, dia 7 de novembro, a primeira edição do Diáspora. A sessão inaugural terá lugar no Salão Nobre dos Paços do Concelho, pelas 21.00, e contará com a participação do presidente da Câmara Municipal de Belmonte.

 

Às 21.30 terá início o primeiro debate do programa do festival, que abordará o tema do livro nas religiões. A mesa contará com a presença dos convidados Sheikh David Munir e Francisco José Viegas, com a moderação do Padre Carlos Lourenço.

 

Consulte toda a informação no sítio oficial do festival, aqui.

«Diáspora» - Festival Literário de Belmonte tem início amanhã

06.11.14

 

Belmonte recebe amanhã, no dia 7 de novembro, a primeira edição do Diáspora. O evento decorrerá até dia 9 de novembro e receberá convidados como Afonso Cruz, Álvaro Laborinho Lúcio, André LetriaBruno Vieira Amaral, Deana Barroqueiro, Francisco José Viegas, Isabel Stilwell, Karla Suárez, João Morgado, Miguel Real, Sheikh David Munir e Valério Romão. 

 

Nesta primeira edição do Diáspora, haverá mesas-redondas de debate, exposições, concertos e também visitas às escolas. A cidade e o campo, a história e o presente, o livro e as religiões, todas estas definições estarão sob escrutínio durante três dias.

 

A encerrar o evento, destaque para a conferência inédita de um «jovem autor com um grande futuro atrás de si», Álvaro Laborinho Lúcio. Nesta conferência, intitulada «As Margens», Laborinho Lúcio fará várias abordagens ao conceito. Das personagens que são marginais à marginalidade da Cultura. Margens e periferia, serão concepções equivalentes? O que é viver à margem do litoral e até da Europa?

 

Consulte toda a informação no sítio oficial do festival, aqui.

«Diáspora» - Festival Literário de Belmonte em destaque na imprensa

30.10.14

 

«O “Diáspora – Festival Literário de Belmonte”, que se realiza entre os dias 07 e 09 de novembro para “levar a cultura literária a toda a população”, contará com a presença de 20 autores”, anunciaram hoje os organizadores.

 

O festival é promovido pela Câmara Municipal de Belmonte em parceria com uma empresa de consultores editoriais e terá uma componente dirigida ao público em geral e outra mais direcionada para a comunidade escolar, explicou à agência Lusa a vice-presidente da autarquia, Sofia Fernandes.» Ler no Correio da Manhã e no Observador.

 

«A cidade de Belmonte recebe a partir do próximo dia 7 de novembro a primeira edição do Diáspora, um festival que pretende reforçar a apetência cultural desta vila histórica.

 

Da ligação ao Brasil, passando pela relevância da sua comunidade judaica, Belmonte afirma-se como uma espécie de caleidoscópio de perspetivas sobre a língua, a identidade e a pertença.» Ler no jornal A Bola.

A literatura vai estar em debate em Belmonte e nem os marginais ficam de fora

28.10.14

 

A partir do próximo dia 7 de novembro, Belmonte recebe a primeira edição do Diáspora. Da ligação ao Brasil, passando pela relevância da sua comunidade judaica, Belmonte afirma-se como uma espécie de caleidoscópio de perspetivas sobre a língua, a identidade, a pertença.

 

Nesta primeira edição do Diáspora, haverá mesas-redondas de debate, exposições, concertos e também visitas às escolas. A cidade e o campo, a história e o presente, o livro e as religiões, todas estas definições estarão sob escrutínio durante três dias.

 

A encerrar o evento, destaque para a conferência inédita de um «jovem autor com um grande futuro atrás de si», Álvaro Laborinho Lúcio. Nesta conferência, intitulada «As Margens», Laborinho Lúcio fará várias abordagens ao conceito. Das personagens que são marginais à marginalidade da Cultura. Margens e periferia, serão concepções equivalentes? O que é viver à margem do litoral e até da Europa?

 

Nota: por motivos alheios à organização a realização do espetáculo «Trovas & Canções» foi cancelada.

De 7 a 9 de novembro, Belmonte promove o Festival Literário «Diáspora»

16.10.14

Logótipo Diáspora - Festival Literário de Belmo

 

 

 

Nos dias 7, 8 e 9 de novembro, Belmonte acolhe a primeira edição do Festival Literário «Diáspora», reunindo cerca de duas dezenas de autores. O evento pretende cruzar o universo da literatura com o património material e imaterial de uma comunidade rica em história.

 

Afonso Cruz, Álvaro Laborinho Lúcio, André Letria, Bruno Vieira Amaral, Deana Barroqueiro, Francisco José Viegas, Isabel Stilwell, Karla Suárez, João Morgado, Miguel Real, Sheikh David Munir e Valério Romão são alguns dos convidados que vão passar pelo Auditório Municipal de Belmonte, durante o fim de semana.

 

A programação oficial do festival contará ainda com o espectáculo «Trovas & Canções», de Ruy de Carvalho. Uma celebração da poesia portuguesa, de Pedro Homem de Mello, a José Luís Gordo, sem esquecer José Afonso, Adriano Correia de Oliveira e Manuel Alegre.

 

A par da programação do festival, decorrerão ainda sessões nas escolas do concelho, promovendo o contacto com a literatura e ilustração para a infância. Estas sessões serão ainda complementadas com as exposições «Mar» e «Futuro», da autoria de André Letria.

 

Com esta 1.ª edição, o Festival Literário «Diáspora», de periodicidade anual, pretende «celebrar a diversidade e a visão de todos aqueles que trabalham pela promoção da cultura portuguesa no estrangeiro».

 

Consulte toda a informação no sítio oficial do festival, aqui.