Booktailors - Consultores Editoriais
info@booktailors.com

Apartado 21350

EC Praça do Município

1132-001 Lisboa
(+351) 213 461 266

Facebook Booktailors
Foursquare Booktailors
Twitter Booktailors




Facebook Bookoffice
Para receber a nossa newsletter, envie um e-mail para formacao@booktailors.com.
Editoras Nacionais
Livrarias Nacionais
Livrarias on-line
Editoras Brasileiras
Imprensa Brasileira
Blogosfera Brasileira
Eventos no Brasil
Imprensa Internacional

Associações e Institutos de Investigação
Feiras internacionais
Qua, 23/Abr/14
Qua, 23/Abr/14

 

Ana Saldanha é a entrevistada do Blogtailors no mês de abril. A escritora, que se destaca pela vasta obra no domínio infantojuvenil e que é também tradutora, nomeia o livro que traduziu, mas que gostava de ter escrito.

 

Os jovens portugueses estão a ler mais? Há motivos para ter esperança?

Estão a ler mais e melhor. A leitura de obras de ficção e de não-ficção e a leitura e a escrita dos mais variados textos em todo o tipo de suporte têm agora um papel mais importante e abrangem um número muito maior de jovens do que na minha juventude.

 

A adolescência é mais parecida com um western ou com um centro comercial?

A adolescência é uma aventura com os perigos e os conflitos de um western e com as tentações e as alienações de um centro comercial. Em Texas, Uma Aventura no Faroeste, a protagonista está à espera dos amigos no Texas, um centro comercial fictício que aparece noutros livros meus.

 

Nos seus romances juvenis e contos, tem abordado temas fortes como a pedofilia, a gravidez na adolescência, a diabetes. É importante pôr os mais novos a refletir sobre esses temas através da leitura?

Não abordo esses temas com intenções didáticas explícitas. Também não pretendo veicular uma mensagem específica. É claro que as minhas reflexões e opiniões estão no texto e que quero estabelecer um diálogo com os meus leitores e proporcionar-lhes uma oportunidade para refletirem sobre esses tópicos.

 

Há temas tabu? E devem os pais controlar as leituras dos mais novos?

Não há temas tabu, mas há formas de tratar os temas que são mais adequadas a determinadas faixas etárias. Embora não defenda a censura, acredito que, como os pais e os encarregados de educação têm uma enorme responsabilidade na formação das crianças e dos jovens a seu cargo, têm também deveres e direitos na seleção do que lhes é apresentado. O ideal seria que os adultos lessem os livros previamente.

 

O humor é determinante para agarrar os leitores mais novos?

É determinante para agarrar todos os leitores, mas não é obrigatório que provoque gargalhadas; basta que provoque um sorriso de reconhecimento do absurdo de certos comportamentos ou diálogos, por exemplo. Mesmo nas situações mais trágicas é possível encontrar momentos de comédia. Uma frase que ouvi na rua: «Aproveitaram o funeral do avô para batizar a Teresinha.»

 

Discute-se muito o isolamento das crianças, que já não convivem tanto entre elas, fechando-se nas redes sociais e videojogos. Será que a leitura se pode pôr nesse mesmo patamar de convite ao isolamento?

É uma falácia dos nossos tempos, a do isolamento dos mais novos causado pelas novas tecnologias. As redes sociais, os videojogos, a Internet em geral podem propiciar esse isolamento, mas não são uma causa direta. Convidam ao convívio e à partilha. A leitura, muito menos: não isola, integra.

 

Leitora, tradutora e escritora: onde se sente mais feliz?

São três atividades que se complementam e me completam. Custa-me imaginar a minha vida sem uma delas — e menos ainda sem as três.

 

Que pergunta deveríamos ter feito e não fizemos?

Dos livros que já traduziu, qual gostaria de ter escrito? A resposta: Colheita, de Jim Crace, publicado pela Presença.

 

 

© Ana Saldanha

 

Ana Saldanha nasceu no Porto, em 1959. Tem uma licenciatura em Línguas e Literaturas Modernas pela Faculdade de Letras da Universidade do Porto e fez um mestrado em Literatura Inglesa e um doutoramento sobre a obra de Rudyard Kipling e Teoria da Tradução no Reino Unido. Entre as obras que traduziu destacam-se Longo Caminho para a Liberdade, a autobiografia de Nelson Mandela (Campo das Letras) e Uma História da Leitura, de Alberto Manguel (Presença). Escreveu cerca de três dezenas de livros para crianças e jovens, dos quais se destacam Três Semanas com a AvóUma Questão de CorO Papão no DesvãoPara Maiores de Dezasseis e O Galo que Nunca Mais Cantou. O seu livro mais recente é o romance juvenil Texas, Uma Aventura no Faroeste.

-

Conheça a oferta formativa da Booktailors no 1.º semestre de 2014Curso de Produção e Orçamentação GráficaEscrevi uma história para crianças – como posso melhorá-la?Curso de Revisão de Texto — nível intermédioOficina de Preparação de Original em Ambiente Digital, Curso de Livro Infantil.


por Booktailors às 09:00 | comentar | partilhar

Ter, 22/Abr/14
Ter, 22/Abr/14

Saiba quais são aqui.

Etiquetas:

por Booktailors às 17:00 | comentar | partilhar

Ter, 22/Abr/14

A obra de Donna Tart superou os finalistas Phillipp Meyer, com The Son, e Bob Shacochis, com The Woman Who Lost Her Soul. Ler aqui. Conheça os restantes premiados aqui.


por Booktailors às 15:00 | comentar | partilhar

Ter, 22/Abr/14

 

Entre 7 e 21 de maio, a Universidade de Aveiro (UA) recebe três conferências no âmbito do III Ciclo de Conferências para a Infância e Juventude.

 

No dia 7 de maio, a UA recebe um encontro com o escritor Álvaro Magalhães; no dia 14, com a ilustradora Catarina Sobral; e, no dia 21, uma sessão sobre a investigação em Literatura Infantil. Via O Jardim Assombrado.


por Booktailors às 12:00 | comentar | partilhar

Ter, 22/Abr/14

 

«O Presidente da Colômbia, Juan Manuel Santos, destacou hoje a figura literária e humana de Gabriel García Márquez, afirmando que, além dos seus textos, "viverá para sempre nas esperanças da Humanidade".
Juan Manuel Santos participou, esta segunda-feira, na homenagem, que teve lugar no Palácio das Artes, na capital mexicana, ao escritor colombiano que morreu, na quinta-feira, aos 87 anos.» Ler no Diário Digital e na RTP.

 

«Milhares de pessoas rumaram ao Palácio de Belas Artes da capital do México para prestar a última homenagem ao escritor colombiano Gabriel García Márquez.

A cerimónia solene, que teve início pouco depois das 16.00 locais (22.00 em Lisboa), pouco depois da chegada da urna com as suas cinzas, a qual foi colocada num pedestal e rodeada por vários arranjos de rosas amarelas - as favoritas do escritor.» Ler no Diário Digital e no iOnline. Ver na RTP, aqui e aqui.

 

«A viúva de Gabriel García Márquez, Mercedes Barcha, e os seus filhos, Gonzalo e Rodrigo, agradeceram, esta segunda-feira, os gestos de admiração e carinho para com o escritor, falecido na quinta-feira, na capital mexicana.» Ler no Diário Digital, na RTP, no iOnline e no Jornal de Notícias.

 

Ver a fotorreportagem no Público.


por Booktailors às 11:00 | comentar | partilhar

Ter, 22/Abr/14

 

«O grupo Porto Editora lança esta terça-feira uma nova chancela exclusivamente dedicada à edição de livros em suporte digital. A Coolbooks arranca com sete títulos de ficção, que incluem vários formatos, do romance ao livro de contos, e abarcam os mais diversos sub-géneros , do policial à literatura erótica ou de terror.

 

O responsável pela chancela, Vítor Gonçalves, explica que a variedade das obras escolhidas para inaugurar o catálogo foi intencional e se destina a mostrar que a Coolbooks "é uma editora generalista, que pretende ir ao encontro dos gostos de vários tipos de leitores". Os livros, de autores inéditos ou muito pouco conhecidos, estão já disponíveis no site da editora  (www.coolbooks.pt) e na livraria virtual do grupo, a Wook, com preços que vão de 2,99 a 8,99 euros.» Ler no Público. Ver na SIC.

 

«Na véspera do Dia Mundial do Livro, o Grupo Porto Editora acaba de anunciar que lançou um novo projecto editorial que visa dar a conhecer novos autores de língua portuguesa.» Ler no Diário Digital.


por Booktailors às 10:24 | comentar | partilhar

Ter, 22/Abr/14

Curso de Produção e Orçamentação Gráfica,

por João Costa

 

Objetivo:

Munir os formandos de valências, ferramentas e conhecimentos ao nível da produção gráfica e da sua orçamentação na área do livro. Como pedir e comparar orçamentos? Como lidar com gráficas e reconhecer os erros, antecipando problemas? Que critérios deveremos seguir para a seleção dos parceiros na área gráfica? Quais os melhores materiais e acabamentos para elaborar livros que vão ao encontro das nossas necessidades?

 

Público-alvo:

Profissionais do setor do livro, na área editorial e promoção (assistentes editoriais, colaboradores dos departamentos de marketing e comunicação).

 

Formador:

João Costa é produtor gráfico da Finepaper e ex-diretor de produção da Cavalo de Ferro, com mais de 10 anos de experiência em edição, tendo sido professor na Escola Profissional Bento de Jesus Caraça e no Curso de Especialização para Técnicos Editoriais da FLUL. Leciona o módulo de Produção Gráfica no curso de Gestão de Projetos Editoriais na Booktailors.

 

Programa:

1. Da escolha dos materiais.

2. Da escolha dos acabamentos.

3. Da escolha do tipo de impressão.

4. Da seleção das gráficas.

5. Do acompanhamento da produção.

 

Nota: No final do curso os formandos farão uma visita a uma gráfica, situada na área da Grande Lisboa.

 

Dados técnicos: 

N.º de sessões: 5, mais dia de visita a gráfica.

Datas: 5, 7, 12, 14 e 19 de maio de 2014, mais data a acordar.

Horário: 18.30-21.30.

Total de horas: 15, mais visita a gráfica.

Propina: 150 €.

Descontos: 10% para todos os ex-alunos Booktailors e estudantes e para pagamentos em duas prestações. (Os descontos são acumuláveis.)

Promoções: Todos os formandos do curso terão direito a 10 % de desconto numa compra na livraria Cabeçudos. Saiba mais aqui.

Local: Bookoffice — Travessa das Pedras Negras, n.º 1, 3.º direito, 1100 - 404 Lisboa.

 

Para se inscrever, por favor envie CV (com a referência: POG VI) para:formacao@booktailors.com.

-

Conheça a oferta formativa da Booktailors no 1.º semestre de 2014: Escrevi um livro. E agora? — Estratégias para ver o seu livro publicadoEscrevi uma história para crianças – como posso melhorá-la?Curso de Revisão de Texto — nível intermédioOficina de Preparação de Original em Ambiente Digital.

Etiquetas:

por Booktailors às 09:00 | comentar | partilhar

Seg, 21/Abr/14
Seg, 21/Abr/14

«O manuscrito do romance inacabado En Agosto nos Vemos de Gabriel García Márquez poderá será publicado, se essa for a vontade dos herdeiros, disse o editor de García Márquez, Claudio López, da Penguin Random House, em entrevista à rádio espanhola RAC 1. O editor, que já leu o manuscrito, diz que apenas 85 por cento do livro está escrito.» Ler no Público.


por Booktailors às 18:00 | comentar | partilhar

Seg, 21/Abr/14

Veja mais aqui.

Etiquetas: ,

por Booktailors às 17:00 | comentar | partilhar

Seg, 21/Abr/14

Saiba mais aqui.

Etiquetas: ,

por Booktailors às 15:00 | comentar | partilhar

Seg, 21/Abr/14

 

«A obra integral de Cesário Verde, pela primeira vez fixada, com a produção poética revista e ordenada, a biografia organizada e a correspondência anotada, pelo catedrático Ricardo Daunt, é apresentada em Lisboa.» Ler no Diário de Notícias, no iOnline e no Diário Digital.

 

«A Obra Poética Integral de Cesário Verde foi "revista e ordenada, de acordo com a semelhança formal e temática dos poemas publicados em vida, a biografia organizada cronologicamente e toda a correspondência acompanhada por notas elucidativas", afirma em comunicado a editora DinaLivro, que chancela a obra.» Ler no Sol.

Etiquetas: , ,

por Booktailors às 12:00 | comentar | partilhar

Seg, 21/Abr/14

«A obra literária de John Fante afigura-se-me como uma das mais originais do século XX. Obviamente teremos de descontar os autores do período damitteleuropa, entre os quais Musil não tem quem se lhe compare. Mas é justamente porque se contrapõe a uma literatura erudita e refinada que John Fante ganha um lugar entre os grandes do século e provavelmente entre os mais esquecidos.» Leia a opinião de António Jacinto Pascoal no Público.


por Booktailors às 11:50 | comentar | partilhar

Seg, 21/Abr/14

 

«Esta quinta-feira o presidente colombiano, Juan Manuel Santos, escreveu na sua conta de Twitter : "Mil anos de solidão e tristeza pela morte do maior colombiano de todos os tempos! Solidariedade e condolências a Gabo e família". E acrescentou: "Os gigantes nunca morrem."

 

O primeiro a dar a notícia foi o jornalista da cadeia mexicana Televisa, Joaquin Lopez-Doriga, que também o anunciou na sua conta no Twitter.» Ler no Público.

 

«A editora Cecília Andrade, da D. Quixote (onde a sua obra está publicada em Portugal) sentiu esta perda como uma "Crónica de uma morte anunciada", disse à agência Lusa parafraseando um dos muitos títulos do autor colombiano.

 

Lembrou também que o escritor "fez escola e muitos escritores seguem-lhe o estilo desde esse fabuloso romance que é Cem anos de solidão. Uma escola, a do realismo mágico, que não se restringe à América Latina ou ao universo da Língua Espanhola, e que tem seguidores em todo o mundo, incluindo Portugal".» Ler no Público.

 

«Francisco José Viegas tinha 14 anos quando leu Cem Anos de Solidão, de Gabriel García Márquez (1927-2014). Agora, na morte do escritor, lembra-nos que reduzir a obra de García Márquez a uma espécie de solidão maravilhosa de contador de histórias é injusto para o miniaturista meticuloso e entusiasta que trabalha até à exaustão o seu universo de personagens e fontes de informação.» Leia o texto de Francisco José Viegas no Público.

 

«As mensagens de condolências surgem também do mundo político. Depois de Barack Obama, Vladimir Putin e Dilma Rousseff, o presidente cubano Raúl Castro junta a sua voz à de outros chefes de estado, ao afirmar que os cubanos perderam "um grande amigo, íntimo e solidário".» Ler na RTP.

 

«O secretário de Estado da Cultura, Jorge Barreto Xavier, considerou hoje que as obras e o contributo para a sociedade do escritor Gabriel García Márquez, "um dos mais notáveis escritores do século XX", permanecerão "na memória de todos".

 

"Fica-nos a todos a faltar um dos mais notáveis escritores do século XX, a quem temos de agradecer a singularidade discursiva, hoje património da Humanidade", referiu Jorge Barreto Xavier, numa nota pública de pesar pelo falecimento do escritor Gabriel García Márquez, hoje [18] enviada às redacções.» Ler no Sol.

 

«O coordenador do Plano Nacional de Leitura, Fernando Pinto do Amaral, destaca uma característica transversal na obra de Gabriel García Márquez: uma aliança entre a memória, a cultura e a imaginação.

 

"O García Márquez teve a capacidade de conseguir aliar aquilo que é fundamental na ficção que é a memória e a imaginação. É um autor com uma imaginação extraordinária, muito rica, com um universo próprio, mas ao mesmo tempo descendo às raízes, mergulhando naquilo que eram as suas memórias de cultura, do seu país, da sua família, da sua infância", disse.

 

Já a presidente da Fundação José Saramago, Pilar del Rio, revelou à Renascença que o Nobel português da Literatura disse um dia a Garcia Márquez que, se tivesse de salvar um livro, não salvaria Cem Anos de Solidão. A escolha de Saramago, apesar de gostar muito daquele livro, seria um outro, de 1961, intitulado Ninguém Escreve ao Coronel». Ler na Renascença.

 

«Otelo Saraiva de Carvalho recorda o escritor Gabriel García Márquez, hoje falecido, como "um repórter apaixonado pela situação que se vivia em Portugal" com a revolução do 25 de Abril.» Ler no Diário Digital.

 

«"Foi uma pessoa que influenciou imenso a literatura e alguns escritores, aliás, ele é um escritor de charneira. Ainda hoje quando alguém descreve um livro com  realismo mágico identificam logo com Gabriel García Márquez", disse ao Expresso Afonso Cruz.

 

O escritor João Tordo defende, por seu turno, que o Prémio Nobel da Literatura em 1982 não se pode resumir a um só género literário, tendo escrito várias obras sob outras influências.

 

"O livro Ninguém Escreve ao Coronel devo ter lido com 18 e 20 anos e hoje vejo que não tinha nada de realismo mágico. Esse rótulo também lhe foi colado muito injustamente. A sua influência é muito mais do que ter dado nome a um género. Ele é universal", afirmou.» Ler no Expresso.

 

«Gabriel García Márquez, hoje [17 de abril] falecido aos 87 anos, "é o mais genial escritor do século XX, um narrador fantástico", disse o jornalista José Carlos Vasconcelos, que o conheceu em 1975. 

 

"Na realidade ele era sim grande amigo do [escritor] José Cardoso Pires, mas convivemos e até se fez um jantar com outros escritores, entre eles o José Gomes Ferreira e o Carlos Oliveira", disse o diretor do JL-Jornal de Artes, Letras & Ideias, referindo-se à visita do escritor a Lisboa, em 1975.» Ler no Expresso.

 

«O Presidente colombiano, Juan Manuel Santos, manifestou hoje [17 de abril] "mil anos de saudade e tristeza" pela morte do Nobel da Literatura Gabriel García Márquez, que qualificou como "o maior colombiano de todos os tempos".» Ler no Diário Digital.

 

«Pilar del Rio, mulher do ex-Nobel da Literatura José Saramago, manifestou hoje [17 de abril] "grande tristeza" pela morte do escritor colombiano Gabriel García Márquez, que classificou como "um homem que definiu o século XX".

 

"Foi um homem que definiu o século XX com a sua forma de escrever, de estar no mundo, de utilizar a imaginação, a criatividade, a natureza, a vida", assinalou Pilar del Rio, em declarações à agência Lusa, a propósito do falecimento do Nobel da Literatura de 1982.» Ler no Diário Digital.

 

«O Presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, lamentou, quinta-feira, a morte do escritor colombiano e Prémio Nobel da Literatura, Gabriel Garcia Marques (Gabo), vincando que foi "amigo sincero e leal" dos líderes revolucionários da América Latina.» Ler no Diário Digital.

 

«O presidente da Comissão Europeia, Durão Barroso, destacou hoje o escritor Gabriel García Marquez como "uma voz da América Latina e do mundo".

 

"Recebi com profunda tristeza a notícia do falecimento de Gabriel García Marquez", afirmou Durão Barroso, num comunicado, em que envia as suas condolências à família do Prémio Nobel da Literatura.» Ler no Diário Digital e no Sol.

 

«A escritora chilena Isabel Allende afirmou na quinta-feira que sente uma "pena imensa" pela morte do escritor colombiano Gabriel García Márquez, sublinhando que a sua obra "é imortal".

 

Isabel Allende disse, numa conferência de imprensa no Instituto Cervantes de Nova Iorque, que García Márquez "era um maestro para todos", e que todos os escritores latino-americanos contemporâneos foram influenciados pela sua obra.» Ler no Diário Digital e no Sol.

 

«O escritor peruano Mario Vargas Llosa, prémio Nobel da Literatura de 2010, mostrou-se hoje [18] "muito incomodado" com a morte de Gabriel García Márquez, mas salientou que as suas obras irão sobreviver no futuro.

 

Vargas Llosa soube da notícia na cidade andina de Ayacucho, onde estava com a família, refere o Canal N de televisão, citado pela agência Efe.

 

"Morreu um grande escritor cujas obras deram grande difusão e prestígio à literatura da nossa língua", declarou Vargas Llosa, com sinais de evidente incómodo com a notícia.

 

O autor peruano acrescentou que as obras de García Márquez "sobreviver-lhe-ão e continuarão a ganhar leitores em todos os lugares".» Ler no Sol.

 

«Aracataca, terra natal de Gabriel Garcia Marquez, amanheceu hoje [18 de abril] de luto, pela morte do Nobel colombiano, na quinta-feira, na Cidade do México, aos 87 anos.

 

A câmara de Aracataca decretou, logo na quinta-feira, cinco dias de luto e mandou colocar a meia haste as bandeiras da Colômbia e do município com 38.000 habitantes, na região de Magdalena.» Ler no Diário Digital.

 

«O Presidente mexicano, Enrique Peña Nieto, expressou ontem o seu pesar pela morte do escritor colombiano Gabriel García Márquez, na cidade do México, aos 87 anos.

 

"Em nome do México, expresso o meu pesar pelo falecimento de um dos maiores escritores dos nossos tempos: Gabriel García Márquez", escreveu o Presidente do México, na sua conta da rede social Twitter.» Ler no Sol.

 

«O Presidente colombiano, Juan Manuel Santos, pediu sexta-feira "um minuto de silêncio e reflexão" pela alma de Gabriel García Márquez, que faleceu quinta-feira no México aos 87 anos.

 

"Oremos durante esse minuto pela alma do nosso nobel García Márquez", disse o Presidente na localidade de Mompox, no norte do país.» Ler no Diário Digital.

 

«O ex-Presidente norte-americano Bill Clinton manifestou "tristeza" pela morte de García Márquez, referindo que desde que leu Cem anos de solidão, há mais de 40 anos, sempre ficou "assombrado" pela "imaginação, clareza de pensamento e honestidade emocional" do escritor.» Ler no Sol.

 

«O presidente do Equador, Rafael Correa, enviou as condolências pela morte de Gabriel García Márquez, considerando que o mundo vai ter "anos de solidão" com o desaparecimento do escritor colombiano.» Ler no Jornal de Notícias.

 

«O escritor José Eduardo Agualusa apontou Gabriel García Márquez como "uma referência muito importante" para os escritores da sua geração e "alguém que tinha muito de africano".

 

"Além de ter criado um estilo muito próprio, era também um contador de histórias, o que é raro", comentou o escritor, em declarações à agência Lusa a propósito da morte do escritor colombiano, Nobel da Literatura em 1992, que faleceu, esta quinta-feira, com 87 anos.» Ler no Jornal de Notícias.


por Booktailors às 11:00 | comentar | partilhar

Seg, 21/Abr/14

 

«O escritor colombiano e prémio Nobel da Literatura Gabriel García Márquez morreu nesta quinta-feira [17 de abril] na Cidade do México aos 87 anos, noticiou o jornal El País. Estava na sua casa, com a mulher Mercedes e os seus dois filhos.» Ler no Público.

 

«O autor de obras tão emblemáticas como Cem anos de solidão, O amor nos tempos de cólera, Crónica de uma morte anunciada e O general no seu labirinto, faleceu hoje [17 de abril], com 87 anos, vítima de pneumonia, indica a AP.» Ler no Diário Digital.

 

«O romancista colombiano Gabriel García Márquez, autor de Cem Anos de Solidão , morreu esta quinta-feira na Cidade do México, aos 87 anos. A causa da morte de "Gabo", como os amigos lhe chamavam, não foi divulgada, mas o escritor tinha estado internado há poucos dias, com infecções nos pulmões e no tracto urinário.» Ler no Público.
«Gabriel García Márquez, de 87 anos, distinguido com o Prémio Nobel da Literatura em 1982, que morreu hoje na Cidade do México, não publicava desde 2010, quando foi dado à estampa Yo no vengo a decir un discurso (Eu não venho dizer um discurso).

 

O autor de Cem anos de solidão, que os amigos tratavam por "Gabo", tinha anunciado em 2009 que se retirava, e o livro publicado no ano seguinte, reuniu apenas material disperso das suas alocuções em público, as quais iniciava invariavelmente com a frase Eu não venho dizer [fazer] um discurso, informou na altura a editora Mondadori.» Ler no Sol.

 

«O escritor e jornalista colombiano, Gabriel Garcia Marquez, morreu esta quinta-feira. O Prémio Nobel da Literatura em 1982 tinha 87 anos e sofria de problemas respiratórios há vários anos. A informação foi avançada por vários órgãos de informação internacionais e confirmada pela família.» Ler, ver e ouvir na Renascença.

 

«Aclamado como escritor, sempre se considerou sobretudo jornalista. Foi correspondente do diário colombiano El Espetador em Genebra, Paris e Roma. Passou também pela Checoslováquia, Polónia, Rússia e Ucrânia. Num artigo publicado no diário espanhol El País, a 20 de outubro de 1996, referiu-se ao jornalismo como "o melhor emprego do mundo".» Ler no Expresso.

 

«O México presta segunda-feira [hoje] homenagem a Gabriel García Márquez no Palácio das Belas Artes, o principal recinto cultural do país, revelou quinta-feira o presidente do Conselho Nacional para a Cultura e Artes, Rafael Tovar.» Ler no Diário Digital, no Jornal de Notícias e no Sol.
«O corpo do escritor Gabriel García Marquez vai ser cremado numa cerimónia privada. Foi María Cristina García Cepeda, diretora do Instituto Nacional de Belas Artes, quem revelou a informação ao ler um comunicado em nome da família do escritor colombiano.» Ler no Correio da Manhã.

 

«O corpo do escritor Gabriel García Márquez, que morreu quinta-feira no México, será cremado "em privado" e na tarde de segunda-feira terá lugar uma homenagem no palácio das Belas Artes da capital mexicana.» Ler no Diário Digital e no Jornal de Notícias e no Sol.

 

«As cinzas do prémio Nobel Gabriel García Márquez serão divididas entre o México e a Colômbia, afirmou sexta-feira o embaixador colombiano na capital mexicana, José Gabriel Ortiz.

 

O diplomata falava à porta da casa de Gabriel García Márquez, na Cidade do México, onde o escritor faleceu quinta-feira aos 87 anos.

 

"No México ficará uma parte e penso que podem levar outra parte para a Colômbia, onde ficarão em repouso parte das cinzas", disse o embaixador.» Ler no Diário Digital, no Diário de Notícias, no iOnline, no Jornal de Notícias e na RTP.

 

«Desde quinta-feira que não param de chegar à casa do escritor, no México, muitas flores, sobretudo flores amarelas, as preferidas de García Márquez» Ler e ver na RTP.


por Booktailors às 10:44 | comentar | partilhar

Seg, 21/Abr/14

Escrevi uma história para crianças – como posso melhorá-la?,

por Margarida Fonseca Santos

 

Objetivos:

Escreve-se muito para crianças, mas será esta escrita apurada, desafiante, divertida e profunda? Os perigos espreitam, com moralidades impostas, textos simplistas em vez de claros e intensos, com muletas em excesso, pois acreditamos, erradamente, que funcionam. Neste curso de 6 horas, iremos trabalhar sobre textos já construídos e perceber como podemos melhorá-los, subverter-lhes a previsibilidade, torná-los fonte de prazer, pensamento e crescimento, sem impor nada ao leitor.

 

Público-alvo

Autores de textos para crianças.

 

Formadora:

Margarida Fonseca Santos foi professora de Pedagogia e de Formação Musical em várias escolas, nomeadamente na Escola Superior de Música de Lisboa. Começou a escrever em 1993. Estudou Escrita Criativa, Escrita para Teatro, Guionismo e Curta-Metragem. Tem vários livros publicados, sendo a maioria na área infantojuvenil; mais de metade está incluída no PNL. Ganhou vários prémios literários em conto, novela e romance. Escreve regularmente para teatro, tanto para crianças como para adultos. Dinamiza oficinas de escrita criativa, escrita para teatro e escrita para crianças e jovens. O seu último romance é Deixa-me Entrar na Tua Vida. Escrita em Dia (2013) é um manual de escrita criativa, recheado de estratégias e exemplos. Publica todos os meses, no suplemente de Educação do Jornal de Letras, um conto. É responsável pelo blogue histórias em 77 palavras.

 

Programa:

1. A moralidade – o maior perigo

2. Personagens, espaço e tempo – a ação como ponto de partida

3. Diferença entre simplicidade e texto simplista

4. A metáfora na escrita para crianças

5. Narradores da vida real

 

Dados técnicos:

N.º de sessões: 2.

Datas: 13 e 15 de maio de 2014.

Horário: 18.30 – 21.30.

Total de horas: 6.

Propina: 55 €.

Descontos: 10% para todos os ex-alunos Booktailors e estudantes e para pagamentos em duas prestações. (Os descontos são acumuláveis.)

Promoções: Todos os formandos do curso terão direito a 10 % de desconto numa compra na livraria Cabeçudos. Saiba mais aqui.

Local da formação: Bookoffice — Travessa das Pedras Negras, n.º 1, 3.º direito, 1100 - 404 Lisboa.

 

Para se inscrever, por favor envie CV (com a referência: EHC I) para: formacao@booktailors.com.

-

Conheça a oferta formativa da Booktailors no 1.º semestre de 2014Escrevi um livro. E agora? — Estratégias para ver o seu livro publicadoCurso de Produção e Orçamentação GráficaEscrevi uma história para crianças – como posso melhorá-la?Curso de Revisão de Texto — nível intermédioOficina de Preparação de Original em Ambiente Digital, Curso de Livro Infantil.

Etiquetas:

por Booktailors às 09:00 | comentar | partilhar

Dom, 20/Abr/14
Dom, 20/Abr/14

 

Retirado daqui.

-

Conheça a oferta formativa da Booktailors no 1.º semestre de 2014: Escrevi um livro. E agora? — Estratégias para ver o seu livro publicadoCurso de Produção e Orçamentação GráficaEscrevi uma história para crianças – como posso melhorá-la?Curso de Revisão de Texto — nível intermédioOficina de Preparação de Original em Ambiente Digital, Curso de Livro Infantil.

Etiquetas: ,

por Booktailors às 09:00 | comentar | partilhar

Sáb, 19/Abr/14
Sáb, 19/Abr/14

 

Retirado daqui.

-

Conheça a oferta formativa da Booktailors no 1.º semestre de 2014: Escrevi um livro. E agora? — Estratégias para ver o seu livro publicadoCurso de Produção e Orçamentação GráficaEscrevi uma história para crianças – como posso melhorá-la?Curso de Revisão de Texto — nível intermédioOficina de Preparação de Original em Ambiente Digital, Curso de Livro Infantil.

Etiquetas: ,

por Booktailors às 09:00 | comentar | partilhar

Sex, 18/Abr/14
Sex, 18/Abr/14

 

Retirado daqui.

-

Conheça a oferta formativa da Booktailors no 1.º semestre de 2014Escrevi um livro. E agora? — Estratégias para ver o seu livro publicadoCurso de Produção e Orçamentação GráficaEscrevi uma história para crianças – como posso melhorá-la?Curso de Revisão de Texto — nível intermédioOficina de Preparação de Original em Ambiente Digital, Curso de Livro Infantil.

Etiquetas: ,

por Booktailors às 09:00 | comentar | partilhar

Qui, 17/Abr/14
Qui, 17/Abr/14

 

O Caminhos de Leitura – XII Encontro de Literatura Infantojuvenil decorre em Pombal e vai receber vários especialistas nacionais e internacionais na área do livro e da leitura. Via Ler ebooks.


por Booktailors às 17:00 | comentar | partilhar

Qui, 17/Abr/14

 

No dia 23 de abril, Dia Mundial do Livro, a Bertrand vai espalhar, em vários espaços de 29 cidades do país, cerca de mil livros.

 

Cada livro libertado nesta ação, apelidada de bookdropping, terá  um vale de 5 euros pronto a ser usado nas Livrarias Bertrand.

 

Ainda para celebrar o Dia Mundial do Livro, a Bertrand promove o já habitual LER no Chiado, moderado pela jornalista Anabela Mota Ribeiro. Sob o mote «O Livro é Uma Arma», esta sessão será dedicada aos livros e à liberdade de expressão, na qual estarão escritores, jornalistas e editores. No mesmo dia, no Porto, na Bertrand Shopping Cidade do Porto, realiza-se um encontro com Manuel Jorge Marmelo, Miguel Miranda e Richard Zimler.

 

Este mês, a rede edita mais um número da revista Somos Livros, com um conto inédito de Valério Romão e uma entrevista a Beatriz Batarda.


por Booktailors às 15:00 | comentar | partilhar

Qui, 17/Abr/14

 

«Mafalda, a personagem de banda desenhada criada pelo argentino Quino há 50 anos, será o estandarte das celebrações do Dia Mundial do Livro e do Direito de Autor da UNESCO, a 23 de abril, indicou [ontem] a organização.» Ler no iOnline e no Jornal de Notícias.


por Booktailors às 12:00 | comentar | partilhar

Qui, 17/Abr/14
Quatro técnicos da equipa que assegura o funcionamento da Biblioteca Municipal da Nazaré não obtiveram a renovação dos seus contratos. A Câmara Municipal da Nazaré justificou esta decisão com questões de natureza económica, alegando uma política global de redução do número de trabalhadores, renovando, no entanto, contratos em outras áreas profissionais.
O funcionamento e o futuro da Biblioteca Municipal, sem a presença de técnicos competentes na área, ficam assim em causa. Foi colocada a circular uma petição on-line a apelar à manutenção da equipa técnica da biblioteca municipal da Nazaré. Esta petição, que transcrevemos abaixo, foi assinada por nomes da cultura como Francisco José Viegas, Rui Vieira Nery ou Manuel Maria Carrilho.
Texto da petição:
«A Nazaré tem uma excelente biblioteca que, além de ter um vasto acervo, tem óptimas condições para ser usada como local de estudo. Isso não acontece por acaso: é obra do esforço dos técnicos que lá trabalham e que estão sempre disponíveis para responder às solicitações dos utentes. 
 
A Biblioteca Municipal da Nazaré também é conhecida pelas conferências que realiza. Uma conferência não é um evento fácil de organizar e de acomodar ao dia-a-dia da biblioteca. É nestes momentos que se distingue a qualidade dos seus funcionários. 
 
Além de serem uma mais valia para as pessoas da Nazaré, que já puderam assistir a palestras de oradores de nomeada das mais diferentes áreas de conhecimento, também movimentam o comércio, que beneficia da presença de pessoas que vêm de fora do concelho para comparecer ao evento (algumas conferências tiveram público de todo o país). 
 
Vivemos tempo de crise profunda, e o já reduzido consumo de cultura por parte dos Portugueses vai ainda baixar drasticamente e passar a basear-se em ofertas gratuitas. As bibliotecas têm aqui um papel fundamental e é da maior importância que funcionem de forma ajustada nestes tempos difíceis. 
 
A Biblioteca Municipal da Nazaré cumpre bem o seu papel de excelência. Os seus indicadores estatísticos estão muito acima da média nacional de acordo com os relatórios da DGLAB (Direcção -Geral do Livro, Arquivos e Bibliotecas). E se assim é, isso deve-se em grande parte ao trabalho desenvolvido pelos seus técnicos. 
 
Foi por isso com grande pesar que soubemos da notícia da não renovação dos contratos dos funcionários técnicos acima citados. 
 
É uma situação lamentável: uma biblioteca sem pessoal especializado não é uma biblioteca, é um espaço onde (também) há livros. É revoltante constatar que a autarquia, em vez de apoiar, decide castigar as pessoas que têm feito um excelente trabalho à frente da Biblioteca, esse veículo de cultura e educação que tem contribuído para a formação das gentes da Nazaré e arredores. 
 
Todos os que apreciam a cultura, e a Biblioteca da Nazaré em particular, devem fazer ouvir a sua voz e mostrar a sua solidariedade para com os envolvidos nesta situação deplorável. 
 
Nós, subscritores desta petição, esperamos que esta situação, seja corrigida pelas autoridades competentes. Além de prejudicial para a Biblioteca Municipal da Nazaré, é socialmente desastrosa, com destruição efectiva de postos de trabalho.»

-

Conheça a oferta formativa da Booktailors no 1.º semestre de 2014Curso de Gestão de Projetos EditoriaisCurso de Produção e Orçamentação GráficaCurso de Revisão de Texto – nível inicialCurso de Livro InfantilCurso de Comunicação EditorialOficina sobre o novo Acordo OrtográficoEscrevi um livro. E agora? — Estratégias para ver o seu livro publicadoEscrevi uma história para crianças – como posso melhorá-la?Curso de Revisão de Texto — nível intermédioOficina de Preparação de Original em Ambiente Digital.

Etiquetas:

por Booktailors às 09:00 | comentar | partilhar

Qua, 16/Abr/14
Qua, 16/Abr/14

Segundo a Flavorwire. Conheça-os aqui.

Etiquetas:

por Booktailors às 17:00 | comentar | partilhar

Qua, 16/Abr/14

© Susana Almeida

 

Bruno Vieira Amaral, autor da Bookoffice que recentemente recebeu o prémio de livro do ano pela revista Time Out, subiu ontem ao palco da Culturgest para receber a distinção Prémios Novos para a área da literatura.

 

A 2.ª edição destes prémios, que visam distinguir as personalidades portuguesas mais importantes com menos de 35 anos em diferentes áreas criativas (moda, música, cinema, teatro, Internet, entre outros) são uma organização Cego Surdo e Mudo, com apoios da Caixa Geral de Depósitos, Delta Cafés e Guronsan.

 

A apresentação da sessão, que contou com atuações de Salvador Martinha, Gisela João, Isaque Ferreira e Joana Gama, ficou a cargo de Fernando Alvim e Inês Castel-Branco.

Etiquetas: ,

por Booktailors às 15:00 | comentar | partilhar

Qua, 16/Abr/14

 

Pelo quarto ano consecutivo, a Rede de Bibliotecas de Lisboa e a Associação Portuguesa de Editores e Livreiros coorganizam uma programação dedicada ao livro, sob o título Ler em Todo o Lado.

 

O programa inclui atividades para famílias, escolas, público infantil, público adulto, lançamentos, encontros com autores, feiras do livro, música e conversas. Via O Bicho dos Livros.


por Booktailors às 12:00 | comentar | partilhar

Qua, 16/Abr/14

Quando começou, José Pinho estava sozinho. «Tinha de ser naquele momento», relata. Assim, alugou 12 lugares de um parque de estacionamento no Bairro Alto e lá montou a sua livraria. Os amigos chegaram a seguir, amigos que passaram a 20 sócios. Perspetiva inicial: «não temos clientes, mas fazemos a livraria na mesma». Nasceu assim há 15 anos a Ler Devagar, na rua de São Boaventura no Bairro Alto, numa altura em que já lá não existiam livrarias, lembra o fundador.

 

Entretanto, o edifício onde se situava, propriedade da Litografia de Portugal, foi vendido a uma imobiliária. A livraria teve de sair do Bairro. Apareceu a hipótese de se mudar para a zona de Braço de Brata, onde se poderia montar uma livraria semelhante, mas numa área maior. Foi «um tiro no escuro», diz José Pinho. Em Braço de Prata, esperava o dia inteiro «que alguém aparecesse»: «ninguém se habituava a ir lá».

 

Parece que José Pinho tem tendência para ir contra a corrente, mas porquê? Hoje, explica que não procurou sítios onde não estivessem pessoas; mas a necessidade era mais forte, especialmente na vantagem em conseguir rendas baixas. Ao mesmo tempo, houve uma tentativa de recuperar espaços e zonas de Lisboa que estavam abandonadas. Não via a sua livraria a funcionar no Chiado, por exemplo, porque acha que «estar nas ruas movimentadas interessa mais para as novidades».

 

 

A livraria Ler Devagar está, desde 23 de abril de 2009, no complexo da LX Factory, em Alcântara, depois de José Pinho ter sido convidado pelos proprietários dos edifícios a fazer algo semelhante ao que estava no Braço de Prata. «Demorámos quase meio ano a aceitar», lembra — e, durante os primeiros dois anos, «a livraria não tinha ninguém».

 

Como disse Príamo, «tudo o que é bom é feito devagar ou com vagar». Apesar das dificuldades iniciais, por onde a livraria tem passado é isto que tem acontecido: devagar, vai criando um público fiel. Hoje, a Ler Devagar recebe «incomparavelmente mais gente». «Independentemente dos sítios, se houver alguma coisa interessante as pessoas acabam por ir», é a convicção (já provada) de José Pinho. Agora, as possibilidades são outras, e assegura que cada vez mais lhe interessa criar um público. O nome da livraria vai precisamente beber àquela frase e à revista literária e de crítica social Devagar, que José Pinho editou nos anos 90, juntamente com um amigo, António Ferreira.

 

 

A Ler Devagar distancia-se das «livrarias de novidades» porque se baseia numa outra lógica: é uma livraria de fundos (sendo mesmo este o nome da empresa). Quando, há 17 anos, frequentou um curso de técnicos editoriais na Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa, os colegas de José Pinho, na maioria editores, já se queixavam de que «os armazéns estavam cheios de livros». Apesar de se afirmar como livraria de fundos, a Ler Devagar flexibilizou-se neste aspeto e disponibiliza novidades editoriais portuguesas, sendo que esta fatia representa apenas 1 % dos livros. «No Bairro Alto não vendíamos [José] Saramago; agora temos tudo [do autor]». A livraria destaca-se também numa outra política: não pratica descontos sobre os livros.

 

Onde a livraria mais se destaca é… um pouco por todo o mundo. Nos últimos anos, figurou no guia da Taschen do New York Times (que escolhe 125 locais da Europa para visitar em 36 horas), na lista das 20 livrarias mais bonitas do mundo para a Flavorwire e é ainda destaque no Louis Vuitton European City Guides. Já em 2014, foi mencionada em três revistas orientais do Japão, Coreia e China. Desta forma, os turistas que vêm a Lisboa têm já a Ler Devagar assinalada nas suas rotas. Os brasileiros são alguns dos melhores clientes. José Pinho lembra alguns casos mais pontuais, como o de um cliente francês que adquiriu 1000 euros em livros, ou o de um cliente chinês que adquiriu 4500 euros em livros de arte e arquitetura, que iria vender na China — isto porque terá conhecido a livraria numa revista. Como afirma José Pinho, a livraria «presta este serviço à cidade: projeta Lisboa para outro patamar».

 

 

José Pinho viajou bastante, e «só para ver livrarias»: correu países como EUA, Holanda, França, Canadá, Itália, à procura de ideias para os seus projetos. «Em Montreal, as pessoas tiravam livros, enciclopédias, punham no chão e sentavam-se em cima, a conversar», mas José Pinho considera que ainda hoje seria estranho ver isso acontecer em Portugal. Pensa ter conseguido com a sua livraria aquilo que mais ninguém tem conseguido: para o fundador, a Ler Devagar presta um «serviço público: há muita coisa para aí [bibliotecas], mas nada como isto. Não há obrigação de consumir. Só o bar é pago».

 

No edifício da Ler Devagar em Alcântara esteve antes a Gráfica Mirandela, que imprimia jornais como o Público, o Expresso e A Bola. A enorme maquinaria de impressão foi deixada quase intacta, emprestando como que uma estética industrial à livraria. A maquinaria acabou também por permitir que a livraria tivesse um 2.º piso, sustentado por ela. Nesse piso está a discoteca Ouvir Devagar, onde existem oito postos para ouvir música (predominando a música lusófona), um restaurante, uma galeria e a exposição de objetos cinemáticos de Pietro Prosérpio, o construtor da emblemática bicicleta que hoje identifica a livraria. Tudo isto «sem consumir nem um café» e sem a obrigatoriedade de comprar um livro, sublinha José Pinho.

 

 

Todos os sócios da livraria — cerca de 140, neste momento — têm outra atividade profissional. José Pinho foi também, até 2005, diretor-geral de uma agência de gestão de dados e promoções, Internet e novas tecnologias, ano em que passou a dedicar-se à Ler Devagar. O único sócio em permanência na livraria explica um pouco das convicções que a gerem: «todos os accionistas da Ler Devagar têm a certeza de que nunca mais o vão ver [o dinheiro investido]»; e, no entanto, «vão ver para que serviu o dinheiro». «As pessoas vêm e sabem que o dinheiro está aqui. Se o quiserem levar de volta, podem vir buscar livros». Dessa forma, a livraria tem um stock «de valor semelhante ao capital social», explica, materializado nos cerca de 60 mil livros (42 mil títulos) que estão na Ler Devagar. «Quando ganhamos dinheiro  não damos aos sócios: compramos livros e apostamos», explica José Pinho. A Vila Literária de Óbidos tem sido uma dessas apostas.

 

 

Apesar de reconhecer na livraria, com algum humor, «um vício caro», assegura que esta tem mantido a sua viabilidade. Nos últimos três anos, as vendas globais aumentaram, em cada ano, mais de 20 %, e é a venda de livros que mais cresce. Os livros são «o indicador de saúde do negócio», representando entre 65 % e 70 % das vendas. Tal como noutras livrarias em Lisboa, O que o turista deve ver, de Fernando Pessoa (Livros Horizonte), e O Principezinho, de Antoine Saint-Éxupery (Editorial Presença), são alguns dos livros mais procurados. José Pinho destaca também O Animalário Universal do Professor Revillod (Orfeu Negro), bastante procurado pelos turistas. Durante o dia, a livraria tem inclusive mais clientes estrangeiros, de todas as idades e nacionalidades; os portugueses aparecem à noite. Durante a semana, José Pinho vê entrar na livraria cerca de 200 pessoas por dia, número que mais do que duplica ao fim de semana.

 

Futuramente, José Pinho pensa voltar a dinamizar a galeria da livraria, bem como retomar o seu espaço infantil. Tem dedicado mais tempo à Vila Literária de Óbidos, um projeto em curso nesta vila do Oeste e que vai abrir, até 2015, 11 livrarias em espaços como escolas, mercados biológicos e adegas; 7 delas já estão em funcionamento. Um investimento apenas permitido pela filosofia dos acionistas da livraria: «nenhum de nós pensa em enriquecer», assegura José Pinho, «isto é para nossa satisfação e prazer. Um egoísmo um pouco altruísta», carateriza.


por Booktailors às 10:00 | comentar | partilhar

Qua, 16/Abr/14
© Paulo Sousa Coelho

 

O poeta e teólogo José Tolentino Mendonça é o novo autor da agência literária Bookoffice.

 

Acompanhe-o aqui e no nosso Facebook.

-

Conheça a oferta formativa da Booktailors no 1.º semestre de 2014Escrevi um livro. E agora? — Estratégias para ver o seu livro publicadoCurso de Produção e Orçamentação GráficaEscrevi uma história para crianças – como posso melhorá-la?Curso de Revisão de Texto — nível intermédioOficina de Preparação de Original em Ambiente Digital, Curso de Livro Infantil.

Etiquetas: ,

por Booktailors às 09:00 | comentar | partilhar

Ter, 15/Abr/14
Ter, 15/Abr/14


Entre as nomeadas para o prémio estão Donna Tartt e Jhumpa Lahiri. Leia sobre as nomeadas aqui e o artigo sobre Helen Fraser, a presidente do júri do prémio, aqui.


por Booktailors às 17:00 | comentar | partilhar

Ter, 15/Abr/14

 

J. K. Rowling: A Bibliography será lançado em dezembro pela Bloomsbury Academic. Ler aqui.


por Booktailors às 15:00 | comentar | partilhar

Ter, 15/Abr/14

 

«Há cada vez menos desculpas para não dar uma nova vida aos livros escolares arrumados lá em casa. Se, até agora, ainda não os tinha entregado a um banco de livros para que fossem reutilizados por outras crianças ou jovens, porque o banco era longe, agora só tem mesmo de ir à loja CTT mais próxima para ajudar uma família a cortar na despesa anual com os manuais obrigatórios. E é tudo gratuito.» Ler no Público.


por Booktailors às 14:53 | comentar | partilhar

Ter, 15/Abr/14

 

O Observatório da Língua Portuguesa (OLP) está a criar, em parceria com a Associação para o Voluntariado de Leitura, uma biblioteca de livros digitais.

 

Esta bilbioteca, que será disponibilizada numa plataforma do sítio do OLP, vai potenciar a projeção da Língua Portuguesa como veículo de ensino e aprendizagem e ampliar a rede nacional de voluntariado para a promoção da leitura. Ler aqui.


por Booktailors às 12:00 | comentar | partilhar

Ter, 15/Abr/14

 

«A mulher e filhos do escritor colombiano Gabriel García Márquez emitiram um comunicado em que reconhecem que o estado de saúde do escritor é "muito frágil" e sofre "risco de complicações", adianta a agência Lusa nesta terça-feira.» Ler no Público, iOnline, Diário Digital, Diário de Notícias, Jornal de Notícias e Sol.


por Booktailors às 11:56 | comentar | partilhar

Ter, 15/Abr/14

Curso de Produção e Orçamentação Gráfica,

por João Costa

 

Objetivo:

Munir os formandos de valências, ferramentas e conhecimentos ao nível da produção gráfica e da sua orçamentação na área do livro. Como pedir e comparar orçamentos? Como lidar com gráficas e reconhecer os erros, antecipando problemas? Que critérios deveremos seguir para a seleção dos parceiros na área gráfica? Quais os melhores materiais e acabamentos para elaborar livros que vão ao encontro das nossas necessidades?

 

Público-alvo:

Profissionais do setor do livro, na área editorial e promoção (assistentes editoriais, colaboradores dos departamentos de marketing e comunicação).

 

Formador:

João Costa é produtor gráfico da Finepaper e ex-diretor de produção da Cavalo de Ferro, com mais de 10 anos de experiência em edição, tendo sido professor na Escola Profissional Bento de Jesus Caraça e no Curso de Especialização para Técnicos Editoriais da FLUL. Leciona o módulo de Produção Gráfica no curso de Gestão de Projetos Editoriais na Booktailors.

 

Programa:

1. Da escolha dos materiais.

2. Da escolha dos acabamentos.

3. Da escolha do tipo de impressão.

4. Da seleção das gráficas.

5. Do acompanhamento da produção.

 

Nota: No final do curso os formandos farão uma visita a uma gráfica, situada na área da Grande Lisboa.

 

Dados técnicos: 

N.º de sessões: 5, mais dia de visita a gráfica.

Datas: 5, 7, 12, 14 e 19 de maio de 2014, mais data a acordar.

Horário: 18.30-21.30.

Total de horas: 15, mais visita a gráfica.

Propina: 150 €.

Descontos: 10% para todos os ex-alunos Booktailors e estudantes e para pagamentos em duas prestações. (Os descontos são acumuláveis.)

Promoções: Todos os formandos do curso terão direito a 10 % de desconto numa compra na livraria Cabeçudos. Saiba mais aqui.

Local: Bookoffice — Travessa das Pedras Negras, n.º 1, 3.º direito, 1100 - 404 Lisboa.

 

Para se inscrever, por favor envie CV (com a referência: POG VI) para:formacao@booktailors.com.

-

Conheça a oferta formativa da Booktailors no 1.º semestre de 2014: Oficina sobre o novo Acordo OrtográficoEscrevi um livro. E agora? — Estratégias para ver o seu livro publicadoEscrevi uma história para crianças – como posso melhorá-la?Curso de Revisão de Texto — nível intermédioOficina de Preparação de Original em Ambiente Digital.

Etiquetas:

por Booktailors às 09:00 | comentar | partilhar

Seg, 14/Abr/14
Seg, 14/Abr/14


O festival, que se realiza entre 22 de maio e 1 de junho, promete em 2014 uma forte ligação ao mundo das ideias. Em 2014, o evento que decorre em Gales celebra os 100 anos de Dylan Thomas. Leia aqui. Conheça o sítio do festival aqui.


por Booktailors às 17:00 | comentar | partilhar

Seg, 14/Abr/14

 

«O escritor José Saramago, único autor lusófono distinguido com o Prémio Nobel da Literatura, vai dar nome a um novo avião da frota da TAP, anunciou hoje a transportadora aérea.» Ler no Diário Digital.

Etiquetas: ,

por Booktailors às 16:00 | comentar | partilhar

Seg, 14/Abr/14

 

«As livrarias Bertrand vão promover o Dia Mundial do Livro, a 23 de abril, espalhando mais de mil livros por todo o país.» Ler no Correio da Manhã.


por Booktailors às 15:00 | comentar | partilhar

Seg, 14/Abr/14

 

«Uma antiga cabine telefónica vai ser transformada numa mini-biblioteca, para promover a leitura e "estreitar os laços" entre os moradores do bairro lisboeta junto às avenidas de Roma e Guerra Junqueiro.» Ler no Diário Digital e no Correio da Manhã.

Etiquetas: ,

por Booktailors às 12:00 | comentar | partilhar

Seg, 14/Abr/14

 

«Os restos mortais da escritora Sophia de Mello Breyner Andresen serão trasladados para o Panteão Nacional, em Lisboa, a 2 de Julho, disse à agência Lusa fonte do grupo de trabalho criado para definir a cerimónia.» Ler no Público, no Jornal de Notícias e no Sol.

Etiquetas: ,

por Booktailors às 11:10 | comentar | partilhar

Seg, 14/Abr/14

  

«O realizador está a rodar no Porto O Velho do Restelo, onde se cruzam Camões, Camilo, Pascoaes e D. Quixote de La Mancha.» Ler no Público.


por Booktailors às 11:07 | comentar | partilhar

Seg, 14/Abr/14

 

«Uma das mais antigas livrarias de Pequim tornou-se esta semana a primeira da cidade a estar aberta toda a noite, numa tentativa de acordar o público para o prazer da leitura e dos livros.» Ler no Diário Digital e no iOnline.


por Booktailors às 10:57 | comentar | partilhar

Seg, 14/Abr/14

Escrevi um livro. E agora? — Estratégias para ver o seu livro publicado,

por Paulo Ferreira

 

Objetivos:

Apesar da sobreprodução editorial (publica-se mais do que os leitores conseguem absorver), a atividade de escrita não estagnou. O livro terminado, por vezes o mais difícil vem depois: que o original seja lido e analisado por um editor. Neste curso de 3 horas, tentar-se-á consciencializar os assistentes para a realidade editorial (e do editor), ao mesmo tempo que se fornecerá um conjunto de estratégias e dicas para que o seu original passe à frente na pilha de todos os outros. Sem fórmulas mágicas (mas com muito trabalho).

 

Público-alvo:

Autores inéditos.

 

Formador:

Consultor e gestor editorial, docente, agente literário. Nasceu em Lisboa, em 1980. Em 2007 fundou a Booktailors. Com uma pós-graduação em Edição, trabalha no meio dos livros. Publicou contos e outros textos na imprensa. É colaborador da revista LER. Participa regularmente em colóquios e seminários dedicados à edição de livros. É especialista convidado da Universidade de Aveiro, no mestrado em Edição. É diretor da revista B:Mag e dinamiza o Blogtailors, inteiramente dedicado à edição de livros. Programa para diversos eventos literários (Festival Literário da Madeira, Feira do Livro de Lisboa, Festival Literário de Castelo Branco, LeV — Literatura em Viagem, etc.), tendo sido produtor executivo da presença portuguesa na Feira Internacional do Livro de Bogotá em 2013, na qual Portugal foi país tema. Publicou o seu primeiro romance em 2011 (Onde a Vida Se Perde, Quetzal). Dirige a agência literária Bookoffice.

 

Programa:

1. A edição de autor e a edição comercial.

2. Enquadramento. O estado da arte das editoras.

3. O que pode esperar de uma editora.

4. Como ver o seu livro analisado e publicado;

     4.1. o que não deve fazer;

     4.2. o que deve fazer.

 

Dados técnicos:

N.º de sessões: 1.

Datas: 29 de abril de 2014.

Horário: 18.30-21.30.

Total de horas: 3.

Propina: 30 €.

Descontos: 10% para todos os ex-alunos Booktailors e estudantes e para pagamentos em duas prestações. (Os descontos são acumuláveis.)

Promoções: Todos os formandos do curso terão direito a 10 % de desconto numa compra na livraria Cabeçudos. Saiba mais aqui.

Local da formação: Bookoffice — Travessa das Pedras Negras, n.º 1, 3.º direito, 1100 - 404 Lisboa.

 

Para se inscrever, por favor envie CV (com a referência: EUAeA III) para: formacao@booktailors.com.

-

Conheça a oferta formativa da Booktailors no 1.º semestre de 2014: Escrevi um livro. E agora? — Estratégias para ver o seu livro publicadoCurso de Produção e Orçamentação GráficaEscrevi uma história para crianças – como posso melhorá-la?Curso de Revisão de Texto — nível intermédioOficina de Preparação de Original em Ambiente Digital, Curso de Livro Infantil.

Etiquetas:

por Booktailors às 09:00 | comentar | partilhar

Dom, 13/Abr/14
Dom, 13/Abr/14

 

-

Conheça a oferta formativa da Booktailors no 1.º semestre de 2014: Escrevi um livro. E agora? — Estratégias para ver o seu livro publicadoCurso de Produção e Orçamentação GráficaEscrevi uma história para crianças – como posso melhorá-la?Curso de Revisão de Texto — nível intermédioOficina de Preparação de Original em Ambiente Digital, Curso de Livro Infantil.


por Booktailors às 09:00 | comentar | partilhar

Sáb, 12/Abr/14
Sáb, 12/Abr/14

 

-

Conheça a oferta formativa da Booktailors no 1.º semestre de 2014Escrevi um livro. E agora? — Estratégias para ver o seu livro publicadoCurso de Produção e Orçamentação GráficaEscrevi uma história para crianças – como posso melhorá-la?Curso de Revisão de Texto — nível intermédioOficina de Preparação de Original em Ambiente Digital, Curso de Livro Infantil.


por Booktailors às 09:00 | comentar | partilhar

Sex, 11/Abr/14
Sex, 11/Abr/14

Conheça-os aqui.

Etiquetas: ,

por Booktailors às 17:00 | comentar | partilhar

Sex, 11/Abr/14

 

Os prémios International Publishing Industry Excellence Awards, lançados este ano, premiaram o brasileiro Ricardo Almeida, do Clube de Autores, na categoria Jovem Empreendedor em Iniciativas Digitais.

 

José Luiz Passos venceu na categoria  de romance com o livro O sonâmbulo amador (Alfaguara), depois de a mesma obra já ter recebido, em 2013, o prémio Portugal Telecom.

 

O chileno Jorge Edwards, a argentina Graciela Mochkofsky, o peruano Daniel Alarcón e o mexicano Juan Villoro «são nomes que comprovam a força da atual literatura latina», afirmou o jornalista Paulo Werneck, curador da Flip.

 

Estão abertas as inscrições de obras literárias para o Programa Nacional Biblioteca da Escola (PNBE 2015). Deverão ser selecionadas 195 obras para cada etapa de ensino.

Etiquetas:

por Booktailors às 15:00 | comentar | partilhar

Sex, 11/Abr/14

Ler no iOnline.


por Booktailors às 13:00 | comentar | partilhar

Sex, 11/Abr/14

Ontem, 10 de abril, a editora Guerra e Paz celebrou 8 anos de existência.

Em comunicado, a editora lembrou alguns dos momentos mais marcantes da sua história, como os livros de maior sucesso (Maddie, A Verdade da Mentira, do inspector Gonçalo Amaral, que vendeu 170 mil exemplares) e as parcerias estabelecidas com a Sociedade Portuguesa de Autores e a SIC, das quais resultaram as coleções «o fio da memória» e «Clube do Livro SIC».

Nestes 8 anos, a Guerra e Paz publicou 294 títulos. Para celebrar a efeméride, a Guerra e Paz lança uma nova edição de O Livro de Agustina e reedita As Meninas, ambos de Agustina Bessa-Luís.

Etiquetas: , ,

por Booktailors às 12:30 | comentar | partilhar

Sex, 11/Abr/14

 

A nova revista da Fnac, Estante, teve a sua apresentação na tarde de ontem, dia 10, na Fnac Chiado. Da apresentação da revista por Rui Zink, Teolinda Gersão, Valter Hugo Mãe e Jorge Guerra e Paz, da comunicação da Fnac, (sobre)saíram um entusiasmo generalizado pelo nascimento de uma nova publicação literária e algumas conclusões sobre o panorama da imprensa escrita e do apoio estadual à cultura portuguesa.

 

Rui Zink começou por traçar uma linha da história recente das publicações portuguesas deste âmbito: comparativamente à revista Os Meus Livros, criada por João Morales, à LER e ao Jornal de Letras, Artes e Ideias (JL), a Estante, afirma Rui Zink, vem assumir um papel diferente, ao tentar ser «um instrumento cultural acessível»: a primeira edição foi distribuída gratuitamente, e as próximas passarão a ter o preço de 1,5 euros. Rui Zink compara mesmo o papel da Fnac atualmente ao da Fundação Calouste Gulbenkian antes do 25 de Abril de 1974. «A Fnac continua o seu papel cultural de há década e meia em Portugal», afirmou Zink, «o papel de verdadeiro ministério da Cultura. A Fnac afirma-se nestes dias como a Gulbenkian do livro». E «um livro é uma porta para o mundo de outra pessoa, é um alargamento dos nossos horizontes», sublinhou Teolinda Gersão, algo de uma importância que tem sido subestimada pelo governo português, completa Valter Hugo Mãe: «não deixámos de ter um ministério da Cultura, deixámos de ter secretaria de Estado da Cultura, [porque] também não sei onde ela está».

 

Valter Hugo Mãe lembrou mesmo, tal como no editorial que escreveu para este primeiro número da Estante, o papel que as publicações literárias portuguesas tiveram na sua aproximação à esfera literária portuguesa: «era a imprensa literária que nos trazia a percepção da realidade ou da existência dos escritores», evocando a revista LER e o JL e o seu papel na desmistificação do papel do escritor. Cada vez que um novo número saía, era «uma visita a quem abríamos a porta de casa», e, quando chegava, «servíamos-lhe um chá». «A proximidade entre quem escreve e quem lê», que aumenta com a publicação da Estante, é, assim, apontada pelo escritor como «mais um motivo para servir um chá» na sua casa.

 

Ler no Público.


por Booktailors às 12:00 | comentar | partilhar

Sex, 11/Abr/14

 

«A escritora inglesa Sue Townsend, autora dos "Diários" de Adrian Mole, morreu esta noite, com 68 anos.» Ler no Diário de Notícias. Ver na RTP.

 

«Quando, aos 36 anos, escreveu "O Diário Secreto de Adrian Mole", jamais imaginou o sucesso que toda a série viria a alcançar, não só em Inglaterra, como em quase todos os países da Europa e até no Japão.» Ler no Diário Digital e no Sol.

 

«Além dos seis volumes da série Adrian Mole, é autora dos livros A Rainha e Eu e Número Dez.» Ler na Renascença.

 

«Sue Townsend, a escritora britânica que criou Adrian Mole, o rapaz de 13 anos e ¾ em cujo diário os adolescentes ingleses dos anos 80 se sentiram retratados, morreu na quinta-feira em sua casa. Tinha 68 anos e sofria há muito de diabetes, que a foram progressivamente cegando: os seus últimos livros foram já ditados ao seu filho mais velho.» Ler no Público.


por Booktailors às 11:00 | comentar | partilhar

Sex, 11/Abr/14

 

A adaptação da indústria editorial à era do livro digital e o confronto entre grandes e pequenos editores foram alguns dos temas predominantes da Feira do Livro de Londres, que terminou ontem, dia 10. Com vários títulos a destacarem-se, não houve, contudo, nenhuma novidade editorial a dominar a feira.

 

No seio desta edição da feira nasceram ainda os Prémios de Excelência da Indústria Editorial Internacional (International Book Industry Excellence Awards). A agente dinamarquesa Anneli Hoier, da agência Leonhardt & Hoier, recebeu o prémio da melhor agência internacional, e Alexandra Logvinova, da Casa da Literatura da Bielorússia, premiada com o galardão Liberdade para Publicar (Freedom to Publish). Ler aqui, aqui, aqui, aqui e aqui.

-

Conheça a oferta formativa da Booktailors no 1.º semestre de 2014: Escrevi um livro. E agora? — Estratégias para ver o seu livro publicadoCurso de Produção e Orçamentação GráficaEscrevi uma história para crianças – como posso melhorá-la?Curso de Revisão de Texto — nível intermédioOficina de Preparação de Original em Ambiente Digital, Curso de Livro Infantil.


por Booktailors às 09:00 | comentar | partilhar

Qui, 10/Abr/14
Qui, 10/Abr/14

 

Conheça os restantes aqui.

Etiquetas:

por Booktailors às 17:00 | comentar | partilhar

Qui, 10/Abr/14

O romancista António Torres, eleito para a Academia Brasileira de Letras no dia 7 de novembro de 2013, tomou posse ontem, dia 9. Ler aqui.

Etiquetas:

por Booktailors às 15:00 | comentar | partilhar

Qui, 10/Abr/14

 

Os Prémios Novos, que distinguem «talentos nacionais com menos de 35 anos, nas mais diversas áreas da sociedade portuguesa», são atribuídos em 2014 pela segunda vez. A gala dos Prémios Novos é organizada e apresentada por Fernando Alvim, em conjunto com Inês Castel-Branco, no dia 15 de abril, na Culturgest, pelas 21.30.

 

Com distinções atribuídas em 15 categorias (Arquitetura, Artes Plásticas, Ciência, Cinema, Criatividade, Desporto, Empreendedorismo, Gastronomia, Humor, Internet, Literatura, Moda, Música, Teatro, Televisão), os vencedores de cada uma delas serão revelados na cerimónia, que contará ainda com as atuações de Gisela João, Salvador Martinha, Joana Gama e Isaque Ferreira. Destaque para os nomeados na categoria Literatura: Bruno Vieira Amaral, Raquel Ribeiro e Joana Bértholo.

 

Os júri dos prémios inclui nomes como os de Julião Sarmento, Carlos Fiolhais, Miguel Valverde, Pedro Rocha Vieira, João Vasconcelos, Henrique Amaro, Miguel Cadete, José Mário Silva, Rui Monteiro, Nuno Azinheira e Francisco José Viegas, entre outros.

 

Ler no Dinheiro Vivo.

Etiquetas:

por Booktailors às 12:00 | comentar | partilhar

Qui, 10/Abr/14

«"O Teatro da Alma de M. Teixeira-Gomes" é o tema da conferência que o escritor e académico Helder Macedo profere amanhã dia 10], pelas 15 horas, na Academia de Ciências de Lisboa.» Ler no Diário de Notícias.


por Booktailors às 11:00 | comentar | partilhar

Qui, 10/Abr/14

 

 

A partir de hoje, 10 de abril, o fotógrafo João Francisco Vilhena expõe, na ilha de Lanzarote, 29 imagens que ilustram a vida de José Saramago. A exposição está patente até 14 de maio na sala de exposições Charco de San Ginés, em Arrecife, Lanzarote.

 

Parte da mesma exposição estará no LeV -  Festival Literatura em Viagem, em Matosinhos, entre 9 e 11 de maio, um festival produzido pela Booktailors – Consultores Editoriais. No dia 10 de junho, a exposição é inaugurada em Barcelona. Resultado deste trabalho fotográfico, o livro Lanzarote, a Janela de Saramago será  apresentado ainda no mês de maio, em Portugal.

 

A exposição Lanzarote, a Janela de Saramago é constituída por imagens captadas em 1998, ano da atribuição do prémio Nobel de Literatura ao escritor, e em 2013, quando João Francisco Vilhena volta a Lanzarote e percorre os lugares onde retratou o escritor.

 

«Depois de fotografar José Saramago em Lanzarote, fiquei com a ideia de um dia voltar, com mais calma, e ampliar de alguma maneira aquele trabalho. Achava que nos Cadernos de Lanzarote havia muitas leituras a serem feitas. Mas o tempo foi passando, se calhar eu também ainda não estava preparado, e foi só em 2012 que retomei a esse projeto», explica o fotógrafo, em comunicado da Fundação José Saramago.

 

Nesta exposição, Vilhena junta fotografias a preto e branco, expostas em Estocolmo na entrega do prémio Nobel a José Saramago, a fotografias inéditas do escritor em Lanzarote. A estas, juntam-se algumas fotografias mais recentes, tiradas após a morte do escritor, que dialogam com excertos dos Cadernos de Lanzarote, diários de José Saramago escritos entre 1993 e 1997.

-

Conheça a oferta formativa da Booktailors no 1.º semestre de 2014Oficina sobre o novo Acordo OrtográficoEscrevi um livro. E agora? — Estratégias para ver o seu livro publicadoCurso de Produção e Orçamentação GráficaEscrevi uma história para crianças – como posso melhorá-la?Curso de Revisão de Texto — nível intermédioOficina de Preparação de Original em Ambiente Digital, Curso de Livro Infantil.


por Booktailors às 09:00 | comentar | partilhar

Qua, 9/Abr/14
Qua, 9/Abr/14
Conheça-os aqui.

 

Etiquetas:

por Booktailors às 17:00 | comentar | partilhar

Qua, 9/Abr/14

 

 

A LeYa acaba de abrir a sua plataforma de autopublicação no Brasil. A Escrytos dá acesso gratuito aos autores a uma variedade de serviços que vão desde a conversão em formato ePub à construção de capa, distribuição e comercialização em grandes cadeias em linha, e disponibiliza ainda outros serviços pagos. Ler aqui.


por Booktailors às 15:00 | comentar | partilhar

Qua, 9/Abr/14

 

Dia 12 (sábado), pelas 16.00, a livraria Ler Devagar (situada na LX Factory, em Lisboa) recebe o lançamento da coleção «Grandes Vidas Portuguesas». A apresentação será feita pelo escritor António Torrado.

 

Resultado de uma parceria entre a Imprensa Nacional – Casa da Moeda e a Pato Lógico, a coleção é dirigida ao público infantojuvenil e dedica-se a personalidades que se distinguiram em vários domínios da história de Portugal: Fernando Pessoa, Almada Negreiros, Salgueiro Maia e Soldado Milhões são as figuras retratadas nos primeiros quatro títulos da série. Os textos destes volumes são da autoria de José Jorge Letria e contam com as ilustrações de João Fazenda, Tiago Albuquerque, António Jorge Gonçalves e Nuno Saraiva.

 

«"Era uma vez um capitão que aprendeu a fazer a guerra, mas que preferia a paz para poder ler, viver e ser feliz", assim começa O homem do tanque da liberdade, a biografia de Salgueiro Maia, capitão do Exército português e um dos protagonistas da Revolução de Abril.» Ler no iOnline e no Diário Digital.

 

«A par da biografia de Salgueiro Maia - editada nos 40 anos da Revolução de Abril - a coleção "Grandes Vidas Portuguesas" apresenta ainda o retrato biográfico do poeta Fernando Pessoa (O menino que era muitos poetas, com ilustração de João Fazenda), e do escritor e artista plástico José de Almada Negreiros (Viva o Almada, Pim!, ilustrado por Tiago Albuquerque).» Ler na RTP.


por Booktailors às 13:00 | comentar | partilhar

Qua, 9/Abr/14

«Em Gaia há uma sala para ouvir livros. Grande parte dos mais de 1100 títulos disponíveis em áudio-livros na Biblioteca Municipal de Gaia até foi gravada no estúdio do espaço. Porém, a tecnologia já permite acesso além-fronteiras.» Ouvir na RTP.


por Booktailors às 12:30 | comentar | partilhar

Qua, 9/Abr/14

 

Pelas 18.30 de amanhã, quinta-feira, na FNAC Chiado, a FNAC lança a revista Estante. A apresentação da nova publicação da cadeia está a cargo de Valter Hugo Mãe, que assina o editorial do primeiro número da revista, Rui Zink e Teolinda Gersão.

 

Com periodicidade trimestral, a Estante é uma revista sobre livros que aborda, na primeira edição, os 800 anos da Língua Portuguesa e os 40 anos do 25 de Abril, apresentando ainda com uma grande entrevista a José Tolentino Mendonça. A Estante será a revista de cultura com maior tiragem a nível nacional.

 

Dividida em quatro secções, a vírgula será a secção dedicada a notícias breves; os parênteses a grandes entrevistas e temas de fundo; a reticência a novidades do mundo editorial, e o ponto de interrogação corresponderá à secção infantil. A revista estará disponível nas lojas FNAC e em fnac.pt.

 

A ilustração da capa da primeira edição é da autoria de André Letria.

 

«É o novo projeto literário da Fnac: Estante é uma revista trimestral sobre livros e literatura dirigida por José Guerra e Paz e tem o lançamento marcado para amanhã às 18.30 na Fnac dos armazéns do Chiado.

 

Este novo projecto editorial quer vir suprir uma lacuna no mercado deixada pela desaparecimento da publicação Os Meus Livros e, mais recentemente, da passagem a trimestral da revista Ler.» Ler no Diário de Noticias.

 


por Booktailors às 12:00 | comentar | partilhar

Qua, 9/Abr/14

 

«Gabriel Garcia Márquez regressou hoje [ontem] à sua casa, na cidade do México, depois de uma hospitalização que durou uma semana, em resultado de uma infeção pulmonar, mas permanece em situação "delicada", disse fonte hospitalar.» Ler no Diário de Notícias.

 

«O escritor colombiano, de 87 anos de idade, laureado em 1982 com o Prémio Nobel da Literatura e que vive na capital mexicana há mais de três décadas, chegou a casa transportado por uma ambulância, onde era esperado por uma multidão de jornalistas.» Ler na Renascença.

 

«"A sua condição é delicada devido à sua idade. Ele vai recuperar em casa", afirmou a porta-voz do Instituto Nacional de Ciências Médicas e da Alimentação, Jaqueline Pineda.» Ler no Sol e na RTP. Ver na RTP.


por Booktailors às 11:30 | comentar | partilhar

Qua, 9/Abr/14

«A compositora brasileira Adriana Calcanhotto passou a noite do passado dia 5 de Março no quarto que foi o de Fernando Pessoa nos 15 últimos anos da sua vida. Este é o texto que resultou dessa experiência. A convite da directora da Casa Fernando Pessoa, Inês Pedrosa, por lá já passaram também a espanhola Rosa Montero, os brasileiros João Gilberto Noll e Tatiana Salem Levy, os portugueses Valter Hugo Mãe, Jacinto Lucas Pires, José Mário Silva, José Tolentino Mendonça, Jaime Rocha e Leonor Xavier.» Leia a crónica no Público.

Etiquetas: ,

por Booktailors às 10:25 | comentar | partilhar

Qua, 9/Abr/14
«A descoberta de alguns breves poemas inéditos que Fernando Pessoa terá escrito no início de 1906, atacando duramente a monarquia portuguesa, não só mostra que aos 17 anos o poeta era um republicano convicto, como vem pôr em causa a convicção de que este só recomeçara a escrever poesia em português a partir de 1908.
Richard Zenith e Fernando Cabral Martins, que encontraram e fixaram estes textos, incluíram cinco inéditos (quatro poemas completos e o início de um poema inacabado) em Mensagem e Outros Poemas sobre Portugal, que a Assírio & Alvim lançará dia 17 na colecção Pessoa Breve, juntamente com um volume dedicado à poesia esotérica de Pessoa, co-organizado pelos mesmos autores.» Ler no Público.

 

Etiquetas: , ,

por Booktailors às 10:22 | comentar | partilhar

Qua, 9/Abr/14

«Uma peça de teatro, uma entrevista, um concerto, uma mostra de rádio são algumas das iniciativas que integram em Maio, em Lisboa, a Cabide, uma revista, não em papel nem em digital, mas ao vivo, foi esta terça-feira anunciado.

Com direcção do jornalista João Pombeiro e do designer Luís Alegre, a Cabide apresenta-se como a "primeira revista portuguesa ao vivo", cujo primeiro número acontece no Cinema São Jorge, entre 29 de Maio e 1 de Junho, partindo de uma pergunta: "Saberemos tomar conta de nós?".

"Não é um festival, é uma revista, com uma posição editorial, uma capa - que estará exposta do lado de fora do São Jorge - com publicidade, um índice, que será entregue às pessoas. Os textos de uma revista em papel serão aqui a programação", disse João Pombeiro, um dos directores, à agência Lusa.» Ler no Público.

Etiquetas: ,

por Booktailors às 10:17 | comentar | partilhar

Qua, 9/Abr/14
  

 

Amor de Perdição, uma das novelas mais célebres de Camilo Castelo Branco, foi publicada em 1862, tendo celebrado em 2012 150 anos. Para assinalar a efeméride, a Imprensa Nacional - Casa da Moeda reeditou a obra (imagem à direita). À esquerda, uma capa de 1943, que alude ao filme de António Lopes Ribeiro, baseado na obra.

-

Conheça a oferta formativa da Booktailors no 1.º semestre de 2014: Oficina sobre o novo Acordo OrtográficoEscrevi um livro. E agora? — Estratégias para ver o seu livro publicadoCurso de Produção e Orçamentação GráficaEscrevi uma história para crianças – como posso melhorá-la?Curso de Revisão de Texto — nível intermédioOficina de Preparação de Original em Ambiente Digital, Curso de Livro Infantil.


por Booktailors às 09:00 | comentar | partilhar

Ter, 8/Abr/14
Ter, 8/Abr/14
Saiba quais são aqui.

 

Etiquetas:

por Booktailors às 17:00 | comentar | partilhar

Ter, 8/Abr/14

«Alexandra Lucas Coelho recebeu nesta segunda-feira [ontem] o prémio APE [Associação Portuguesa de Escritores] pelo romance E a Noite Roda. Este é o texto do discurso que fez, no qual critica o actual poder político.» Ler no Público.


por Booktailors às 15:33 | comentar | partilhar

Ter, 8/Abr/14

 

Na Feira do Livro de Londres, em 2014, a editora Cosac Naify concorre aos Prémios Internacionais de Excelência na Indústria do Livro (International Book Industry Excellence Awards) na categoria de editora infantojuvenil.

 

Ricardo Almeida, cofundador e presidente do Clube de Autores, concorre ao prémio de empreendedor do ano na área de publicações digitais. Já a Universo dos Livros tem em Londres um stand para venda de direitos, esperando repetir o sucesso de Frankfurt, onde fechou a venda de direitos para nove países. Ler aqui.

Etiquetas:

por Booktailors às 15:00 | comentar | partilhar

Ter, 8/Abr/14

«Uma obra com 150 mil vocábulos que pode ser um farol para a norma do português na região. Depois da aprovação de uma lei para a difusão da língua de Camões, o português pode passar a ser a segunda língua estrangeira nas escolas.» Ler e ouvir na RTP.


por Booktailors às 12:00 | comentar | partilhar

Ter, 8/Abr/14

 

«O mais importante palco de negócio da edição de livros para crianças e jovens escolheu dar 21 mil euros à portuguesa Catarina Sobral pelo seu trabalho O Meu Avô (Orfeu Negro). O prémio inclui ainda ter o livro publicado pela Fundácion SM, uma editora espanhola com grande projecção no Brasil, Chile, Colômbia e Peru.

 

A ilustradora, que também assina o texto do livro, foi a única portuguesa seleccionada este ano para a principal exposição que acompanhou a Feira do Livro Infantil de Bolonha, que decorreu no final de Março e deu a conhecer 41 jovens artistas (com menos de 35 anos) de todo o mundo. Entre estes, Catarina Sobral foi considerada a melhor.

 

O júri – Roger Mello (Brasil), Sophie van der Linden (França) e Pablo Núñez (Espanha) – elogiou em O Meu Avô “um domínio claro da composição, uma grande maturidade e uma forte identidade”, valorizou também “a referência à tradição gráfica dos anos 1950, com uma interpretação contemporânea”.» Ler no Público.


por Booktailors às 10:28 | comentar | partilhar

Ter, 8/Abr/14

 

«O humorista colombiano Diego Herrrera, radicado no Canadá, foi o vencedor, com um desenho intitulado Plastic Bottles [garrafas de plástico], do Grande Prémio da 16ª edição do PortoCartoon – World Festival, organizado pelo Museu Nacional da Imprensa e dedicado, este ano, ao tema Água Viva/Terra Viva.» Ler no Público e no Diário de Notícias da Madeira.

 

«"Está presente no trabalho uma linha ecológica num mar feito de garrafas de água comercial. Logo, é representada a água privatizada, juntamente com um aquário com um peixe, o que imprime ao desenho um lado poético", descreveu o diretor do PortoCartoon e do Museu Nacional da Imprensa, Luís Humberto Marcos.» Ler no Diário Digital.

 

«O segundo prémio foi atribuído a Waterfall [queda de água] de Sunnenberg Constantin, da Bélgica, pela representação de uma cascata em que a água é um código de barras, sobressaindo a crítica ao aspeto mercantil.

 

Em terceiro lugar ficaram, em ex-aequo, Water Prize, de Halit Kurtulmus (Turquia), e Living Earth de Jerzy Gluszek (Polónia).» Ler no iOnline.


por Booktailors às 10:23 | comentar | partilhar

Ter, 8/Abr/14

Curso de Produção e Orçamentação Gráfica,

por João Costa

 

Objetivo:

Munir os formandos de valências, ferramentas e conhecimentos ao nível da produção gráfica e da sua orçamentação na área do livro. Como pedir e comparar orçamentos? Como lidar com gráficas e reconhecer os erros, antecipando problemas? Que critérios deveremos seguir para a seleção dos parceiros na área gráfica? Quais os melhores materiais e acabamentos para elaborar livros que vão ao encontro das nossas necessidades?

 

Público-alvo:

Profissionais do setor do livro, na área editorial e promoção (assistentes editoriais, colaboradores dos departamentos de marketing e comunicação).

 

Formador:

João Costa é produtor gráfico da Finepaper e ex-diretor de produção da Cavalo de Ferro, com mais de 10 anos de experiência em edição, tendo sido professor na Escola Profissional Bento de Jesus Caraça e no Curso de Especialização para Técnicos Editoriais da FLUL. Leciona o módulo de Produção Gráfica no curso de Gestão de Projetos Editoriais na Booktailors.

 

Programa:

1. Da escolha dos materiais.

2. Da escolha dos acabamentos.

3. Da escolha do tipo de impressão.

4. Da seleção das gráficas.

5. Do acompanhamento da produção.

 

Nota: No final do curso os formandos farão uma visita a uma gráfica, situada na área da Grande Lisboa.

 

Dados técnicos: 

N.º de sessões: 5, mais dia de visita a gráfica.

Datas: 5, 7, 12, 14 e 19 de maio de 2014, mais data a acordar.

Horário: 18.30-21.30.

Total de horas: 15, mais visita a gráfica.

Propina: 150 €.

Descontos: 10% para todos os ex-alunos Booktailors e estudantes e para pagamentos em duas prestações. (Os descontos são acumuláveis.)

Promoções: Todos os formandos do curso terão direito a 10 % de desconto numa compra na livraria Cabeçudos. Saiba mais aqui.

Local: Bookoffice — Travessa das Pedras Negras, n.º 1, 3.º direito, 1100 - 404 Lisboa.

 

Para se inscrever, por favor envie CV (com a referência: POG VI) para:formacao@booktailors.com.

-

Conheça a oferta formativa da Booktailors no 1.º semestre de 2014: Oficina sobre o novo Acordo OrtográficoEscrevi um livro. E agora? — Estratégias para ver o seu livro publicadoEscrevi uma história para crianças – como posso melhorá-la?Curso de Revisão de Texto — nível intermédioOficina de Preparação de Original em Ambiente Digital, Curso de Livro Infantil.

Etiquetas:

por Booktailors às 09:00 | comentar | partilhar

Seg, 7/Abr/14
Seg, 7/Abr/14

 

Retirado daqui.


por Booktailors às 17:00 | comentar | partilhar

Seg, 7/Abr/14

«Conto, diário ficcionado ou romance. O género responde sempre à região do inconsciente e a um sistema como a família, célula-mãe deste mundo em constante mutação. Em 1995, Teolinda Gersão, 73 anos, que foi docente na Faculdade de Letras de Lisboa e professora catedrática da Universidade Nova de Lisboa, passou a dedicar-se à escrita em exclusivo. Recebe-nos no luminoso escritório no Chiado, algumas décadas depois de começar a escrever numa mesa de campismo em casa.» Leia a entrevista no iOnline.


por Booktailors às 16:00 | comentar | partilhar

Seg, 7/Abr/14

 

 

A recente aquisição da Santillana pela Penguin Random House teve consequências no Brasil, como a junção das editoras Companhia das Letras e Objetiva. Leia duas perguntas a Marcus Dohle, diretor-geral da Penguin Random House, feitas pela Publishnews, aqui.

Etiquetas:

por Booktailors às 15:00 | comentar | partilhar

Seg, 7/Abr/14

 

«O Prémio Luís Miguel Nava é hoje entregue, em Lisboa, ao poeta José Bento, pela obra Sítios, publicada no ano passado pela Assírio & Alvim.»

 

«A cerimónia de entrega está marcada para as 18.30, na Casa Fernando Pessoa, em Lisboa, sendo seguida da sessão de apresentação do novo número da revista Relâmpago, publicada pela Fundação Luís Miguel Nava.» Ler no Sol e no Correio da Manhã.


por Booktailors às 13:00 | comentar | partilhar

Seg, 7/Abr/14

 

«O estado de saúde do escritor colombiano Gabriel Garcia Márquez "está a evoluir muito bem" e espera-se que na terça-feira possa ter alta do hospital mexicano onde foi internado na segunda-feira, afirmou hoje o seu filho Gonzalo.» Ler no Diário de Notícias.

 

«Segundo noticiou o jornal colombiano El Tiempo, citado na edição online do El Mundo, o escritor terá afirmado, em resposta aos jornalistas que se reuniram junto ao hospital: "Estão loucos. O que é que eles fazem lá fora? Que vão trabalhar para fazer algo de útil".» Ler no Diário de Notícias.

 

«O escritor colombiano Gabriel Garcia Márquez "está a evoluir bem" da infeção respiratória que o mantém no hospital desde segunda-feira, afirmou o seu filho Gonzalo, dando conta de que o pai tem vontade de ir para casa.» Ler no Diário Digital.

 

«Mónica Alonso, que há vários anos é próxima da família, indicou ainda que o Nobel da Literatura entrou no hospital devido a uma infeção das vias urinárias. E adiantou que o internamento será aproveitado para fazer o check-up anual do seu estado físico.» Ler no Expresso.

 

«Yo No Vengo a Decir Un Discurso, publicado em 2010, é o seu último livro, depois de uma pausa de seis anos, uma vez que já não publicava nenhuma obra desde 2004, quando lançou Memória das minhas Putas TristesEm 2012 foi anunciado que Gabriel García Márquez dificilmente voltará a escrever por lhe ter sido diagnosticada uma forma de demência.» Ler no Público.


por Booktailors às 12:00 | comentar | partilhar

Seg, 7/Abr/14

«Os 120 anos do nascimento de Almada Negreiros, que agora se completam, têm constituído pretexto para uma série de manifestações e homenagens que abrangem o artista plástico, o poeta, o romancista, o novelista, o dramaturgo, o panfletário e, simultaneamente, o grupo e a geração de Orpheu, a diversidade de percursos e atitudes que, no seu todo, configuram um momento histórico na procura e afirmação da modernidade.» Leia a opinião de António Valdemar no Público.

Etiquetas: ,

por Booktailors às 11:40 | comentar | partilhar

Seg, 7/Abr/14

 

«Trata-se de um desenho de Hergé, datado de 1960, e cujo valor de licitação era de 150 mil euros, num leilão em que foram vendidos 361 lotes de banda desenhada e que renderam no total quase quatro milhões de euros». Ler no iOnline.


por Booktailors às 11:30 | comentar | partilhar

Seg, 7/Abr/14

«Ontem mandaram-me um e-mail a dizer que deixa de existir a entrega grátis para Portugal e para outros países europeus. Agora passam a cobrar – e selvaticamente – as entregas.

Rompe-se assim o princípio comercial número um: quando se cobra um serviço e depois se deixa de cobrá-lo não se volta a cobrá-lo de um dia para o outro.

A Bookdepository.co.uk foi a primeira livraria a oferecer o correio (para o mundo inteiro, fosse qual fosse a despesa). A Amazon primeiro imitou-a e depois, em 2011, comprou-a.

Por enquanto a Book Depository continua a não cobrar o correio, mas atendendo à duplicidade dos novos patrões os livros lá são mais caros e levam mais tempo a chegar.» Leia a opinião de Miguel Estaves Cardoso no Público.


por Booktailors às 10:40 | comentar | partilhar


Próximo Ensaio Geral na Ferin - 2 de maio

João Tordo e António Pedro Vasconcelos

Sessões do Ensaio Geral:
2013 - novembro, dezembro
2014 - janeiro, fevereiro, março, abril

Conheça as edições anteriores (2012-2013) aqui.


*NOVIDADES*


LISBOA

Curso de Produção e Orçamentação Gráfica, por João Costa. Datas: 5, 7, 12, 14 e 19 de maio de 2014, mais data a acordar. Valor do curso: 150 €. Referência de assunto de e-mail: POG VI. Veja aqui.

Escrevi uma história para crianças – como posso melhorá-la?, por Margarida Fonseca Santos. Datas: 13 e 15 de maio de 2014. Valor do curso: 55 €. Referência de assunto de e-mail: EHC I. Veja aqui.

Curso de Revisão de Texto — nível intermédio, por Nuno Quintas. Datas: 20, 21, 27 e 29 de maio, 3 e 5 de junho de 2014. Valor do curso: 165 €. Referência de assunto de e-mail: Rev2 LX V. Veja aqui.

Oficina de Preparação de Original em Ambiente Digital, por Nuno Quintas. Datas: 23 e 25 de junho de 2014. Valor do curso: 55 €. Referência de assunto de e-mail: OrigAmbDig V LX. Veja aqui.

Curso de Livro Infantil, por Carla Maia de Almeida. Datas: 8, 10, 15, 17, 22 e 24 de julho de 2014. Valor do curso: 150 €. Referência de assunto de e-mail: LivInf X. Veja aqui.




Ganhe 10 % de desconto na livraria Cabeçudos. Veja como aqui.

Ofereça uma formação Booktailors. Veja como aqui.

Consulte as campanhas de desconto em vigor aqui.
Publicações Booktailors
Carlos da Veiga Ferreira: Os editores não se abatem, Sara Figueiredo Costa



PVP: 12 €. Oferta de portes (válido para território nacional).

Fernando Guedes: O decano dos editores portugueses, Sara Figueiredo Costa



PVP: 10,80 €. Preço com 10% de desconto e oferta de portes (válido para território nacional).

A Edição de Livros e a Gestão Estratégica, José Afonso Furtado



PVP: 16,99 €. 10% de desconto e oferta de portes.

Livreiros, ler aqui.

PROMOÇÃO BLOGTAILORS



Aproveite a oferta especial de dois livros Booktailors por 20 €.

Compre os livros Fernando Guedes: O decano dos editores portugueses, de Sara Figueiredo Costa e A Edição de Livros e a Gestão Estratégica, de José Afonso Furtado por 20 €. Portes incluídos (válido para território nacional).

Encomendas através do e-mail: encomendas@booktailors.com.

Clique nas imagens para saber mais.
O Papel e o Pixel, de José Afonso Furtado (Ariadne)


Encomendas por encomendas@booktailors.com. PVP: 10,00 €, mais portes de envio.
Leitores
Acumulado (desde Setembro 2007):

2 350 000 visitas


arquivo

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Etiquetas

acordo ortográfico(360)

adaptação(228)

agenda do livro(96)

amazon(451)

apel(92)

associativismo(85)

autores(3047)

bd | ilustração(136)

bertrand(73)

bibliotecas(432)

blogosfera(1158)

blogtailors(63)

blogtailorsbr(369)

bookoffice(60)

booktailors(325)

booktrailers(166)

byblos(70)

coleção protagonistas da edição(35)

correntes d'escritas 2009(73)

correntes d'escritas 2010(97)

correntes d'escritas 2011(34)

correntes d'escritas 2012(36)

design editorial(160)

dia do livro(30)

direitos de autor(129)

distribuição(78)

divulgação(1129)

e-book(57)

e-books(315)

edição(333)

editoras(1161)

editores(268)

emprego(60)

entrevista(268)

entrevistas booktailors(63)

estado | política cultural(229)

estatísticas e números(351)

eventos(112)

feira do livro de bolonha 2010(96)

feira do livro de frankfurt 2008(110)

feira do livro de frankfurt 2009(51)

feira do livro de frankfurt 2010(54)

feira do livro de frankfurt 2011(56)

feira do livro de frankfurt 2013(33)

feira do livro de lisboa(143)

feira do livro de lisboa 2009(200)

feira do livro de lisboa 2010(74)

feira do livro de lisboa 2011(30)

feira do livro do porto(39)

feira do livro do porto 2009(50)

feiras do livro(145)

feiras internacionais(248)

festivais(121)

filbo 2013(39)

fnac(76)

formação(286)

formação booktailors(158)

fotografia | imagem(188)

fusões e aquisições(177)

google(151)

homenagem(160)

humor(170)

ilustração | bd(453)

imagens(132)

imprensa(493)

internacional(1439)

kindle(288)

lev(51)

leya(237)

língua portuguesa(148)

literatura(215)

livrarias(663)

livro escolar(80)

livro infantil(196)

livros(1786)

livros (audiolivro)(36)

livros booktailors(66)

london book fair(87)

marketing do livro(374)

mercado do livro(542)

notícias(4491)

o livro e a era digital(1707)

óbito(217)

opinião(1759)

opinião no blogtailors(162)

os meus livros(44)

poesia(176)

polémicas(482)

porto editora(146)

prémios(1320)

prémios de edição ler booktailors(110)

profissionais(140)

promoção à leitura(145)

revista ler(144)

sítio web(260)

sociologia e hábitos da leitura(229)

tecnologia(849)

top livros(90)

twitter(92)

vídeo(596)

todas as tags