Booktailors - Consultores Editoriais
info@booktailors.com

Apartado 21350

EC Praça do Município

1132-001 Lisboa
(+351) 213 461 266

Facebook Booktailors
Twitter Booktailors




Facebook Bookoffice
Para receber a nossa newsletter, envie um e-mail para formacao@booktailors.com.
Editoras Nacionais
  • Zero a Oito
  • Livrarias Nacionais
    Livrarias on-line
    Editoras Brasileiras
    Imprensa Brasileira
    Blogosfera Brasileira
    Eventos no Brasil
    Imprensa Internacional

    Associações e Institutos de Investigação
    Feiras internacionais
    Ter, 16/Set/14
    Ter, 16/Set/14

    Conheça os restantes aqui.

    Etiquetas:

    por Booktailors às 17:00 | comentar | partilhar

    Ter, 16/Set/14

    Revisão de Texto — nível inicial,

    por Nuno Quintas

     

    Objetivos:

    No curso de formação de Revisão de Texto, nível inicial, apresentam-se as ferramentas e metodologias indispensáveis ao exercício da atividade de revisor. Partindo de uma abordagem expositiva, pretende-se uma aplicação prática dos conhecimentos, nomeadamente com a análise de livros de estilo e a revisão de jogos de provas; exploram-se ainda as principais funcionalidades de edição e revisão em ficheiro digital.

     

    Público-alvo

    Este curso de formação destina-se tanto a quem exerça funções de âmbito editorial quanto a profissionais do texto ou interessados em questões relacionadas com a língua portuguesa.

     

    Formador:

    Nuno Quintas é mestre em Edição de Texto (Universidade Nova de Lisboa, 2010), pós-graduado em Gestão Cultural (Universidade Lusófona de Humanidades e Tecnologias, 2006) e licenciado em Línguas e Literaturas e Modernas, Estudos Portugueses e Ingleses (Universidade Nova de Lisboa, 2001). Consultor editorial da Booktailors desde 2009; tradutor e revisor literário e técnico (gestão, marketing, recursos humanos, informática e videojogos), desde 2005. Formador certificado pelo Instituto de Emprego e Formação Profissional.

     

    Programa:

    1. A revisão no ciclo de produção editorial

    1.1. Perfil e competências do revisor

    1.2. Tipos de revisão: abordagens restritivas e extensivas

    1.3. Níveis e fases de revisão: da normalização aos ozalides

    1.4. Técnicas de revisão e normalização em ficheiro

     

    2. A sinalética de revisão de provas

    2.1. A sinalética portuguesa

    2.2. Convenções e recomendações de marcação

    2.3. Os jogos de provas: exemplos práticos de marcação

     

    3. Tópicos para normalização tipográfica e linguística

    3.1. A maiúscula, a minúscula e os versaletes

    3.2. O itálico

    3.3. A numeração

    3.4. O hífen

    3.5. A translineação

    3.6. As aspas e os parênteses

    3.7. O travessão e as riscas

    3.8. As notas

     

    4. Recomendações metodológicas e bibliográficas

     

    Dados técnicos:

    N.º de sessões: 6.

    Datas: 25 e 27 novembro, 2, 4, 9 e 11 de dezembro.

    Horário: 18.30-21.30.

    Total de horas: 18.

    Propina: 165 €.

    Descontos: 10 % para ex-alunos Booktailors, estudantes ou formandos que realizem pagamentos a pronto. Desconto máximo acumulável: 20 %.

    Local da formação: Bookoffice — Travessa das Pedras Negras, n.º 1, 3.º direito, 1100 - 404 Lisboa.

     

    Para se inscrever, por favor envie CV (com a referência: Rev1 nov 2014) para:formacao@booktailors.com.

    Etiquetas:

    por Booktailors às 15:00 | comentar | partilhar

    Ter, 16/Set/14

     

    «Com um livro de gramática e um CD para trabalhar a pronúncia, os espetadores da série "A Guerra dos Tronos" vão poder aprender Dothraki já a partir de outubro.» Ler no Jornal de Notícias.


    por Booktailors às 12:30 | comentar | partilhar

    Ter, 16/Set/14

    Escrevi uma história para crianças. Como posso melhorá-la? - nível inicial,

    por Margarida Fonseca Santos

     

    Objetivos:

    Escreve-se muito para crianças, mas será esta escrita apurada, desafiante, divertida e profunda? Os perigos espreitam, com moralidades impostas, textos simplistas em vez de claros e intensos, com muletas em excesso, pois acreditamos, erradamente, que funcionam. Neste curso de 9 horas, iremos trabalhar sobre textos já construídos e perceber como podemos melhorá-los, subverter-lhes a previsibilidade, torná-los fonte de prazer, pensamento e crescimento, sem impor nada ao leitor.

     

    Público-alvo

    Autores de textos para crianças.

     

    Formadora:

    Margarida Fonseca Santos foi professora de Pedagogia e de Formação Musical em várias escolas, nomeadamente na Escola Superior de Música de Lisboa. Começou a escrever em 1993. Estudou Escrita Criativa, Escrita para Teatro, Guionismo e Curta-Metragem. Tem vários livros publicados, sendo a maioria na área infantojuvenil, estando mais de metade incluídos no PNL. Ganhou vários prémios literários em conto, novela e romance. Escreve regularmente para teatro, tanto para crianças como para adultos. Dinamiza oficinas de escrita criativa, escrita para teatro e escrita para crianças e jovens. O seu último romance é De Zero a DezEscrita em dia (2013) é um manual de escrita criativa, recheado de estratégias e exemplos. Publica todos os meses, no Suplemente de Educação do Jornal de Letras, Artes e Ideias, um conto. É responsável pelo blogue Histórias em 77 palavras.

     

    Programa:

    1. A moralidade – o maior perigo

    2. Personagens, espaço e tempo – a ação como ponto de partida

    3. Diferença entre simplicidade e texto simplista

    4. A metáfora na escrita para crianças

    5. Narradores da vida real

     

    Dados técnicos:

    N.º de sessões: 3.

    Datas: 30 de setembro, 7 e 14 de outubro de 2014.

    Horário: 18.30 – 21.30.

    Total de horas: 9.

    Propina: 90 €.

    Descontos: 10 % para ex-alunos Booktailors, estudantes ou formandos que realizem pagamentos a pronto. Desconto máximo acumulável: 20 %.

    Local da formação: Bookoffice — Travessa das Pedras Negras, n.º 1, 3.º direito, 1100 - 404 Lisboa.

     

    Para se inscrever, por favor envie CV (com a referência: EHC set 2014) para: formacao@booktailors.com.

    Etiquetas:

    por Booktailors às 12:00 | comentar | partilhar

    Ter, 16/Set/14

     

    «A Morte de Wolverine (The Death of Wolverine) relata a história da última batalha deste super-herói, ao longo de quatro edições, com final marcado para o próximo dia 24 de setembro. Numa entrevista durante a C2E2, o escritor desta série, Charles Soule, confessou que a última história será "brutal", mas haverá espaço para falar sobre "partes importantes do seu legado".» Ler no Correio da Manhã.


    por Booktailors às 11:30 | comentar | partilhar

    Ter, 16/Set/14

     

    «Entre 22 e 26 de Setembro, Alexandra Lucas Coelho, Tiago Salazar e Pedro Loureiro integrarão em vários locais do concelho residências literárias e artísticas. Destaque ainda para vários workshops e visitas às escolas do concelho.

     

    No dia 27, a conferência inaugural está a cargo do escritor de viagens e jornalista Javier Reverte. Ao longo de dois dias, no Fundão, Alpedrinha e Castelo Novo, nomes como Hélia Correia, Luandino Vieira, Teolinda Gersão, Pedro Mexia, José Mário Silva, Miguel Real, entre muitos outros, falarão sobre a Viagem na sua obra e no seu percurso pessoal e literário.» Ler no Diário Digital.

    Etiquetas: ,

    por Booktailors às 11:00 | comentar | partilhar

    Ter, 16/Set/14

     

    «Powell é um escritor superior, vexado pela inferioridade social que sente. Proust é um génio do aproveitamento do eu, usando o snobismo como pano de fundo.» Leia a crónica de Miguel Esteves Cardoso no Público.


    por Booktailors às 10:47 | comentar | partilhar

    Ter, 16/Set/14

    Ele só queria um livro de jeito para ler no comboio.

     

    Parece mentira, mas foi precisamente essa a razão que levou Allen Lane a fundar a Penguin em 1935. Lane era então o diretor da Bodley Head, uma editora inglesa que publicava principalmente livros académicos, ou de cariz mais intelectual, mas publicava também alguns autores mais populares, como Agatha Christie.

     

    Ao regressar de uma visita a casa de Christie em Devon, enquanto esperava pelo comboio de regresso a Londres, Allen Lane quis comprar um livro para ler na viagem. No entanto, ao examinar a seleção oferecida na tabacaria da estação, ficou horrorizado com a falta de qualidade dos livros disponíveis e teve um momento de revelação: apercebeu-se de que não existia literatura de qualidade produzida a um preço acessível ao público comum.

     

    Até então, havia uma linha bem demarcada praticada por todas as editoras. Por um lado, a literatura contemporânea de qualidade, que era exclusivamente dedicada às classes dominantes e abastadas – uma vez que, na opinião da elite literária da época, tal tipo de livros só poderia interessar e ser compreendido por um leitor com educação e bom berço. Estes livros só existiam em edições luxuosas, com capas forradas a cabedal, disponíveis a preços elevados em livrarias tradicionais ou então em bibliotecas, que eram exclusivamente frequentadas pela elite académica. No extremo oposto, existiam os romances de cordel ou de aventura, com um conteúdo tão barato como o papel em que eram impressos. Era esse tipo de livro que as editoras acreditavam interessar às «massas populares», e por isso não viam motivo para entrecruzar os dois mundos. Até àquela tarde na plataforma da estação de Exeter.

     

    Allen Lane, pelo contrário, acreditou que a maioria das pessoas estaria interessada em literatura contemporânea de qualidade. E apostou tudo nessa convicção. Foi assim que surgiu a Penguin e os primeiros livros de bolso. Custavam o mesmo que um maço de tabaco (era até esse o slogan publicitário utilizado pela editora) e eram vendidos em todo o lado: tabacarias, estações de comboio e drogarias. Os primeiros livros de bolso da Penguin surgiram no verão desse ano, 1935, e incluíam autores como Ernest Hemingway, Agatha Christie e André Maurois. Tinham um design facilmente identificável (e que se tornou icónico) e apresentavam cores diferentes dependendo da categoria: cor de laranja para livros de ficção, azul para biografias, verde para policiais.

     

    Imagem retirada daqui.

     

    Esta decisão corajosa e visionária alterou irreversivelmente a forma como o público encarava os livros: deixaram de ser mais um dos muitos elementos que separavam as diferentes classes sociais, e passaram a ser um fator nivelador dessas mesmas classes e uma forma de o público aceder ao conhecimento e à educação independentemente das suas origens e poder económico. Revelou ser também uma decisão lucrativa: só no primeiro ano, a Penguin vendeu três milhões de livros de bolso. Durante a Segunda Guerra Mundial, os livros de bolso da Penguin eram muitíssimo cobiçados, uma vez que cabiam perfeitamente no bolso da frente das fardas dos soldados, e a editora viveu um período de crescimento fulgurante, apesar do racionamento de papel. Graças à aposta nos leitores, ao design icónico, simples e irreverente, e ao investimento na qualidade e talento dos autores, a Penguin é, até hoje, uma das editoras mais bem-sucedidas e mais adoradas no mundo inteiro.

     

    Fazer parte de uma editora com este historial é profundamente gratificante, e traz também consigo uma responsabilidade acrescida: a de tentar fazer justiça a uma figura que alterou para sempre o mundo editorial e que deu início a uma revolução literária talvez só comparável à que está a acontecer agora com o advento dos e-books.

     

    Atualmente, a Penguin procura perpetuar o mesmo espírito empreendedor de Allen Lane publicando a maior parte dos livros em todas as plataformas disponíveis (capa dura em formato grande, capa mole em formato pequeno, e-book, audiolivro, e até como app, nalguns casos). A tecnologia e as plataformas podem ter evoluído desde aquele dia na plataforma da estação de Exeter há 80 anos, mas o princípio de tornar todo o tipo de livros acessível ao maior número de pessoas continua o mesmo: o princípio de democratizar o acesso à literatura.

     

    Fotografia de Allen Lane. Retirada daqui.

     

     

     

     

    Rita Matos é licenciada em Línguas e Literaturas Modernas, vertente de Inglês e Francês, e concluiu o curso de especialização para Técnicos Editoriais, ambos na FLUL. Trabalhou em tradução para audiovisuais durante um ano antes de ir viver para Inglaterra, em 2004. Trabalhou três anos na Blackwell Publishing, em Oxford, e trabalha há seis anos na Penguin, em Londres, na área de Produção. Pretende regressar a Portugal e trabalhar numa editora portuguesa.

    -

    A Booktailors já está a divulgar a sua oferta formativa para o 2.º semestre de 2014: Escrevi uma história para crianças. Como posso melhorá-la? - nível inicial, Curso de Livro Infantil, Curso de Revisão de Texto - nível inicial.

    Etiquetas: ,

    por Booktailors às 09:00 | comentar | ver comentários (1) | partilhar

    Seg, 15/Set/14
    Seg, 15/Set/14

     

    «Quando a Câmara Municipal de Rui Moreira quiser retomar o diálogo para a organização futura da Feira do Livro do Porto, a APEL (Associação Portuguesa de Editores e Livreiros) estará disponível para falar e, quem sabe, voltar. Foi o que João Alvim, presidente da associação, defendeu nesta segunda-feira, destacando, no entanto, que a Feira do Livro de Lisboa, organizada pela APEL, e a Feira do Livro do Porto, organizada pela Câmara desta cidade, são eventos distintos com objectivos também eles diferentes.» Ler no Público.

     

    «A Associação Portuguesa de Editores e Livreiros (APEL) está disponível para voltar a organizar a Feira do Livro do Porto, desde que se negoceie um acordo plurianual com a autarquia, disse hoje à Lusa João Alvim, presidente daquela entidade.

     

    "Não se pode andar a organizar e a deixar de organizar ao sabor das boas e más vontades e de guerras políticas", considerou o presidente da APEL, ressalvando que a duração de um possível acordo seria " uma coisa a discutir" com a autarquia e frisando que "não se pode é andar numa situação de 'umas vezes sim, outras vezes não'".» Ler no Diário Digital e no Correio da Manhã.

     

    «João Alvim declarou ainda que a Feira do Livro do Porto, "tal como foi desenvolvida este ano, é uma feira estruturalmente diferente daquela que a APEL faz", explicando que, embora até possa ser "um evento interessante, com muitas atividades", difere do modelo da APEL porque esse "não tem como objetivo o negócio" mas a "divulgação e promoção do livro, dos autores e da leitura".» Ler no Diário de Notícias.

     

    «Em mais de oito décadas de realização do evento, este é o primeiro ano em que que a Câmara do Porto assume a total organização da Feira do Livro, antes promovida pela APEL, com quem o município mantinha um diferendo quanto aos custos da iniciativa.» Ler no iOnline.


    por Booktailors às 19:10 | comentar | partilhar

    Seg, 15/Set/14

    Saiba quais são aqui.

    Etiquetas:

    por Booktailors às 17:00 | comentar | partilhar

    Seg, 15/Set/14

     

    «O mercado livreiro em Portugal registou uma quebra de edições e faturação entre 2009 e 2012, revela a Associação Portuguesa de Livreiros (APEL).

     

    Em 2012, havia em Portugal 562 livrarias, menos 132 que em 2004, o "primeiro ano com dados", segundo a APEL. Em 2012 registaram-se 442 editoras, dados que revelam uma quebra no número destas empresas desde 2008, conclui o estudo "Comércio livreiro em Portugal - Estado da Arte na segunda decada do século XXI".

     

    O estudo hoje revelado aponta ainda quebras nos volumes de negócios no mercado livreiro. No caso das editoras, a faturação registou depois de 2008, ano em que se atingiu um pico com 404 milhões de euros, uma queda contínua até 2012, em que situou nos 356 milhões de euros.» Ler no Diário Digital e na Visão.

     

    «A edição de e-books, que segundo o estudo registou "um forte crescimento" a partir de 2010, não chegou para compensar as quebras nas edições em papel. A venda de livros, jornais e artigos de papelaria nas grandes superfícies registou em 2009 um pico, com 229 milhões de euros de faturação, verificando-se a partir desse ano uma quebra, com a faturação, em 2012, a situar-se nos 203 milhões de euros.» Ler no Observador.

     

    «Para João Alvim estes resultados "refletem uma alteração do retalho livreiro em Portugal e as dificuldades que o retalho independente vive". O presidente da APEL defende ainda que "a ação de livreiros especializados tem sido seriamente afetada pela pirataria. "Já devia ter havido uma intervenção governamental neste sentido. É preciso penalizar a sério porque a pirataria afeta seriamente a atividade de editores e livrarias", refere João Alvim.» Ler no Correio da Manhã.

     

    «Estas são as principais conclusões de um estudo encomendado pela Associação Portuguesa de Editores e Livreiros (APEL) ao ISCTE-IUL, depois de no ano passado várias livrarias independentes terem acusado redes livreiras como a FNAC e a Bertrand de violarem a lei do preço fixo do livro. As conclusões não são propriamente uma novidade mas para o presidente da APEL vêm dar força à necessidade de uma mudança no mercado livreiro, que precisa de ser dinamizado.» Ler no Público.

     

    «Estes dados afastam Portugal da média dos 27 países europeus em número de livrarias, afirma APEL. Entre 2008 e 2011, Portugal registou menos 9,1 por cento de empresas livreiras, enquanto na União Europeia o crescimento neste setor se situou nos 15 por cento.» Ler na RTP.


    por Booktailors às 15:00 | comentar | partilhar

    Seg, 15/Set/14

     

    Retirado daqui.

    Etiquetas:

    por Booktailors às 15:00 | comentar | partilhar

    Seg, 15/Set/14

     

    «O vencedor do Prémio Literário Cidade de Almada 2014, na modalidade romance, é conhecido na próxima quinta-feira, 18 de Setembro, a partir das 21.00 horas, no Fórum Municipal Romeu Correia – Sala Pablo Neruda.

     

    Em 2014, concorreram ao Prémio Literário Cidade de Almada 61 obras literárias originais. Os romances em competição foram avaliados por um painel de jurados constituído por Serafina Maria Grazina Martins, em representação da Câmara de Almada, José Correia Tavares, em representação da Associação Portuguesa de Escritores, e José do Carmo Francisco, em representação da Associação Portuguesa dos Críticos Literários.» Ler no Diário Digital.

    Etiquetas: ,

    por Booktailors às 14:30 | comentar | partilhar

    Seg, 15/Set/14

     

    A Apple pode agora começar a reembolsar os seus clientes, na sequência do processo de cartelização do preço de livros digitais em que participou e do acordo estabelecido. Os consumidores que optarem por não receber os seus pagamentos e processarem a empresa terão até 31 de outubro para o fazer. Ler aqui.


    por Booktailors às 12:00 | comentar | partilhar

    Seg, 15/Set/14

     

    «Uma breve pesquisa na internet e irá descobrir que Bram Stoker roubou a namorada a Oscar Wilde, que a escritora francesa Colette teve um caso com o seu enteado e que Simone de Beauvoir gostava de recrutar amantes para o seu marido. Foi com os casos amorosos de escritores famosos em mente que o blogue norte-americano The Airship criou um gráfico que mostra os romances de poetas, antigas estrelas de Hollywood e outros ícones culturais do início do século XX.» Ler no Observador.

    Etiquetas: ,

    por Booktailors às 11:00 | comentar | partilhar

    Seg, 15/Set/14

     

    «É caríssimo mandar um livro pelo correio. Parece que os correios nacionais nos querem empurrar para a Amazon.» Leia a crónica de Miguel Esteves Cardoso no Público.


    por Booktailors às 10:45 | comentar | partilhar

    Seg, 15/Set/14

     

    «Aquilino voltou a Portugal há 100 anos. Regressava do primeiro exílio político. Estivera refugiado em Paris, devido à participação revolucionária contra a ditadura de João Franco.»

     

    «Todavia, de 1908 a 1914, Aquilino partilhou a festa da vida e as torrentes da cultura, conheceu as obras dos escritores, poetas e artistas plásticos já consagrados e alguns representantes das vanguardas. Privilegiou, acima de tudo, os primores do convívio e da amizade. Matriculou-se na Sorbonne para cursar estudos clássicos. Ouviu as preleções de Jerôme Carcopinau, de Bergson e outros mestres famosos.» Leia a crónica de António valdemar no Público.


    por Booktailors às 10:40 | comentar | partilhar

    Seg, 15/Set/14

     

    Um excerto do novo livro de Mário de Carvalho, um artigo do músico Kalaf Epalanga e uma entrevista ao escritor Afonso Cruz são alguns dos artigos da revista LER deste trimestre. Via Mundo Pessoa.

     

    Consulte o blogue da revista LER aqui.

    -

    A Booktailors já está a divulgar a sua oferta formativa para o 2.º semestre de 2014: Escrevi uma história para crianças. Como posso melhorá-la? - nível inicial, Curso de Livro Infantil, Curso de Revisão de Texto - nível inicial.


    por Booktailors às 09:00 | comentar | partilhar

    Dom, 14/Set/14
    Dom, 14/Set/14

     

    -

    A Booktailors já está a divulgar a sua oferta formativa para o 2.º semestre de 2014: Escrevi uma história para crianças. Como posso melhorá-la? - nível inicial, Curso de Livro Infantil, Curso de Revisão de Texto - nível inicial.

    Etiquetas: ,

    por Booktailors às 09:00 | comentar | partilhar

    Sáb, 13/Set/14
    Sáb, 13/Set/14

     

    -

    A Booktailors já está a divulgar a sua oferta formativa para o 2.º semestre de 2014: Escrevi uma história para crianças. Como posso melhorá-la? - nível inicial, Curso de Livro Infantil, Curso de Revisão de Texto - nível inicial.


    por Booktailors às 09:00 | comentar | partilhar

    Sex, 12/Set/14
    Sex, 12/Set/14

    Retirado daqui.

    Etiquetas: ,

    por Booktailors às 17:00 | comentar | partilhar

    Sex, 12/Set/14

     

    Na carta, assinada pela presidente Sonia Jardim, o SNEL (Sindicato Nacional dos Editores de Livros) reforça o crescimento da indústria do livro no Brasil e o seu papel na construção de uma «sociedade vital, próspera e justa, com uma produção cultural que reflita a diversidade e a riqueza das origens e peculiaridades».

     

    João Canossa, da ABEU (Associação Brasileira de Editoras Universitárias) representará o Brasil.

     

    A Aleph não foi criada como uma editora direcionada para os livros de ficção científica, mas desde 2003 que esta é a sua área de maior investimento. Hoje, a Aleph é a principal editora do género no Brasil.

    Etiquetas:

    por Booktailors às 15:00 | comentar | partilhar

    Sex, 12/Set/14

    O festival tem a duração de dois dias. Conheça a página do evento aqui.


    por Booktailors às 12:30 | comentar | partilhar

    Sex, 12/Set/14

    A Apple pode agora começar a reembolsar os seus clientes, na sequência do processo de cartelização do preço de livros digitais em que participou e do acordo estabelecido. Os consumidores que optarem por não receber os seus pagamentos e processarem a empresa terão até 31 de outubro para o fazer. Ler aqui.


    por Booktailors às 12:00 | comentar | partilhar

    Sex, 12/Set/14

     

    A escritora faz, desta forma, a primeira contribuição para a Future Library, um projeto da artista escocesa Katie Paterson, que publicará 100 textos inéditos em 2114. Ler aqui e aqui.


    por Booktailors às 12:00 | comentar | partilhar

    Sex, 12/Set/14

     

    «Romain Puértolas nasceu em Montpellier, em 1975. Entre França, de onde partiu aos 24 anos, Espanha e Inglaterra, foi DJ, compositor-intérprete, professor de línguas, tradutor-intérprete, limpador de slot machines, comissário de bordo e até mágico. Uma biografia assim parece ficção. Quase absurda. Mas viemos a saber que de invenção não tem nada. Tudo factual. O Diário Digital entrevistou o escritor francês a propósito do seu livro de estreia, A incrível viagem do faquir que ficou fechado num armário Ikea, com a chancela da Porto Editora. E pasmou-se, não só com o livro (hilariante), mas também com a pessoa. Hoje, com 38 anos, é inspector da polícia em França, mas fez uma pausa na profissão em Dezembro depois de ver alcançado o seu maior sonho; ser escritor.» Ler no Diário Digital.


    por Booktailors às 11:45 | comentar | partilhar

    Sex, 12/Set/14

     

    «"Viver (Com) a Escrita"» é uma iniciativa que pretende colocar três autores em diálogo com o seu público, adequando os temas e a forma como o seu trabalho é apresentado à audiência em questão. No encontro falar-se-á deles, com eles, dos seus trabalhos e de tudo o mais que a conversa traga». Ler no Diário Digital.

    Etiquetas: ,

    por Booktailors às 11:30 | comentar | partilhar

    Sex, 12/Set/14

     

    «Um trabalho sobre poesia medieval portuguesa foi hoje [ontem] galardoado com o IX Prémio Concepcion Arenal em Humanidades, galardão atribuído pelo Conselho de Ferrol e pela Universidade de A Corunha.

     

    Trata-se de um obra do investigador Manuel Ferreiro Fernández, reconhecido pela obra Glossário crítico da poesia medieval galego-portuguesa». Ler no iOnline.

    Etiquetas: ,

    por Booktailors às 11:15 | comentar | partilhar

    Sex, 12/Set/14

     

    «Para quem não sabe o que é a "geração milénio": aquele grupo que nasceu entre o início dos anos 80 e o ano 2000 e que geralmente é caracterizado pelo narcisismo excessivo demonstrado em selfies nas redes sociais, pela obsessão com o smartphone e pela superficialidade, muitas vezes associada à ideia de que "os jovens já não leem livros". É exatamente essa geração que, revela um estudo do Pew Research Center, lê, em média, mais livros do que o grupo imediatamente a seguir, ou seja, acima dos 30 anos de idade. E frequenta mais as bibliotecas também.» Ler no Observador.


    por Booktailors às 11:00 | comentar | partilhar

    Sex, 12/Set/14

     

    O vencedor poderá ser anunciado no dia 9 de outubro, segundo o sítio The Literary Saloon. O queniano Ngugi wa Thiong’o volta a ser apontado como um dos candidatos ao prémio. António Lobo Antunes é o único nome português apontado pelo sítio de apostas Ladbrokes. Ler aqui e aqui.

    -

    A Booktailors já está a divulgar a sua oferta formativa para o 2.º semestre de 2014: Escrevi uma história para crianças. Como posso melhorá-la? - nível inicial, Curso de Livro Infantil, Curso de Revisão de Texto - nível inicial.


    por Booktailors às 09:00 | comentar | partilhar

    Qui, 11/Set/14
    Qui, 11/Set/14

     

    Bob Bretal passou os últimos 40 anos a colecionar livros de banda desenhada. O homem de 52 anos da Califórnia é agora oficialmente considerado pelo Livro do Guiness como o detentor da maior coleção de BD do mundo, com 94 286 exemplares. Ler aqui.


    por Booktailors às 17:00 | comentar | partilhar

    Qui, 11/Set/14

    Segundo o Guardian. Saiba quais são aqui.

    Etiquetas:

    por Booktailors às 15:00 | comentar | partilhar

    Qui, 11/Set/14

     

    «O secretário de Estado das Comunidades Portuguesas manifestou hoje "satisfação" pela expansão do ensino da língua portuguesa na Venezuela e pela forte influência de Portugal, que, disse, faz com que a maior parte dos alunos sigam a norma europeia.» Ler no Diário Digital.


    por Booktailors às 12:00 | comentar | partilhar

    Qui, 11/Set/14

     

    «Escrever e falar bem era no passado exigência de estatuto cultural; hoje não passa de excrescência. O património mais valioso que possuímos está a ser grosseiramente vandalizado, como fazemos, aliás, com tudo o que podia dignificar-nos, engrandecer-nos. "O novo acordo ortográfico", alerta a professora Maria do Carmo Vieira, "impede as pessoas de pensar."» Leia a opinião de Fernando Dacosta no iOnline.


    por Booktailors às 11:30 | comentar | partilhar

    Qui, 11/Set/14

     

    «Um estudo recente realizado por Lada Adamic e Pinkesh Patel da equipa do Facebook’s Data Science procurou descobrir quais as obras literárias que marcaram esta geração. A análise foi feita a partir da rede social Facebook e de estados lá publicados que referissem uma lista de "10 livros que ficaram comigo ao longo dos anos", uma partilha viral que encheu a rede social nos últimos meses.» Ler no Observador.


    por Booktailors às 11:00 | comentar | partilhar

    Qui, 11/Set/14

     

    «Se há um livro unânime como grande romance português, é Os Maias, de Eça de Queirós, um enorme fresco, entre crónica de costumes e alta literatura, de um Portugal oitocentista que continua a falar aos nossos dias como raras obras literárias o conseguiram. Dificilmente encontraríamos cineasta menos unânime para adaptar Os Maias ao grande écrã do que João Botelho, 65 anos, autor de um dos universos mais singulares e menos consensuais do cinema português desde a sua estreia em 1981 com Conversa Acabada. Saído do êxito de Filme do Desassossego (2010) – que lançou sem distribuidor em digressão pelo país, somando 30 mil espectadores que dificilmente o teriam ido ver no circuito tradicional –, abalançou-se ao romance de Eça sem medo.» Leia a entrevista no Público.

     

    «O que significa ler Os Maias, de Eça de Queiroz, em pleno séc. XXI? Mais do que isso: como é que, nos nossos dias, uma leitura de Os Maias pode dar origem a um objecto de cinema? O novo filme de João Botelho (estreia esta quinta-feira , em vinte salas de todo o país) pretende ser uma resposta exuberante a tais interrogações, começando por propor uma variação no subtítulo do próprio Eça: "Episódios da vida romântica" converteu-se em "Cenas da vida romântica".» Ler no Diário de Notícias.

     

    «Os Maias - Cenas da vida romântica é o primeiro filme de época de João Botelho, que afirmou na semana passada, num encontro com a imprensa, que o romance queirosiano que narra a vida de três gerações de uma família da burguesia, assenta "como uma luva" no Portugal contemporâneo.» Ler no iOnline.

     

    «Os Maias - Cenas da vida romântica foi filmado sem o Hotel Central e o Palácio Ramalhete, que já não existem. Por isso, não há cenários exteriores no filme, mas sim telas de grandes dimensões pintadas a óleo pelo artista plástico João Queiroz.» Ler e ouvir na RTP.

     

    «Ao adaptar ao cinema Os Maias, de Eça de Queirós, João Botelho seguiu o preceito da fidelidade ao texto, construindo assim uma obra que preserva uma tonalidade clássica em vários aspectos e faz com que ela responda, sem quebras, às respeitosas expectativas suscitadas por um livro do cânone.» Leia o texto de António Guerreiro no Público.

     

    «Com Os Maias - Cenas da Vida Romântica, Botelho assume um trabalho de "corta e cola" fidelíssimo às palavras do escritor. Tão submisso é ao texto original que ao resultado poderíamos chamar de resumo ilustrativo.» Ler no Sol.


    por Booktailors às 10:30 | comentar | partilhar

    Qui, 11/Set/14

     

    Várias obras estão nomeadas para ambos os prémios: L’Amour et les forêts, de Eric Reinhardt; Charlotte, de David Foenkinos; Constellation, de Adrien Bosc; La Femme qui dit non, de Gilles Martin-Chauffier; Meursault, contre-enquête, de Kamel Daoud; Pas pleurer, de Lydie Salvayre e Le Roi disait que j’étais le diable, de Clara Dupont-Monod. Os nomeados foram anunciados na passada semana. Ler aqui.

    -

    A Booktailors já está a divulgar a sua oferta formativa para o 2.º semestre de 2014: Escrevi uma história para crianças. Como posso melhorá-la? - nível inicial, Curso de Livro Infantil, Curso de Revisão de Texto - nível inicial.


    por Booktailors às 09:00 | comentar | partilhar

    Qua, 10/Set/14
    Qua, 10/Set/14

    Ler aqui.

    Etiquetas:

    por Booktailors às 17:00 | comentar | partilhar

    Qua, 10/Set/14

     

    «Na lista dos autores que mais dinheiro ganham no mundo, James Patterson, de 67 anos, volta ao primeiro lugar, depois de no ano passado o ter cedido a E. L. James. O autor de mais de 80 livros, alguns deles adaptados ao cinema – A Conspiração da Aranha (Presença), Alex Cross (Topseller), ou A Noiva Assassina (Presença) – ganhou no último ano 90 milhões de dólares (69 milhões de euros), revelou a revista Forbes ao divulgar a lista dos escritores com maiores rendimentos. Mantêm-se os best-sellers de sempre, mas há entradas novas: autores jovens de literatura juvenil.

     

    John Green, de 37 anos, e Veronica Roth, de 26, entraram este ano pela primeira vez na lista por causa da sua literatura para adolescentes. O crescente interesse pela literatura juvenil valeu a Veronica Roth e a John Green a entrada directa para o sétimo e 14.º lugares, com 17 milhões de dólares (13 milhões de euros) e 9 milhões de dólares (6 milhões de euros). Roth, com a sua triologia Divergente (Porto Editora) que vendeu em 2013 mais de seis milhões de cópias, é a autora mais jovem de sempre a entrar no ranking e beneficiou dos direitos de autor das adaptações dos seus livros ao cinema: Divergente, realizado por Neil Burger e Insurgente, em rodagem.» Ler no Público.

     

    Em Portugal, a 20|20 Editora publica o autor que encima a lista da Forbes, James Patterson, bem como outros dois autores que surgem nos seis primeiros lugares: Janet Evanovich e Jeff Kiney. Ler aqui.


    por Booktailors às 15:07 | comentar | partilhar

    Qua, 10/Set/14

    A adoção destes dispositvos no ensino é uma tendência global, mas com especial incidência em países ricos e subdesenvolvidos. Na América Latina os manuais escolares digitais estão a ganhar terreno, com os programas de incentivo implantados em países como o Brasil e a Colômbia. Ler aqui e aqui.


    por Booktailors às 15:00 | comentar | partilhar

    Qua, 10/Set/14

     

    «O Centro Cultural Português de Maputo e a Universidade Eduardo Mondlane (UEM) realizam a 26.ª edição do Curso de Literaturas em Língua Portuguesa, entre os próximos dias 15 e 19, na capital moçambicana, foi hoje anunciado.»

     

    «Paralelamente ao curso, será realizada uma oficina de ilustração orientada pelo escritor e ilustrador português Afonso Cruz e pelo jornalista moçambicano Júlio Manjate, na Escola de Comunicação e Arte da UEM.

     

    "Nesta oficina serão trabalhados contos da obra Nós Matámos o Cão Tinhoso, de Luís Bernardo Honwana, que este ano comemora os 50 anos da sua primeira edição", refere a nota.» Ler no Notícias ao Minuto.


    por Booktailors às 13:30 | comentar | partilhar

    Qua, 10/Set/14

     

    Nos EUA, passará a existir a Penguin Publishing Group, que vai fundir a Berkley/NAL e a Penguin Adult. Ler aqui, aqui e aqui


    por Booktailors às 12:00 | comentar | partilhar

    Qua, 10/Set/14

     

    «Um escritor e um texto (secreto) por ano até 2114, é esta a oferta da Future Library, a quem puder ler. (...) É daquelas coisas inevitáveis, triste sina a nossa. Daqui a cem anos – a não ser que a ciência descubra a poção de imortalidade – estar por cá para ler as páginas deste projecto vai ser difícil. A Future Library é a primeira biblioteca do futuro, conceito criado pela artista escocesa Katie Paterson e que propõe um texto por ano a um escritor escolhido a dedo. Em 2114, será que alguém vai recordar Margaret Atwood, a primeira autora associada à ideia? É um risco que Anne Beate Hovind, comissária do projecto e aqui entrevistada, diz ser bonito de correr.» Ler no iOnline.


    por Booktailors às 11:30 | comentar | partilhar

    Qua, 10/Set/14

     

    O grupo, que congrega mais de 900 autores, divulgou um e-mail escrito por Douglas Preston, no qual se revela que os prejuízos infligidos pela Amazon já chegaram a mais de 2500 autores da Hachette, num total de 7 mil títulos. A contenda Amazon-Hachette arrasta-se há 6 meses. Ler aqui.

    -

    A Booktailors já está a divulgar a sua oferta formativa para o 2.º semestre de 2014: Escrevi uma história para crianças. Como posso melhorá-la? - nível inicial, Curso de Livro Infantil, Curso de Revisão de Texto - nível inicial.


    por Booktailors às 09:00 | comentar | partilhar

    Ter, 9/Set/14
    Ter, 9/Set/14

     

    «Há um ano, perguntei aqui a Rui Moreira: Que vai fazer da Feira do Livro do Porto? Assinar o decreto da sua extinção definitiva? Retomar o projecto cultural e querido do povo do Porto e outros mundos? O presidente responde à pergunta. Não com tretas politiqueiras. Com a reabertura da Feira do Livro. Nesse espaço ímpar que é o Palácio de Cristal de Rosa Mota.» Leia o texto de opinião de Alberto Pinto Nogueira no Público.


    por Booktailors às 17:58 | comentar | partilhar

    Ter, 9/Set/14

    Especialmente em zonas isoladas, pobres ou habitadas por população idosa. Ler aqui.

    Etiquetas:

    por Booktailors às 17:00 | comentar | partilhar

    Ter, 9/Set/14

     

    O objetivo desta parceria passa, segundo Juergen Boos, diretor da feira, por promover a convergência entre a indústria editorial e a líder tecnológica. Os visitantes terão a oportunidade de experimentar os últimos lançamentos da Samsung. Ler aqui e aqui.


    por Booktailors às 15:00 | comentar | partilhar

    Ter, 9/Set/14

     

    «Howard Jacobson e Ali Smith estão de novo na short list do prémio Man Booker. Na lista de seis ficcionistas divulgada esta terça-feira estão ainda Neel Mukherjee, Richard Flanagan, Joshua Ferris e Karen Joy Fowler – os dois últimos são os primeiros norte-americanos na selecção de seis candidatos ao prémio.

     

    A britânica Ali Smith, candidata com How to Be Both, integra pela terceira vez a short list do prémio Man Booker e é este ano a única mulher candidata, desde a anterior long list. Howard Jacobson, britânico, que já venceu o prémio em 2010 com A Questão Finkler (Porto Editora), volta a ser finalista desta vez com J. Dos repetentes, só David Mitchell não chegou à short list.» Ler no Público.

     

    «Distopias, famílias disfuncionais, dentistas ateus. Pela primeira vez em 46 anos, a lista de enredos candidata ao troféu que distingue a ficção britânica acolhe autores que não pertencem à Commonwealth. Os seis finalistas (entre eles os regressados Howard Jacobson e Ali Smith) foram conhecidos ontem. O vencedor será revelado a 14 de Outubro». Ler no iOnline.


    por Booktailors às 12:10 | comentar | partilhar

    Ter, 9/Set/14

     

    «Foi há quarenta anos que Hercule Poirot se reformou do mundo do crime. O último livro, publicado em 1974, a coletânea de contos Poirot’s Early Cases (em português, Ninho de Vespas), encerrou o caso para Poirot.

     

    Ou pelo menos assim deveria ter sido. Esta terça-feira, Poirot regressa para um último caso. Os Crimes do Monograma, com estreia mundial marcada para dia 9 de setembro, é o primeiro romance autorizado pela família de Agatha Christie, protagonizado pelo seu mais famoso detetive. A autoria é de Sophie Hannah, escritora bestseller de ficção policial, poeta consagrada e claro, fã incondicional de Poirot e Christie. Este será o nono policial escrito pela autora. Fortemente aclamada pela crítica, o talento de Hannah tem conquistado fãs por todo o mundo.» Ler no Observador.

     

    «A família de Agatha Christie tem resistido às pressões das editoras mas, finalmente, deu a necessária autorização para que, 39 anos depois do seu último mistério, Poirot voltasse a desvendar um crime. Sophie Hannah, autora de bestsellers de ficção policial e poeta, foi a escritora escolhida para dar uma nova vida a Poirot.» Ler no Diário de Notícias.


    por Booktailors às 12:00 | comentar | partilhar

    Ter, 9/Set/14

     

    «O Google assinala, esta terça-feira, o 186.º aniversário do escritor russo Lev Tolstói com um doodle interativo (...). Na página inicial do motor de busca são recordadas algumas das obras mais famosas do escritor, como Guerra e Paz e Anna Karenina, através de uma sequência de quadros animados.» Ler no Correio da Manhã.

    Etiquetas: , ,

    por Booktailors às 11:00 | comentar | partilhar

    Ter, 9/Set/14

     

    Com a expansão para o Brasil da editora Saída de Emergência, a Bang! ganhou uma edição brasileira. O número inaugural da revista saiu nas livrarias daquele país em agosto com uma tiragem de 7 mil exemplares.

     

    A revista Bang! é dedicada ao género fantástico distribuída gratuitamente e em exclusivo nas lojas Fnac. Consulte o primeiro número da edição brasileira aqui. Ler no Leituras Digitais.

    -

    A Booktailors já está a divulgar a sua oferta formativa para o 2.º semestre de 2014: Escrevi uma história para crianças. Como posso melhorá-la? - nível inicial, Curso de Livro Infantil, Curso de Revisão de Texto - nível inicial.

    Etiquetas: ,

    por Booktailors às 09:00 | comentar | partilhar

    Seg, 8/Set/14
    Seg, 8/Set/14

     

    A feira é lembrada por Martin Levin, que esteve no primeiro encontro de editores russos e americanos. Este encontro levaria à participação dos EUA na inauguração da Feira Internacional do Livro de Moscovo, em 1977. Ler aqui.

    Etiquetas:

    por Booktailors às 17:00 | comentar | partilhar

    Seg, 8/Set/14

    O prémio pelo livro Blindly será entregue no dia 29 de novembro, na Feira Internacional do Livro de Guadalajara. Ler aqui.


    por Booktailors às 15:00 | comentar | partilhar

    Seg, 8/Set/14

     

    «Todos os alunos que compraram manuais escolares do Grupo Porto Editora vão ter acesso gratuito, a partir de 15 de Setembro, às respectivas versões digitais, as quais foram desenvolvidas para se adaptarem a uma utilização quer no computador quer em tablets, anunciou a editora este sábado em comunicado.»

     

    «Com um investimento superior a dois milhões de euros, este projecto do Grupo Porto Editora começou a ser desenvolvido há um ano e prolongar-se-á por três anos lectivos, a começar por este que agora se inicia (2014/2015), envolvendo uma equipa multidisciplinar de duas centenas de profissionais.» Ler no Diário Digital.


    por Booktailors às 13:00 | comentar | partilhar

    Seg, 8/Set/14

     

    «Os últimos quatro meses do ano são os mais importante para as editoras. A rentrée traz autores premiados, bestsellers e até a estreia de Sérgio Godinho na ficção. Eis algumas sugestões.» Ler no Observador.

    Etiquetas: ,

    por Booktailors às 12:30 | comentar | partilhar

    Seg, 8/Set/14

    Revisão de Texto — nível inicial,

    por Nuno Quintas

     

    Objetivos:

    No curso de formação de Revisão de Texto, nível inicial, apresentam-se as ferramentas e metodologias indispensáveis ao exercício da atividade de revisor. Partindo de uma abordagem expositiva, pretende-se uma aplicação prática dos conhecimentos, nomeadamente com a análise de livros de estilo e a revisão de jogos de provas; exploram-se ainda as principais funcionalidades de edição e revisão em ficheiro digital.

     

    Público-alvo

    Este curso de formação destina-se tanto a quem exerça funções de âmbito editorial quanto a profissionais do texto ou interessados em questões relacionadas com a língua portuguesa.

     

    Formador:

    Nuno Quintas é mestre em Edição de Texto (Universidade Nova de Lisboa, 2010), pós-graduado em Gestão Cultural (Universidade Lusófona de Humanidades e Tecnologias, 2006) e licenciado em Línguas e Literaturas e Modernas, Estudos Portugueses e Ingleses (Universidade Nova de Lisboa, 2001). Consultor editorial da Booktailors desde 2009; tradutor e revisor literário e técnico (gestão, marketing, recursos humanos, informática e videojogos), desde 2005. Formador certificado pelo Instituto de Emprego e Formação Profissional.

     

    Programa:

    1. A revisão no ciclo de produção editorial

    1.1. Perfil e competências do revisor

    1.2. Tipos de revisão: abordagens restritivas e extensivas

    1.3. Níveis e fases de revisão: da normalização aos ozalides

    1.4. Técnicas de revisão e normalização em ficheiro

     

    2. A sinalética de revisão de provas

    2.1. A sinalética portuguesa

    2.2. Convenções e recomendações de marcação

    2.3. Os jogos de provas: exemplos práticos de marcação

     

    3. Tópicos para normalização tipográfica e linguística

    3.1. A maiúscula, a minúscula e os versaletes

    3.2. O itálico

    3.3. A numeração

    3.4. O hífen

    3.5. A translineação

    3.6. As aspas e os parênteses

    3.7. O travessão e as riscas

    3.8. As notas

     

    4. Recomendações metodológicas e bibliográficas

     

    Dados técnicos:

    N.º de sessões: 6.

    Datas: 25 e 27 novembro, 2, 4, 9 e 11 de dezembro de 2014.

    Horário: 18.30-21.30.

    Total de horas: 18.

    Propina: 165 €.

    Descontos: 10 % para ex-alunos Booktailors, estudantes ou formandos que realizem pagamentos a pronto. Desconto máximo acumulável: 20 %.

    Local da formação: Bookoffice — Travessa das Pedras Negras, n.º 1, 3.º direito, 1100 - 404 Lisboa.

     

    Para se inscrever, por favor envie CV (com a referência: Rev1 nov 2014) para:formacao@booktailors.com.


    por Booktailors às 12:00 | comentar | partilhar

    Seg, 8/Set/14

     

    «(...) [A]pareceram placas informativas à entrada de algumas livrarias francesas para explicar porque eles não iriam vender o livro Merci Pour Ce Moment (Obrigado por este momento, em tradução livre), apesar das vendas iniciais das memórias privadas do casal francês estarem a ultrapassar os números alcançados pelo romance erótico As 50 sombras de Grey, no país. "Nós temos 11,000 livros [na loja]. Não somos o caixote do lixo para a Trierweiler e o Hollande", dizia um aviso. "Esta livraria não está a planear tornar-se um mercado para a lavagem de roupa suja da senhora Trierweiller", dizia outro.» Ler no Observador.


    por Booktailors às 11:45 | comentar | partilhar

    Seg, 8/Set/14

     

    «Trezentas mil rolhas de cortiça vão ser utilizadas pelo artista albanês Saimir Strati, na construção de um mosaico gigante com o rosto de José Saramago, anunciou a organização do Festival Sete Sóis Sete Luas. 

     

    Trata-se de um trabalho que o artista plástico está a realizar no Centro de Artes e Cultura de Ponte de Sor, em homenagem ao Festival e ao Prémio Nobel da Literatura 1998, que pretende incluir no Guiness como o maior mosaico do mundo elaborado com rolhas de cortiça, esclarece uma nota à imprensa do XXII Festival Sete Sóis Sete Luas.» Ler no iOnline, na RTP e no Diário Digital.

    Etiquetas: ,

    por Booktailors às 11:30 | comentar | partilhar

    Seg, 8/Set/14

     

    «Abriu em Lisboa um espaço que junta uma livraria, um café e um restaurante. O Desassossego, na Rua de S. Bento, é o espaço físico da Chiado Editora e funciona como clube literário para os amantes dos livros e de um bom vinho». Ler no iOnline.


    por Booktailors às 11:15 | comentar | partilhar

    Seg, 8/Set/14

     

    «Nunca chegámos a escrever cartas sobre a felicidade. Trocámos uns postais e uns livros. Conversámos sempre sobre poemas. Inevitavelmente, entregávamos à poesia a esperança toda. A poesia precisava mesmo de nos salvar.» Leia a crónica de Valter Hugo Mãe no Público.


    por Booktailors às 10:54 | comentar | partilhar

    Seg, 8/Set/14

    «Instituição privada inaugura hoje uma livraria e uma galeria, que vão juntar-se às muitas atividades culturais que promove e à formação artística que dá.» Ler no Diário de Notícias.

    Etiquetas: ,

    por Booktailors às 10:30 | comentar | partilhar

    Seg, 8/Set/14

     

    No dia 6 de setembro de 2007, às 15.03 em ponto, nascia o Blogtailors, ainda na plataforma Blogger.

     

    Pouco depois do terceiro aniversário, o Blogtailors anunciava, a 22 de setembro de 2010, a mudança para os Blogs do Sapo, onde ainda hoje se mantém, com design de Pedro Neves e ilustrações de topo de Pedro Vieira.

     

    Mas hoje, como antes, muita coisa mudou. As visitas já são quase 2,5 milhões, e os posts são mais de 20 mil. Os seguidores no Facebook estão perto dos 10.000; no Twitter, são mais de 2250.

     

    E o Blogtailors também vai mudar. Dentro de alguns meses serão anunciadas novidades.

     

    Um grande obrigado a todos os que nos seguem.

    -

    A Booktailors já está a divulgar a sua oferta formativa para o 2.º semestre de 2014: Escrevi uma história para crianças. Como posso melhorá-la? - nível inicial, Curso de Livro Infantil.

    Etiquetas:

    por Booktailors às 09:00 | comentar | partilhar

    Dom, 7/Set/14
    Dom, 7/Set/14

     

    -

    A Booktailors já está a divulgar a sua oferta formativa para o 2.º semestre de 2014: Escrevi uma história para crianças. Como posso melhorá-la? - nível inicial, Curso de Livro Infantil.

    Etiquetas: ,

    por Booktailors às 09:00 | comentar | partilhar

    Sáb, 6/Set/14
    Sáb, 6/Set/14

     

    O Blogtailors celebra hoje, 6 de setembro, 7 anos de vida. Nasceu neste dia, em 2007, às 15.03.

     

    Um obrigado a todos os que nos seguem.

    -

    A Booktailors já está a divulgar a sua oferta formativa para o 2.º semestre de 2014: Escrevi uma história para crianças. Como posso melhorá-la? - nível inicial, Curso de Livro Infantil.

    Etiquetas:

    por Booktailors às 09:00 | comentar | ver comentários (1) | partilhar

    Sex, 5/Set/14
    Sex, 5/Set/14

    El Ateneo, em Buenos Aires. Conheça mais aqui.

    Etiquetas: ,

    por Booktailors às 17:00 | comentar | partilhar

    Sex, 5/Set/14

     

    Marcelino Freire, Bernardo Kucinski e Samarone Lima vencem Prémio Literário da Biblioteca Nacional
    Nossos ossos (romance), de Freire, Você vai voltar para mim (conto), de Kucinski, e O aquário desenterrado (poesia), de Samarone Lima venceram o prémio nas respetivas categorias, no valor de 30 mil reais (aproximadamente 10.300 euros).

     

    Contrariando as expectativas iniciais, a Bienal Internacional do Livro de São Paulo ultrapassou a previsão inicial de 700 mil visitantes, chegando aos 720 mil. Algumas editoras notaram um aumento das vendas: a Record anunciou mesmo um crescimento de 97 % em relação à edição de 2012.

     

    Deste grupo, destacam-se a Atlas (à qual pertence o sexto maior catálogo ativo do Brasil) e a Nobel (direcionada para os livros didáticos). As editoras acusam a Amazon de dumping ao praticar descontos na ordem dos 50 e 60 %.

    Etiquetas:

    por Booktailors às 15:00 | comentar | partilhar

    Sex, 5/Set/14

     

    De acordo com o inquérito anual da Federação de Grémios de Editores de Espanha, as perdas atingiram os 2,3 mil milhões de euros. Foram vendidos 154 milhões de cópias, uma queda de 9,6 % em relação ao ano anterior. O mercado espanhol sofre assim, entre 2008 e 2013, uma queda de quase 30 %. Ler aqui.


    por Booktailors às 12:00 | comentar | partilhar

    Sex, 5/Set/14

    «(...) Meg Wolitzer (Brooklyn, Nova Iorque, 1959) explica a génese de Os Interessantes, o romance que a colocou ao lado de nomes como Jonathan Franzen ou Jeffrey Eugenides (seus contemporâneos) enquanto agente de revelação de uma certa maneira americana de ser. "Não é um instantâneo da vida. São muitos instantâneos que permitem ver as variações numa sequência que nunca é uma linha recta, e será sempre marcada pelo sofrimento da perda", refere a escritora no seu regresso a Nova Iorque após uma pausa de Verão.» Ler no Público.


    por Booktailors às 10:59 | comentar | partilhar

    Sex, 5/Set/14

    «Mesmo à distância de uma entrevista telefónica entre Portugal e a Namíbia, onde é leitor de português do Instituto Camões no Centro Diogo Cão de Windhoek, Miguel Gullander deixa transparecer a intensidade com que se dedica à arte de viver. Aos 20 anos, um acidente de automóvel deixou-o em coma durante uma semana e as marcas dessa experiência ainda hoje se sentem na forma como encara a vida e a escrita. Essa experiência, a meditação vipassana que faz há duas décadas, a filosofia zen que pratica – traduziu para a Assírio & Alvim Folhas Caem, Um Novo Rebento, do monge japonês Hôgen Yamahata ("Foi uma experiência muito importante para mim, durante dois anos, porque também fiz muita meditação zen") –, tudo isso está reflectido em Através da Chuva, o seu novo livro, seis anos depois de Perdido de Volta.» Ler no Público.


    por Booktailors às 10:54 | comentar | partilhar

    Sex, 5/Set/14

     

    «Colocando um ponto final num dossier que parecia não ter solução - o diferendo que manteve com a Associação Portuguesa de Editores e Livreiros (APEL), que levou ao cancelamento da feira nas datas habituais -, a Câmara Municipal do Porto entendeu chamar a si a inteira responsabilidade na realização do evento. "Não se trata de uma simples feira do livro, mas, sim, de um grande festival literário", sublinhou, ao JN, Paulo Cunha e Silva, o vereador da Cultura da Autarquia portuense.» Ler no Jornal de Notícias.

     

    «(...) [P]ela primeira vez, o evento foi aberto à participação de livrarias, alfarrabistas, editores e associações e cooperativas do sector, estando inscritas 72 entidades, distribuídas por 107 pavilhões.

     

    A câmara pretende que a tradicional feira do livro seja "um grande festival literário e com uma óptima programação cultural" e de animação, que levará muitas pessoas a descobrir a cidade.» Ler na Renascença.

     

    «Se quiséssemos aplicar a terminologia culinária a este regresso da feira do livro do Porto ao convívio com os leitores, teríamos de aceitar que a edição com início marcado para hoje, pelo seu conteúdo e oferta, faz lembrar um manjar de reis, tal como o constrói o imaginário das fábulas.» Ler no Expresso.

     

    «(...) [A]gora, à sombra das tílias e entre os pavões que se passeiam nos jardins, o evento mudou-se dos Aliados, no centro da cidade, para o Palácio de Cristal, deixando de se realizar em junho e alterando profundamente o seu conceito, com um vasto programa cultural ao longo de duas semanas.» Ler no Diário de Notícias.

     

    «O presidente da Câmara do Porto, Rui Moreira, garantiu hoje que a Feira do Livro que decorre no Palácio de Cristal até 21 de setembro é "apenas a primeira de muitas" que a autarquia vai organizar no futuro.» Ler no iOnline.

     

    «[A]ntes de visitarem a centena de expositores que a Câmara do Porto conseguiu trazer para os jardins do Palácio de Cristal, muitos quiseram associar-se à homenagem simbólica, prestada pelo município a título póstumo, ao portuense Vasco Graça Moura.

     

    A cerimónia começou com a leitura de um poema, escrito pelo punho do homenageado (tirado do livro Variações Metálicas), pelo presidente da Assembleia Municipal do Porto. Miguel Pereira Leite mostrou como "a palavra perdura para além do homem, para além dos tempos… quando é sincera, sentida e profunda". E, nesse momento, a tília de tronco ondulante que se encontra no acesso directo à entrada da Biblioteca Almeida Garrett foi baptizada com o nome de Vasco Graça Moura.» Ler no Público.

     

    «A autarquia garante que, em 2015, a feira regressa, desta vez com Agustina Bessa-Luís como homenageada.» Ler no Sol.


    por Booktailors às 10:30 | comentar | partilhar

    Sex, 5/Set/14

     

    A Bertelsmann não divulga os resultados de vendas em cada país, mas declara como razão do sucesso da Penguin Random House (PRH) A Culpa É das Estrelas, de John Green, que vendeu 5,7 milhões de cópias em todo o mundo neste período, bem como a literatura infantojuvenil em geral. A nova identidade da PRH é também vista como fator de crescimento. Ler aqui.

    -

    A Booktailors já está a divulgar a sua oferta formativa para o 2.º semestre de 2014: Escrevi uma história para crianças. Como posso melhorá-la? - nível inicial, Curso de Livro Infantil.


    por Booktailors às 09:00 | comentar | partilhar

    Qui, 4/Set/14
    Qui, 4/Set/14

     

    «O que foi feito do esforço de internacionalização da literatura portuguesa lançado nas décadas de 80 e 90 do século passado, com brochuras, presenças sucessivas em feiras importantes, exposições e pavilhões gabados como originalíssimos? Porque não tem a RTP dois minutos por dia onde um poeta diga um poema, um escritor leia um parágrafo, ou alguém recomende um livro? Para onde se sumiu o projecto de fazer de Lisboa a Capital Mundial do Livro? Porque não se lança esse projecto em Sintra, ou no Porto, ou em Coimbra, só para falar de locais icónicos da nossa literatura, e mundialmente celebrados? A literatura é uma arte pobre - mas de dividendos facilmente multiplicáveis. Quando nos disporemos a investir nesse capital seguro?» Leia a opinião de Inês Pedrosa no Sol.


    por Booktailors às 18:00 | comentar | partilhar

    Qui, 4/Set/14

     

    A Hanser, editora alemã do autor, não irá publicar o romance The Zone of Interest, passado numa Auschwitz ficcionada. A Gallimard, uma das maiores editoras francesas, também já recusou a edição. Saiba porquê aqui e aqui


    por Booktailors às 17:00 | comentar | partilhar

    Qui, 4/Set/14

     

    «A presidente do instituto Camões, Ana Paula Laborinho, assina hoje na região espanhola da Andaluzia dois protocolos que pretendem reforçar o ensino do português no sistema de ensino da comunidade autónoma.

     

    Laborinho assina com o governo regional um memorando de entendimento que, segundo um comunicado remetido à Lusa em Madrid, pretende "reforçar o ensino da língua portuguesa no sistema de ensino daquela que é a maior comunidade autónoma espanhola em termos populacionais, com mais de 8 milhões de pessoas".» Ler no Diário Digital.


    por Booktailors às 16:30 | comentar | partilhar

    Qui, 4/Set/14

     

    «A exposição do Prémio Nacional de Ilustração 2012 chega finalmente a Coimbra, cidade onde vive e trabalha a autora Ana Biscaia e [onde está a] sede da Lápis de Memórias, editora do livro distinguido. Inaugura no próximo dia 9 de Setembro, na Casa Municipal da Cultura, com o apoio da Câmara Municipal de Coimbra.

     

    A Cadeira Que Queria Ser Sofá é o título de uma das três histórias reunidas no livro com o mesmo nome, escritas pelo dramaturgo e encenador brasileiro Clovis Levi, à época professor na Escola Superior de Educação de Coimbra. Foi editado em 2012 pela editora conimbricense Lápis de Memórias e recebeu no ano seguinte o Prémio Nacional de Ilustração. Atribuído pela Direcção-Geral do Livro, dos Arquivos e das Bibliotecas (DGLAB) e instituído em 1996, o galardão distingue anualmente um ilustrador pelo conjunto de trabalhos originais publicados numa obra para crianças e jovens.» Ler no Diário Digital.


    por Booktailors às 16:00 | comentar | partilhar

    Qui, 4/Set/14

    Curso de Livro Infantil,

    por Carla Maia de Almeida

     

    Objetivos:

    Este curso não é um workshop de escrita criativa nem está vocacionado para ações pedagógicas associadas à leitura. Pretende-se, sim, explorar o universo do livro infantojuvenil tomando-o como objeto total, privilegiando a componente literária, mas sem negligenciar outros campos como a ilustração, a edição ou a tradução. Serão mostrados e trazidos à discussão dezenas de títulos recentes, sejam portugueses, traduções ou originais noutras línguas. Estas escolhas refletem o gosto pessoal e as idiossincrasias da formadora e não têm qualquer pretensão de exaustividade nem de doutrinação.

     

    Público-alvo:

    Estudantes de literatura, edição e educação; professores, bibliotecários e educadores; pais e outros mediadores da leitura junto das crianças; ilustradores; livreiros. Todos os que gostam de ler livros para crianças.

     

    Formadora:

    Carla Maia de Almeida nasceu em Matosinhos, a 12 de janeiro de 1969. É jornalista de imprensa desde 1992 e escreve atualmente na revista LER sobre livros infantojuvenis, área em que também faz traduções e formação. Licenciada e pós-graduada em Comunicação Social pela Universidade Nova de Lisboa, tem uma pós-graduação em Livro Infantil pela Universidade Católica Portuguesa. Na Caminho, publicou O Gato e a Rainha Só (ilustrações de Júlio Vanzeler, 2005); Não Quero Usar Óculos (ilustrações de André Letria, 2008), Ainda Falta Muito? (ilustrações de Alex Gozblau, 2009); e Onde Moram as Casas (ilustrações de Alexandre Esgaio, 2011). Publicou ainda um conto na coletânea Capuchinho Vermelho: Histórias Secretas e Outras Menos (Bags of Books, 2012) e A Lebre de Chumbo, uma edição da APCC — Associação para a Promoção Cultural da Criança (ilustrações de Alex Gozblau, 2012). Em 2013, saiu Irmão Lobo, o seu primeiro romance para o leitor adolescente e adulto, com ilustrações de António Jorge Gonçalves e a chancela do Planeta Tangerina. Vive em Lisboa e tem um blogue chamado O Jardim Assombrado.

     

    Programa:

    1.ª Sessão: Era uma vez um reino incerto

    Apresentação. Que coisa é essa da «literatura infantil?»: algumas definições e aproximações críticas. Do livro de conceitos ao romance juvenil: diferentes géneros de um produto editorial específico mas pleno de ambiguidades. Alguns momentos-chave da história do livro infantil.

     

    2.ª Sessão: Contar para dar nomes às coisas

    Os contos como desdobramento da vida interior e construção de sentido. O lobo mau não é vegetariano: sobre a temida crueldade dos contos de fadas. Não há temas difíceis, apenas livros que funcionam (ou não). A importância de contar histórias e o impacto da tradição oral no livro infantil.

     

    3.ª Sessão: A arte de iluminar as palavras

    Breve história da ilustração do livro infantil. A evolução do picture story book (ou álbum) como campo contemporâneo de experimentação estética. Relação indissociável entre texto e imagem. O elo perdido no virar da página de um picture story bookPop-ups e livros só com imagens são literatura?

     

    4.ª Sessão: Posso usar a palavra «vislumbrar»?

    Escrever para crianças: a ilusão da facilidade. FAQ (Frequentes Atitudes Quadradas) e anti-FAQ de uma escritora. Como se faz um livro? Gestão de egos artísticos e metodologia de trabalho entre escritor e ilustrador. Escritores de livros para crianças e autoimagem.

     

    5.ª Sessão: Some like it hot

    Autores estrangeiros: dos clássicos da era de ouro das publicações juvenis aos nomes contemporâneos e indispensáveis num Plano Pessoal de Leitura. Anthony Browne, Babette Cole, David Almond, Edward Gorey, Emily Gravett, Jutta Bauer, Kate DiCamillo, Maurice Sendak, Neil Gaiman e Roald Dahl. Questões relativas à tradução.

     

    6.ª Sessão: Isso não é para a tua idade!

    Como escolher livros para crianças. Chaves de interpretação qualitativas para texto e ilustração. Orientação de leituras por idades, interesses temáticos e personalidade. A leitura literária como suporte de valores para o autoconhecimento e a interação da criança com o mundo.

     

    Sugestões bibliográficas:

    • A Emancipação da Literatura Infantil, Manuel António Teixeira Araújo (Campo das Letras);
    • A Formação do Leitor Literário, Teresa Colomer (Global Editora);
    • Breve História da Literatura para Crianças em Portugal, Natércia Rocha (Caminho);
    • Children’s Literature, Peter Hunt (Blackwell Publishing);
    • Contar Con Los Cuentos, Estrella Ortiz (Palabras del Candil);
    • Illustrating Children's Books, Martin Salisbury (A & C Black);
    • Crítica, Teoria e Literatura Infantil, Peter Hunt (Cosac Naify);
    • Poética da Literatura para Crianças, Zohar Shavit (Caminho);
    • Psicanálise dos Contos de Fadas, Bruno Bettelheim (Bertrand);
    • Mujeres Que Correm Com Los Lobos, Clarissa Pinkola Estés (Ediciones B);
    • Words About Pictures, Perry Nodelman (Georgia).

     

    Dados técnicos:

    N.º de sessões: 6.

    Datas: 13, 15, 20, 22, 27 e 29 de outubro de 2014.

    Horário: 18.30-21.30.

    Total de horas: 18.

    Propina: 165,00 €.

    Descontos: 10 % para ex-alunos Booktailors, estudantes ou formandos que realizem pagamentos a pronto. Desconto máximo acumulável: 20 %.

    Local: Bookoffice —Travessa das Pedras Negras, n.º 1, 3.º Dto. Lisboa.

     

    Para se inscrever, por favor envie CV (com a referência: LivInf out 2014) para: formacao@booktailors.com.


    por Booktailors às 15:00 | comentar | partilhar

    Qui, 4/Set/14

     

    A partir das 18.00 de amanhã, a Feira do Livro do Porto abre ao público nos Jardins do Palácio de Cristal e na Biblioteca Municipal Almeida Garrett (BMAG), onde pode ser visitada até dia 21. Pela mesma hora será inaugurada a exposição de ilustração «Outro Modo de Ler: Texto e imagem na ilustração para a infância», que estará patente na BMAG até  ao fim da feira e conta com trabalhos de vários ilustradores nacionais, entre os quais estão Afonso Cruz (que estará na inauguração), André Letria ou Paulo Galindro.

     

    Além da participação de várias livrarias e editores, especialmente do norte do país, o evento será acompanhado por um ciclo de debates que decorrerá no Auditório da Biblioteca Municipal Almeida Garrett.

     

    A feira abre o primeiro fim de semana com três debates. No dia 6 (sábado), a partir das 15.30, José Maria Vieira Mendes e João Tordo conversam, com moderação de José Mário Silva, sobre «A Nova Literatura Portuguesa». A partir das 17.30, Gonçalo M. Tavares e Germano Silva juntam-se na mesa «A Viagem: do Mundo à Cidade», com moderação da jornalista Maria João Costa. No domingo, pelas 15.30, Mário Cláudio está à conversa com Augusto Santos Silva na mesa «O Livro Proibido é o Mais Apetecido», juntamente com José Pacheco Pereira.

     

    No dia 10 (quarta-feira), às 19.00, Salvato Teles de Menezes e Pedro Mexia, acompanhados por Vasco Teles de Menezes, conversam na mesa «Quem tem medo de... David Foster Wallace e Pier Paolo Pasolini».

     

    No dia 13 (sábado), às 15.30, Teolinda Gersão e Rosa Alice Branco conversam, guiadas por Helena Vasconcelos, com o tema «Quem tem medo de... James Joyce e Marcel Proust». Pelas 17.30, «From Here to Eternity» junta Richard Zenith e Manuel Villaverde Cabral, com Fernando Pinto do Amaral. No domingo, 14, às 15.30, João Luís Barreto Guimarães e Manuel Alegre são moderados pelo jornalista Sérgio Almeida, na mesa «Literatura em Censura».

     

    Na quarta, dia 17, pelas 19.00, Lídia Jorge e Paulo Moura estão com Valdemar Cruz na mesa «O Silêncio da Guerra».

     

    Sábado, dia 20, Maria João Lopo de Carvalho e Rita Ferro estão, às 15.30, com Miguel Miranda, conversando sobre o tema «Cânone vs. Mercado?». A última mesa da feira decorre no dia 21, domingo, com início pelas 15.30, na qual Rui Ramos e Dulce Maria Cardoso estão com o jornalista Carlos Vaz Marques na conversa «E Agora, o Futuro.»

     

    A Feira do Livro do Porto estará aberta ao público a partir das 16.00 (de segunda a sexta-feira) e das 12.00 (ao sábado e domingo). O evento encerra às 22.00 (de quinta-feira a domingo) e às 23.00 (à sexta-feira e sábado).

     

    Além da feira do livro e do ciclo de debates, está ainda prevista uma programação paralela com cinema, leituras, exposições, concertos, oficinas, sessões de spoken word e ainda uma programação dedicada ao público infantojuvenil.

     

    Acompanhe a página da Feira do Livro do Porto no Facebook, aqui.

     

    «O evento, que este ano homenageia Vasco Graça Moura, arranca amanhã na Invicta. São mais de cem pavilhões nos Jardins do Palácio de Cristal». Ler no iOnline.

     

    «A Feira do Livro do Porto abre as portas esta sexta-feira, pelas 18.00, sem direito a inauguração oficial. O presidente da Câmara do Porto, Rui Moreira, preferiu visitá-la na manhã desta quinta-feira, enquanto ainda se arrumavam os livros nas prateleiras e promete intervir, de novo, no sábado, quando a tília de tronco ondulante que se encontra no acesso directo à Biblioteca Almeida Garrett for baptizada com o nome de Vasco Graça Moura. A feira que agora começa é aquela que a câmara queria, garante o vereador da Cultura, Paulo Cunha e Silva. E até a Leya apareceu.» Ler no Público.

     

    «A Feira do Livro do Porto, que pela primeira vez é organizada pela autarquia, começa na sexta-feira sob os lemas "Liberdade" e "Futuro", contando com mais de uma centena de pavilhões de exposição.» Ler no Observador, no Diário Digital, no Sol e no Porto Canal. Ouvir na RTP.


    por Booktailors às 12:00 | comentar | partilhar

    Qui, 4/Set/14

     

     

    Um novo ano letivo começa, e a Booktailors quer continuar a criar cada vez mais oportunidades para os seus formandos, tornando mais abrangente a possibilidade de frequentar os nossos cursos.

     

    Desta forma, proporcionamos um desconto de 10 % a ex-alunos Booktailors, estudantes ou formandos que realizem pagamentos a pronto, com um desconto máximo acumulável de 20 %. Proporcionamos pagamentos divididos em prestações, entre outros.

     

    Com os nossos vales-formação, que permitem a inscrição num curso no Porto ou em Lisboa, lembramos que tem a possibilidade de oferecer uma formação Booktailors. Saiba mais aqui.

     

    Mantenha-se atualizado sobre toda a nossa oferta na barra lateral do Blogtailors. Se desejar receber toda a informação sobre os nossos cursos no seu e-mail, escreva-nos para formacao@booktailors.com.

     

    Acompanhe-nos também no Facebook.


    por Booktailors às 11:00 | comentar | partilhar

    Qui, 4/Set/14

    Escrevi uma história para crianças. Como posso melhorá-la? - nível inicial,

    por Margarida Fonseca Santos

     

    Objetivos:

    Escreve-se muito para crianças, mas será esta escrita apurada, desafiante, divertida e profunda? Os perigos espreitam, com moralidades impostas, textos simplistas em vez de claros e intensos, com muletas em excesso, pois acreditamos, erradamente, que funcionam. Neste curso de 9 horas, iremos trabalhar sobre textos já construídos e perceber como podemos melhorá-los, subverter-lhes a previsibilidade, torná-los fonte de prazer, pensamento e crescimento, sem impor nada ao leitor.

     

    Público-alvo

    Autores de textos para crianças.

     

    Formadora:

    Margarida Fonseca Santos foi professora de Pedagogia e de Formação Musical em várias escolas, nomeadamente na Escola Superior de Música de Lisboa. Começou a escrever em 1993. Estudou Escrita Criativa, Escrita para Teatro, Guionismo e Curta-Metragem. Tem vários livros publicados, sendo a maioria na área infantojuvenil, estando mais de metade incluídos no PNL. Ganhou vários prémios literários em conto, novela e romance. Escreve regularmente para teatro, tanto para crianças como para adultos. Dinamiza oficinas de escrita criativa, escrita para teatro e escrita para crianças e jovens. O seu último romance é De Zero a Dez. Escrita em dia (2013) é um manual de escrita criativa, recheado de estratégias e exemplos. Publica todos os meses, no Suplemente de Educação do Jornal de Letras, Artes e Ideias, um conto. É responsável pelo blogue Histórias em 77 palavras.

     

    Programa:

    1. A moralidade – o maior perigo

    2. Personagens, espaço e tempo – a ação como ponto de partida

    3. Diferença entre simplicidade e texto simplista

    4. A metáfora na escrita para crianças

    5. Narradores da vida real

     

    Dados técnicos:

    N.º de sessões: 3.

    Datas: 30 de setembro, 7 e 14 de outubro de 2014.

    Horário: 18.30 – 21.30.

    Total de horas: 9.

    Propina: 90 €.

    Descontos: 10 % para ex-alunos Booktailors, estudantes ou formandos que realizem pagamentos a pronto. Desconto máximo acumulável: 20 %.

    Local da formação: Bookoffice — Travessa das Pedras Negras, n.º 1, 3.º direito, 1100 - 404 Lisboa.

     

    Para se inscrever, por favor envie CV (com a referência: EHC set 2014) para: formacao@booktailors.com.

    -

    2 livros por 20€ A Edição de Livros e a Gestão Estratégica e um volume da coleção «Protagonistas da Edição» (Fernando Guedes: O decano dos editores portugueses ou Carlos da Veiga Ferreira: Os editores não se abatem. Encomendas através do e-mail encomendas@booktailors.comPortes de envio incluídos (válido para território nacional).


    por Booktailors às 09:00 | comentar | partilhar

    Qua, 3/Set/14
    Qua, 3/Set/14

     

    A partir de amanhã, a Booktailors dá início ao anúncio da sua oferta formativa para o segundo semestre de 2014 e o primeiro semestre de 2015. Teremos novos cursos e uma nova política de descontos.

     

    Se desejar receber toda a informação sobre os nossos cursos no seu e-mail, escreva-nos para formacao@booktailors.com.

     

    Esteja atento à barra lateral do Blogtailors, onde poderá encontrar todos os detalhes de cada curso. Acompanhe-nos também no Facebook.

    Etiquetas:

    por Booktailors às 17:00 | comentar | partilhar




    *NOVIDADES*


    LISBOA

    Escrevi uma história para crianças. Como posso melhorá-la? - nível inicial, por Margarida Fonseca Santos. Datas: 30 de setembro, 7 e 14 de outubro de 2014. Valor do curso: 90 €. Referência de assunto de e-mail: EHC set 2014. Veja aqui.

    Curso de Livro Infantil, por Carla Maia de Almeida. Datas: 13, 15, 20, 22, 27 e 29 de outubro de 2014. Valor do curso: 165 €. Referência de assunto de e-mail: LivInf out 2014. Veja aqui.

    Curso de Revisão de Texto – nível inicial, por Nuno Quintas. Datas: 25 e 27 novembro, 2, 4, 9 e 11 de dezembro de 2014. Valor do curso: 165 €. Referência de assunto de e-mail: Rev1 nov 2014. Veja aqui.




    Saiba mais aqui.
    Publicações Booktailors
    Carlos da Veiga Ferreira: Os editores não se abatem, Sara Figueiredo Costa



    PVP: 12 €. Oferta de portes (válido para território nacional).

    Fernando Guedes: O decano dos editores portugueses, Sara Figueiredo Costa



    PVP: 10,80 €. Preço com 10% de desconto e oferta de portes (válido para território nacional).

    A Edição de Livros e a Gestão Estratégica, José Afonso Furtado



    PVP: 16,99 €. 10% de desconto e oferta de portes.

    Livreiros, ler aqui.

    PROMOÇÃO BLOGTAILORS



    Aproveite a oferta especial de dois livros Booktailors por 20 €.

    Compre os livros Fernando Guedes: O decano dos editores portugueses, de Sara Figueiredo Costa e A Edição de Livros e a Gestão Estratégica, de José Afonso Furtado por 20 €. Portes incluídos (válido para território nacional).

    Encomendas através do e-mail: encomendas@booktailors.com.

    Clique nas imagens para saber mais.
    O Papel e o Pixel, de José Afonso Furtado (Ariadne)


    Encomendas por encomendas@booktailors.com. PVP: 10,00 €, mais portes de envio.
    Leitores
    Acumulado (desde Setembro 2007):

    2 350 000 visitas


    arquivo

    Setembro 2014

    Agosto 2014

    Julho 2014

    Junho 2014

    Maio 2014

    Abril 2014

    Março 2014

    Fevereiro 2014

    Janeiro 2014

    Dezembro 2013

    Novembro 2013

    Outubro 2013

    Setembro 2013

    Agosto 2013

    Julho 2013

    Junho 2013

    Maio 2013

    Abril 2013

    Março 2013

    Fevereiro 2013

    Janeiro 2013

    Dezembro 2012

    Novembro 2012

    Outubro 2012

    Setembro 2012

    Agosto 2012

    Julho 2012

    Junho 2012

    Maio 2012

    Abril 2012

    Março 2012

    Fevereiro 2012

    Janeiro 2012

    Dezembro 2011

    Novembro 2011

    Outubro 2011

    Setembro 2011

    Agosto 2011

    Julho 2011

    Junho 2011

    Maio 2011

    Abril 2011

    Março 2011

    Fevereiro 2011

    Janeiro 2011

    Dezembro 2010

    Novembro 2010

    Outubro 2010

    Setembro 2010

    Agosto 2010

    Julho 2010

    Junho 2010

    Maio 2010

    Abril 2010

    Março 2010

    Fevereiro 2010

    Janeiro 2010

    Dezembro 2009

    Novembro 2009

    Outubro 2009

    Setembro 2009

    Agosto 2009

    Julho 2009

    Junho 2009

    Maio 2009

    Abril 2009

    Março 2009

    Fevereiro 2009

    Janeiro 2009

    Dezembro 2008

    Novembro 2008

    Outubro 2008

    Setembro 2008

    Agosto 2008

    Julho 2008

    Junho 2008

    Maio 2008

    Abril 2008

    Março 2008

    Fevereiro 2008

    Janeiro 2008

    Dezembro 2007

    Novembro 2007

    Outubro 2007

    Setembro 2007

    Etiquetas

    acordo ortográfico(368)

    adaptação(256)

    agenda do livro(96)

    amazon(491)

    apel(97)

    associativismo(88)

    autores(3259)

    bd | ilustração(161)

    bertrand(76)

    bibliotecas(448)

    blogosfera(1163)

    blogtailors(65)

    blogtailorsbr(387)

    bookoffice(63)

    booktailors(341)

    booktrailers(167)

    byblos(70)

    coleção protagonistas da edição(35)

    correntes d'escritas 2009(73)

    correntes d'escritas 2010(97)

    correntes d'escritas 2011(34)

    correntes d'escritas 2012(36)

    design editorial(167)

    dia do livro(36)

    direitos de autor(129)

    distribuição(78)

    divulgação(1158)

    e-book(69)

    e-books(327)

    edição(364)

    editoras(1200)

    editores(281)

    emprego(62)

    entrevista(296)

    entrevistas booktailors(64)

    estado | política cultural(241)

    estatísticas e números(363)

    eventos(127)

    feira do livro de bolonha 2010(96)

    feira do livro de frankfurt 2008(110)

    feira do livro de frankfurt 2009(51)

    feira do livro de frankfurt 2010(54)

    feira do livro de frankfurt 2011(56)

    feira do livro de frankfurt 2013(33)

    feira do livro de lisboa(143)

    feira do livro de lisboa 2009(200)

    feira do livro de lisboa 2010(74)

    feira do livro do porto(39)

    feira do livro do porto 2009(50)

    feiras do livro(154)

    feiras internacionais(259)

    festivais(155)

    filbo 2013(40)

    fnac(79)

    formação(306)

    formação booktailors(164)

    fotografia | imagem(191)

    fusões e aquisições(180)

    google(155)

    homenagem(186)

    humor(170)

    ilustração | bd(466)

    imagens(145)

    imprensa(518)

    internacional(1602)

    kindle(291)

    lev(69)

    leya(244)

    língua portuguesa(176)

    literatura(265)

    livrarias(684)

    livro escolar(80)

    livro infantil(206)

    livros(1865)

    livros (audiolivro)(39)

    livros booktailors(66)

    london book fair(87)

    marketing do livro(386)

    mercado do livro(581)

    notícias(4842)

    o livro e a era digital(1711)

    óbito(231)

    opinião(1791)

    opinião no blogtailors(162)

    os meus livros(44)

    plano nacional de leitura(32)

    poesia(193)

    polémicas(499)

    porto editora(156)

    prémios(1389)

    prémios de edição ler booktailors(110)

    profissionais(140)

    promoção à leitura(145)

    revista ler(146)

    sítio web(268)

    sociologia e hábitos da leitura(236)

    tecnologia(864)

    top livros(90)

    twitter(94)

    vídeo(643)

    todas as tags